TRILOGIA DE VARIEDADES

CONTEUDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS

0. PURA MISTURA

https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/

1. GENEALOGIA

https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20132014/

https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-pimenta-no-site-www-ancestry-com/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/

2. RELIGIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/

3. OPINIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/

4. MANIFESTO FEMINISTA

https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/

5. POLITICA BRASILEIRA

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/

6. MISTO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/12/30/2012-in-review/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/

7. IN INGLISH

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/

8. IMIGRACAO

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

 

01. RAZOES PARA ESTUDARMOS A NOSSA GENEALOGIA

02. O CEREBRO ENGANADOR

03. O DITADOR, E A MINHA OPERACAO DE HEMORROIDAS

01. RAZOES PARA ESTUDARMOS NOSSA GENEALOGIA

Prezados todos,

Li o texto PATRIMONIO ESPIRITUAL, de autoria da confrade (nao seria confreira!? Ah, o AURELIO confirmou que sim!), ANA HORTA e isso inspirou-me. Vai entao:

Vejo a mim mesmo como um ramo tenro. Em cada lado dos meus ombros nascem duas pequena folhas. Nelas vejo meus filhos. E sei que permitindo O GRANDE ONIPOTENTE eles chegarao `a idade adulta e terao pelo menos mais dois filhos cada um. Com as BENCAOS DE DEUS, isto se repetira pelas proximas 33 GERACOES. Quantos serao meus descendentes?! Facam as contas apenas da TRIGESIMA TERCEIRA GERACAO e pasmem. Mais de 8 BILHOES E 500 MILHOES DE PESSOAS.

Quem diria! Por passar metade do infinitesimal DNA a meus filhos torno-me um potencial ADAO, um por certo ABRAAO. Claro, cada um dos 8.5 BILHOES possiveis descendentes herdarao um pedacinho tao insignificante de mim que pensarao nem mesmo ter parentesco algum comigo. Mas o certo eh que, somando tudo o que encontrarem de mim em todos, eles ter-me-ao por inteiro.

Para os que tem fe na reencarnacao, as possibilidades de arranjos e combinacoes sao tantas que entre todos podera existir um ou outro, em nao sendo eu, que tera escrito em sua receita de DNA os mesmos dizeres que me fabricaram. Sera loiro quando crianca e tera cabelos castanhos quando adulto. Sera alto como sou. Olhos castanhos. E tudo o mais se parecera comigo. Diferente apenas sera aquilo que do meio externo recebera como cultura. Seremos duas pessoas iguais no intimo e diferentes no como ser. Mas nao posso antecipar como sera. No espelho seremos identicos e, talvez, diferentes na alma.

Meus filhos nasceram de mim e minha esposa. A representacao da ARVORE GENEALOGICA `a semelhanca de uma arvore comum nao me parece correta. Isso porque minha esposa provem de um TRONCO e eu de outro. Foi por causa de ela como RAMO e eu como outro nos abracarmos eh que nos tornamos um so em nossos filhos. Isso acontece em algumas variedades de plantas. Gemas de planta diferente podem ser plantadas em ramos de outras arvores e produzem a NOVA GERACAO.

Vejo meus PAIS da mesma forma. Estou colocado, junto com meus irmaos, nos ombros deles. E eles estao postos sobre os ombros dos meus AVOS. Olhando nessa direcao, posso visualizar ate alguns de meus TRISAVOS (terceiravos para alguns). Nao. Nao os conheci. Nem mesmo aos meus BISAVOS. Mas eh como se os conhecesse porque foram os AVOS dos meus AVOS. Assim, alem do depoimento destes que os conheceram, temos fotografias de alguns deles. Esta eh a parte da minha FAMILIA que considero mais intima.

A porcao da FAMILIA do nosso conhecimento foi tao unida que pode mesmo ser comparada a um TRONCO DE ARVORE. Embora existam RAMOS diferentes provindos de TRONCOS diferentes, eles se aglutinaram como se fossem um so.

Como as arvores, alem desse ponto o que existe sao as RAIZES. RAIZES estas que nao enxergamos a uma primeira olhada. Para encontra-las eh preciso cavoucar a terra. Com cuidado para nao feri-las ou corta-las, fazendo assim com que as percamos no interior do chao.

