MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK II

Conteudo deste blog – All contents

0. PURA MISTURA

https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/

1. GENEALOGIA

https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20132014/

https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-pimenta-no-site-www-ancestry-com/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/

2. RELIGIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/

3. OPINIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/

4. MANIFESTO FEMINISTA

https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/

5. POLITICA BRASILEIRA

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/

6. MISTO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/12/30/2012-in-review/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/

7. IN INGLISH

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/

8. IMIGRACAO

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

 

 

INDICE

13. CORONEL OTAVIO CAMPOS DO AMARAL
12. TRANQUEM AS PORTAS DO GALINHEIRO PORQUE AS RAPOSAS ESTAO `A SOLTA.
11. AOS PARENTES E PARENTES DE NOSSOS PARENTES COM ASSINATURA “DE MIRANDA”
10. AULA DE EDUCACAO MORAL E CIVICA
09. BOLA PRA FRENTE RONALDAO
08. POLITICA SEM PERSEGUICOES
07. DIREITO `A PROPRIEDADE X “DIREITO” `A APROPRIACAO
06. “SINDROME DO PARAISO PERDIDO E SINDROME DO SONHO REALIZADO”
05. OS ERROS DA DITADURA NO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO
04. EXPLICANDO
03. CONHECAM O PORQUE DA PERDA DO HEXACOMAPEONATO EM 2014
02. COPA NO BRASIL EM 2014

01. ESTA FICANDO CADA VEZ MAIS CLARA A TATICA DA TUCANAGEM.

13. CORONEL OTAVIO CAMPOS DO AMARAL

Estou aqui distraido com nossa genealogia. Sempre ouvi um ou outro comentario, principalmente vindos do papai, a respeito da Historia do Brasil, em que personagens conhecidas aparecem.

Nao sabia da participacao de um bravo virginopolitano na Revolucao de 30. Alias, ele caiu no esquecimento. Precisa ser revivido. Existe ate o livro:http://books.google.com/bo…/about/O_quarto_mosqueteiro.html….

Este livro trata-se de detalhes da vida do coronel Otavio Campos do Amaral, filho de Antonio Ferreira Campos Baguary e dona Augusta Rabello do Amaral, (professora Augusta Campos) nascido em Virginopolis, em 7.11.1885.

Tem pouca coisa a respeito dele na internet. Entre os encontros ha este artigo na Wikipedia que ao exaltar o feito do cabo Aldomario Falcao faz tambem boa mencao `as virtudes do cel. Otavio Campos do Amaral. Segue o endereco: http://www.folhadiaria.com.br/…/caso…/cabo-aldomario-falcao….

12. TRANQUEM AS PORTAS DO GALINHEIRO PORQUE AS RAPOSAS ESTAO `A SOLTA.
Parece que os amigos do Aecio Neves estao tendo dificuldades em encontrar algo positivo para falar dele como candidato a presidente este ano. Reconhecendo a fraqueza dele como candidato ja estao querendo o reforco de colocar o FHC como vice. Agora querem montar na garupa da fama que o avo conseguiu no infeliz episodio das “Diretas Ja”. Vejam o que penso a respeito:
Acredito que nada mais emblematico nos dias daquela campanha que aquela manchete editada pelo PASQUIM: ‘DIRETAS JAZ”
Ela refletia o III Golpe de Estado que a Democracia Brasileira sofria durante os 22 anos de obscuridade. Tancredo Neves e seu grupo simplesmente nao perdeu a oportunidade de aproveitar-se da situacao e tomar do povo o direito ao voto. (Pobre povo enganado e ainda assim aplaudia) Partiu para a disputa no famigerado Colegio Eleitoral, onde seus unicos eleitores foram os membros do Congresso daquela epoca. A maior parte ex-aliados da ditadura, e isso incluia inclusive senadores bionicos.
Foi uma das minhas maiores tristezas na vida a noite em que ele anunciou seu vice: Jose Sarney. Na sala do apartamento da Universidade Federal de Vicosa saiu-me uma unica exclamacao da boca, perdoem-me a ousadia em reproduzi-la aqui por nao terem nada de polidas mas nao sou de esconder a verdade: Sera que o filha da puta desse velho nao pensa que pode morrer?!
Pois, entao, as lembrancas que meus pais haviam me passado do Tancredo Neves eram a de que fosse um mal politico. Em minha concepcao ele passou a ser um pessimo estrategista. Nao apenas aliou-se ao que ja era antes, com a falta de visao que tinha fez-nos passar por mais 5 anos de ditadura indireta. Na sequencia ainda tornou possivel a subida do Collor. O que nos faz contabilizar 29 e nao 22 anos de Ditadura. E ainda querem que homenageemos o homem!?

11. AOS PARENTES E PARENTES DE NOSSOS PARENTES COM ASSINATURA “DE MIRANDA”

Encontrei numa segunda leva de documentos do arquivo do alferes Luiz Antonio Pinto a anotacao de um casamento de um tio-pentavo nosso. La esta escrito:

“f 138 – Em 23 de Abril de de 1798 casou-se Joao Claudio de Miranda, filho legitimo de Jose Vicente de Miranda e Anna Maria da Encarnacao, desta Villa, com Feliciana Clara de Jesus (uma palavra ilegivel) no mosinho da capela em casa de Maria Francisca de Seixas Brandao, da Gouveia, onde foi baptisada.”

Estes Jose Vicente e Anna Maria estavam em nossa genealogia como pais de Maria Magdalena de Santana, que foi a esposa de um dos fundadores de Sao Sebastiao dos Correntes, atual Sabinopolis, e pentavo da minha geracao, Antonio Borges Monteiro Junior. A revelacao da existencia do Joao Claudio de Miranda abre algumas perspectivas.

Nas relacoes de nomes de pessoas que viveram ha cerca de 2 seculos atras na regiao dominada pelo Serro, nao tenho visto outros cuja assinatura tambem fosse “de Miranda”. Isso pode indicar que a maioria das pessoas da regiao, portadoras da assinatura, devera pertencer `a mesma familia. Como nao se sabe se os avos Jose Vicente e Anna Maria tiveram apenas os dois filhos mencionados, nao se sabe quantos ramos familiares os terao como ancestrais. Mas 2, somado ao tempo em que viveram, ja se pode prever uma descendencia “assombrosa”.

Os ancestrais Maria Magdalena e Antonio Junior casaram-se em 17.11.1805, sete anos apos Joao Claudio e Feliciana Clara. Isso leva a entender que Joao Claudio era bem mais velho que Maria Magdalena e o mais provavel sera que tiveram diversos irmaos intermediarios, talvez tambem alguns mais velhos e outros mais novos que ambos.

As pessoas que atualmente contam em minha faixa de idade (55 anos + ou -15) deverao ter avos nascidos por volta de 1900. Aqueles que assinam ou sabem ter um “de Miranda” como ancestral e desejarem verificar se fazem parte dessa descendencia, nao deverao ter dificuldades em encontrar os registros de casamentos de seus avos dessa linhagem. Este registro devera conter os nomes dos pais e avos dos conjuges. Ou seja, chega-se ai aos avos dos avos, os terceiravos de nossa geracao.

Estes deverao ter nascido em torno de 1820 a 1840. Com a possibilidade de ser um pouco antes ou pouca coisa depois, principalmente se forem do sexo masculino que dao um intervalo ligeiramente maior que os do sexo feminino. Se os registros apontarem a procedencia da sua familia e for da antiga regiao dominada pelo Serro, as chances serao boas de pertencer `a mesma raiz.

Para unir a raiz Jose Vicente/Anna Maria via Joao Claudio ou algum de seus irmaos, dever-se-a ter que descobrir mais uma geracao, a de filhos deles. Um passo mais provavel seria encontrar o registro de casamento do trisavo que, mais provavelmente, podera ser encontrado em alguns dos arquivos eclesiasticos no Serro. Outra opcao seria buscar naquela cidade, no Museu General Carneiro, os testamentos e inventarios destes nossos familiares. O museu guarda documentos do acervo da “Comarca do Serro”, que antigamente abrangia todo o Centro-Norte do Estado de Minas Gerais.

Nao ha garantias que se encontrarao neles tudo o que sera preciso saber. Porem, seria o passo mais logico a se seguir, tentar encontrar as duas pontas da meada. Os documentos poderiam inclusive revelar a procedencia do Jose Vicente. Nao se sabe se ja fazia parte do time radicado no Brasil ou era portugues recem-introduzido.

A importancia, entre outras, de buscar-se a revelacao desses meandros genealogicos esta no fato de que alguns casamentos das geracoes mais recentes ocorreram entre nossos familiares sabidamente descendentes do Jose Vicente e outros cuja assinatura eh “de Miranda”. Pode ser que estes casamentos trouxeram em si mais algum grau de consanguinidade `as atuais geracoes. A importancia de desvendar-se isso eh medico-preventivo.

Acredito que as chances, embora nao chegando a 100%, sao grandes de todos pertencerem `a uma mesma familia sem o saber. Entre os descendentes do Jose Vicente de Miranda inclui-se os Rodrigues Coelho e muitos dos descendentes Pimenta. Claro, e todas as outras familias cuja assinatura seja diferente destas, porem, com algum vinculo parental com elas. Inclui-se, naturalmente, toda a descendencia dos pentavos: Maria Magdalena de Santana e Antonio Borges Monteiro Junior. Abracos,

Valquirio.

10. AULA DE EDUCACAO MORAL E CIVICA

In memoriam, ao Dr. Raimundo Nonato Batista da Rocha.

Assistindo `as intemperies dos amigos que nao estao cientes das realidades do conhecido “Auxilio Reclusao”, resolvi encurtar para eles a chance de uma pesquisa para informarem-se a respeito do assunto. Isso porque estao aticando odios contra as administracoes mais recentes do Brasil como se nelas ha alguma culpabilidade pelo fato de tal lei existir.

Era obvia a intencao dos legisladores. Uma pessoa que entra na linha de criminalidade tornando-se reclusa nao comete um crime contra outros mais que contra a sua propria familia por colocar seus dependentes diretos em risco de tambem entrar para a criminalidade. A intencao do legislador era a de proteger os descendentes, enquanto esse nao pudesse prover para a familia.

Outra funcao eh a de investimento na prevencao, pois, torna-se muito mais caro `a sociedade arcar gastos com punicoes que evitar que outras pessoas entrem na linha de criminalidade.

Debatem os criticos a respeito da procedencia da lei alegando que ela protege a vagabundos e nao auxilia as familias da vitima. A verdade eh que a segunda proposicao eh verdadeira, mesmo porque o nome da lei eh Auxilio Reclusao. As vitimas nao estao reclusas. Esta lei especifica nada tem a ver com elas.

A questao eh essa: qual a forma obvia e justa de lidar-se com essa situacao? Os criticos da lei pensam que eh extermina-la. Nao se importam com as consequencias obvias. Assim, levando-se em conta a ideia das consequencias e da abordagem da lei, devemos considerar que a descendencia das vitimas entrariam em risco semelhante `as descendencias dos infratores. Pelo principio petreo da Constituicao, reza que nao pode haver discriminacao em relacao `a aplicacao de direitos, o mesmo principio garante direito aos dependentes das vitimas. O que falta eh regulamentacao para que tambem eles sejam protegidos.

Observa-se que os reclusos que ja possuem outras fontes de renda (aposentadoria, afastamento etc) nao tem direito ao Auxilio Reclusao. O mesmo se daria em relacao aos descendentes das vitimas.

Os dependentes das vitimas, porem, tem o direito de acionar os estados, responsaveis diretos pela seguranca publica para serem indenizados segundo leis de protecao ao consumidor. Seguranca publica eh fruto dos impostos recolhidos junto `a populacao, portanto, trata-se da clara comercializacao de um produto. Todo consumidor que faz sua parte recolhendo seus impostos tem o direito de obter o servico prometido. Neste caso, sua seguranca.

Sabemos que existe uma certa impossibilidade de os estados garantirem 100% da seguranca. Assim como as fabricas nao produzem 100% de seus produtos sem defeitos. Portanto, da mesma forma que uma fabrica sera obrigada a ressarcir, na impossibilidade de retornar o mesmo produto nas condicoes afiancadas no momento da compra, o que saiu com defeito, havera que os estados reporem as perdas de sua clientela. Claro, em caso de extincao da vida ou incapacitacao permanente, essa indenizacao tera que ser correspondente `a projecao de ganhos que a vitima teria durante sua vida extinta ou limitado pelo ato criminoso.

O Auxilio Reclusao nao eh de autoria das administracoes mais recentes do pais. Criado antes do desrespeito militar de 1964, foi mantido pelos usurpadores, sendo extendido ate ao presente. Nem por isso perde a validade da intencao do legislador nem a necessidade de a lei existir.

O melhor a se fazer eh levar a justica para todos e nao enquadrar todos na injustica.

Leiam mais:

http://www.previdencia.gov.br/…/off…/3_091124-161649-231.pdf.

http://intertemas.unitoledo.br/…/Ju…/article/viewArticle/838

Obrigado a todos pela participacao, pois, a palavra sem resposta eh morta. Esta esta se mostrando viva.

Cara Lea, ha que respeitar seu ponto de vista, embora considero-o muito estrito. Essa visao eh quase biblica, nao eh em funcao das contradicoes. Ela assemelha-se `a “Lei do Taliao” (Olho por olho; dente por dente, pe por pe …).

`As vezes nossa atencao torna-se refem daquilo que eh repetido muitas vezes e nao observamos o que tambem esta escrito. Deut. 24, 16: “Os pais nao serao mortos pela culpa dos filhos, nem os filhos pela culpa dos pais. Cada um sera executado por causa de seu proprio crime.”

Independente de minhas concepcoes religiosas diferentes de outras interpretacoes humanas, penso que este conceito eh divino e maravilhoso. Claro, levo em conta apenas a essencia, nao o conteudo dos dizeres porque nao vejo a menor funcao da pena de morte existir, ja que o principio de maior validade eh redimir, e a pena de morte elimina esta possibilidade antes mesmo da tentativa.

Fato eh que, devido a meus conhecimentos genealogicos e praticos, tenho o conhecimento que nao descendemos somente de santos. Tem muita gente entre nossos antepassados que foi sumariamente executada sem a devida averiguacao de culpa e outros com culpa devidamente conhecida mas que nao foram punidos. Penso que o nosso objetivo deva ser construir uma sociedade melhor. Se nao conseguirmos para nos, pelo menos para nossa descendencia.

Se escolhemos a uns para serem ressarcidos pelas consequencias de um crime e determinamos que outros sejam excluidos, estamos comentendo um engano no raciocinio que ao inves de levar-nos `a justica, leva-nos ao erro.

Se todos os maus tivessem sido eliminados por suas culpas nao teriamos nascido e, bem provavel, a humanidade ja estaria extinta!

As contribuicoes previdenciarias sao recolhidas de bons e maus. Reza o principio que seguridade social trata-se de um seguro para beneficiar aos contribuintes. Nao somente aos bons ou somente aos maus. Trata-se de seguro. A gente paga pensando em nunca usar. Mas so porque nao precisamos usar nao podemos revoltar com os que precisaram.

Considerando a estrategia do legislador que seria a de proteger os dependentes dos criminosos por obviamente terem sido postos em risco de entrar para a criminalidade, obviamente por ato mais provavelmente de seus proprios progenitores, julgo valida a tentativa de proteger tambem a sociedade contra o surgimento de futuros criminosos. A ideia nao eh minha mas a subscrevo por endosso.

Creio, porem, que o legislador falhou quando nao se lembrou que as vitimas tambem podem deixar depedentes que cairao no mesmo risco de entrar para a marginalidade e que deveriam ser equivalentemente protegidos contra isso. Absolutamente. Se existe a clausula para proteger um lado, mais razao acreditamos existir para proteger o outro lado.

Contudo os objetivos sao complementares. No fundo o grande objetivo deveria ser um so. Proteger toda a sociedade contra a existencia da criminalidade. Como nos ensina o adagio popular, “Melhor prevenir que remediar”. Foi porque a prevencao nao foi feita a vida toda eh que a violencia esta explodindo, nao apenas no Brasil.

Nao se enganem quanto a esta falsa impressao de que fora ela seja pequena. Aqui estamos nos preparando para a entrada do verao. Quando os piques de criminalidade tambem explodem. Este nao eh meu aviso particular, mas uma advertencia emitida por todos os departamentos de policias dos USA, que usa tambem a estrategia de trabalhar junto `as comunidades.

Porem, nenhuma estrategia tem conseguido remover 100% das criminalidades. Isso porque elas tem causas inerentes `a propria constituicao social imposta no mundo. O maximo que tem-se feito no sentido de combater a violencia e controla-la.

Cabe culpa ao conjunto da sociedade uma porcao da violencia que sofre, pois, aceitando a extrema desigualdade social como fato consumado; as diferenciacoes da aplicacao das leis como ato justificavel; a preferencia do ter sobre o ser como uma “dadiva de Deus”; as enormes discrepancias educacionais como ato de bom senso e outros mais, ela propria eh contribuinte ativo para que a situacao se prolongue e permaneca.

Portanto, eh justa a penalidade que o conjunto da sociedade sofre em ser obrigada a sustentar as reparacoes devidas a ambos os lados da polemica. Mesmo que alguns justos irao igualmente pagar pelos pecadores. O “justo” que nao participa e nao enxerga essas coisas torna-se culpavel por omissao.

Como descendemos de bons e de maus, a nossa descendencia num futuro mais `a frente acabara tornando-se descendente dos que hoje sao chamados de bons e tambem dos que sao chamados de maus. Portanto, seria inteligente por parte do conjunto da sociedade buscar produzir o minimo possivel de “frutas podres” para que a descendencia de todos nos seja mais pura.

Infelizmente, a vida tornou-se uma especie de “roleta russa” em que todos somos obrigados a participar, independentemente de nossas vontades. Facil eh dizer que toda a culpa eh somente dos criminosos porque isso nos da paz de consciencia, embora seja limpa na hipocrisia. Os criminosos e suas vitimas diretas fazem parte de uma instancia com correlacao direta. Ja os dependentes fazem parte de outra instancia que precisam ser socorridas e nao punidas, pois sao ambas vitimas com correlacao indireta.

Outro erro eh partidarisar-se o assunto prezada Lea. Se os dependentes dos criminosos votam, os das vitimas fazem o mesmo. Nada podemos afirmar em relacao ao balanco entre votos ganhos e perdidos, pois, estou certo que nao existem pesquisas cientificas que possam embasar uma versao de ganho ou perda de votos.

Se alguem defende o Auxilio Prisional como fonte de votos deve estar cometendo engano grosseiro. Isso porque as pessoas humanas tem tendencias de tomar partido das vitimas. Assim, alem dos votos que os familiares das vitimas possam dar contra, o mais provavel eh que a simpatia do publico em geral tambem pendera para esse lado.

Porem, o bom mesmo eh nao partidarizar essa causa, pois, se um partido ergue-la como bandeira e os adversarios enxergarem nisso alguma iminencia de perder votos, podera votar contra pelo sentimento de autopreservacao. A melhor estrategia eh levantar a questao da justica para todos e equivalencia de direitos. Nao ha razao para tentar fazer justica para uns sacrificando os direitos dos outros.

Quem ja o tem, seja mantido. Distribua-se com os que nao tem. Afinal, sao igualmente vitimas dos criminosos: tanto as familias das vitimas quanto as proprias vitimas deles. Ou pensam que eh facil carregar o estigma de “parente de criminoso”?!!!!

Acredito que inteligente sera o legislador que regulamentar a lei no sentido de extender a todas as vitimas o mesmo direito. Ja que a situacao nao eh justa ele passara por justo no tentar alcancar o equilibrio. A justica seria feita se a sociedade como um todo fosse justa. Mas como esta distante a possibilidade da justica tornar-se realidade, o remendo torna-se pecando venial.

09. BOLA PRA FRENTE RONALDAO.

Anunciaram que o Ronaldo Nazario teria aberto o voto dele a favor do candidato Aecio Neves, talvez, pensando que isso fosse irritar a galera que, com todo respeito, se digna a ter opinioes contrarias ao senador e ex-governador de Minas Gerais.

Contudo, a abertura do voto nao sendo alguma jogada comercial, sera sempre uma atitude civica daqueles que pensam estar defendendo suas proprias opinioes. Afinal, assim devemos comportar em uma verdadeira democracia. Nao cabe patrulhamento ao ato cidadao de manifestar boas intencoes.

Contudo, a opiniao de outros eh a ultima coisa que influira em meu voto quando eu decidir por qualquer candidato. Mesmo que todos os participantes vivos das 5 selecoes campeas do mundo decidissem seu apoio a um candidato, quica serao 6 a partir de 2014, isso nao influira a minha decisao. Afinal, o voto eh meu, eh minha responsabilidade decidir em quem votar e minha obrigacao emitir opinioes elogiando os acertos e sugerindo correcoes aos erros de qualquer um que for eleito. A isso se chama cidadania.

O que seria contraditorio, porem, seria os participantes das selecoes passadas darem apoio aos que tanto estao torcendo contra o Brasil. `Aqueles que poderiam ter dito que nao queriam a copa no Brasil ha 7 anos atras, mas agora estao contra porque tornou-se inevitavelmente uma realizacao do atual governo, eleito pela maioria dos votos ha quase 4 anos atras. Nao tiveram competencia para eleger outro candidato, portanto, agora sao contra.

Nunca deixei de comemorar um gol do escrete brasileiro por causa de quem quer que fosse ou estivesse governando. Nem mesmo `a epoca da ditadura. Se ultimamente nao tenho o mesmo entusiasmo que tinha com o futebol, nao se trata por causas politicas externas ao esporte. Trata-se das falcatruas acontecidas dentro do proprio esporte. Mesmo assim, nao ponho meus desgostos acima do direito dos inocentes de vibrarem.

Futebol eh arte que todos os brasileiros aprendemos com maior ou menor categoria a expressar. Nunca fui excepcional como amador. Fui ate chamado de ruim de bola. Mas sempre a tratei com carinho. Nunca pisei na bola, senao para passar pelos adversarios. Alias, ideia copiada do Garrincha.

O que me espanta eh o descaramento da extremadireita que, por falta de argumentos e por nao ter nenhum objetivo bom, resolveu apoiar tambem a candidatura do senador Aecio Neves com a estrategia da “terra arrasada”. Ela nao esta perdendo nenhuma oportunidade de achincalhar a imagem do pais Brasil e seu povo brasileiro no exterior e dentro do pais.

Nada fez para ajudar a realizacao da copa, mas tenta de tudo para conseguir conturba-la. Nem mesmo deixa os selecionados concentrar-se para fazer bem feito seu dever de casa.

Alias, ato continuo, a extremadireita brasileira esta sendo acessorada ou copiando a extremadireita americana. A partir de 2008, quando tomou posse o presidente Barack Obama, a americana fez de tudo para achincalhar tudo o que havia sido feito de bom anteriormente. Lutou tanto do lado “ser do contra” que acabou ajudando a decisao das agencias monetarias a decidirem pela reducao da credibilidade economica do pais. Era classificado como AAA. Nao eh mais.

Mesmo isso causando imenso prejuizo `a nacao, a extremadireita americana continuou torcendo para as coisas piorarem, na esperanca de conseguir alguns lugarizinhos nas assembleias e congresso.

Exatamente o mesmo tem se dado em relacao `a extremadireita brasileira. Ela vibrou como se tivesse marcado um gol de placa quando algo semelhante aconteceu ao Brasil.

Vibra mais ainda quando qualquer artigo, comprado ou nao, eh estampado nas paginas da grande midia internacional, mostrando mas noticias no Brasil. Ela que quando esteve no poder maquiava todos os males que provocava, agora vibra e torce para que as consequencias do que fez e planejou exploda nas maos dos adversarios. Eh a verdadeira face da hipocrisia. Nao ha o que se tirar o acrescentar.

Sinceramente! Nunca fui radical. Mas gostaria de continuar torcendo a favor do Brasil, tanto no futebol quanto para que a nacao indireite os seus caminhos na estrada da paz e do progresso. Nunca torci para que quebrasse antes. Nem vou torcer para que se quebre agora. O pais quebrado eh prejuizo para todos e nao eh o caminho para a vitoria de ninguem que tenha consciencia sa.

Independentemente de quem vira a ser presidente do Brasil a partir de 2015, sou a favor do trabalho e contra o pessimismo. Quem quer que for, ofereco minhas ideias para ampliar os ganhos, erradicar os desvios e seguir em frente para mais vitorias.

Gostaria ate de colocar o candidato Aecio Neves como possibilidade de um voto meu. Mas com essa torcida contraria ao Brasil dando tanto apoio a ele, faz a gente desconfiar que ele tambem faz parte da mesma laia. Dai fica impossivel considera-lo candidato de confianca.

A torcida contra eh infantil, contraprodutiva e oportunista. Contem-me fora dela.

08. POLITICA SEM PERSEGUICOES!

Ja tem algum tempo que testemunhei um debate, do qual nao participei, entre alguns netos do vovo Juca. Acredito que foi a partir da epoca que os brasileiros comecaram a viajar mais ao exterior, agora no inicio do III milenio.

E o assunto que rolava era a opcao que a maioria estava fazendo de viajar `a Europa, Argentina ou qualquer outro lugar, exceto Estados Unidos. Isso ocorreu ha um bom tempo antes tambem de 2008. Dai o nosso primo e grande amigo Dr. Carlucio Campos fez um comentario mais ou menos assim: “Gente, nos temos que visitar os Estados Unidos para conhecer o que eles fazem para as coisas darem certo por la!”

Eh! O Furrequinha tem cada ideia!… Pois entao, eu ja residia aqui. Tinha conhecimentos limitados a respeito mas concordei silenciosamente. Isso mesmo! Era preciso espionar o “inimigo”.

Brincadeira `a parte, agora tenho uma ideia a respeito do porque as coisas sempre deram certo nos Estados Unidos e erradas no Brasil. Claro, existem diferencas historicas que sao faceis de identificar. Antigamente os preconceituosos diziam que era porque os paises tropicais nao desenvolviam por causa do clima, deixava a gente com preguica; ou porque a populacao estadunidense era de maioria europeia (ksksksksksks, no Brasil ate os afrobrasileiros descendem de europeus e a maioria dos afroamericanos sao afropuros); tambem punham culpa no sistema politico etc.

Mas existem explicacoes mais objetivas. O imperialismo estadunidense levou-o a expandir de costa-a-costa, do Atlantico ao Pacifico, abrindo mercados no Oriente e no Ocidente. Em 1900, os Estados Unidos ja contavam com 70 milhoes de habitantes enquanto o Brasil tinha apenas 17. E, claro e absolutamente, a filosofia desde o inicio do seculo XX foi a de inserir toda a populacao estadunidense no mercado de consumo enquanto no Brasil o mercado de consumo sempre excluiu a maior parte de sua populacao.

Porem, ha um detalhe oculto para os olhos dos brasileiros que conhecem os Estados Unidos somente de ouvir falar. E isso se passa pela organizacao politica historica do pais.

O sistema politico americano eh bastante complexo. Coisa de confundir ticos e tecos dos brasileiros. Mas, basicamente funciona assim:

Como aqui o votar nao eh obrigatorio, isso acontece mais em relacao aos que votam. Assim, os eleitores mais frequentes, geralmente, se organizam em associacoes. Ali eles discutem o que eh bom para eles. Essas associacoes se unem para indicar candidatos. Estes candidatos sao votados para encaminhar as reinvindicacoes de seus eleitores.

Os brasileiros pensam que so existem dois partidos politicos aqui. Mas a verdade eh que existem muitos outros embora somente os dois maiores conseguem representatividade. Eh complicado explicar porque as eleicoes ocorrem sob leis estaduais. Assim, tem estado que efetiva eleicao somente para um partido que conseguiu a maioria dos votos. Assim, do segundo lugar em diante fica chupando dedo. Isso, em relacao `as eleicoes federais. Nas locais as eleicoes sao distritais.

Ou seja, geralmente as pessoas votam em alguem que reside nas suas proprias vizinhancas. Nao existe um candidato la de Juiz de Fora receber votos la na Cidade de Januaria. No maximo, isso poderia acontecer de um deputado representando Montes Claros.

E eh essa intimidade entre o eleitor e o candidato eh que acaba governando. Se o eleito nao fizer o que os eleitores mandam, o adversario provavelmente sera eleito na proxima eleicao. Que aqui nos Estados Unidos ocorrem de dois em dois anos, para deputados. Senadores sao reeleitos em 6 anos. Eh um processo super cansativo para os candidatos. Mas se ele faz um bom trabalho, quase nao precisa gastar dinheiro para se reeleger. E eh ate bobagem o candidato adversario gastar muito para tentar derruba-lo porque as coisas se dao na intimidade.

Nao se vota por informacoes e sim por conhecimento pessoal. Geralmente, os candidatos vao escalando os degraus da politica. Sao eleitos representantes (vereadores) para se tornarem conhecidos, depois de mostrarem trabalho para os partidos e para o publico eh que podem alcar voos maiores.

Outro detalhe. Nao ha fidelidade partidaria. A pessoa eh eleita para fazer o que os eleitores mandam e nao o seu partido. Os partidos dao a tonica mas a decisao final sera de acordo com os eleitores.

Um detalhe interessante. Os candidatos atacam os adversarios como se fossem inimigos. Dentro de seus pensamentos ideologicos. O carater pessoal so entra quando algum deles pisa na bola mesmo. Como, aceitar corrupcao e ser descoberto. Praticar qualquer ato amoral, que tem grandes chances de ser descoberto. Vide o caso do Bill Clinton que foi brincar de pular muro, dentro da propria Casa Branca! Mas dessa ele se safou! Quem pagou o pato foi o All Gore, candidato indicado por ele.

Essa questao de atacar o candidato adversario eh uma estrategia considerada legal, dentro dos limites da lei. O que nao impede de proceder-se segundo as tradicoes. Quando saem os resultados, ainda nao ha comemoracao dos vencedores. Oferece-se o pulpito ao vencido, que fara seu discurso reafirmando suas conviccoes, prestar homenagens a quem quizer e parabenizar o vencedor.

So entao as comemoracoes comecam com o discurso do vencedor. Ele nao desabafa. Esquece todas as ofensas que possa ter ouvido. Valoriza a pertinacia do adversario. (Valorizando a propria vitoria). Fala do que pretende fazer, despede-se, e abre-se a parte carnavalesca.

O interessante que o brasileiro precisa aprender eh que ai se acabam as eleicoes, porem, a politica nao morre ate `as proximas eleicoes. No Congresso ou nas Assembleias havia o que se chama de “compromisso”. Voce pode ser meu adversario na politica mas se voce eh o melhor qualificado para exercer uma funcao, nao havia vergonha em convida-lo para partilharmos o governo, dentro do objetivo maior que seria o bem da populacao como um todo.

Historicamente, foi essa atitude que valeu. O que valia era o compromisso.

Outro detalhe. Se voce for conversar com seu representante, em quem voce votou, para solicitar alguma coisa, a primeira coisa que ele ira te perguntar eh: “Quantos votos voce representa?” Ah nao! Eu vim porque estou precisando. “Entao va buscar votos senao nao ha conversa!” Tai a praticidade do sistema. Os representantes nao jogam fora conversa com quem nao tem apoio.

Isso porque, mesmo que seja boa a reinvindicacao, para aprova-la ha todo um processo que necessita retaguarda. O projeto vai ser lancado? Precisa fazer barulho para chamar a atencao dos outros. Esta demorando? Quem o deseja ver aprovado tem que fazer abaixos assinados, levar ao orgao competente e os eleitores tem que se comprometer a telefonar para os escritorios de todos os representantes. Assim fica caracterizada a exigencia. Nao existe essa de assinar-se o “cheque em brando” (voto) e esperar que o representante va fazer algo por livre e expontanea vontade. Aqui vai por livre e expontanea pressao mesmo!

Acontece que, de uns tempos para ca, as coisas andam mudando de figura. Por exemplo, surgiu uma faccao do Partido Republicano chamada Tea Party (Partido do Cha). Os brasileiros podem nao compreender direito o nome. Trata-se de uma alusao ao primeiro ato de revolta que levou `a Revolucao de Independencia dos Estados Unidos. Uns bostonianos, insatisfeitos com os abusos dos impostos, vestiram-se de indios e invadiram um navio ingles e jogaram ao mar sua carga de cha.

Este Tea Party eh composto de uma maioria absoluta por pessoas ricas, tradicionalistas, antifeministas, antigays, fortemente vinculadas a igrejas reformadas, brancas, hierarquistas etc. O Tea Party eh minoria inclusive dentro do proprio Partido Republicano mas tem dinheiro e muita disposicao. Ele esta mantendo refem a maioria da bancada e dando o tom ao partido. Sem os poucos votos que controla, os Republicanos perdem a maioria que ainda possuem. Pelo menos foi ate `as eleicoes passadas.

E pode ser que nao diminua porque estes dias, nas primarias para deputados das eleicoes deste final de ano, conseguiu inclusive derrotar o lider da bancada republicana no Congresso, o deputado Erick Cantor. E olhe que o Cantor era um otimo aliado do Tea Party ate ha poucos dias. Mas pensam que ele nao esta sendo fiel o suficiente para botar a gentinha em seu devido lugar. (Gentinha aqui sao os imigrantes e qualquer minoria que estejam na mira do Tea Party).

Esse tem sido o problema dos Estados Unidos ultimamente. Parece que alguns politicos ficaram mais irritados ainda com a eleicao do primeiro presidente mulato. Toda oportunidade que tem, bloqueia qualquer projeto que o presidente apoie. Este partido infiltrado conseguiu, desde a administracao do ex-presidente George W. Bush, impedir, por exemplo, qualquer iniciativa de aprovacao de alguma lei que legalize os imigrantes sem documentos, pois, sao xenofobos tambem.

Para exemplificar a atuacao dessa faccao basta-nos citar o caso do sargento Bergdahl. Foi capturado ha 5 anos pelo grupo Taliban no Afeganistao. E os Estados Unidos sempre tiveram o lema: “Nao deixar ninguem para tras.” A campanha era a de resgatar o soldado, custasse o que custasse. Dai houve a oportunidade de fazer uma troca dele por 5 acusados que estavam na prisao de Guantanamo. Feita a troca, pela administracao Obama, entao o sargento virou traidor, o presidente tem que ser deposto por ter violado uma lei menor, etc e tal. A filosofia eh essa: “Sou contra, nao importa o que!”

Enfim, penso eu, os brasileiros poderiam estudar uma forma de entrar em acordo e chegar `a ideia de compromisso entre os adversarios para o bem maior que eh o bem da nacao, segundo ao que era antes aqui.

Aos estadunidenses, porem, so tenho que apresentar as minhas condolencias, se nao conseguirmos fazer o entendimento historico voltar `a pauta. Este pais tinha tudo para continuar dando certo. Mas resolveu copiar justo o que de ruim sempre predominou no Brasil!…

07. DIREITO `A PROPRIEDADE X “DIREITO” `A APROPRIACAO

“Agora eu te faço outra pergunta, você acha justo uma pessoa que estudou, trabalhou, ralou e ao longo dos anos conseguiu acumular algum tipo de riqueza e teve uma ascensão social ser criticada por isso?”

Esta foi uma questao levantada por um de nossos primos. A intencao dele era a de criticar as politicas socializantes que tem ajudado ao Brasil sair daquela situacao de pobreza endemica e atingir uma condicao de economia de mercado. O que a expressao deveria significar era: todos tem direito aos beneficios que o trabalho coletivo produz.

Entre o coletivo e o individuo, logicamente eu prefiro o beneficio do coletivo, pois, este beneficia ao individuo sem excluir o seu semelhante. A partir do momento em que as condicoes sejam justas para o coletivo, nao ha razoes para oprimir o individuo que se destaca e nao deixa-lo alcancar voos mais altos. Alias, essa eh justamente o pressuposto da evolucao. Os que enxergam mais alem devem procurar evoluir, porem, nao ha razao logica para que a evolucao deste se torne opressao aos outros.

Eh como escalar uma montanha. O guia vai `a frente, alcanca um patamar e prepara as cordas para os outros membros da expedicao atingi-lo. O guia nao deve pensar que ele eh a expedicao. Enquanto ele esta fazendo o trabalho dele, embora `a frente dos outros, os outros nao estao aguardando parados. Eles estao dando o apoio necessario para que a expedicao tenha sucesso. Os membros da expedicao sao interdependentes e nao dependentes de um ou outro.

Tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil tem surgido uma forte tendencia individualista onde alguns se acham mais importantes que os outros. Os patroes agora inclusive ja nao sao mais patroes. Sao criadores de empregos. Ksksksksksksks. O eufemismo nao muda a realidade. Parece que os defensores da apropriacao ainda nao se deram conta disso!

O que eu chamo de “direito” `a apropriacao? Das nossas Historias podemos tirar exemplos claros. Quem descobriu as Americas? Cristovao Colombo? Mas sera possivel que os indigenas que ja habitavam as Americas ha milhares de anos nao conheciam a propria terra onde habitavam? Teve que chegar o europeu para dizer-lhes essa eh uma terra nova, ninguem jamais a havia pisado antes, portanto, de agora em diante ela foi descoberta.

O eufemismo, “descobriu as Americas” tirou o sentido no “direito” `a apropriacao. Ou seja, dai para frente tudo pertencia ao rei da Espanha e logo depois uma parte foi desviada para Portugal. Sob as bencaos papais isso foi confirmado no Tratado de Tordesilhas.

Os pobres coitados dos indigenas eram livres. Passaram a ser subjetos. Eram donos. Tornaram-se sujeitos `a escravidao.

Coisa semelhante aconteceu aos africanos. Eram livres enquanto na Africa. Tornando-se presas da guerra, foram transportados para as Americas e feitos escravos. A propria vida deles passou a ser governada pelo “direito” de apropriacao dos brancos. O resultado do trabalho deles era apropriado pela classe branca.

Mais tarde, o “direito” `a apropriacao deu-se em relacao, por exemplo, ao portugues e ao brasileiro. Ora, o “brasileiro” podia ser filho, neto, bisneto ou seja la o que for de pessoas portuguesas. Mas tinha cometido o “pecado” de ter nascido no Brasil. Principalmente aqueles que por “mal dos pecados” tinham simultaneamente ancestrais afrodescendentes ou nativodescendentes. No momento de obter alguma merce de sua magestade e em competicao com um portugues nativo, a merce era obviamente dada preferencialmente ao “estrangeiro”, procedente de Portugal.

Muita gente que conhece isso da Historia confunde direito com privilegio. Ou seja, os europeus conquistaram privilegios nas Americas. E desde entao existe essa competicao entre o estabelecimento do direito e a manutencao dos privilegios. Essa disputa tem sido longa e nao da mostras de arrefecer-se tao cedo.

Vamos fazer uma comparacao: o “direito” `a apropriacao eh semelhante a um tutor que toma conta dos bens de menores e se aproveita da posicao para obter beneficios. Por exemplo, inclusive, para que o menor possa ter acesso a seu dinheiro o tutor lhe faz alguma chantagem, inclusive de fundo sexual. Nao ha pudor!

Voltando `a politica americana, foi ate coincidencia. Quando das ultimas eleicoes presidenciais os debates aqui estavam acelerados. O presidente Obama levantando a bandeira dos pobres e o Tea Party principalmente querendo rasga-la. Na situacao e escrevendo um livro, salientei a verdade de que ninguem fica rica por esforco proprio. Foi tambem o argumento levantado pelo, entao, candidato `a reeleicao Obama. Acredito que nunca se viu uma reacao tao raivosa contra o argumento. Foi como se se tivesse jogado pedra em caixa de marimbondo.

Acontece, que em meu livro eu havia esclarecido bem a questao. Apresentei a realidade de que toda a infraestrutura de um pais eh criada atraves dos impostos arrecadados a todos. Inclusive escolas, estradas etc e tal. Apos essas coisas funcionando eh que vao surgindo as oportunidades. Ai chega uma pessoa com informacoes privilegiadas aproveitando essas oportunidades.

Para que as oportunidades possam ser aproveitadas a pessoa usa as estradas que ela nao construiu, usa a educacao que a populacao tem e que nao foi custeada por ela, alem de, e mais importante, atender o maior numero de clientes possiveis em seus negocios. Os donos de uma Wall Mart, por exemplo, sao superricos. Tem milhares de supermercados espalhados por todo o mundo.

Mas isso so se tornou possivel porque tambem tem milhares de empregados e que, diga-se de passagem, muito mal pagos; e milhoes de clientes que, se somado o esforco de todo mundo para ganhar o dinheiro que gasta no Wall Mart, dava para encher piscinas e piscinas de suor, e nenhuma gota rolou no rosto dos donos da empresa.

Portanto eh, no minimo, falta de humanidade os irmaos donos desta rede de supermercados dizerem que sao ricos em funcao exclusiva do trabalho proprio. Nao estou querendo dizer que eles sao adeptos desse pensamento, apenas estou afirmando que seria absurdo se eles pelo menos pensassem assim.

Num ponto o primo tem razao. Se a pessoa estudou mais que a outra ela tem la seu direito a ter uma compensacao por isso. Afinal, eu reconheco que quando aluno tudo era muito mais dificil para mim. Estudar nao eh facil e quem estudou sabe disso. Quem nao estudou, sabe tanto que preferiu a opcao de ir trabalhar antes que estudar, pois, eh mais facil.

Quando professor passei pela experiencia. Tambem nao eh uma profissao facil de ser exercida. Mas em se comparando com o estudar, o ensinar eh mais facil e tem a compensacao do salario. O problema eh que, tanto nos Estados Unidos quanto o Brasil os salarios para os educadores deixam muito a desejar. Digam-me de quantos professores milionarios uma nacao eh feita e podemos dizer o quao justa ou injusta essa nacao eh.

A pessoa que estudou, trabalhou e ralou, meu primo, nao pode ser criticada por essa boa acao dela. Ela podera ser criticada se defender o “direito” de apropriacao sobre o direito `a propriedade. Creio que a pessoa eh mais justa quando defende o direito dos outros e nao delas mesmas.

A constituicao brasileira eh evoluida em relacao `a americana pelo menos num ponto. A americana, por ser tradicional, nao especifica que todos tem o direito a: moradia, lazer, saude, educacao, transporte, alimentacao, seguranca e vestuario. O que a americana afirma eh que devera ser promovida a liberdade e a felicidade, o que implica que essas coisas estejam garantidas. Porem, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, guardadas as proporcoes, os salarios minimos estao muitissimos defazados em relacao a dar essas garantias aos seus cidadaos.

Isso implica em dizer que, aqueles que defendem o seu “direito” `a apropriacao dos bens coletivos, negando a seus trabalhadores ou aos pobres o acesso a estas necessidades basicas, nao estao fazendo favor algum a seu semelhante e muito menos ao futuro das nacoes.

As criticas dirigidas ao programa Bolsa Familia criado pelo governo brasileiro, por exemplo, sao hilarias, senao, deprimentes. Apelidaram-no de “Bolsa Esmola”. Pois tenta cobrir lacunas historicas deixadas pelos defensores do “direito” `a apropriacao. E os mesmos defensores do “direito” `a apropriacao nunca foram capazes de cobrir a oferta por livre e expontanea vontade. Se a iniciativa governamental pode ser comparada a uma esmola, entao, eles deveriam ser capazes de pagar mais que uma esmola `as pessoas que trabalham. Fazem isso? Nao. Querem o “direito” a explorar “melhor” o mercado e nao explorar um mercado melhor!

Chama a atencao as pessoas acharem que tem direitos maiores porque estudaram, trabalharam, ralaram e adquiriram bens. Pois, as pessoas que nao estudaram estao sujeitos a trabalhos mais arriscados `as suas saudes; residem em locais menos salubres; sao menos assistidas na saude; na maioria das vezes nao estudam porque nao tem oportunidades iguais; vestem-se e alimentam-se mal porque o salario nao cobre suas despesas, andam mais nos busoes perdendo tempo e estao muito mais sujeitas a nao serem protegidas pelas forcas de seguranca, alem de, proporcionalmente, pagarem muito mais impostos.

Infelizmente, os defensores do “direito” `a apropriacao nao enxergam que o correto seria primeiro dar-se o direito a todos de ter suas necessidades basicas resolvidas, senao por meio de salarios, por meio de beneficios produzidos pela sociedade. Apos as necessidades humanas serem atendidas e garantidas na base da piramide, nao vejo nenhum problema que tenhamos inumeros bilionarios.

Alias, eh essa a tendencia mesmo! Se todos os trabalhadores da base da piramide recebessem o basico necessario, esse dinheiro sera canalizado em direcao ao topo da piramide ja que eh assim que funciona a economia. Muito mais oportunidades seriam criadas. E poderiam existir muito mais bilionarios. Quanto mais justica existir para com as bases, mais habitada serao as alturas.

A minha preocupacao com essa logica eh uma so. O aumento exagerado do consumo podera ocasionar problemas de sustentabilidade da vida no planeta. Entao, ha que se combinar o bem estar social com um olho bem aberto em relacao `a sustentabilidade da vida. De nada adianta gastarmos todos os nossos recursos em uma geracao e nao darmos oportunidades `as geracoes seguintes.

Nao adianta sermos felizes agora e nao permitirmos a felicidade para nossa descendencia. Eh preciso buscar mais alternativas energeticas renovaveis.

06. “SINDROME DO PARAISO PERDIDO E SINDROME DO SONHO REALIZADO”

As pessoas `as vezes fazem coisas sem pensar e depois procuram culpar tudo, menos a si mesmas. O que os atuais imigrantes que retornaram ao Brasil sentem eh a “Sindrome do Paraiso Perdido”. Algo que pode estar mais relacionado com a propria pessoa que com a realidade.

Quando se chega aos Estados Unidos, sente-se a mesma sindrome. Aqui parece que “tudo eh divino, tudo eh maravilhoso”. Mas falta a familia, o inverno eh longo demais, o que se consegue eh atraves de um trabalho desumano por causa da dupla ou tripla jornada, nao se tem tempo para acompanhar o desenvolvimento dos filhos. E olha que a situacao de hoje eh muito melhor do que ha 20 anos atras, quando nao tinhamos internet, as informacoes chegavam devagar, o telefonema custava o olho da cara etc e tal. O pessoal de GV, logo depois, tinha a oportunidade de fazer teleconferencias com os familiares no Brasil, gracas `a iniciativa do Toninho Coelho, que montou uma cia para esse fim.

A compensacao pelas tristezas todas eram os bens materiais que comecavam a vir logo apos a chegada ao pais. Mas o clima so mudava mesmo apos as pessoas pagarem as dividas que deixaram no Brasil. Ai se descobria que o pais era riquissimo de coisas para fazer, alem de trabalhar, trabalhar e trabalhar. Entao, a “Sindrome do Paraiso Perdido” comecava a ser substituido pela “Sindrome do Sonho Realizado”.

Realizado por que? Porque as pessoas chegam aos Estados Unidos e tomam coragem de limpar privadas, de arrancar tocos de arvores com os bracos, de acordar de madrugada para fazer limpeza de casas para os outros e de tudo o mais que nao se tinha coragem de fazer no Brasil porque era “servico de pobre” que, apesar da dureza do trabalho, sempre foi pago por somas ridiculas. Essa eh a questao. Porque nos Estados Unidos tudo era muito avancado em relacao ao Brasil e a maioria dos nativos tem condicoes de ter uma ocupacao melhor e tambem nao se sujeita a fazer “servico de pobre”, qualquer “servico de pobre” paga relativamente bem, em se comparando com a realidade brasileira. Sem que isso seja uma invencao dos atuais governantes brasileiros, pois, ha 21 anos atras ja encontrei essa realidade. E era pior em relacao aos dias de hoje.

O problema de as pessoas retornarem para GV nao eh uma questao exatamente de inteligencia. Desde quando aportei nessas paragens encontrei muitos primos e amigos de GV aqui. E todo mundo estava investindo em apartamento e casas. Tive a oportunidade de critica-los porque GV, como brincavamos aqui no jargao de amigos, nao passa de uma “roca grande”. Eh dura mas eh a realidade. Alem da atividade agropecuaria desenvolvida pelos moradores da cidade, que `as vezes possuem terras ate no Sul da Bahia ou nos Mato Grossos e Para, qual outra atividade economica tem destaque? Somente um comercio que antes vivia melhor porque as muitas outras cidades da regiao de seu entorno nao tinham comercio, assim, Valadares atraia clientela muito maior que sua populacao.

Mas com o “mau exemplo” dado pelos moradores de GV a partir dos anos 70, todas as cidades vizinhas passaram a exportar imigrantes. Que seguiram a mesma tendencia dos “valadarenses” (que a maioria tinha nascido nas cidades vizinhas e se criado em GV) de investir em imoveis e comercio em suas cidades natais. Dai, ate o comercio de Valadares comecou a ter concorrencia.

Ora, sabe-se que os pioneiros de GV, infelizmente, nao apenas enxergaram apenas as atividades economicas agropecuaria e comercio como fonte maior de renda. Mas tornaram-se miopes em nao lutarem por uma industrializacao. Senao por iniciativa propria, pelo menos que a reinvindicassem ja que ela poderia chegar por iniciativa governamental. Mas a caracteristica do “valadarense” sempre foi a de apoiar as liderancas no poder. Nao interessam quais forem. Um eleitor tao domado quanto o restante da populacao brasileira. Que oferece e voto e pouco exige. Valadares merecia coisa melhor. Tinha que equiparar-se hoje, pelo menos a Ipatinga, Uberlandia, Juiz de Fora, Patos de Minas, Varginha, Ouro Branco, etc. No entanto, preferiu continuar sendo a velha “roca grande”!

O que obrigou as pessoas a retornarem para o Brasil, e consequentemente muitos que foram para GV, foi a crise que se instalou aqui nos Estados Unidos a partir de 2008. Muita gente ficou desempregada, num mato sem cachorro! Aliou-se a isso a perseguicao aos imigrantes indocumentados que tornou-se mais acirrada. Se alguem que nao conhece pensa que todos os americanos sao mais civilizados que a media brasileira engana-se. O imigrante sem documentos aqui eh considerado a nivel de cachorro. Pior, vira-lata brasileiro. Cachorro aqui eh criado dentro de casa. Eh gente tambem. Dai, como a crise economica se deu pela incompetencia dos proprios americanos, foi preciso arrumar um bode expiatorio que, por acaso sempre foi o imigrante. Ja dizia o sabio grego em minhas palavras: “Facamos as nossas cagadas! Depois eh so apontar os dedos para os imigrantes que vamo-nos sentir bem por eles serem os culpados de nossos erros!”

Somente agora os Estados Unidos estao se recuperando do mais profundo da crise iniciada em 2008. Os indices economicos de hoje se igualaram ao que era antes. O indice de desemprego voltou aos numeros daquele ano. Somente com alguns detalhes. Os salarios estao defasados. Os novos empregos criados estao pagando muito menos. A inflacao ja comeu bastante do poder de compra da populacao pobre. Hoje, eh preciso trabalhar mais para ter-se uma vida pior do que quando chegamos. Apesar disso, do ponto de vista aquisitivo, aqui ainda continua sendo o “sonho americano”. Eh algo que se conseguiu com politicas que deram certo a partir de datas anteriores `a quebra da bolsa de valores em 1929. Portanto, esperar que o Brasil ira comparar-se ao que existe aqui, com poucos anos de estabilidade economica, nao eh querer um milagre. Eh nao compreender o que se passa na economia.

As pessoas que querem retornar para ca deveriam reexaminar seus desejos. O retorno sera tao dificil quanto a chegada, ou pior. Devera haver mais uma vez o processo de “Sindrome do Paraiso Perdido”. Mas ha uma outra opcao. Escolher-se sair de GV. Estudar o mercado e buscar locais que nao estejam tao “contaminados” com imigrantes, pois, se qualquer um deles abrir a porta de um comercio e comecar a fazer sucesso, logo virao muitos outros copiar a mesma ideia e todos quebram. Eh a lei da oferta e da procura. Nao precisa inteligencia para concebe-la.

Se, em ultimo caso, a decisao for por voltar: nao culpe ninguem pela ma sorte. Isso nao ajudara em nada. Mas havera que conformar-se com as coisas que nos faltam aqui. A familia, os amigos, a intimidade com as pessoas, a liberdade, o transitar sem o medo de ser parado pela policia de imigracao etc.

Quanto `a seguranca, tambem nao fiquem pensando que aqui ela nao esteja comprometida. O expansao da violencia eh um fenomeno mundial. E trata-se mesmo do paradigma de desenvolvimento desta civilizacao que prefere o ter que o ser. O uso de drogas eh apenas uma consequencia disso. Quem quer ter distribui e vende. Eh a mina de ouro de nossa era. Os que compram estao pensando em ter atraves de um atalho. Acabam tornando-se vitimas e fazem vitimas no seu caminho distorcido em busca do ter.

So quem eh, entende essas coisas.

05. OS ERROS DA DITADURA NO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO

Por ter nascido em 1958 e ter crescido exatamente `a epoca em que as coisas mencionadas aconteceram, posso testemunhar que foram exatamente como estao sendo ditas no artigo abaixo.

Algo que notei aqui nos Estados Unidos eh que a ideia de educacao publica continua a mesma. Ate as construcoes das salas de aula lembram muito os galpoes de fabricas. Eh como se as nossas criancas estivessem sendo preparadas para pensar apenas no caminho de tornarem-se empregadas e nao pessoas independentes.

Pode ate ser uma falsa impressao de minha parte. Mas embora resguardando as diferencas, aqui nao se tem a tao falada liberdade. E sao reportagens atras de reportagens denunciando a baixa qualidade do ensino nos Estados Unidos em se comparando com o resto do mundo industrializado.

Parece que os Estados Unidos sao os novos Portugal e Espanha, que deram um passo alem quando colonizaram as Americas nos dois primeiros seculos. Depois se acomodaram e viraram paises de terceiro mundo.

Os Estados Unidos estao assim, porem, parece haver a vontade de retomar as redeas. Ja o Brasil, que desmanchou o que tinha para copiar os Estados Unidos, vai ter que comecar por domar os cavalos. Vejam este artigo:

http://www.cartamaior.com.br/…

04. EXPLICANDO.

Nao ha porque ficar triste com esse resultado. (7 X 1). A Alemanha jogou. O Brasil nao. Todas as iniciativas alemas deram certo. As do Brasil pararam na defesa alema. O que dizer? Parabens Alemanha.

Esperamos que a derrota de hoje ensine humildade aos dirigentes do futebol brasileiro. Alguns podem ganhar alguma copa na sorte algumas vezes. Mas jamais ganhar-se-a todas as copas na sorte, principalmente contra quem estiver melhor preparado.

03. CONHECAM O PORQUE DA PERDA DO HEXACAMPEONATO EM 2014

Diziam antigamente que cabelos brancos sao sinais de sabedoria. Embora parte da minha cabeleira resista ao alvejamento natural enxergo nisso uma razao pura e simples. Quando mais se ve ou se faz mais se aprende.

Quando eu era ainda jovem disseram-me por alto como se deu a industrializacao nos paises europeus. Conheco da Historia que a Inglaterra comecou sua producao industrial um tanto quanto na raca. Mas o que deu a ela a grande vantagem foi o pensamento imperialista. Ja durante o colonialismo era o Imperio onde o sol nao se punha. Colonizara tantas terras que davam volta em torno do mundo sem sobrar horario algum a ser preenchido.

A Franca especializou-se em artigos de luxo. Naturalmente, quando pensa-se em produto frances, logo vem `a mente os perfumes, os vinhos e queijos finos, a moda, os relogios, as joias. Aquilo que atrai um pouco mais que 50% da populacao humana, ou seja, as mulheres. Ate o proprio frances, o homem, foi divulgado como produto de consumo. Esse comercio foi menor em relacao `as francesas, mas teve gente que consumiu.

A Alemanha era caracterizada como a trabalhadora dura. Produzia principalmente maquinas e em quantidades. Deste principio foi que nasceu a volkswagen. Na verdade, o nome pode ser traduzido como: “carro para todos”. Era conhecida no Brasil como pau-para-toda-obra. Andava em quaisquer circunstancias e tinha uma mecanica tao facil que qualquer ferreiro passava por mecanico em situacoes de emergencia.

O Sul da Europa, particularmente Portugal, Espanha e Italia atrasaram-se na industrializacao. Tiveram um estilo de vida voltado para o artesanato. Produziram o Infante D. Henrique, Leonardo da Vinci, Pablo Picasso e outros. O desafio da linha artesanal de pensamento eh que ela produz expoentes tao magnificos que nao podem ser copiados. Terminada a era desse expoente e nao surgindo outro melhor, a tendencia eh de as coisas se acomodarem, virarem tradicao e assim morrer.

O futebol no Brasil sempre foi artesanal. Um reflexo do estilo de vida da maioria dos colonizadores que foram justamente os portugueses, espanhois e italianos.

No futebol, o Brasil inventou a roda. A roda d’agua para ser mais preciso. Ate mesmo no jargao futebolistico existe o termo “entrar na roda”, o que significa a dominancia de um time que faz o outro entrar na roda.

A selecao de 1970 eh o grande exemplo de como se dava a roda. Tinham momentos que dava ate sono de ver a selecao jogar. Outros momentos dava raiva. Esse momento era quando o time estava precisando marcar um gol e ao inves de atacar ficava passando a bola de pe-em-pe, `as vezes retornando aos jogadores de defesa. Para as criancas na epoca, que pensavam somente em atacar, aquilo era uma tortura.

Mas a roda era uma disposicao mais ou menos circular dos jogadores entre as linhas intermediarias dos dois lados do campo. Na verdade, a roda nao tinha a finalidade de irritar o torcedor. Ela tinha a funcao de manter a posse da bola, sempre tocando para o jogador que estivesse sem marcacao. Isso evitava a perda da posse enquanto se aguardava o momento de distracao de qualquer setor da defesa adversaria para surgirem as famosas: enfiadas.

O time jogava com 3 atacantes que eram os pontas e o centroavante. Em 1970, o centroavante Pele estava sempre marcado. Os adversarios sabiam que nao poderiam dar mole para ele. Esqueceram-se do Jairzinho, que acabou se transformando na maquina de goles do time. Foram 7 ao todo.

Mas o ritmo todo era artesanal. E no jargao do futebol brasileiro criou-se a afirmacao: “futebol eh arte”. Com isso se foi dormir em “berco explendido”. A ideia de que o que tem que correr eh a bola e nao os jogadores ja nao funciona mais. Se a bola corre e os jogadores nao correrem atras nao ha vencedores.

Em 1974 surgiu a sensacao da copa chamada Holanda. Com a mentalidade industrial, a Holanda dinamisou a roda. A roda da Holanda tinha a vantagem de nao ser fixa. Os jogadores tanto a utilizavam para o ataque quanto para a defesa. Ela podia ser quebrada em duas, funcionando no lado esquerdo e no direito. Mas isso so foi possivel por causa de um sistema de preparo fisico superior.

Algo que o brasileiro pensava que nao precisava tanto, pois, a filosofia artesanal defende a ideia do individualismo. Embora todos saibam que futebol eh uma atividade de equipe, coletiva, sempre se acreditou que a estrutura do futebol terminava no que sabiamos. O que fazia o futebol brasileiro era a qualidade individual de seus jogadores. Quando menos se esperava estava la o genio da bola para salvar a patria.

Desde quando joguei bola e, talvez, justamente por nunca ter sido nem ao menos de qualidade media, sempre pensei que o Brasil estivesse no caminho errado da evolucao. Quando o Nelinho apareceu avancando como atacante de sua posicao de lateral direito nao era novidade para mim. Eu ja fazia aquilo. Claro, com a minha qualidade de jogador de roca. ksksksksksksksks. Mas eu fazia aquilo mesmo antes de 1974 porque me punham na defesa e a minha paixao era o ataque.

Embora errado o pensamento geral do futebol brasileiro, acabou dando certo por um fato bastante inusitado. Os times industrializados mostravam maior volume de jogo mas sempre foram ruins nas finalizacoes. Assim, o experimento dava um falso positivo, pois, os jogadores brasileiros, lapidados no modo artesanal de jogo, eram mais precisos nas conclusoes. Dai parecer que bastava ser melhor individualmente que a Ines era morta.

O que parece eh que a Alemanha, enfim, conseguiu aliar o util ao agradavel. Nao tem os jogadores tao refinados como os melhores brasileiros. Mas na escala industrial isso nao eh preciso. De minha experiencia sei que nao se precisa ter jogadores otimos para marcar-se goles. O que se precisa eh oferecer maior quantidade de chances a algum jogador regular e ele fara os goles necessarios para vencer as partidas.

O Brasil tem muitos exemplos de artilheiros cuja qualidade nao pode ser classificada como artistica. Dada Jacare, Fabio Junior, Fio Maravilha e muitos outros formam uma lista tao extensa que quase nao acaba mais.

A Alemanha conseguiu assimilar a roda Holandesa e elevar a qualidade de conclusao de seus operarios. Foi so isso e nada mais. Times como a Argentina e o Brasil que dependem de algum artesao maravilhoso estao fadados `a extincao. Nao porque nao exista lugar para os artesaos espetaculares como o Neymar ou o Messi. Mas se Argentina e Brasil tivessem se encontrado com a roda mecanica e somado seus artesaos, o futebol ja estaria em um nivel muito superior ao que eles tem apresentado ate agora.

Para quem nao teve oportunidade ainda de observar de como funciona a roda mecanica, aproveite os dois ultimos jogos para ver como a Alemanha e a Holanda jogam. Obervem que atacam com 8 homens e defendem com 8. Parece ate que os times adversarios estao com menos jogadores. Esta eh a razao do sucesso deles no ataque e na defesa. Se lhes falta jogadores de qualidade, jogam com quantidade para alcancar superioridade.

A excecao de qualidade nos dois times eh o jogador Robben da Holanda. Eh a verdadeira alma da Laranja Mecanica. Consegue movimentar-se no campo todo. Nao se cansa. Tem um preparo e uma resistencia genetica inigualavel. Nao sera eleito o melhor jogador do mundo porque nao conseguiu companheiros `a sua altura. Marca-lo, porem, nao matara o resto do time. So sera possivel parar a roda formando uma roda melhor. Enfrenta-los com roda d’agua sera impossivel.

02. COPA NO BRASIL EM 2014
Contrariando a maioria dos brasileiros, meu coracao foi argentino. Mas a cabeca permaneceu com os alemaes. A parte pensante do corpo eh mesmo o cerebro e nao os musculos. Na final do mundial de 2014, porem, venceram os musculos alemaes. Foram eles que tiveram a cabeca para manter os musculos trabalhando ate `a prorrogacao. A Argentina lutou muito bem. Mas como todos os times artesanais que dependem primeiramente da inspiracao dos atletas ela falhou, naquele momento decisivo que repetidamente acontece de os genios estarem em mal dia. Faltou um pouquinho mais de inspiracao aos argentinos. E os alemaes tambem quase perderam o controle. Isso porque nao foram felizes nas conclusoes iniciais como aconteceu contra o Brasil. Enfim, valeu a frieza na cabeca e continuar tentando. Vale mais isso para o conjunto de todas as selecoes do que aquelas que dependem da inspiracao. Todos podem alcancar o preparo e a dedicacao. Mas a inspiracao so aparece em alguns momentos da vida e para alguns…………………………………………………………………………………………………………………….Em todos casos, estao de parabens as mulheres que lideram as nacoes finalistas. Das 4 somente a Holanda eh atualmente administrada por homens ja que a rainha renunciou em favor do seu filho.

01. ESTA FICANDO CADA VEZ MAIS CLARA A TATICA DA TUCANAGEM.

Por mais de ano vimos recebendo uma massiva campanha panfletaria contra a administracao petista no Brasil. So se ve Petrobras e Eletrobras falidas; inflacao dita saindo pela chamine; seguranca publica na conta do governo Dilma e nao dos respectivos governos dos estados; educacao de III mundo, que esta nas maos dos municipios e estados, estourando na mesa da presidencia, etc e tal.

Comeca-se a verificar agora que os 4.3 bilhoes desviados da saude e agora o Aecioporto ja estavam na agenda da tucanagem. O objetivo era de a propaganda contra fazer parecer que ele nao vale nada, “mas deve ser menos ruim que os adversarios.”

Quanto ao lado positivo do governo da presidenta Dilma nunca foi lembrado na enxurrada do ultimo ano. Exceto pelos camicazes da campanha, os aliados disfarcados.

Alguns partidos nanicos, principalmente os de extremadireita, lancaram todo tipo de propaganda contraria. Chamaram o Bolsa Familia e Bolsa Esmola; o Minha Casa, Minha Vida, instrumento de comprar votos; disseram que a elevacao de pessoas das classes C e D para a classe media e os da absoluta pobreza para melhor colocacao devia-se apenas e tao somente `a criacao do Plano Real no passado, alem de taxar a populacao beneficiada pelos projetos do governo como vagabunda, que nao queria mais trabalhar por causa da ajuda dada.

O objetivo da tucanagem fica novamente revelada por agora o Arrocho Neves tornar-se “amigavel” aos projetos petistas que deram certo. A explicacao para ele agora “adorar o Bolsa Esmola” trata-se, senao de outra coisa, apropriar-se das ideias alheias. Como a critica tornou-se mal vista diante da maioria do eleitorado, o negocio eh aderir para conquistar votos.

Este tipo de estrategia eh chamado de “fishing” (pescaria). Joga-se a isca e observa-se a reacao, enquanto em cima do muro. Depois da pesquisa pronta, pula-se para o lado vencedor e sai gritando vitoria.

E a estrategia da tucanagem eh muito mais danosa do que se apresenta aqui. O quebrar da Petrobras e da Eletrobras tem um objetivo muito mais nefasto para o Brasil se acaso o povo brasileiro nao for avisado com antecedencia e for ludibriado pela propaganda enganosa. Claro que os debates irao demorar e tornar-se solucao. Ate la as eleicoes ja terao passado. E se o Arrocho Neves for eleito, os livros das Petrobras e Eletrobras serao forjados para “justificar” suas privatizacoes, como se fossem Companhias falidas.

Infelizmente, o Brasil nunca foi o pais de primeiro mundo que seu povo merecia por causa da elite viralata brasileira.

50 Responses to “MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK II”

  1. UMA VOLTA AO MUNDO EM 4 OU 3 ATOS (POLITICA INTERNACIONAL DO MOMENTO) | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  2. 03. O MENINO QUE GRITAVA LOBO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  3. MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK I | Val51mabar's Blog Says:

    […] another WordPress.com weblog « MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK II 03. O MENINO QUE GRITAVA LOBO […]

  4. MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK III | Val51mabar's Blog Says:

    […] another WordPress.com weblog « MEUS ESCRITOS NO FACEBOOK IV MINHAS POSTAGENS NO FACEBOOK II […]

  5. MEUS ESCRITOS NO FACEBOOK IV | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  6. A III GM | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  7. GENEALIDADE E GENEALOGIA DE ARY BARROSO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  8. GENEALOGIAS DE FAMILIAS TRADICIONAIS DE VIRGINOPOLIS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  9. TRILOGIA DE VARIEDADES | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  10. BARBALHO, COELHO E PIMENTA NO SITE WWW.ANCESTRY.COM | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  11. NESTE MUNDO, SO NAO EH GAY QUEM NAO QUIZER | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  12. A HERANCA FURTADO DE MENDONCA NO BRASIL | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  13. ISRAEL, AS DIVERSAS VERDADES E O PADECECER DA PALESTINA E OUTROS TEXTOS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  14. BARBALHO, PIMENTA E, TALVEZ, COELHO, DESCENDENTES DO REI D. DINIS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  15. FAMILIA: BARBALHO, COELHO … NO LIVRO A AMERICA SUICIDA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  16. THE SUICIDAL AMERICA/A AMERICA SUICIDA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  17. MILLOR, MELOU OU MELHOR FERNANDES!? | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  18. A FAMILIA COELHO NO LIVRO A MATA DO PECANHA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  19. HISTORICO DO POVOAMENTO MINEIRO, GENEALOGIA COELHO, CIDADE POR CIDADE | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  20. ASCENDENCIA DOS ANCESTRAIS: JOSE COELHO DE MAGALHAES/EUGENIA RODRIGUES ROCHA, UMA SAGA A SER DESVENDADA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  21. A HISTORIA DA FAMILIA COELHO DO CENTRO-NORDESTE DE MINAS GERAIS. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  22. A DIVINA PARABOLA | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  23. O LIVRO DO CONHECIMENTO DE DEUS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  24. RESPOSTA DE UM NEOBOBO AO EXCELENTISSIMO SR. EX-PRESIDENTE, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  25. O DIRECIONAMENTO RELIGIOSO ERRADO NAS QUESTOES ELEITORAIS BRASILEIRAS. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  26. 100 REASONS TO AMNESTY THE UNDOCUMENTED WORKERS IN UNITED STATES | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  27. 13 STARS = WOMAN. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  28. CARTA AO CANDIDATO DO PSOL: PLINIO DE ARRUDA SAMPAIO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  29. 13 ESTRELAS = MULHER | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  30. FAIXA DE GAZA, O TRAVESSAO NOS OLHOS DA HUMANIDADE | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  31. IMIGRACAO: SEM LENCO E SEM DOCUMENTO, O BARRIL TRANSBORDANTE DE INJUSTICAS. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  32. THE NONSENSE LAW. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  33. POLITICA, FUTEBOL, MUSAS E PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA; OBAMA, GRANDES CORPORACOES E IMIGRACAO. | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  34. CARTA DE LIBERTACAO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  35. About The Third and Last Testament | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  36. The Third and Last Testament | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  37. ALGUMAS NOTAS GENEALOGICAS, 2014/2015 | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  38. MOVIMENTO: “FORA DILMA, FORA PT”; QUE OSSO CAMARADA?!!! | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  39. NOS, OS NOBRES, E A AVO DO JUSCELINO TAMBEM PODE TER SIDO BARBALHO COELHO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  40. ARVORE GENEALOGICA DA FAMILIA COELHO NO SITIO: www.geneaminas.com.br | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  41. UM NOSSO LADO CRISTAO-NOVO E, TALVEZ, OUTRO PAULISTANO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  42. MEUS GUARDADOS 2015 | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  43. ALIENS, CONSPIRACIES, DISAPPEARED TREASURES AND DOMINANCE | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  44. OS RODRIGUES COELHO; E ANDRADE DO CARLOS DRUMMOND EM MINAS GERAIS | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  45. CONSPIRACOES, ALIENIGENAS, TESOUROS DESAPARECIDOS E DOMINACAO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/ https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/ […]

  46. MINHAS POSTAGENS MAIS RECENTES NO FACEBOOK | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  47. RIDICULOSAMENTE FALANDO | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  48. Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  49. TRUMPANDO O ELEITOR | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

  50. 500 ANOS DE HISTORIA E GENEALOGIA DA PRESENCA BARBALHO NO BRASIL | Val51mabar's Blog Says:

    […] https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/ […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: