Archive for the ‘Uncategorized’ Category

O QUE HA DE NOVO NO ASSUNTO MIGRACAO

dezembro 31, 2018

O QUE HA DE NOVO NO ASSUNTO IMIGRACAO.

 

Espaço reservado para textos que possivelmente não existirão.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/
Anúncios

SPACE, UNTIL TO THE END!

dezembro 31, 2018

SPACE, UNTIL TO THE END!

 

This space is reserved to future posts.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

TUDO DEU ERRADO, ENTAO NAO CHORA, CONSERTA!

dezembro 31, 2018

TUDO DEU ERRADO, ENTAO NAO CHORA, CONSERTA!

 

Espaço reservado para incursões politicas.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

SE NAO QUERIA QUE ISSO ACONTECESSE, NAO DEVERIA TER ACEITADO!

dezembro 31, 2018

SE NAO QUERIA QUE ISSO ACONTECESSE, NAO DEVERIA TER ACEITADO!

 

Espaço reservado para as loucuras das politicas brasileira e fora.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

AH QUE MISTURA BOA GENTE!

dezembro 31, 2018

AH QUE MISTURA BOA GENTE!

 

Espaço que será preenchido no futuro. Espero.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

PELO TEMPO QUE ME AUSENTEI, ME PERDOEM

dezembro 31, 2018

PELO TEMPO QUE ME AUSENTEI, ME PERDOEM.

 

Espaço reservado para futuros textos.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

DAS VEZES QUE OPINEI NA VIDA E NAO ME ARREPENDO

dezembro 31, 2018

DAS VEZES QUE OPINEI NA VIDA E NAO ME ARREPENDO

 

Pagina reservada para publicação de futuros textos.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

QUE A PAZ DE DEUS SEJA FEITA EM TODOS VOCES

dezembro 31, 2018

QUE A PAZ DE DEUS SEJA FEITA EM TODOS VOCES

 

Pagina reservada para próximas incursões.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

MISTURA QUE SE MISTURA DA BOM RESULTADO

dezembro 31, 2018

MISTURA QUE SE MISTURA DA BOM RESULTADO

 

Essa pagina esta reservada para textos futuros.

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

AS MAIS NOVAS AVENTURAS GENEALOGICAS

dezembro 31, 2018

AS MAIS NOVAS AVENTURAS GENEALOGICAS

 

CONTEÚDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS
01. GENEALOGIA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/as-mais-novas-aventuras-genealogicas/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/a-autobiografia-do-monsenhor-otacilio-augusto-de-sena-queiroz-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/
https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20142015/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-e-pimenta-no-site-www-ancestry-com/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/
02. PURA MISTURA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/mistura-que-se-mistura-da-bom-resultado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/10/03/meus-guardados-2015/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
03. RELIGIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/que-a-paz-de-deus-seja-feita-em-todos-voces/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/
04. OPINIAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/das-vezes-que-opinei-na-vida-e-nao-me-arrependo/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/
05. MANIFESTO FEMININO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/pelo-tempo-que-me-ausentei-me-perdoem/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/
06. MISTO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/ah-que-mistura-boa-gente/
https://val51mabar.wordpress.com/2016/08/20/minhas-postagens-mais-recentes-no-facebook/
https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/
https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/
https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/
07. POLITICA BRASILEIRA
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/tudo-deu-errado-entao-nao-chora-conserta/
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/se-nao-queria-que-isso-acontecesse-nao-deveria-ter-aceitado/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/
08. IN ENGLISH
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/space-until-to-the-end/
https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/
https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/
https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/
09. IMIGRACAO
https://val51mabar.wordpress.com/2018/12/31/o-que-ha-de-novo-no-assunto-migracao/
https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/
###########################################################
INDICE
03. ADENDO
02. NOSSA ASCENDÊNCIA NAS MAIS NOBRES FAMÍLIAS EUROPEIAS.
01. GENETICA E GENEALOGIA, ASSIM COMO GEOGRAFIA E HISTORIA.
###########################################################
03. ADENDO

Quando estava verificando no site familysearch os dados acima, vi outros interessantes que não cheguei a mencionar. E um deles será, em primeiro lugar, vale a pena mencionar, a prova de algo que venho falando ha muito.
Trata-se da genealogia do ramo Pimenta de Carvalho no Rio de Janeiro da qual o professor Dermeval Pimenta afirmou que descendia, via o capitão Manoel Pimenta de Carvalho. Ele foi casado com Maria de Andrade, filha de Belchior de Andrade de Araujo e dona Maria Cardoso de Soutomaior.
Os genealogistas mais recentes nos dão conta de que, na verdade, a ancestral Josefa Pimenta de Souza, esposa do Manoel Vaz Barbalho, que levou para Minas Gerais sua ancestralidade, descendia do capitão-mor João Pimenta de Carvalho e sua esposa, Suzana Requeixo Estrada.
Manoel e João eram irmãos, filhos de Gonçalo Pimenta de Carvalho e Maria Jácome de Mello. O que eu vinha dizendo antes era que a possibilidade de sermos descendentes de todos `a medida que se aprofundam as raizes era cada vez maior.
Segundo o site acima mencionado, pelo lado dos Coelho de Andrade devemos ser descendentes também de Belchior de Andrade de Araujo e dona Maria Cardoso de Soutomaior.
E, por ela, segundo o que encontrei no Genealogia Paulistana, descendentes da nobre família instalada nas Ilhas dos Açores, os Pontes Cardoso. E a genealogia dessa família se extende a João Coelho, o Povoador, um dos primeiros colonos portugueses a habitar aquelas ilhas.
Ha uma menção extra-oficial afirmando que João Coelho e outros portugueses ja haviam visitado algumas ilhas a oeste do Arquipélago e teria sido ele quem deu as dicas para Cristóvão Colombo ir dar com seus navios no Caribe.
E as informações históricas não cessam por ai. A mesma linhagem, no site, demonstra que seriamos descendentes de Bartolomeu Perestrelo. Esse capitão de navio, italiano, junto com João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira descobriram as Ilhas da Madeira.
Embora nem todos os historiadores incluem Bartolomeu como descobridor, não restam duvidas que recebeu a Ilha de Porto Santo, o premio, como Capitania Hereditária. Sendo ele um dos responsáveis pelo povoamento local.
O que cabe supor que todas as famílias de Porto Santo, que posteriormente se transferiram para o Brasil em busca de locais para estabelecer seus engenhos de açúcar, deverão descender dele e suas esposas.
Os capitães que descobriram as Ilhas da Madeira, junto com os que exploraram as Ilhas dos Açores, foram os que deram o pontapé inicial ao capitulo histórico nomeado Grandes Descobrimentos. Antes que Colombo lhes roubasse a gloria, eram eles os verdadeiros descobridores.
E, diga-se de passagem, Cristóvão Colombo foi genro do Bartolomeu Perestrelo. Ao saber disso, o estudo do capitulo das Grandes Navegações toma um novo tom. Um bom tom, mais suave, com sabor mais acentuado.
###########################################################
02. NOSSA ASCENDÊNCIA NAS MAIS NOBRES FAMÍLIAS EUROPEIAS.
Essa postagem vai valer especialmente para nossos familiares PEREIRA DO AMARAL, entre eles os da casa de meus pais, a descendência do João Rodrigues Coelho, Dindinha Olimpia Coelho do Amaral e Melita da Penha Neto.
Eu ja postei em meu blog uma novidade. Ela esta na pagina:
Mas o meu servidor detonou de certa forma a minha postagem, aglutinando tudo. O intuito principal nela era passar os exames de DNA que temos em mãos. São 5 exames que falam muito a respeito de nossa genealogia.
O texto continua legível com inconveniências. E nele fiz uma analise voltada para a genética. Aconselho-os a ler caso queiram inteirar-se melhor a respeito do assunto.
Quanto `a novidade, esta la também esse extrato:
“Segue o censo que você tanto esperava; Censo – São Sebastião dos Correntes ano de 1832 numero 23. MALAQUIAS PEREIRA DO AMARAL, casado 40 anos, c.c. ANA MARIA DE JESUS, 36 anos filhos: LIONOR, 15 anos, ANNA 14 anos, MIGUEL 12 anos, DANIEL 10 anos, ERNESTO 8 anos, MARIA 7 anos, QUEIROBINA 6 anos, ERMELINDA 5 anos, JOAQUIM 2 anos; censo numero 24, JOAO PEREIRA DO AMARAL – FAZENDEIRO 43 anos, c.c. QUITERIA ROSA DE JESUS, com 41 anos, somente um filho naquela época, JOAQUIM com 6 anos.”
Difícil será que tenham tido outros filhos, por causa da idade da QUITERIA.
Na postagem anterior fiz uma confusão. Tratei a ancestral Quitéria Rosa de Jesus como se fosse do Amaral. Com isso pensei que poderíamos identificar mais um ancestral entre os fundadores de Sabinópolis. O alferes Antonio Fernandes do Amaral.
Mas ai se verifica que não podemos ter nenhuma certeza ainda. Ela tanto poderá descender dele quanto de outros fundadores mais antigos. Inclusive pode ter sido filha do Antonio Coelho de Almeida e Anna Maria de Jesus, que eram sogros do Malaquias Pereira do Amaral.
Seria apenas mais um caso de 2 irmãos casados com 2 irmãs, tão comuns em todas as famílias do passado. E, nesse caso, poderíamos ser duplamente sobrinhos do Manoel Coelho de Almeida, outro dos fundadores da mesma cidade.
Esses dados me foram passado por nosso parente, DIONE FERREIRA NUNES, que descende tanto do CLEMENTE NUNES COELHO quanto do ANTONIO BORGES MONTEIRO. O sr. DION é de SENHORA DO PORTO. Entramos ha pouco tempo em contato mas ja nos ajudamos no esclarecimento de alguns dados interessantes.
Alias, tanto ele quanto a esposa tem um vinculo com os PEREIRA DA SILVA. Não apenas pelo lado da ANNA MARIA PEREIRA DA SILVA, a esposa do CLEMENTE NUNES COELHO, bisavós dele.
Soma outra ascendência que também deve levar no mesmo rumo da tia MARIQUINHAS, MARIA PEREIRA DA SILVA, a esposa do TI JUCA, JOSE RODRIGUES COELHO, irmão do JOAO RODRIGUES COELHO.
O que esta faltando é redescobrir os nomes dos pais da tia MARIQUINHAS. A SANDRA da dona LIGIA e GERALDO passou-me uma vez, mas não anotei e perdi o papel que ela me entregou.
Apos exame e comparação dos dados com as datas de batismos de alguns dos filhos de MALAQUIAS e ANNA MARIA, pode-se chegar `a conclusão que a coleta de dados se deu no ano de 1829, data em que as “crianças” se encontravam naquelas idades.
Fugiu a essa constatação apenas a idade no censo e registro de batismo no caso da filha ERMELINDA. Segundo o professor DERMEVAL, a avó dele foi “batizada em 3 de janeiro de 1827”, portanto, a menos que o tenha sido aos 3 anos de idade, ela deveria entrar no censo com apenas 2 anos e não 5. Mas certas coisas eram comuns naquela época.
O sr. DION ja adiantou-me que os PEREIRA DA SILVA são patriarcas dos PEREIRA PINTO em Virginópolis. Falta estabelecer as ligações. Ele referiu-se ao sr. EMILINHO. O qual conhecemos pelo abreviado MILIM. O sr. MILIM e dona MARIQUINHAS foram os pais dos GERALDO, DANIEL MILIN e NANA MARCATTI.
Mas, analisando os dados acima, não restam duvidas que temos uma chance altíssima de termos encontrado os nomes dos pais do JOAQUIM PEREIRA DO AMARAL, o avô da Dindinha OLIMPIA ROSA COELHO DO AMARAL.
Isso não apenas porque JOAO e QUITERIA ROSA tiveram um filho chamado JOAQUIM, mas também porque a TITI, mãe da Dindinha, também chamava-se QUITERIA ROSA. Algo que penso ser em homenagem `a avó.
Em sendo assim, fica constatado aquilo que suspeitei de que, anteriormente `a fundação de Virginópolis, nossos familiares, em boa parte, ja possuíam vínculos parentais uns com os outros.
Então, em parte, torna os familiares com ascendências repetidas vezes nas mesmas pessoas ainda menos diversificados, geneticamente falando. A sorte foi que outros de nossos ancestrais vinham de alguma parentela mais distante. Ai se inclua os indígenas e africanos que, graças a Deus, uns poucos mergulharam na sopa que resultou na gente.
De especifico mesmo, gostaria de mostrar uma seqüência genealógica e alguns dados interessantes. Não posso dizer com certeza absoluta que são verdadeiros. Encontrei-os na Arvore Genealógica coletiva que encontra-se no site Familysearch. Ja vi erros por la.
Mas os dados postados la são esperados acontecer. Isso porque quanto mais voltamos no tempo de nossos ancestrais, maior chance temos de ser descendentes de todas as pessoas que viveram em determinada época.
Se descobrirmos 1 ancestral em meio a uma cidade de 30.000 habitantes, ha 800 anos atras, e se a pessoa não for uma completa estrangeira no local mas um membro de família daquele meio, então, todos os 30.000 ja nos serão ancestrais ou, no mínimo, descenderão de mesmos ancestrais que nos, sendo-nos parentes.
Devo observar que, no caso do encontro anterior, o proprio bisavo JOAO RODRIGUES era primo da bisavo Dindinha OLIMPIA. Isso porque a mãe dele, MARIA MARCOLINA, era filha do DANIEL PEREIRA DO AMARAL que, nesse caso, era sobrinho do JOAO PEREIRA DO AMARAL, bisavo da Dindinha. Lógico, ja eram primos pelo lado COELHO.
Fica ai também a informação de que a MARIA MARCOLINA BORGES DO AMARAL foi a esposa do ANTONIO RODRIGUES COELHO. Então, toda a descendência RODRIGUES COELHO em nossa família se encaixa na mesma seqüência genealógica.
O mesmo se da com o restante da descendência da QUITERIA (TITI) e JOAO BATISTA COELHO JUNIOR.
Segue a seqüência:
01. Zulmira Coelho de Magalhães c. c. Trajano (Cista) de Magalhães Barbalho.
02. Olimpia Rosa Coelho do Amaral c. c. João Rodrigues Coelho
03. Quiteria (TITI) Rosa Pereira do Amaral c. c. João Batista Coelho Jr.
04. Joaquim Pereira do Amaral c. c. Maria Rosa dos Santos Carvalhaes
05. João Pereira do Amaral c. c. Quiteria Rosa de Jesus
06. Francisca Angelica da Encarnação c. c. Miguel Pereira do Amaral
07. Anna Maria de Jesus Benevides c. c. Francisco Jose Barbosa Fruão
08. Manoel de Souza Benevides c. c. Antonia Maria Carneiro
09. Teresa de Benevides c. c. Jose Simões Cardoso
10. Izabel de Benevides Soares de Souza c. c. Manoel Velho Soeiro Baião
11. Tome Rodrigues de Souza Benevides c. c. Catarina Soares
12. Manoel Simões de Souza Benevides c. c. Izabel Ferreira
13. Manuel Simões Benevides c. c. Catarina Dias Paes
14. Gaspar Rodrigues de Sousa c. c. Jeronima Dias
15. Guiomar Rodrigues de Sousa c. c. (?)
16. Violante de Benevides c. c. Pedro Rodrigues De Sousa
17. Afonso Alvares Benevides c. c. Beatriz Almada
18. (?) de Benevides c. c. Alvaro de Benevides
19. Manuel de Benevides, o Bom, c. c. Luisa Manrique de Lara
20. Juan de Benevides c. c. Beatriz Valencia Bracamonte
21. Manuel de Benevides c. c. Maria Manrique Rojas
22. Dia Sanches de Benevides c. c. Maria Mendonça Fernandes Ayala
23. Tereza Manrique de Lara c. c. (?)
24. Sancha Rojas Velez de Guevara c. c. Gomez Manrique de Lara (arcebispo de Toledo)
25. Rui Diaz de Rojas, sr. de Rojas c. c. Maria Velez de Guevara Fernandes de Ayala
26. Sancha de Velasco c. c. Lopo Diaz de Rojas, sr. de Rojas e Femosilla
27. Sancha Gomes Carrillo c. c. Sancho Sanchez de Velasco
28. Garcia Gomes de Carrillo e Molina c. c. Elvira Alvarez Ozorio
29. Urraca Affonso de Molina c. c. Garcia Romeu Gomez Carrillo
30. Alfonso de Leon, sr., de Molina e Meza c, c, Mayor Afonso de Menezes
31. Berengaria de Castela e Leon c. c. Alfonso IX, rei da Galicia e Leon
32. Eleanor Plantagenet c. c. Alfonso VII, rei de Castela
33. Henry II (Manta Curta), rei da Inglaterra c. c. Eleanor d’Aquitaine
HENRY & ELEANOR foram pais de:
01. Geoffrey, arcebispo de York
02. William Longespeé, 3o. senhor de Sallisbury
03. William IX, conde de Poitiers
04. Henry, o rei jovem
05. Matilda da Inglaterra, duquesa da Saxonia
06. Geoffrey II, duque da Bretanha
07. Filipe, Principe da Inglaterra
08. Eleanor da Inglaterra, rainha consorte de Castela
09. Joana da Inglaterra, rainha da Sicilia
10. João Sem Terra, rei da Inglaterra
11. Ricardo Coração de Leão, rei da Inglaterra
12. Morgano, bispo de Durham
13. Rosamundo Fitzhenry
14. Matilda, abadessa de Barking
De uma rápida olhada descobri que quase todos se casaram e/ou tiveram filhos. E pelos postos que ocuparam ha que se imaginar que a descendência atual deve contar milhões. Portanto, somos candidatos a repetir os mesmos ancestrais.
Algo interessante que descobri foi que Ricardo Coração de Leão teve no mínimo um filho extra-conjugal. No site que acompanhei da descendência, mostra-se que houveram umas 4 gerações de filhos únicos mas, no depois, foram muitos por geração.
Ha muito tempo atras eu havia ate suposto que o Ricardo não tivesse filho algum. Porque não os teve com sua rainha consorte, Berengaria de Navarro. Dizem que ele não tinha muito interesse em mulheres da classe nobre. Mas agora, pelo jeito, corremos o risco de descender dele também.
Essa linhagem da um tom ligeiro `a nossa diversidade. Não era para termos quase nada desses ancestrais em nossas veias. Mas veja ai, somente via um casal, bisavós João Rodrigues e Dindinha Olimpia, descendemos duas vezes.
No caso dos da casa de meus pais, descendemos mais uma, porque somos bisnetos da MARIA MARCOLINA, irmã do JOAO RODRIGUES, via o avô materno JUCA COELHO, que era filho dela. E outros na família estão em situação semelhante, por descender de outros dos irmãos.
E como todas as famílias reais europeias eram aparentadas entre si, até nossas muitas ascendências chegar ao nosso tempo, devemos ser repetidas vezes descendentes das mesmas pessoas e de seus parentes próximos. Portanto, somos mesmo farinha do mesmo saco!
E não estou falando de um “nos” particular. Refiro-me ao povo português e brasileiro. Difícil será um qualquer com origem ibérica que não tenha “uns 2 pezinhos na realeza!”
Diga-se de passagem, maior risco ai temos o de descender do João Sem Terra. Esse foi o famoso Principe John, da mitologia Robin Hood. Na mitologia era o rei todo-mal. Na verdade foi como outros reis de uma nação em decadência.
A Inglaterra passou um período difícil no tempo dele. O irmão, rei Ricardo, usou a erário real para financiar a Cruzada que deu em nada. Ao rei João coube cobrir o rombo e ele fez o que sabia fazer, e o que todos os reis fizeram, extorquir o povo.
Bom, melhor ler o resto da Historia nos livros, pois, eu próprio não aprofundei no assunto. Mas o rei João Sem Terra foi ruim como todos os reis o são. A diferença esta em que uns governam em tempos de vacas gordas e outros nos de magras. E em o povo ter ou não ter o dinheiro sobrando para pagar as contas!
Iniciei a seqüência genealógica a partir da Dindinha ZULMIRA. Mas pode ser que parte da genealogia do vovô CISTA ja esteja disponível no site familysearch.
Por enquanto sabemos que avô materno dele era chamado de JOAQUIM HONORIO. Nome esse que pode referir-se a HONORIO COELHO LINHARES marido de SIMPLICIANA ROSA DE ANDRADE. Todas nossas tradições de família indicam que sim.
Falta, porem, confirmar que nosso trisavô JOAQUIM COELHO DE ANDRADE, marido da JOAQUINA UMBELINA DA FONSECA, seja mesmo o filho JOAQUIM, batizado em 1833, em ITABIRA.
Se for, temos que a SIMPLICIANA foi filha do Cabo-de-Esquadra JOSE JOAQUIM DE ANDRADE, tio-trisavô do poeta CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE.
O nosso amigo MAURO DE ANDRADE MOURA, que estuda o ramo também, não confirma. Mas, no site, esta que nossa ancestralidade se encontra no casal JOSE GASPAR DE GODOY e HELENA DA CONCEICAO CORREIA. O MAURO da certeza do GASPAR, mas não esta certo do sobrenome.
Quando encontrarmos algum documento comprovante da paternidade do nosso JOAQUIM COELHO DE ANDRADE, talvez as tradições se concretizem. E se o GASPAR que esta no Familysearch for o mesmo, então, teremos a ancestralidade tão rica quanto a dos PEREIRA DO AMARAL.
Não pode ser mais nem menos porque descendemos dos mesmos ancestrais, tanto por um lado, como outro, e mais outro e outro mais. Trata-se de repetição sem fim!
Para nos será: rica em termos. Isso porque vamos repetir grande parte dos mesmos ancestrais. Nela vamos encontrar os famosos SOEIRO VIEGAS COELHO, EGAS MONIZ, o Aio, D. AFONSO III, D. AFONSO HENRIQUES, reis de PORTUGAL; ALFONSO IX, rei de LEON e GALICIA.
Alem dessas figuras de destaque e seus ancestrais, o que inclui o imperador CARLOS MAGNO, descenderíamos das famílias mais nobres portuguesas e outras. Entre as quais, diversas vezes dos VASCONCELOS, descendentes de dona MARIA SOARES COELHO.
Essa da linhagem dos D. SOEIRO e EGAS MONIZ, por ela própria ter sido filha do primeiro e trineta do segundo. E no mesmo rumo descenderíamos do JOãO SOARES COELHO, irmão da D. MARIA, via FERNãO COELHO, 1o. senhor de FELGUEIRAS e VIEIRA.
FERNãO COELHO foi o marido de D. CATARINA DE FREITAS. Ela sim tem uma ancestralidade bem mais enriquecida. E quem acompanhou minhas matérias desde o principio, ja sabe como são as coisas. Os textos continuam publicados no meu blog.
Quando estudei a ascendência do JOSE COELHO DE MAGALHÃES, que encontrei no GENEALL.NET, foi a partir do casal  FERNãO e CATARINA que a Arvore Genealógica se expandia em direção `as raizes.
Mas, perante `a possibilidade de ter sido apenas uma coincidência e esse não ter sido o nosso ancestral de nome idêntico, eu ja havia previsto que qualquer hora dessas nos chegaríamos aos mesmos ancestrais por outros caminhos. Era apenas uma questão matemática.
E observem so, ate ao momento não tivemos a sorte de aprofundar nossas raizes justamente através dos ancestrais que mais prometiam, aqueles que assinam COELHO.
Nos descendemos de varias como: JOSE COELHO DE MAGALHÃES, ANNA COELHO, duas pessoas diferentes com esse mesmo nome; ANTONIO COELHO DE ALMEIDA, e o próprio JOAQUIM COELHO DE ANDRADE, alem do que, de alguns, múltiplas vezes.
Não quer dizer que penso que isso nos faria melhor que outras pessoas. Mesmo porque penso que todos procedemos da mesma farinha! Se todos procurassem, um dia poderíamos juntar todas as Arvores Genealógicas numa única e frondosa Arvore, a Arvore Humana.
Ao mencionar o COELHO não estou desprezando a presença de outros sobrenomes que compõem as nossas famílias. Apenas cito por ser o mais frequente, dentro do que conhecemos. Prefiro mesmo me apegar aos 99,9% que nos une do que aos 0.01% que nos separam.
Observe-se que ainda não descobrimos as raizes dos MAGALHÃES, o próprio PEREIRA, o MONIZ  e tantos outros. Com certeza, seremos aparentados muito mais vezes de um mundo de pessoas com esses e outros sobrenomes.
Notem, geralmente os nossos sobrenomes nos são passados pela linhagem paterna. Mas quando a linhagem se alonga um pouco ha sempre que ir buscando umas tangentes maternas para chegarmos ao centro de gravidade da família humana.
Isso porque as linhagens delas ja estavam estudadas porque descendiam de personalidades graúdas. Muitas vezes, os maridos dessas dignas senhoras vinham de famílias menos opulentas em suas épocas, dai os maridos adquiriam o direito a casar-se com a “bela donzela” pelos próprios méritos.
Eu havia resolvido postar aqui a seqüência genealógica que levava do vovô Cista ate aos ancestrais FERNãO COELHO e CATARINA DE FREITAS. O site contudo é complicado. Como não havia memorizado e nem copiado, acabei não reencontrando.
Para compensação, porei essa outra que leva praticamente `a mesma coisa, embora tenha duvida da correção dela. Pelo menos em relação a ancestrais da assinatura COELHO. So que agora fica invertido. Partindo do ancestral mais antigo para ele:
01. Soeiro Viegas Coelho c. c. Maria Mendes de Gandarei
02. Ines Soares Coelho c. c. Gil Pires Feijó
03. Maria Gil Feijó c. c. Rui Pais de Valadares
04. Paio Rodrigues de Valadares c. c. Aldonça Rodrigues de Sousa
05. Ines Pais de Valadares c. c. Martim Pires Curvo de Alvarenga
06. Ines Martins de Alvarenga c. c. Martim Mendes de Vasconcelos
07. Gonçalo Mendes de Vasconcelos c. c. Maria Anes de Balazães
08. Leonor de Vasconcelos c. c. Luis Vaz Cardoso
09. Ines Anes de Vasconcelos c. c. Rui Gonçalves de Siqueira
10. Isabel Rodrigues de Vasconcelos c. c. Gonçalo Monteiro
11. Lopo Monteiro c. c. Guiomar de Oliveira
12. Gaspar Monteiro c. c. Catarina Dias
13. Mércia Monteiro Dias c. c. Baltazar Alvares de Alvarenga Soeiro
14. Antonio Pedroso de Alvarenga c. c. Anna Ribeiro de Baião
15. Pedro Pedroso de Alvarenga c. c. Anna Correa
16. Elias Correa Alvarenga c. c. Mércia Leme de Andrade
17. Margarida Correa Alvarenga c. c. João Francisco de Basto
18. Helena da Conceição Correa c. c. Jose Gaspar Godoy
19. Jose Joaquim de Andrade c. c. Maria Lucia da Silveira
20. Simpliciana Rosa de Andrade c. c. Honorio Coelho Linhares
21. Joaquim Coelho de Andrade c. c. Joaquina Umbelina da Fonseca
22. Ersilla Coelho de Andrade c. c. Marçal de Magalhães Barbalho
23. Trajano (Cista) de Magalhães Barbalho c. c. Zulmira Coelho de Magalhães
Ficamos assim, por enquanto, com a observação: vejam as muitas vezes que as mulheres entram como as primeiras na linhagem. E `as vezes o que permanece é o sobrenome delas. Em nosso caso, o Barbalho que permanece ate hoje na família, dentro de 15 gerações, tem 3 quebras do privilégio masculino.
`As alturas de Camilla Barbalho, Páscoa Barbalho e Maria da Costa Barbalho o sobrenome nos chegou por elas. Inclusive, para os estudos genéticos ha uma dificuldade em se saber a proveniência de nosso cromossoma Y.
Isso porque o marido de Maria da Costa Barbalho chamava-se Manoel de Aguiar. Ele passou-nos o cromossoma Y que permanece ate hoje na linhagem masculina. Mas não temos a origem do Manoel, se nasceu no Brasil, Portugal ou outro local no qual a família ja residisse.
Pela analise genética sabemos apenas que o cromossoma procede da Europa. E, milhares de anos atras, saiu da Africa, passando pelo Oriente Médio, Cáucaso e Europa. No mais, trata-se de pura mistura.
###########################################################

 

01. GENETICA E GENEALOGIA, ASSIM COMO GEOGRAFIA E HISTORIA
Genética é um assunto um pouco complicado. Eu próprio tive uma experiencia devastadora com ela.
Ja que mencionei, deixa eu contar o meu lado da Historia. Escolhi o curso da área biológica justamente porque a partir da 5a. serie tive alguma dificuldade com os novos conceitos matemáticos. Não sei se são difíceis ou não. So sei que tive implicância.
Mas pensei, ja na universidade, que o curso de melhoramento animal enriqueceria meu currículo. Embora não tinha uma ideia mais completa do conteúdo da matéria. E, para a minha surpresa, haviam alguns cálculos matemáticos. Melhor dizendo, a disciplina, me pareceu, era a aplicação da matemática na biologia.
Acabei desistindo de seguir o curso ate ao final. Naquele ano que completaria meus créditos obrigatórios e ja tinha créditos optativos suficientes para obter o diploma. O meu engano foi pensar que, havia inteligência na universidade!
Ja sabia disso desde que entrei, quando notei que, no geral, a inteligência das pessoas que ingressavam na instituição não diferiam em grau de inteligência das que não entravam. Mas esperava que pelo menos no corpo discente houvesse uma luz acesa!
As regras em outras universidades federais permitiam o abandono de disciplinas optativas ate qualquer ponto do curso. Em Viçosa, para ser diferente, havia um prazo determinado, depois disso os alunos ficavam na obrigação de repetir a matéria, ate passar.
Essa clausula, naquela particular escola, afrontava o direito da isonomia. Ou seja, sendo os direitos iguais e outras universidades federais permitiam, então, a Universidade Federal de Viçosa não poderia obrigar-me a repetir a matéria, desde que eu ja tivesse a cota de créditos optativos (optatórios como os chamávamos). E eu ja havia completado os 12 necessários (talvez 14 ao todo).
Solicitei ao conselho da escola a dispensa. O que me foi negado, baseado no regulamento local. Assim, tinha o direito de recorrer `a instancia superior. E recorri ao conselho federal.
Resposta: não concediam porque eu não tinha os créditos optatórios completados. Disseram que eu tinha 10 e precisava de 12. Nisso eu estava perdendo 1 ano inteiro de minha vida, por causa de algo que não me era necessário, inclusive, se o bom senso fosse usado, ja se teria resolvido a nível local mesmo.
So que, para não correr mais riscos, eu não estava no aguardo de ganhar a causa parado. Eu me matriculei na disciplina e estava cursando, pois, se a resposta viesse negativa, não perderia mais tempo. E não perdi tempo a mais, pois, fui aprovado.
Eu estava ainda a caminho de ser aprovado quando a negativa chegou. Confesso, perdi horas, talvez dias, procurando entender: “Meu Deus! Onde foi que obtiveram a informação de que eu tinha apenas 10 créditos optatórios completados?!
Por fim, encontrei o engano. Estava em uma tira de folha de computador que a própria Universidade de Viçosa fornecera como comprovante de que eu havia completado os 12 créditos.
Acontece que na folha constavam diversos códigos. E os números ficavam nas colunas identificadas pelos códigos. Assim, havia uma coluna identificada com a letra C e outra com CR. Acontece que uma significava código do departamento em que foram cursadas as disciplinas que contavam para credito. E a outra era quantos créditos pesava cada disciplina.
A soma da coluna créditos continham os 12 e mais necessários. A outra existia um 10, não me recordo mais se era o numero do departamento no qual fiz a ultima das disciplinas ou se a soma dos números dos departamentos totalizavam 10.
Nesse caso, engano que o bom senso mandaria consertar ate por um telefonema. Mas a “burrocracia” insistia em novo recurso.
Consultando minha irmã, Magda, advogada, ela lembrou-me que pelo tempo que levaram para dar-me a resposta ao primeiro recurso, o que aconteceria era eu terminar de cursar a disciplina e depois receber uma resposta do gênero: “Indeferido em razão de que a disciplina foi cursada com aprovação e o mérito não mais existe.”!!!
Tão satisfeito fiquei que participei da cerimonia de colação de grau, a qual estava obrigado, e nunca mais voltei. E sabem que com isso eu so vi o meu diploma no dia em que o assinei?! Lembro-me que a gente assinava e o documento era retornado ao órgão competente para que fosse finalizado.
Nesse ano p.p. de 2018 completaram 31 anos do meu diploma. Se ha algum arquivo que perdure por tanto tempo na Universidade, então, ele existe la. Nunca voltei para reclama-lo nem a Universidade se dignou a saber se eu não o queria.
Quando exerci alguma profissão que exigiu o diploma, eu tinha o currículo escolar para comprovar que era formado. Ate esse se perdeu na estrada da vida. Com as mudanças que fizemos de um lado para outro, não sei por onde sumiu.
Lembranças boas?! Somente dos amigos. Magoa? Nenhuma. Eu apenas queria criar um precedente que garantisse aos que viessem após mim não precisassem passar pela mesma tortura.
O verdadeiro motivo que nunca busquei meu diploma foi que nunca precisei dele. Como fala do ditado: “O saber não ocupa lugar.” Importava-me o que eu sei. E uma coisa tive consciência. Os formados não estavam preparados para exercer a profissão. Iriam sair menos crus que quando entraram.
Para se tornarem bons profissionais teriam que encostar-se em alguém experiente ou ralar muito mais que ja haviam ralado. E no ano de 1987, data da colação, abriu-se as portas de um campo onde não haviam empregos e os concursos estavam fechados. Assim, a melhor saída para nos `a época, foi mesmo “a saída do aeroporto”.
Mas ai vem o tal negócio, o que tem isso a ver com genética e genealogia? Primeiramente que a genética que atualmente usamos não começou com humanos. A princípio foram descobertos os primeiros conhecimentos em plantas.
Mendel achou interessante fazer uns cruzamentos entre ervilhas diferentes e aplicou a matemática para prever os resultados dos experimentos. E os estudos deles foram esquecidos por um tempo.
E ate que as ciências atuais não descobrissem o conteúdo dos cromossomos, que contem o DNA, e qual a composição do filete da molécula, alem de como se compõe e se pode fazer seu sequenciamento, a genética em si era algo empírico. Atualmente tornou-se realmente uma ciência.
Ai se tem algo prático, que nos interessa de imediato, e algo mais matemático. Que não se deve entrar muito em detalhes, pois, não querendo ser melhor que ninguém, a maioria não iria entender mesmo.
No fim das contas, tudo não passa de probabilidades. Se alguém tiver a noção do que seja isso, dos cursos primários, ja terá a ideia geral.
Exceto pelo pequeno detalhe da herdabilidade. Trata-se nada mais, nada menos que um conceito puramente genético. Por exemplo, se me recordo bem, 31 anos atras, dava-se como exemplo que as vacas ótimas de leite possuíam perto de 10% apenas de chance de passar toda a sua qualidade leiteira `as filhas.
Os pais de carne tinham uma probalidade mais elevada de passar essa qualidade aos filhos, salvo engano meu, 30%.
Ou seja, para se conseguir um rebanho extraordinário na produção leiteira, precisava-se produzir um numero enorme de matrizes para selecionar apenas algumas. A produção de carne era mais fácil. Embora não fosse “fácil” como o desejado.
Realmente. A produção de animais selecionados para carne antigamente era muito mais fácil, pois, um touro exemplar podia ter filhos com muitas vacas ao mesmo tempo, principalmente depois que descobriu-se a inseminação artificial que, na veterinária, existe desde os anos 1940. Das vacas, porem, podia-se obter apenas uma cria por ano.
Atualmente ja se usam técnicas como a coleta de óvulos, inseminação in vitro, e transferencia de embriões para “úteros de aluguel”. Ou seja, de uma vaca com produção extraordinária de leite, pode-se induzi-la a ovular varias óvulos a cada mês, coletar, fazer a inseminação in vitro e transferir os embriões, implantando-os em vacas menos produtivas que serão mães de filhos com genética diferente das delas.
O problema em relação a isso é que são milhares de qualidades que automaticamente se esta trabalhando com elas. Por exemplo, em rebanhos leiteiros ou produtores de carne, podemos ter excelente produtores, porem, geralmente apresentam problemas de saude por falta de variabilidade genética. Afinal, todos são parentes próximos.
O mesmo problema que temos na multiplicação humana, especialmente de nossa parentela, que sempre se casou preferencialmente com pessoas das mesmas famílias. E alem das “fortunas’ não se espalharem, acumulam-se as doenças congênitas!
O que me faz lembrar que comecei a estudar a genealogia da família e, ao perceber essa relação intima de nossos ancestrais, encontrei mais essa finalidade para o estudo, ou seja, usa-la como medicina preventiva.
Acredito que as pessoas precisam ficar sabendo o quão são aparentadas com as pessoas que pretendem casar-se e ter filhos. Seja para evitar tais casamentos, optar-se por não ter filhos quando assim for, ou começar desde a infância as prevenções dos males que as pessoas adquirirão `a medida que a idade for avançando.
Por enquanto, essa ideia ainda não se difundiu, o que é uma lastima.
Vamos então ao que interessa. Tenho 5 resultados de exames de DNA em mãos. Neles temos os resultados de 1 primo, 2 irmãos e 2 irmãos, filhos de um dos primeiros irmãos. No papel, o que temos é isso:
                                     EXAMES DE DNA EM PORCENTAGENS
Locais
considerados……………………..Primo……irmão 1…….irmão 2……..irmão 3……. irmão 4
Iberia………………………………….15…………47.1…………21.0……………48.9………..25.7
Grecia………………………………..16.0………..3.1
Italia……………………………………………………………………………………….6.8
Sardenha……………………………16.0………17.1……………………………..11.7
Escandinavia………………………..2.0………..9.5………………………………3.6………..14.8
Finlandia………………………………1.0………..0.8………………………………2.8………….6.4
Europa oriental……………………..2.0
Juda…………………………………………………..3.0………..10.0……………..4.8…………..7.1
Africa do Sul…………………………4.0
Nigeria…………………………………3.0………..8.9……………………………10.8…………..7.6
Quênia……………………………………………………………………………………………………3.6
Africa Oeste………………………………………..1.5………….5.0………………2.8
Africa do Norte…………………………………….7.7………….8.0…………….10.7………..11.9
Benin/Togo…………………………..7.0
Amerindio central………………………………………………………………………6.7………..1.2
Indigena Brasil………………………2.0…………………………………………………………….2.1
Papua/Guine……………………………………….1.3
Reino Unido………………………..13.0………………………36.0
Irlanda………………………………..15.0
Oriente Medio……………………….1.0………………………14.0
Bom, o que penso é que esses resultados não estão batendo com a realidade. E os enganos podem, em parte, ser em função de ter-se usado pelo menos 3 laboratórios diferentes.
A começar, nenhum deles deu esse resultado detalhado para todos. Houve os exames em laboratório que fornece resultados por pais e outros por regiões. Ai esta a soma.
E acontece que, devido `a ciência ser recente, nenhum deles possui um banco de dados perfeito. Para isso, precisavam ter alguns milhões de exemplares de exame de DNA do maior numero possível de locais na Terra. Nenhum tem.
Segundo, precisavam possuir, no banco, exemplos de exames de DNA de ancestrais da atual população humana, igualmente diversificado nos diversos períodos históricos, em seus devidos lugares, pelo menos nos últimos 3.000 anos.
Isso se deve em função dos movimentos migratórios que existiram durante o período. Exemplos disso foi a questão da dominação imperial de muitos povos por outros povos.
A Grécia primeiro dominou partes do Sul da Europa e Oriente Medio, chegando inclusive ao Afeganistão. Roma dominou todas as terras em torno do Mar Mediterrâneo, alem de estender os seus domínios fixados ao Sul do Rio Danubio, `a Inglaterra e França, não chegando `a Escócia ou Irlanda.
Ha que se dizer ai que o domínio em si não seria a questão, se os povos dominados não pudessem circular dentro do território imperial. Mas veja-se que ate mesmo a cidadania romana era permitida a pessoas de outros povos.
Quem prestou atenção nas passagens bíblicas da vida de Paulo de Tarso vai lembrar-se que ele alegou a cidadania romana para escapar do julgamento provincial e submeter-se ao imperador.
Contudo, antes mesmo do surgimento dos impérios europeus, mais precisamente por volta de 10.000 anos atras, quando as ilhas do Reino Unido e Irlanda foram povoadas, nesse período remoto por coletores caçadores, e depois disso ja `a época da agricultura, temos que o povoamento da Irlanda, Pais de Gales e Escócia se deu por povos que ja habitavam as costas dos Nortes de Portugal e Espanha.
Os chamados “mitos” da antiguidade, guardados por recordações orais e culturais davam a entender esse movimento migratório. Tudo era considerado “mito”, possivelmente porque os estudiosos dos séculos passados comparavam as atuais tradições e línguas que existem nesses países e concluíam que não houvessem tais vínculos.
Mas a arqueologia mais recente iniciou a mostrar o contrário, a partir do momento em que se descobriu que as construções pre-históricas megalíticas, tanto no Norte Ibérico quanto nos países mencionados, eram idênticas.
E agora, com os avanços promovidos pela ciência genética, esta se comprovando que o DNA dos habitantes dos Nortes de Portugal e Espanha, alem de Irlanda, Pais de Gales e Escócia originam-se de ancestrais comuns, ou seja, pelo menos no que se trata da prevalência da parte maior desse DNA.
Para quem desejar certificar-se dos fatos, aconselho a ler pelo menos a primeira parte do trabalho abaixo, disponível na internet, de autoria da doutora Gabriela Morais. E a única dificuldade será para quem não souber inglês porque a autora transcreveu extratos de trabalhos anteriores ao dela sem traduzir:
https://docplayer.com.br/6634798-A-genetica-a-sua-relacao-com-a-arqueologia-e-a-lenda-da-fundacao-de-portugal-irlanda-e-escocia.html
Observe-se que a autora deixa claro que não se trata de uma palavra definitiva. Mas tudo indica que a confirmação não passa de uma pequena questão de tempo. Trata-se mais da aceitação dos fatos pela comunidade cientifica que propriamente juntar-se mais provas.
Depois dos romanos, nos sabemos que os Visigodos dominaram a Peninsula Ibérica e o Sul da França. Esses eram povos germânicos. Em seguida, chegaram os muçulmanos que dominaram toda a Peninsula e mais uma parte do Sul da França.
Exceção na Peninsula foram os pequenos reinos da Cantábria e das Asturias. Foi a partir desses reinos, exceto Aragão que foi conquista dos Francos, que os cristãos foram lentamente reconquistando o território. Mas entre a chegada, 711, e a saída, 1492, houveram praticamente 800 anos de influência mourisca.
Nos sabemos que Muhammed iniciou a religião em Medina, tomou Meca e, a partir dai a religião se alastrou como fogo em ventania numa grande mata em tempo de seca. E o movimento que iniciou-se como árabe foi angariando povos em seu caminho.
Sob a chefia dos árabes, os mouros predominaram politicamente na Peninsula Ibérica. Mouro não se trata de denominação de um povo, mas sim o conjunto de habitantes do Norte da Africa.
Sabiamente, `a medida que o Império Muçulmano se expandia, era oferecida a conversão aos vencidos. E os que aceitavam eram integrados ao movimento com certa igualdade de direitos e prerrogativas.
Ou seja, em sendo muçulmano, a pessoa não sofria mais distinção de raça, cor, nacionalidade. As restrições maiores se davam em torno dos sexos e de outras religiões que não fossem Muçulmana, Judaísmo e Cristianismo, as três chamadas de Religiões do Livro. Mas ser muçulmano estava um pouco acima das outras duas.
Outro detalhe, como componente da genética ibérica, ainda no período romano, com a destruição do Templo em Jerusalem e o decreto do Diáspora, houve a introdução de um certo contingente de cidadãos de Judá na Peninsula.
Esse contingente nunca dominou. Sempre colaborou com os dominantes. Possivelmente, uma parte dessa população multiplicou-se através dos casamentos com pares da mesma religião, com procedência na nação de Judá.
Essa suposição nasce do fato de que a presença genética dela aparece em todos com origem ibérica. Se não houvesse aquela multiplicação e ela houvesse se misturado com as outras populações logo no inicio, hoje-em-dia somente encontraríamos traços dela e não porcentagem.
Durante o período das Cruzadas houveram movimentos inversos. Com os cristãos europeus se estabelecendo no Oriente Medio, fatalmente terão levado genes que deixaram como herança registrada na população local. Embora, na maioria, deve encontrar-se apenas traços.
Houveram outras influências na formação da genética europeia e entre as quais pode-se mencionar: os Francos, que eram germânicos, foram autorizados pelos romanos a estabelecer-se no Norte da França. Eles se multiplicaram e com a importância que assumiram a partir de seu principal rei, Carlos Magno, dominaram a França, Alemanha e outros territórios.
Outro povo germânico, os Normandos, também foram autorizados pelos romanos a se assentarem no Norte da França. Na Normandia. Mais tarde o William, rei deles, conquistou a Inglaterra. Outros nórdicos, os Vikings deixaram suas marcas na Inglaterra também, governando por aproximadamente 200 anos parte do pais.
Em relação `a genética portuguesa ha que se lembrar que enquanto reconquistava o território do pais aos mouros, Sancho I, o povoador, incentivou o repovoamento, buscando colonos em Flandres (Países Baixos) e Borgonha.
Outro fato interessante para a genética de formação dos povos é aquele dos casamentos da realeza e nobrezas. Reis se casam com princesas ou rainhas. Era a politica da soberba com alguma finalidade pratica.
Os casamentos desse gênero visavam aproximar os povos, ao mesmo tempo que garantir vantagens comerciais aos povos do enlace. Esses casamentos, na verdade eram politico-econômicos. Os interesses estavam acima da satisfação pessoal dos nubentes.
O fato prático é esse. O rei poderia ser de Portugal. Mas ele poderia ser filho de uma princesa da Inglaterra. Nesse caso, o sangue dele era meio português e meio inglês. E se casasse com uma princesa francesa, os filhos nasceriam 50% franceses, 25% portugueses  e 25% ingleses. Portanto ja eram mistura. E na próxima geração havia outra mudança.
De fato, devido a esses tipos de casamentos, os reis não se pareciam muito com os povos que governavam.
Reis procuravam gerar muitos filhos para garantir a sucessão. Inclusive era muito frequente terem concubinas. Essas geralmente com origem no povo que governavam. E os filhos dessas concubinas tornavam-se reservas na sucessão.
Quando D. João, Mestre de Avis, foi entronado, mostrou-se o exemplo pratico dessa precaução. Ele não tinha direito ao trono. Mas a princesa com direito era casada com o rei de Castela.
Nesse caso, devido `a sucessão normal, as coroas deveriam ser unidas desde `aquela época (Crise de 1383-1385) na cabeça do rei castelhano. Houve guerra para garantir a Portugal sua independência. E D. João, que era filho extra-conjugal, foi coroado.
Ha que se lembrar que as rainhas que eram adquiridas em outros reinos levavam consigo um séquito de auxiliares. E esses naturalmente se multiplicavam no novo pais, deixando sua herança genética.
E da Crise de 1383-1385 resultou um contrato de defesa reciproca entre Portugal e Inglaterra, o qual continua vigente. Um contingente de soldados ingleses lutou ao lado dos portugueses para garantir a Independência de Portugal. Alguns ficaram e deixaram descendência.
E a relação inversa também existia. Princesas portuguesas casaram-se com reis de outras nações, transmitindo um pouco do sangue aos outros povos.
Bom, nem toda princesa ou príncipe se casava com outros membros da família real. Os reis, quando tinham muitos filhos, casavam os da reserva com seus nobres auxiliares.
Geralmente eram oriundos de famílias nobres, ou seja, descendentes secundários de reis mais antigos, pessoas que acumularam riquezas e outras por méritos militares, por exemplo. Nesse caso, os reis queriam primeiro ser defendidos e essas alianças eram estratégicas com esse fim.
O certo era que a genética do rei atual era passada para filhos extras que se casavam na alta nobreza. Os filhos da alta nobreza que não conseguiam casar-se com os mais nobres, casavam-se com os mais ricos. Nem todos os filhos desses encontravam pares em seus iguais e se casavam com pessoas mais pobres. E nessa sequencia todos nascem da mesma genética, sejam ricos ou pobres, importantes ou excluídos.
Entre as famílias nobres e antigas em Portugal, que tinham o status de nobreza, pode-se citar os Aguiar, os Albuquerques, os Almeida, os Andrade, os Ataíde, os Azevedo, os Barreto, os Borges, os Britos, os Cabral, os Castro, os Coelho, os Costa, os Cunha, os Faria, os Ferreira, os Gouveia, os Lemos, os Lima, os Lobo, os Meira, os Melo, os Mendonça, os Meneses, os Miranda, os Mota, os Moura, os Pacheco, os Pereira, os Pinto, os Queiróz, os Ribeiro, os Silva, os Sousa, os Tavares, os Teixeira, os Vasconcelos e os Vieira, somente para citar algumas das relacionadas no quadro de escudos das famílias mais nobres e mais ricas no período de D. Manoel I, o Venturoso, que se encontra na Sala de Brasões do Palácio Nacional de Sintra.
Dois fatos históricos influem em nossa genealogia. O primeiro foi a tomada de posse das Américas por espanhóis e portugueses. E o segundo foi a Inquisição Espanhola que passou a perseguir sistematicamente a judeus e muçulmanos. Esses, em sua maioria, emigraram para o Norte da Africa, onde ainda tinham o seu império.
Aos judeus que não tinham outra pátria foi dado a escolha de converter-se ao catolicismo ou exilar-se. Ja haviam judeus em Portugal e boa parte mudou-se para outras paragens nas quais ainda não eram perseguidos, inclusive Portugal.
Os judeus que saíram da Espanha exilados fixaram-se especialmente nos Países Baixos, França e Alemanha. Mas houveram os que se foram para outras paragens como a Turquia. Apos perseguições, da Alemanha foram também para a Ucrânia, origem dos judeus Asquenaze. E de todos esses lugares e outros se juntam alguns atualmente em Israel.
Em Portugal, com a pressão dos espanhóis, os judeus foram forçados a batizar “em pe”. (batismo de adultos). E passaram a praticar seus preceitos religiosos a escondido. E os batizados passaram a ser chamados cristãos-novos. Com o apelido de marranos (porcos).
Note-se ai o uso de conhecimentos psicológicos muito antes de se criar a disciplina com o nome psicologia. Conta-se a anedota de que foi Freud quem iniciou. Assim como anedota semelhante foi contada dando a Colombo a prioridade do “Descobrimento das Américas”!
A psicologia ja era usada desde os egípcios mais ou menos. Os imensos monumentos e narrativas falsas da Historia la ja eram usados para manter a submissão do povo.
Usar termos detrimentórios tem a finalidade de oprimir a pessoa desde o seu nascimento. E a mentira martelando dia e noite naquela mente em desenvolvimento leva-a a imaginar que aquilo é uma verdade, predispondo ao adulto a rejeitar a ideologia ou religião a qual esteja ligado.
Não se admira que o mesmo uso esteja sendo repetido contra os comunistas atualmente. E não é atoa que esses comparam seus detratores aos fascistas.
Concentrando-nos apenas no nosso assunto, havemos que nos lembrarmos que os “marranos” portugueses tiveram o sonho de viver em suas crenças e sem perseguições. E a opção foi a de migrarem para o Brasil. Milhares fizeram a viagem e muitos foram os primeiros colonizadores europeus nas novas terras.
Ao chegarem ao Brasil, os primeiros exploradores multiplicaram-se, em grande parte, com as índias e escravas vindas da Africa. Com o tempo, os filhos dessa descendência foi se unindo aos europeus que continuaram chegando ao longo da Historia.
Enfim, quando dos descobrimentos das ricas minas de ouro e diamantes em Minas Gerais, houve um recrudescimento da migração de europeus. Embora, enquanto uma relativa paz não fosse estabelecida e arraiais com aparência mais civilizada não surgissem, também esses  novos chegados se casaram com indígenas ou africanas.
Enfim, a formação do povo brasileiro foi consequência dessa mistura. Quando houve o fluxo de novos europeus para o Brasil, especialmente durante os séculos XIX e XX, nos quais a Europa vivia entre uma guerra e outra, os que chegaram foram sendo absorvidos pela população miscigenada.
Basicamente, o brasileiro de origem antiga deve ter em seus genes marcas que representem os povos: indígena, africano subsaariano, norte africano, grego, italiano, português, francês, germânico, espanhol, reino-unidense e diversas outras variações.
Recentemente foi feito exame genético em restos mortais de indígenas classificados geralmente sob o nome comum de Botocudos. E o par que encontrou-se na genética atual apontou que eram parentes próximos dos Polinésios.
Essa descoberta foi sem igual, pois, comprova que nem todos os povos, que povoaram as Américas na Era Pre-Colombiana, vieram pelo caminho do Estreito de Behring. Todos os livros de Historia, anteriores a essa descoberta, afirmavam que o Estreito fora a única ponte de colonização das Américas antes de Colombo.
Com a nova descoberta, fica comprovado que o encontro de vestígios de genes com origem na Guine-Papua em nossa mistura não é nenhuma aberracão. Muito pelo contrário. Os laboratórios mais ao norte é que precisam adaptar-se `a nova realidade.
Alem das questões migratórias, existem as questões genéticas. Normalmente nos pensamos, devido `a formação dos óvulos e espermatozoides que aprendemos nas escolas básicas, que tudo funciona perfeito como um relógio atômico. Mas, frequentemente, não.
Vamos citar um exemplo. Supondo que temos um casal de mulatos. Em teoria, temos que as probabilidades são as de que entre os filhos nasçam 25% com pele negra, a metade da cor mulata e os outros 25% com a pele branca.
Mas, supondo que o casal tenha 10 filhos e todos nascem com a cor mulata, isso não significa que a teoria esta errada. O que acontece é que essa probabilidade existe. Ninguém espera que aconteça. Mas pode acontecer.
Se tivéssemos 10 casais, todos na mesma condição e nascessem 100 crianças, todas da mesma cor, então, teríamos que repensar a teoria. A idoneidade dos pais, porem, não estaria em duvida.
Sabemos que os extremos são raríssimos, mas se ha possibilidade de eles acontecerem, acontecerão. Parece-se com o jogar na loteria. Milhões jogam. Mas a probabilidade de um ganhar é praticamente zero. Contudo sempre ha um ganhador. Pelo que a gente impossível seria todos ganharem.
Em genética, costuma ser o azar de alguns!!! Isso quando ha uma doença raríssima que acaba “premiando” alguém.
Raro, e quase impossível, seria gêmeos bivitelinos que ao exame de DNA suspeita-se que sejam filhos de pais diferentes.
Isso aconteceria se uma célula matriz dar origem a dois óvulos, ou seja, metade dos genes da mãe vão para um óvulo e a outra metade para outro. Ate ai seria normal. Isso é exatamente o que acontece.
Do outro lado, vem o marido, no qual acontecerá o mesmo na formação de espermatozoides. O cumulo da coincidência seria acontecer de a mulher ovular aqueles óvulos antíteses e eles serem fecundados exatamente por dois espermatozoides  antíteses.
Ou seja, nasceria um casal de filhos, sendo que os marcadores de um e de outro não acusará as origens materno e paterno iguais. Naturalmente, hoje não seria dificílimo provar que são irmãos, pois, confrontando com os exames de DNA dos pais e especialmente com o DNA mitocondrial materno, isso comprovará a maternidade segura.
E, obrigatoriamente, a filha terá metade dos marcadores procedentes do pai e o filho a outra metade. Mas essa reflexão é teórica e não se espera que a ciência será chamada para o esclarecimento nem durante o milênio inteiro.
Observe-se que coisas semelhantes podem existir. O que não se espera são as extremas.
Se as pessoas se recordarem do básico da divisão celular, quando os 23 pares de cromossomos humanos pareiam entre si, fazem a permuta (troca, crossing-over) de partes de si com o seu par, vamos lembrar que esse processo é a base da sobrevivência das especies.
Isso porque o processo garante a variabilidade dentro de uma mesma especie. O que da vantagens a uns para alguma coisa e vantagens a outros em outras coisas. Infelizmente para uns, a variabilidade pode torna-los menos resistentes a certo tipo de doença. Enquanto outros serão perfeitamente resistentes.
Pensando na especie e não no individuo, isso é ótimo, mesmo que se perca uma parte da população quando de uma epidemia daquela doença. Haverá sempre uma parte que se salve para dar continuidade `a especie.
Ja, se todos herdassem apenas os genes que não dão resistência, uma epidemia poderia eliminar toda a especie, bastando para isso que todos contraiam o mesmo mal. Ainda bem que atualmente temos os medicamentos para muitos dos males que nos atacam.
Fiz esse preludio apenas para dizer que assustei-me com o resultado dos irmãos 1 e 2. Veja-se que o 1 tem 47.1% de sangue Ibérico e o 2, apenas 21.0%. Essa seria uma daquelas aberrações que não se espera. Mas nem tanto.
Observe-se que, em compensação o irmão 1 conta com 0% de sangue da Grã-Bretanha. Ja o numero 2 soma 36.0%. Ou seja, o erro não deve se encontrar no exame em si e sim no resultado que cada laboratório deu.
Se formos considerar a ilha por partes, devemos esperar que os vínculos estão com as partes do Pais de Gales e a Escócia, justamente aquelas que tem a mesma origem genética que os Nortes de Portugal e Espanha.
A genealogia da família aponta o possível ancestral chamado Manuel Rodrigues Coelho. Ele deve ter sido pai do alferes-de-milícias Jose Coelho de Magalhães. Falta saber o nome e a origem da esposa do Manuel. Se ela for escocesa ou galesa, então, o laboratório usado pelo segundo irmão deverá estar mais correto.
Jose Coelho de Magalhães foi o pentavô dos irmãos, portanto, não era para deixar tanta marca nos pentanetos (os pentelhos!!!).
Acontece que, pela arte do destino, e improvidência humana, eles são descendentes de primos com primos em diversos graus, fazendo com que o ancestral lhes seja 5 vezes pentavô e 1 vez sextavô. Somando tudo, da caldo!!!
Da esposa do Jose, Eugenia Rodrigues da Rocha, sabemos que o sobrenome Rocha esta ligado `a ascendencia irlandesa. Ou seja, isso somaria mais um pouco. Mesmo que insignificantemente.
Dos outros ancestrais nada se pode afirmar. Mas, por serem mais diversificados, foram os que contribuíram com as porções diversificadas, incluindo a porção africana e a indígena.
Interessante é notar-se isso. Um dos irmãos não possuiria sangue indígena e outro sim. Na verdade, não é isso que os exames indicam. Por ser filhos de mesmos pai e mãe, isso somente significa que um laboratório detectou e o outro não.
Ai é que esta. Pode ser que o irmão 2 realmente não tenha herdado as partes do DNA que contenham os marcadores para indígena. Mas porque o irmão 1 herdou e os pais são os mesmos, então, fica comprovada a ascendência indígena em ambos.
Alguém pode deixar de herdar os marcadores, por causa da variabilidade que existe via permuta. Mas isso não comprova que não se tem DNA indígena no sangue do irmão 2.
A informação que fica é essa. Ao exame de DNA encontramos que 99.9% de todas as pessoas do mundo é coincidente, ou seja, é igual. Os marcadores estão naquilo que a gente difere uns dos outros. Melhor dizendo, as nossas diferenças estão naquele 0.01%, então, ao exame não é descobre de onde veio a quase totalidade do nosso DNA, ja que é igual para todo mundo.
Isso significa apenas que numa parte remota do tempo havia um numero muito reduzido de pessoas humanas e foi esse pequeno grupo que multiplicou e gerou toda a população humana atual.
No fundo, no fundo, nos todos somos a mistura de uma mesma farinha!
Fora do script, o irmão 2 apresentou 1.3% de ascendência no Homo Neanderthalensis. O que os outros laboratórios não devem ter analisado. Segundo o resultado, em media, as pessoas com ancestrais na Eurasia, de um modo geral, apresentam 2.1% desse sangue.
Isso significa apenas que a especie não foi extinta como dizem os livros antigos. Ela foi absorvida. Possivelmente a especie tinha um numero bem menor de representantes que a invasora. Com isso contribuiu menos para a nossa formação.
Somente grupos reduzidos na Africa, que nunca tiveram ancestrais em contato com o Neandertal não dão exame positivo para essa mistura.
A grande diferença que notei nesses exames foi a presença dos 10% de origem judaica e 14% de origem no Oriente Medio, do irmão numero 2. Essas presenças seriam mesmo esperadas.
No caso em que não se tem, nem mesmo a nível de trisavós, ninguém com essas origens claras, o resultado torna-se estranho. Não pela presença mas sim pela porcentagem.
Atribuo isso `a migração e `a confusão que ainda existe na interpretação da leitura do DNA. Sabemos que gente do Oriente Medio foi transferida para a Peninsula Ibérica. E europeus foram para o Oriente Medio ao longo dos últimos 3.000 anos. Mais que isso, os do Norte da Africa moveram-se em todos os sentidos.
Dai, os laboratórios devem ter em seus bancos de dados numero bem pequeno de exames contendo espécimes de diversas das regiões intermediarias. Portanto, não tem ainda material necessário para separar item por item dos marcadores observados.
Alguns podem estar identificados como procedentes de uma região mas ter origem em outra.
Somando: ter 24% de DNA relativo ao “Oriente Medio” seria o equivalente a possuir um avô com origem naquela região. E coloquei entre parênteses porque 10% referem-se a judeu do Diáspora. Com certeza, ai se inclui mistura que talvez não seja propriamente com origem no Oriente Medio.
Mas, no computo geral, para se ter uma certeza de quaisquer resultados, seria necessário ter o exame de DNA dos pais. E na falta deles os exames de todos os irmãos. De preferencia ai quando se contam em numero maior.
O exame dos pais marcaria o parâmetro, pois, os resultados nos filhos tem necessariamente que coincidir com as presenças nos resultados pais. Um filho não pode ter algo que não existe em um ou nos pais, a não ser que o filho seja mutante. O inverso vai ser o normal. Cada um dos pais passa somente metade de seus genes.
Mas como a ciência genética esta em seu inicio, não se deve tomar como mortal algum pecadilho que cometa.
O jeito será continuar pesquisando, pois, através do DNA pode-se ter indícios de quais os locais geográficos os nossos ancestrais passaram para chegar ate a nos.
No caso dos irmãos 1 e 2, herdaram da mãe o cromossomo X proveniente da Africa, portanto esta ai o comprovante de conteúdo afrodescendente. Ja o cromossomo Y, evoluiu a partir da Africa, como toda a especie, passou pelo Oriente Medio, foi para o Cáucaso, entrou na Europa e ai permaneceu por milênios ate dirigir-se para o Brasil.
Mas somente através da genealogia podemos encontrar os nomes e, via documentos, comprovar ou negar o que as tradições nos contam da Historia na qual viveram. Creio que a genealogia e Historia satisfazem melhor a nossa fome de conhecer de onde a gente veio. A genética tempera.
Quanto ao resultado dos irmãos 1 e 2 em relação `a ascendência judaica, para que os resultados de 3% e 10% se concretizem, a soma do conteúdo genético dos pais teria que ser no mínimo 10%. Algo ja um pouco exagerado ja que não se tem conhecimento de judeus na família por pelo menos umas 10 gerações.
Se a soma do conteúdo genético judaico no sangue fosse 10%, então, o irmão 2 terá que ser uma daquelas exceções fantásticas que somente ocorrem a cada milênio. O normal seria que essa soma fosse maior que 10% nos pais, para o resultado não ser mal visto.
Assim, melhor será creditarmos parte desses 10% como originados na Peninsula Ibérica não sendo os judeus do Diáspora que o levaram para la mas sim que os judeus incorporaram essa parte ao atual DNA deles ja que tiveram 2 milênios para que isso acontecesse.
Não se trata aqui de rejeição a tal herança. Trata-se de racionaliza-la. Pois, espera-se que tenhamos uma parte da herança judia e muçulmana em nosso sangue. Isso fica obvio tanto pelas evidencias matemáticas quanto pelas genealógicas.
As matemáticas seriam fáceis de entender, pois, sabe-se que milhares de cristãos-novos aportaram no Brasil desde o sua colonização e primeiros povoamentos de origem europeia.
Dai, basta pensar: se um casal de cristãos-novos teve 2 filhos, que lhe deram 4 netos, 8 bisnetos etc, e seguindo esse raciocínio por 15 a 20 gerações, quantos descendentes esse casal teriam somente na geração atual?
Façam as contas e verão que não será uma imensidão de pessoas. Mas, multiplique-se isso por 1.000 ou 10.000! E pense bem. O raciocínio gira em torno de cada casal formal ter apenas 2 descendentes por geração.
Mas baseado no numero de descendentes que nossos ancestrais e seus parentes deixaram, pode-se ver que tinham a capacidade de povoar toda a Terra, apenas nos últimos 500 anos mais ou menos.
E o que nos falta é apenas, em nosso caso particular, comprovar que os Coelho em nossa família descendem do mesmo Barbalho e o Jose Vaz Barbalho seja mesmo filho do casal Manoel Vaz Barbalho e Josefa Pimenta de Souza.
Pelo lado dele sabemos que descendia do Miguel Gomes Bravo, cristão-novo, contratador nas Ilhas dos Açores e que foi para Vitoria – ES, por volta de 1590 e depois para o Rio de Janeiro, deixando 10 filhos a se multiplicarem nessas localidades.
Outra possível fonte da presença do sangue esta no sobrenome Tavares. Esses foram ancestrais dos Barbalho quando ainda residiam em Pernambuco. Ha ainda a possibilidade de o próprio Barbalho ja ter chegado de Portugal com parte na herança.
Do lado da Josefa sabe-se que descendia do Martim Afonso de Sousa, Governador Geral do Brasil e de Goa. Não ele mas antes de chegar na Josefa a descendência se misturou aos Mota, conhecidos cristãos-novos no Rio de Janeiro.
E agora chegamos `a novidade. Graças ao presente de fim de ano que ganhei do nosso primo DIONE FERREIRA NUNES, ao qual estou ja eternamente agradecido, ele enviou-me a leitura de um dos censos ocorridos em São Sebastião dos Correntes (atual Sabinópolis), que contem isso:
“Censo – São Sebastião dos Correntes, ano de 1832, numero 23: MALAQUIAS PEREIRA DO AMARAL, casado 40 anos, c. c. ANA MARIA DE JESUS, 36 anos, filhos: LIONOR 15 anos, ANNA 14 anos, MIGUEL 12 anos, DANIEL 10 anos, ERNESTO 8 anos, MARIA 7 anos, QUEIROBINA 6 anos, ERMELINDA 5 anos, JOAQUIM 2 anos; censo numero 24 JOAO PEREIRA DO AMARAL – FAZENDEIRO 43 anos c.c. QUITERIA ROSA DO AMARAL com 41 anos, somente um filho naquela época, JOAQUIM com 6 anos.”
Pelos registros de batismos que o professor Dermeval Pimenta encontrou, dos filhos do MALAQUIAS e ANNA MARIA, os dados desse censo foram coletados em 1829. A única data que não se encaixa ai é de nascimento da filha Ermelinda, que foi a avó do professor. Mas seria querer demais pensar que o engano esteja em todos e não no dela.
O professor também especificou que o filho de Malaquias, JOAQUIM, “fazendeiro em Guanhães, era casado sem filhos”.
Somando isso, em consideração a que JOAO era casado com QUITERIA ROSA, cujo filho se chamava JOAQUIM, acredito que encontramos os nomes dos pais do tetravô JOAQUIM PEREIRA DO AMARAL, c. c. MARIA ROSA DOS SANTOS CARVALHAES. Esse era um dos mistérios em nossa genealogia.
Como MALAQUIAS e JOAO eram irmãos, fica assim comprovado que tinham os mesmos ancestrais. E o de MALAQUIAS o professor DERMEVAL nos forneceu alguns dados anteriores importantes.
O único senão, contudo, é que MALAQUIAS e JOAO tiveram o irmão MIGUEL PEREIRA DO AMARAL que ajudou a povoar SABINÓPOLIS. Nesse caso, ha a possibilidade de ele ter sido pai de outro JOAQUIM, que fosse nosso ancestral. Mas o fato de nossa trisavó QUITERIA ROSA (TITI) ter sido filha de JOAQUIM e MARIA ROSA, deve evidenciar que descendemos mesmo do JOAO.
E, repetindo aqui a lista de fundadores de São Sebastião dos Correntes:
01. Pe. Bento de Araujo Abreu
02. alferes, Antonio de Araujo Abreu c. c. Salvina Emilia de Queiroz
03. Antonio Borges Monteiro (sr. Monteiro) c. c. Maria de Souza Fiuza e Margarida Maria do Rosario.
04. Urbano Taveira de Queiroga
05. Joaquim da Silva Campos
06. Antonio Borges Monteiro Junior (Borginha) c. c. Maria Magdalena de Santana
07. capitão, Semeão Vaz Mourão
08. alferes, Antonio Fernandes do Amaral
09. Malaquias Pereira do Amaral c. c. Anna Maria de Jesus
10. Clemente Jose dos Santos
11. Francisco Jose dos Santos
12. Manoel Coelho de Almeida
13. capitão, Antonio Jose Campos
14. João Pereira do Amaral c, c, Quiteria Rosa do Amaral
15. capitão, Joaquim Barroso Alvares c. c. Maria Fernandes
 
Alem dos JOAO e QUITERIA ROSA, talvez ai tenhamos presente mais um de nossos ancestrais, ou seja, o alferes ANTONIO FERNANDES DO AMARAL, provável pai da QUITERIA ROSA.
Os DOS SANTOS CARVALHAES aparecem pelo menos nas pessoas do coronel BERNARDINO e ANTONIO DOS SANTOS CARVALHAES no município da atual RIO VERMELHO, no “ALMANAK ……DE MINAS GERAIS”, que era uma Freguesia que fazia parte da Paroquia de São Sebastião dos Correntes.
MIGUEL PEREIRA DO AMARAL vivia em outra freguesia, a de N. S. MAE DOS HOMENS, atual municipio de MATERLANDIA.
Também, segundo uma Arvore Genealógica que se encontra no site Familysearch, o MIGUEL PEREIRA DO AMARAL c. c. ANNA MARIA DE JESUS, pais do MALAQUIAS, MIGUEL e JOAO, sendo essa ANNA MARIA homônima da esposa do MALAQUIAS, casou-se numa família que também descendia do mesmo governador-geral MARTIM AFONSO DE SOUSA.
Os irmãos números 1 e 2 são, dentro do que ja se sabe, descendentes 3 vezes dos PEREIRA DO AMARAL e 3 vezes dos BARBALHO. Isso, sem se contar as 6 vezes que descendem dos COELHO que também devem descender dos BARBALHO.
Portanto, eles serão repetidas vezes descendentes dos cristãos-novos que ajudaram a povoar o Brasil, isso, apenas naquilo que ja se sabe.
O problema em relação aos resultados no exame, para os 10% de ascendência judaica e 14% do Oriente Medio encontrados no irmão 2 ser real, é que, apesar das possíveis repetidas vezes, os resultados não deveriam passar mais que 2 ou 3% de ascendência.
Era preciso que houvesse ancestrais mais recentes, a nível de bisavós ou, no caso particular dos irmãos, a nível de tetravós na linhagem COELHO DE MAGALHÃES. Isso porque são 6 vezes descendentes dos mesmos ancestrais a esse nível.
O que não seria impossível. Isso porque a tetravó na linhagem foi LUIZA MARIA DO ESPIRITO SANTO, filha de ANTONIO JOSE MONIZ e MANOELA DO ESPIRITO SANTO. Caso esse seja o ANTONIO JOSE MONIZ BARRETO, o qual esta na obra do Frei JABOATÃO, pode ser que estejam ligados ao sobrenome FIUZA.
Esse foi sobrenome de pessoas que foram acusadas de ser cristãs-novas pela Inquisição. Diga-se de passagem, os irmãos descendem dos FIUZA, em porção menor, via seus ancestrais BORGES MONTEIRO. Mas, nesse caso, não se refletiria senão em porcentagens menores.
Os irmãos 3 e 4 são filhos do irmão numero 1. Assim, a porcentagem intermediária de sangue judaico neles poderá ser explicado ao exame do sangue materno. Isso porque a esposa não tem vínculos parentais próximos com os dois primeiros.
Ao que parece, os dados encontrados ai, dos irmãos 1 e 2, significa mais provavelmente que os judeus atuais permanecem com elevada herança hereditária proveniente da Peninsula Ibérica.
Pode-se levantar essa hipótese baseando-nos na Historia. Isso porque o exame de DNA do irmão 2 foi realizado em laboratório nos EEUU. E a relação histórica pode ser o fato de que parte dos “Holandeses” que invadiram Pernambuco e ali permaneceram por quase 30 anos praticavam o judaísmo.
Em 1657, após expulsos por, entre outros, membros da família BARBALHO, acabaram encontrando Porto Seguro na colônia de NOVA AMSTERDÃ. Essa era uma colônia holandesa, desde 1624 ate 1664, quando foi conquistada pelos ingleses, e passou a ser chamada de NOVA IORQUE.
Mas nesse caso ali ja se encontrava a primeira sinagoga da America do Norte, SHEARITH ISRAEL, também conhecida como Sinagoga Espanhola e Portuguesa. Os fundadores foram remanescentes do contingente expulso do Brasil, onde ja havia outra sinagoga que foi a mais antiga das Américas.
Trata-se de uma congregação ortodoxa. Isso significa que alem de manterem os costumes mais antigos de suas tradições, também procuram manter sua genética o mais intacta possível, casando-se preferencialmente com membros da própria congregação.
A congregação SHEARITH ISRAEL foi criada em 1654 e permaneceu como única, em Nova Iorque, ate 1825.
Essas informações me permitem supor que haja um grande numero de exames feito por descendentes dessa comunidade no banco de dados do laboratório ao qual o irmão 2 submeteu o seu próprio exame.
Nesse caso, o laboratório deverá estar computando como judaico uma parte do genoma que esta presente na Peninsula Ibérica e que também passou-se para o Brasil. E com isso podemos concluir que, os atuais judeus de crença, pelo menos os que estão nos Estados Unidos, compartilham com os brasileiros uma porção considerável de genes.
Não se pode afirmar contudo que eles sejam brasileiros nem que os brasileiros são judeus. O que será inegável é que compartilham de grande numero de mesmos ancestrais, possivelmente, tanto de origem Ibérica quanto da antiga Judá, da qual os antigos judeus Sefardi foram expulsos por Roma.