Parece-me que a maioria das pessoas pensa que buscar nossas RAIZES nao tem outro significado senao a VAIDADE. Verdade seja dita. Ha sim um pouco de vaidade. Coisa pequena diante de todas as outras RAZOES. E aqui numero algumas:

Comeco pelo aprendizado da disciplina HISTORIA. Quando crianca, disseram-me que um dos fundadores da cidade onde nasci era o tenente JOAO BATISTA COELHO. Passei batido. Nao tinha a menor ideia de que o fulano era o AVO do meu AVO MATERNO e BISAVO da minha AVO PATERNA. Tive que decorar o nome do sujeito sem saber que deveria antes lhe tomar a bencao.

Ora, venho notando que `a medida que estudo minha GENEALOGIA, minha memoria para a disciplina HISTORIA tem aumentado. Quando era para decorar os nomes dos personagens historicos, dava dor de cabeca. Agora, torna-se facilitado porque sei que os personagens tem alguma relacao comigo. Eh como se estivesse crescendo numa cidade maior do que a que nasci. Quando la, sabia a quais pessoas tomar as bencaos porque ou eram PAIS ou IRMAOS de meus PAIS, ou TIOS deles. E o numero de pessoas era muito maior que as personalidades historicas. E saber quem era quem nao causava dor de cabeca alguma.

Assim penso que deveria fazer-se um experimento. Mostrar-se nao apenas os DADOS HISTORICOS mas tambem os DADOS GENEALOGICOS que ligam as personalidades historicas aos alunos de algumas turmas. Depois comparar-se o rendimento com outros que nao tiveram a mesma oportunidade. Penso que quem for instruido e ao mesmo tempo informado a respeito do grau de parentesco que tenha com as personalidades estudadas tera melhor rendimento.

O estudo da GENEALOGIA tambem poderia restabelecer um pouco de JUSTICA `a HISTORIA. O estudo da disciplina presta homenagem quase que exclusivamente aos personagens masculinos. Assim, sao 5 FUNDADORES conhecidos do municipio onde nasci. O tenente ja citado, o tenente JOAQUIM NUNES COELHO, o capitao FIGUEIREDO, o senhor JOSE ANTONIO DA FONSECA e o senhor FELIX GOMES DE BRITO. Ora, sera que nenhum deles teve esposa? Sera que o trabalho que tiveram para parir-lhes tantos FILHOS nao conta? Sera que o companheirismo nao ajuda? Se JUSTICA for feita, teremos CASAIS DE FUNDADORES e nao apenas senhores.

Outra disciplina que seria auxiliada seria a GEOGRAFIA. Que me perdoem os portugueses mas eu jamais teria ideia de onde ficam as municipalidades de Cintra, Vila Vicosa, Seia, Ponte de Lima, Viana do Castelo e outras, se nao as tivesse mencionadas em minhas recordacoes GENEALOGICAS. Antes interessava-me apenas a existencia de PORTUGAL, vizinho da ESPANHA, com proximidades ao GIBRALTAR (ou COLUNAS DE HERCULES?). Pouco tinha ideia de que existia LISBOA e O PORTO.

Claro, tinha ideia de que ha um arquipelago chamado ACORES. Mas se nao tivesse nascido por la um ancestral chamado MIGUEL PEREIRA DO AMARAL, por volta de 1750, filho de MANOEL PEREIRA E MARIA DE BENEVIDES, nem sequer imaginaria que tem tambem uma certa ILHA DE SAO MIGUEL.

Passei a interessar-me tambem pela TERCEIRA. Isso porque no norte desta ilha ha uma localidade com o nome de VILA NOVA. E nos dados genealogicos de minha FAMILIA ha um certo JOAO DE SOUZA AZEVEDO, filho de MANOEL DE SOUSA AZEVEDO e ANNA COELHO, que teria nascido em VILA NOVA DO NORTE, talvez por volta de 1720. Mas ai nao sei dizer se seria VILA NOVA DE GAIA ou VILA NOVA DE FAMILICAO ou aquela. Qualquer que seja, ja estao gravadas em minha memoria. Tenho que descobrir eh de qual delas surgiu esse lado da minha FAMILIA.

A sim, voltemos `a VAIDADE. Desde quando descobri algumas RAIZES de minha PARENTALHA, tenho alguns PATRIARCAS como REFERENCIAS. Entao, quando estudo a respeito de algum FIGURAO historico, verifico de qual de minhas REFERENCIAS este tambem descende. Ai eh como se estivessemos olhando as recordacoes de um eletrocardiograma. Tudo sera so PULSACAO. A linha parte da gente ate uma REFERENCIA e deste ao FIGURAO. Claro, em torno deste estao muitas pessoas comuns.

Digo que isso eh VAIDADE pelo simples fato que, dizer sermos aparentados dos famosos, eh o mesmo que fazer chover no molhado. Todos nos somos. A diferenca eh que alguns conhecem suas genealogias e conhecem os caminhos que os ligam. Outros, porem, nao buscam e nao sabem e pensam nao ser. Tambem que eh VAIDADE se prova pelo fato: Ora, quem foi teu grande amigo de infancia, companheiro inseparavel de sua juventude e amigo do peito para todas as horas, importa se eh considerado importante, rico ou famoso? Voce tem mais consideracao por este do que saber que tem por PARENTE aquele FIGURAO da hora. Que nem a ti olha!

Todos sao meus e seus PARENTES. Se tens alguma duvida de que somos todos APARENTADOS, posso citar alguns SOBRENOMES que meus ancestrais usaram. Sao poucos nesta lista porque ainda conheco muito pouco da GENEALOGIA de minha FAMILIA. Conto com apenas umas poucas linhagens ja comprovadas. Segue entao:

AGUIAR, ALMEIDA, AMARAL, ANDRADE, ARAUJO, AZEVEDO, BARBALHO, BARBOSA, BARBUDA, BENEVIDES, BEZERRA, BORGES, CARNEIRO, CARNIDE, CARVALHO, COELHO, COSTA, COUTO, FELPA, FERREIRA, FEYO, FILGUEIRAS, FIUZA, FRUAO, FURTADO, GOMES, GUARDES, MAGALHAES, MARTINS, MENDONCA, MIRANDA, MONIZ, MONTEIRO, MOREIRA, NUNES, PEDROSO, PEREIRA, PIMENTA, PINTO, RAMIRO, ROCHA, RODRIGUES, SOUSA, SOUZA, TAVARES, VAZ… Nao precisa mais! Qualquer um que fizer um pequeno esforco verificara que entre seus ANCESTRAIS pelo menos um assinara um desses mesmos SOBRENOMES. Quica, todos.

Claro, faz parte tambem da VAIDADE, verificar a Arvore de Costados de qualquer personalidade para ali encontrar os nomes de nossos ancestrais. CHICO BUARQUE tem por ancestral a BRAZ BARBALHO FEYO. FERNANDO BRANT tem a MANOEL VAZ BARBALHO, ANTONIO BORGES MONTEIRO e MIGUEL PEREIRA DO AMARAL, que a todos tenho como ANCESTRAIS. ANCESTRAIS comuns tenho com CARLOS DRUMOND DE ANDRADE, FERNANDO PESSOA, DI CAVALCANTI, MARCELA PEREIRA COELHO e tantos outros mais que nem eh bom numerar. Mas isso nao sera porque eu seja diferente. Mas sim porque sou igual. Igual a todos que procuram porque estes encontram e os outros nao.

Resuma-se aqui um detalhe. Assim como cada GERACAO nao precisa ter mais que 2 FILHOS para na TRIGESIMA TERCEIRA `a frente gerar-se BILHOES, o oposto tambem poderia ser verdade. Nos temos PAIS que tiveram PAIS, que tiveram PAIS… Entao, se fizermos as mesmas contas encontraremos que a TRIGESIMA TERCEIRA GERACAO anterior `a nossa deveria conter mais de 8.5 BILHOES de ANCESTRAIS. Mas sabemos que juntando-se EUROPA, AFRICA e AMERICAS, entre 800 e 1.000 anos atras, tinham apenas uma FRACAO de tamanha POPULACAO.

Agora te digo: se cada um dos mais de 8.5 BILHOES de espacos daquela TRIGESIMA TERCEIRA GERACAO nao estivessem preenchidos voce nao teria nascido! Mas se nao existia pessoas suficientes para ocupar todos estes espacos, como entao o nosso nascimento exitiu?!… Simples, isso se deu porque os mesmos ANCESTRAIS ocupam diversas vezes os muitos espacos e nos somos repetidamente descendentes das mesmas pessoas.

Baseando-me nesse detalhe, posso afirmar que, mesmo que eu tenha apenas um milesimo de ANCESTRAIS dos esperados para a TRIGESIMA TERCEIRA GERACAO anterior `a minha, sera bem dificil que nao tenha pelo menos um ANCESTRAL nascido em cada FREGUESIA de PORTUGAL!…

Mas de todas as razoes que tenho para estudar GENEALOGIA, ha uma que considero mais importante. Conheco um pouco de GENETICA. Mesmo que seja porque estudei medicina veterinaria e fui informado como fizeram para criar as GALINHAS DE GRANJA. O metodo foi este, fizeram o CRUZAMENTO de especimes de galinhas tao aparentadas quanto MAES e FILHOS, e PAIS e FILHAS. Repetiram tantas vezes que chegaram aos GENS mais PRIMITIVOS da ESPECIE.

A partir dai eh que selecionaram aquelas que deveriam produzir ovos e as outras que deveriam produzir carne. Assim, um frango que gastavamos seis meses para formar nas fazendas antigamente, hoje eh posto aos 40 dias de vida em nossas mesas. O animal eh grande mas ainda nem sequer tem voz de adolescente. Nos estamos comendo PINTOS. Embora, a custo de os animais nao servirem para outra coisa senao isso. Em termos de saude, eles se tornam tao vulneraveis que precisam viver isolados do resto do mundo ou qualquer malestar os mata.

Coisa semelhante se da entre os seres humanos. Embora sem repetir os CRUZAMENTOS radicais, noto que as pessoas em nossas RAIZES ja possuiam grau elevado de PARENTESCO entre si. E nossos TRONCOS fizeram o mesmo. E na maioria das vezes nos nos casamos atualmente com pessoas que PENSAMOS nao ter nenhum grau de PARENTESCO conosco, somente porque nasceram em uma cidade distante da nossa ou em outro continente que nao o nosso. Mas a verdade esta oculta porque nao tracamos os DADOS GENEALOGICOS antes dos casamentos.

Para as pessoas que estao se casando, isso nao eh um problema maior. O perigo pode estar em terem FILHOS. Nao para si mas sim para as CRIANCAS. Parece-me que os governos e as pessoas que trabalham com a SAUDE PUBLICA andam subestimando um grande risco. Eh como se nos todos estivessemos brincando de “ROLETA RUSSA” e deixando armas engatilhadas e apontadas para nossas CRIANCAS. Tudo ocorre por probabilidade. Sendo assim, nao saberemos quais delas serao atingidas pelos disparos.

Algumas morrerao mais cedo e serao felizes por isso. Mas a maioria sentira dores por muitos anos de suas velhices. Talvez dores desnecessarias, tendo-se que, o CONHECIMENTO GENEALOGICO poderia informar de antemao o menor ou maior risco envolvendo cada um. Sei que o aviso nao impedira os jovens de continuarem se casando. E nem quero isso. A JUVENTUDE eh mesmo impetuosa e guiada por INSTINTOS do PRAZER. Mas poder-se-ia ja de antemao atuar-se na area de PREVENCAO. Porque todos nos somos portadores de males de saude que podemos prevenir para que nao se manisfestem, ou retardar a sua manifestacao.

Tenho experiencia propria para por no ar este alerta. Descendo repetidamente de muitos ancestrais. E varios dos MALES GENETICOS em minha familia ja manifestaram em mim. Nao gostaria que o mesmo se desse `a minha descendencia. Gostaria sim de ter pelo menos um decimo de descendentes do potencial que tenho para ter, daqui a 33 GERACOES. Mas primeiro gostaria que todos gozassem de otima saude por todas suas vidas.

Alguem pode pensar que tudo isso nao passa de bobagem. Afinal, hoje podemos procurar um GENETICISTA para sabermos as COMPATIBILIDADES e INCOMPATIBILIDADES que possuimos com nossos parceiros. Os EXAMES te dirao de quais TRIBOS seus ANCESTRAIS procedem. Nem todos porque o DNA se perde com o passar das GERACOES. Uns FILHOS podem herdar partes que outros nao. A vantagem da GENEALOGIA eh te dizer que tens vinculos com cada TRIBO e quais foram os nomes de seus ANCESTRAIS.

Abracos a todos.

VALQUIRIO DE MAGALHAES BARBALHO
https://val51mabar.wordpress.com
valbarbalho@hotmail.com
02. O CEREBRO ENGANADOR

Estes dias estava ouvindo, como sempre, as reportagens superinteressantes na radio publica aqui, especialmente a 90.9 FM, que gera a partir de uma universidade renomada.

Bom falava-se a respeito de uma pesquisa feita para entender o raciocinio de nosso cerebro. Iniciou o pesquisador com a pergunta: “O que satisfaz mais `as pessoas, o mais ou o menos?” Depois relatou um experimento onde se aproveitou o Halloween e distribuiu-se uma barra de chocolate para algumas pessoas e para outras deu-se a barra de chocolate e um chicletes. Quem ficou mais satisfeito? Foram os primeiros.

O segundo experimento tratou-se de secoes de colonoscopia. Ces sabem o que eh isso? Pois eh, vao ao dicionario se nao souberem. rsrsrsrsrsrs. Ainda vao passar por isso!… O fato foi este, para a metade dos pacientes fez-se o exame e tiraram o colonoscopio logo em seguida. Na outra metade deixaram o colonoscopio por mais algum tempo antes de tirar. Quais que ficaram mais satisfeito? Foram os segundos.

Olha ai a contradicao aparente! Quem teve mais no primeiro experimento aborreceu-se e quem levou mais no segundo, gostou. Sacanagem?! Nenhuma.

A interpretacao dos especialistas eh simples. Nosso cerebro nao grava direito o que eh o pior ou o melhor nos detalhes e sim a experiencia como um todo.

No primeiro caso, a barra de chocolate eh o desejo maior, assim, se a pessoa ganha uma barra de chocolate e logo em seguida um chicletes, o que o cerebro racionaliza eh que esta caminhando de uma situacao melhor para uma pior, dai a insatisfacao. Se se entregasse primeiro o chicletes e depois a barra de chocolate, a sensacao seria inversa.

E o colonoscopio entao? Muito simples. O exame eh desconfortavel em si. E deixar o aparelho por mais um pouco aumenta a experiencia negativa em termos. O problema eh o seguinte, quando ele eh retirado logo apos o pior, o nosso cerebro so computa (sem a intencao de duplo sentido) o incomodo maior. Mas quando se deixa um pouco mais, o cerebro mede o pior e eh enganado pela sensacao seguinte que eh menos dolorosa. Dai ele computa a sensacao de que o pior ja passou e, embora ruim, a deixadinha logo depois da um sentido de que esta caminhando do pior para o melhor. Assim, o computo total no cerebro sera de conforto com o sofrimento extra porque esta evoluindo num sentido positivo.

Nao sei se outros experimentos semelhantes irao comprovar o achado. Pelo sim, pelo nao, ha que lembrar-se que Maquiavel ja dizia que o mal deveria ser feito de uma vez so e o bem em doses pequenas e continuas para enganar a mente do povo. Ele, entao, estava errado em sua proposicao. O mal que houvesse que ser feito deveria se-lo em escala decrescente, enquanto o bem somente satisfaz se for em escala crescente.

03. O DITADOR, E A MINHA OPERACAO DE HEMORROIDAS.

Ha certas decadas, tia Odila contou-nos uma piadinha. Disse ela, em minhas palavras, que um certo dia os orgaos do corpo resolveram fazer uma eleicao “democratica” (coisa do demo?!) para saber qual deles seria o rei do organismo. Claro, todos os nobres orgaos ja contavam com sua propria vitoria. O Cerebro nao se cansava de distribuir ordens para producao de endorfinas para que todos ficassem calminhos e aliados a ele. A pituitaria distribuia hormonio de crescimento para encorajar os outros a votarem nela. Pelo menos o seo “Pinto” ficou todo chestroso com a oferta.

No dia da eleicao era um tal de ja ganhou esse, ja ganhou aquele que ninguem percebeu que o mestre Frisadinho estava sendo pisoteado pela turba. Em dado momento, ele se revoltou com aquilo tudo e declarou: “Tambem sou candidato. E nao volto a falar com voces enquanto nao me elegerem.” Virou-se de costas para turba, trancou-se com aquela cara de tromba, ou melhor, biquinho, e foi dormir sem mais pensar.

Todos se riram dele e elegeram quem quizeram. Nos primeiros dias tudo estava ocorrendo normal exceto que na semana seguinte todos estavam com uma certa falta de ar puro. Dias passados o volume da barriga aumentou e o cheiro invadiu o corpo de tal maneira que ninguem podia mais aguentar. Laxante, conselhos, corrupicaozinha de endorfina, e promessas de respeito, nada levou o seo “Frisado” mudar de ideia.

Por fim, todos concordaram que o melhor candidato era ele mesmo porque, podia nao fazer o servico mais nobre do corpo mas conhecia de perto a sujeira de todo mundo!

Eleito, abriu as portas, causando grande alegria na comunidade. Tanto ele eh o rei que esta no centro de todos e tem em si uma coroa.

Muitos pensam que o “centro de gravidade” do corpo esta no umbigo. Na verdade, ele esta em qualquer lugar que esteja doendo no corpo. Cheguei a essa conclusao a partir do momento que realizei aquela cirurgia adiada. A famosa operacao de hemorroidas. Foi no dia 15.10.13, octogesimo oitavo aniversario da dona Judith. Alias, data esta cedida a ela pelo tio Joaozinho (bisavo Joao Domingos (Joao Batista de Magalhaes), o marido da bisavo Sa Candinha). Tio Joaozinho, neste dia, havia nascido ha 151 anos atras, ou seja, 1862, e falecido exatamente na mesma data, 80 anos depois, ou seja, 1942. Mas nao pensem que escolhi a data por tal motivo. Nao escolhi. Foi o ditador do seguro subsidiado que possuo que me a impos. Como era pegar ou largar eu peguei.

Bom, tenho sabido que tem sido varios os casos na familia de pessoas que fizeram a mesma cirurgia. Alguns acanhados nao ousam a falar abertamente. Mas quero passar a experiencia para o consolo e aviso aos proximos.

Sao dois metodos. Um eh amarrar as hemorroidas com borrachinhas, cortando-lhe a nutricao sanguinea. Com o tempo caem e saem sozinhas. Ha o incomodo de se ficar todo o tempo parecendo que precisa ir ao pinico. A contraindicacao eh a de que pode nao resolver. Dai eu optei pelo outro metodo, cirurgico e radical.

Pelo menos o medico que me “cortou o rabo” foi honesto. Disse que ia doer muito e que eu iria detesta-lo. No dia anterior, a Celeste minha irma ainda contou-me o detalhe de uma de nossas primas que tinha feito a infeliz, na primeira tentativa de usar o “rei Frisadinho”, chegou a desmaiar de dor. Ainda bem que o Joaquim chamou a atencao dela dizendo que: “Essas coisas a gente so conta depois!” Nao adianta Quinquim, a dor eh a mesma!

Coisas assim acabam revelando boas coisas. Estava precisando de uma carona daqui de Framingham ate Worcester, onde se daria a cirurgia no Memorial Hospital da UMASS (Universidade de Massachusetts). Nisso encontrei o Messias, filho da dona Dalva e seo Joaozinho Lacerda, que me prestou esse grande favor. Ao qual agradeco muito.

Bom, da cirurgia em si nao conto nada. Estava devidamente apagado. Acordei dopado e fui logo despachado para casa. Dona Penhinha estava la me esperando. Coisa de primeiro mundo! Sai da sala de cirurgia, antes de entrar no carro ja se comeca a vomitar, efeito colateral do anestesico. Mas chega-se em casa sem maiores dores. Efeito prometido do mesmo.

O primeiro dia eh ate normal. A gente entra no regime de tylenol com codeina (oxycodone, eh `a base de opiacios, dai se fica numa boa, iludido que tudo vai bem). Tem o problema que o efeito colateral eh a constipacao. Ou seja, quanto mais se usa, mais se demora a ir ao banheiro, mais o coco vai ficando desidratado e vai ser mais dificil a primeira vez.

Sob esse ponto de vista, o nosso heroi (ou trouxa), opta por suspender a medicacao antidor. Se se passar de 3 dias sem as boas obras, o caso pode comecar a complicar. Dai eh que se percebe o que foi realmente feito. Alem de “cortar o rabo” da gente, o imbecil do medico (nome apropriado seria mede cu) implanta um ralinho numa das beiradas dele. Fica tudo inflamado, com feridas expostas `as secrecoes.

Dai a gente tem uma boa aula de anatomia e descobre as interligacoes entre os orgaos. Se estiver gripado ou com dor de garganta esta proibido fazer a cirurgia. Por que? Pela simples razao de que o centro de gravidade eh onde doi e se voce tosse ou espirra, pode pedir pinico porque a dor eh mesmo de desmaiar.

Ai vem a vontade de urinar. Como ta tudo inflamado, o liquido nao passa direto. Parece que vem e de repente da aquela travada. O ralinho mexe e as lagrimas quase que saem primeiro que o xixi.

O terceiro dia, em caso de pessoas superregulares como eu, eh o prometido. Ela vem, mas com uma forca tal que parece que vai fazer a tampa da bunda explodir. Os musculos da barriga ficam tao preocupados que travam parecendo que viraram de tabua. Parece que o outro lado os esta puxando e eles estao segurando, e nada sai por varios minutos.

Sao minutos terriveis. Voce tem que convencer a si mesmo que tem que deixar sair, nao importa a dor que cause, afinal, eh para o seu proprio bem! Na hora H a unica coisa que vai `a sua mente eh a frase: – Saaaaiiiii meeeeerda!… E ela sai, deixando voce mole. Claro, o que saiu ainda eh so uma merdinha de nada. Mas voce ja fica feliz, pensando que a primeira vez eh a que voce nunca esquece!

Aquela vez havia acontecido pela manha. Meu horario habitual. Logo apos ao almoco, porem, comecei a sentir as contracoes. Entre a cama e a porta do banheiro eram apenas alguns metros. Mas ao chegar exatamente ali veio aquela contracao final. Aquela que te faz ate cruzar as pernas para conseguir segurar. Segurar, porem, eh a coisa mais estupida que se possa tentar fazer. A dor eh tal que quase te faz ajoelhar.

A situacao ficou tao critica que nenhum outro orgao do corpo se movia. O cerebro ficou incapaz de passar qualquer ordem. Congelou. Nao tinha a menor ideia do como reagir. A unica coisa que empurrava era a contracao que parecia funcionar como uma maquina de moer carne. Enquanto isso, o ralinho la atras so malhando: reco-reco, reco-reco.

Para conseguir sair do lugar, so a passinhos de gueixa. Cada passo uma ralada. O suor desce copioso. O vaso tao `a vista parece tao distante! No fim voce consegue. Senta, abre o coracao e ai poe pra fora tres dias de suas melhores obras. A dor ja nao incomoda tanto. Doi mais que tudo mas o que importa? O Cruzeiro sera campeao!

Gente, ja se passaram cinco dias. Ja posso andar normal exceto que para o motor pegar precisa-se passar por uma travadinha na bunda. Ai o ralinho rala! Depois eh so desfilar com aquele andado de aves pernautas. Divagarinho e com “cuidado”.

Nao vou entrar em mais detalhes. O ralinho continua e parece que foi feito pelos nos dos pontos da cirurgia. Tomara apenas que tenham usado linhas que possam ser absorvidas pelo organismo e nao de plastico que precisem ser retiradas. Nao da para aguentar mais este sacrificio! E ficar mais tempo aqui sentado ira deixar-me com o Frisadinho assado.

No computo geral, o meu calculo era o de que as dores que passaria fariam cessar a pena anterior que era menos dolorosa, porem, 366 dias por ano bissexto. Contudo, por enquanto, em se comparando dia por dia, seria melhor ter tentado amarrar os chifres desse demonio primeiro! De qualquer forma, podem ficar felizes por mim. Eu e outros ja fomos ao fundo do poco mas voltamos inteiros.

Ja se passaram algumas semanas desde que a cirurgia se deu. Fiz o primeiro exame posoperatorio e tudo esta indo bem. Melhor dizendo, dentro do esperado. Terei que esperar pelo menos mais um mes para que a cicatrizacao se complete. De antemao parece estar valendo o sacrificio.

Quanto `a alternativa de fazer a amarradinha, nao se animem com ela. Nao falo por experiencia propria. Mas contou-me meu irmao que nosso pai a fez. Ainda se restabelecendo, uma de nossas irmas, assumindo ser verdade que esta opcao fosse menos desagradavel que a cirurgia radical, comecou a dizer maravilhas a respeito da amarradinha. Ao que o pai olhou-se com aquele ar serio e disse: “Eh! O cu nao eh seu!…” Por ai se ve que o melhor mesmo eh nao ter o problema. Mas se o tiver, a escolha eh sua. Totalmente sua. Boa sorte!…

Quanto `a palavra ditador nessa cronica, nao a confunda com a referencia ao meu seguro. Ditador eh a coisa ruim. Dai a definicao: “Eh aquele que dita a dor”. Neste caso foi o seo “Frisadinho”.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

53 Responses to “TRILOGIA DE VARIEDADES”

  1. GENEALOGIAS DE FAMILIAS TRADICIONAIS DE VIRGINOPOLIS | Val51mabar's Blog Says:

    […] Just another WordPress.com weblog « TRILOGIA DE VARIEDADES […]

  2. GENEALIDADE E GENEALOGIA DE ARY BARROSO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  3. A III GM | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  4. UMA VOLTA AO MUNDO EM 4 OU 3 ATOS (POLITICA INTERNACIONAL DO MOMENTO) | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  5. 03. O MENINO QUE GRITAVA LOBO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  6. MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK I | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  7. MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK II | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  8. MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK III | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  9. MEUS ESCRITOS NO FACEBOOK IV | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  10. A III GM | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  11. GENEALIDADE E GENEALOGIA DE ARY BARROSO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  12. GENEALOGIAS DE FAMILIAS TRADICIONAIS DE VIRGINOPOLIS | Val51mabar's Blog Says:

    […] another WordPress.com weblog « TRILOGIA DE VARIEDADES 2013 in review […]

  13. BARBALHO, COELHO E PIMENTA NO SITE WWW.ANCESTRY.COM | Val51mabar's Blog Says:

    […] another WordPress.com weblog « NESTE MUNDO, SO NAO EH GAY QUEM NAO QUIZER TRILOGIA DE VARIEDADES […]

  14. NESTE MUNDO, SO NAO EH GAY QUEM NAO QUIZER | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  15. A HERANCA FURTADO DE MENDONCA NO BRASIL | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  16. ISRAEL, AS DIVERSAS VERDADES E O PADECECER DA PALESTINA E OUTROS TEXTOS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  17. BARBALHO, PIMENTA E, TALVEZ, COELHO, DESCENDENTES DO REI D. DINIS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  18. FAMILIA: BARBALHO, COELHO … NO LIVRO A AMERICA SUICIDA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  19. THE SUICIDAL AMERICA/A AMERICA SUICIDA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  20. MILLOR, MELOU OU MELHOR FERNANDES!? | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  21. A FAMILIA COELHO NO LIVRO A MATA DO PECANHA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  22. HISTORICO DO POVOAMENTO MINEIRO, GENEALOGIA COELHO, CIDADE POR CIDADE | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  23. ASCENDENCIA DOS ANCESTRAIS: JOSE COELHO DE MAGALHAES/EUGENIA RODRIGUES ROCHA, UMA SAGA A SER DESVENDADA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  24. A HISTORIA DA FAMILIA COELHO DO CENTRO-NORDESTE DE MINAS GERAIS. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  25. A DIVINA PARABOLA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  26. O LIVRO DO CONHECIMENTO DE DEUS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  27. RESPOSTA DE UM NEOBOBO AO EXCELENTISSIMO SR. EX-PRESIDENTE, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  28. O DIRECIONAMENTO RELIGIOSO ERRADO NAS QUESTOES ELEITORAIS BRASILEIRAS. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  29. 100 REASONS TO AMNESTY THE UNDOCUMENTED WORKERS IN UNITED STATES | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  30. 13 STARS = WOMAN. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  31. CARTA AO CANDIDATO DO PSOL: PLINIO DE ARRUDA SAMPAIO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  32. 13 ESTRELAS = MULHER | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  33. FAIXA DE GAZA, O TRAVESSAO NOS OLHOS DA HUMANIDADE | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  34. IMIGRACAO: SEM LENCO E SEM DOCUMENTO, O BARRIL TRANSBORDANTE DE INJUSTICAS. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  35. THE NONSENSE LAW. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  36. POLITICA, FUTEBOL, MUSAS E PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA; OBAMA, GRANDES CORPORACOES E IMIGRACAO. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  37. CARTA DE LIBERTACAO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  38. About The Third and Last Testament | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  39. The Third and Last Testament | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  40. ALGUMAS NOTAS GENEALOGICAS, 2014/2015 | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  41. MOVIMENTO: “FORA DILMA, FORA PT”; QUE OSSO CAMARADA?!!! | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  42. NOS, OS NOBRES, E A AVO DO JUSCELINO TAMBEM PODE TER SIDO BARBALHO COELHO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  43. ARVORE GENEALOGICA DA FAMILIA COELHO NO SITIO: www.geneaminas.com.br | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  44. UM NOSSO LADO CRISTAO-NOVO E, TALVEZ, OUTRO PAULISTANO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  45. MEUS GUARDADOS 2015 | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  46. ALIENS, CONSPIRACIES, DISAPPEARED TREASURES AND DOMINANCE | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  47. OS RODRIGUES COELHO; E ANDRADE DO CARLOS DRUMMOND EM MINAS GERAIS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  48. CONSPIRACOES, ALIENIGENAS, TESOUROS DESAPARECIDOS E DOMINACAO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ https://val51mabar.wordpress.com/2012/12/30/2012-in-review/ […]

  49. MINHAS POSTAGENS MAIS RECENTES NO FACEBOOK | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  50. RIDICULOSAMENTE FALANDO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  51. Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  52. TRUMPANDO O ELEITOR | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

  53. 500 ANOS DE HISTORIA E GENEALOGIA DA PRESENCA BARBALHO NO BRASIL | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/ […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: