Posts Tagged ‘Sergio Moro’

A VERDADE NAO SE TRATA DE NENHUMA TEORIA DE CONSPIRACAO

abril 7, 2018

Conteudo deste blog – All contentS

0. PURA MISTURA

https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/

1. GENEALOGIA

https://val51mabar.wordpress.com/2017/11/13/a-familia-de-manuel-rodrigues-coelho-em-resumo/

https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-2013-2014/

https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-pimenta-no-site-www-ancestry-com/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/

2. RELIGIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/

3. OPINIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/

4. MANIFESTO FEMINISTA

https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/

5. POLITICA BRASILEIRA

https://val51mabar.wordpress.com/2018/04/07/a-verdade-nao-se-trata-de-nenhuma-teoria-de-conspiracao/

https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/19/movimento-fora-dilma-fora-pt-que-osso-camarada/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/

6. MISTO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/12/30/2012-in-review/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/

7. IN INGLISH

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/

8. IMIGRACAO

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/.

 

INDICE GERAL

01. A VERDADE NAO SE TRATA DE NENHUMA TEORIA DE CONSPIRACAO.

02. OS GNUS E AS CHITAS.

03. COISAS DAS POLITICAS DIU-NOTURNAS NO BRASIL.

04. OH ESCANDALO!!!

05. APPLE PIE!!!

06. DEIXAR PARA DEPOIS TEM SIDO O MELHOR REMEDIO PARA DORES DE CABECA!!!

#################################################

 

06. DEIXAR PARA DEPOIS TEM SIDO O MELHOR REMEDIO PARA DORES DE CABECA!!!
 
Dessa vez fui eu quem deixou para depois. Grande novidade!!!
 
Não quis interferir na questão para não comentar e parecer que esteja querendo puxar sardinha para minha latinha.
 
Mas veja-se as coisas encaixando-se como luvas.
 
O juiz “imparcial” de Curitiba se deu ao direito de ir a programa da Globo para dizer que não ouviria o advogado Tacla Duran por ele ser bandido, e procurado.
 
`A epoca eu salientei apenas que o “imparcial” tem fascínio para conversar com bandidos, mas somente aqueles que denunciam o Lula!!!
 
Agora, para confirmar que o que os defensores dos direitos humanos do presidente Lula vinham afirmando ser verdade, indiretamente, ate a Interpol esta falando a mesma coisa.
 
Ao que parece, também a Interpol não acredita na integridade moral do “sinhozinho” juiz de Curitiba.
 
Pelo jeito a Interpol chegou `a mesma conclusão que nos. Comparado a um jogador de futebol ele é, no máximo, aquilo que antigamente chamávamos de “jogador de time”.
 
Aquele tipo de jogador que no time e em casa parece ficar muito `a vontade para aparecer para sua torcida. Mas quando convocado para seleção, para jogar em campo adversário, e contra jogadores renomados, derrete-se todo.
 
Grande derrota para o “juiz farofa” de Curitiba. E isso pode ser ate uma jogada bem pensada, pois, o rebelde Tacla Duran denunciou a Farsa-Rato de extorquir dinheiro dos acusados para abrandar as barras deles na feitura das delações premiadas.
 
Nesse caso, em sendo verdade, para o juiz “imparcial” de Curitiba as falhas não seriam incompetência como se poderia pensar. Não passariam de uma estratégia.
 
A esperteza levada ao ultimo limite, ou seja, se fizesse tudo correto, a Interpol repatriaria o Tacla Duran para ser julgado no Brasil.
 
Mas o juiz pode estar se fingindo de profissional energumeno. Com isso evitaria ser obrigado a processar o advogado no Brasil e acabar tendo o esqueminha de corrupção da Farsa-Rato revelado em plena luz do dia.
 
Quem pensa que o juiz de Curitiba é bobo, ta muito enganado!
 
Otários notórios mesmo são aqueles que acreditam na santidade dele!!!
 
Indico para lerem:
 

 

#######################################################

 

05. APPLE PIE!!!
Para quem não sabe, apple pie nada mais é que “torta de maça”.
A Apple, companhia, tornou-se o primeiro conglomerado a valer mais de um trilhão de dólares na bolsa. Junto com ela, a Amazon e a Alphabet (Google) estão se aproximando disso.
O detalhe foi que a Apple, em 1997, esteve `as portas da falência. Steve Jobs `a época teve que retornar, imaginem, havia sido chutado para fora da empresa, para mostrar como as coisas funcionam e recuperar o investimento.
Somente para enriquecimento de conhecimento, Steve Jobs foi um menino imigrante adotado por uma família nos Estados Unidos. Por ai se vê uma das razoes do ódio contra imigrantes: inveja!!!
Alem desse assunto, gostaria de lembra-los de algo muito interessante a respeito das copas e olimpíadas.
Vocês se lembram que `as vésperas dos acontecimentos desses dois eventos esportivos mundiais acontecerem no Brasil, em 2014 e 2016, ascendeu-se aquele ódio contrário?!
Qual era a desculpa? Não apenas que os eventos eram suspeitos de alimentar corrupções. A acusação mais relevante era mesmo a de que tais eventos acarretavam apenas prejuízos aos cofres públicos dos países promotores.
Inclusive, diga-se de passagem, foi dado exemplo de evento na Inglaterra, que havia dado um prejuiiizoooo!!!
Parece que passou despercebido. No atual evento de 2018, na Russia, aquele “inimigo vermelho e corrupto”, foram feitas as apostas para decidir onde será realizada a Copa de 2026.
Azar dos Estados Unidos, Canada e Mexico que apostaram contra o “fraquinho” Marrocos e ganharam o direito dela realizar-se na tríplice-sede.
Coisa de terceiro mundo não é mesmo?! Afinal, so sendo do terceiro mundo para incluir a participação do Mexico numa parceria de tal porte!!!
Aquele Mexico que so “envia drogados, traficantes e bandidos” para explorar o nosso “mercado aberto” aqui no mais ao Norte!!!
Deixando de lado as Trumpomimas, ha que se perguntar o porque de um mercado tão próspero investir em evento tão prejudicial `a economia, não é mesmo?! Será que o pessoal daqui ficou louco oh meu?!!!
Observe-se que a Apple e a Amazon somadas, valem o PIB anual do Brasil.
Ai que mora a questão mais complicada para entender esse mundo:
Por que um mercado tão próspero, cujas duas maiores entre as milhares de companhias desse mercado, precisa ainda de investir contra o desenvolvimento de paisecos como o Brasil e ainda financiar e orientar golpes fajutos nessa pátria?!
Ja não basta sermos os maiores e melhores, temos que arriscar as vidas de tantas pessoas para não deixar os outros crescerem?!
Qual a lógica de querer apagar fogo com gasolina?!
Não arriscamos com isso sairmos queimados também?!
Ou será que o nosso sucesso depende mesmo de algo que pertence ao Brasil e nos queremos tomar, mas isso não se pode falar senão a boca miúda?!

 

######################################################

 

04. OH ESCANDALO!!!

Parece que fabricaram algum escândalo em cima do que escrevi e tenho consciência tranquila quanto ao que escrevo.

Em um dos compartilhamentos que fiz num site amigo, houve uma referencia a eu estar “defendendo um condenado”. O interlocutor queria dizer que, onde que um condenado poderia ajudar o Brasil a sair do buraco que o meteram?!

Respondi mais ou menos assim:

01. Jesus foi julgado, condenado e morto. Mesmo assim é considerado líder da maioria das pessoas que dizem ter religião na Terra.

02. Mohandas Gandhi, também conhecido como Mahatma, foi julgado, condenado e preso. Mesmo assim existem uns 4 países que o tem por libertador.

03. Nelson Mandela foi julgado, condenado e preso. Mesmo assim foi a voz contraria ao Apartheid e é reconhecido no mundo inteiro.

04. Martim Luther King Jr. foi julgado, condenado e preso. Depois foi assassinado por um extremista de direita. Apesar disso, tornou-se a única figura do século XX a contar com um feriado no calendário em homenagem a ele, nos Estados Unidos.

Parece-me que as coisa pegaram fogo a partir disso. Primeiro houve a interferência:

“Não compare Jesus com MERDA.”

Ao que respondi:

“Se mais inteligente. As situações são diferentes.

Ninguém esta comparando pessoas com pessoas.

Diga-se de passagem. Quem acha que outra pessoa humana é merda é porque tem algum complexo de inferioridade, pois, também é pessoa humana.

Isso significa que nem amor próprio possui, pois, considera-se uma merda!”

A primeira verdade sempre dói mais!

Mas não parou ai. Logo em seguida vi outra postagem querendo rebater meus pensamentos:

“Jesus foi condenado sem roubar nem prejudicar o próximo, ja lula não se pode dizer o mesmo, ou vc mama na teta de alguma forma, ou é cego doente em acreditar que isso tudo que ele foi acusado é mentira, por isso paiz ta essa merda, por causa de pessoa como você. Mais So de uma pessoa comparar um politico com Jesus, ja da pra ver o nível de raciocínio lógico dela!!”

Copiei acima do jeito que estava. Não quis fazer nenhum retoque para não perder a originalidade. A única coisa que alterei foi que as virgulas estavam com espaço após as palavras.

E não estou aqui querendo diminuir o autor. Muito pelo contrário. A pessoa sabe raciocinar. E o escrito tem conteúdo. O que esta fora de lugar mesmo são os julgamentos.

Em primeiro lugar, hoje-em-dia virou moda. Se a gente faz a comparação entre o tempo em que Jesus viveu com os tempos atuais, logo vem essa desdita de que “não se compara Jesus com ninguém”.

Na verdade, eu acredito que ninguém se compara a ninguém, réis por réis, como se dizia antigamente. O que podemos fazer, e foi o que faço, foi comparar a situação vivida por Jesus e outros, com a situação vivida pelo Lula.

Nunca se tratou de dizer: “é tudo igual”. Mas os mesmos que me condenam são os primeiros a repetir: “político é tudo igual”

Vamos então começar pelo princípio. Os gregos foram os criadores da política `a semelhança do que se pratica atualmente. E Aristoteles, ja `aquela época, costumava dizer que: “O homem é um animal politico”.

https://brasilescola.uol.com.br/filosofia/o-conceito-animal-politico-aristoteles.htm

Os conceitos aristotelianos precisam ser adaptados para os atuais dias. O homem, no caso, era apenas o masculino. Mas atualmente todos se enquadram. Mulheres, crianças, velhos sem exceção.

Ate aqueles que declaram não gostar de politica nem de políticos e evitar dar uma opinião, são animais políticos. O fato de dizerem que não participam não os isenta da culpa por omissão.

A atitude de “fugir da raia” trata-se de um comportamento político. Ou seja, trata-se de uma declaração mais ou menos assim: “Gosto de levar vantagem em tudo”.

Dizendo que não gosto, não me obrigam a fazer esforço. Importante, não faço criticas nem sou criticado. Terei todos os amigos que quiser. Mas no momento em que as deliberações politicas surtirem algum efeito positivo, não vou ficar de fora dos benefícios.

As pessoas com esse pensamento correm o risco apenas de que, por falta de votos e participação a favor de alguma boa ideia, ela pode ser reprovada. Ai todos perdem o beneficio da aplicação dessa boa ideia. Mas elas não se sentem culpadas, justificando que não se metem em política.

Essa também é uma atitude essencialmente politica que se observa tanto entre os homens quanto em algumas feras brutas. Tem chimpazé  e bonobo que também agem assim.

Voltemos, então, `aquelas frases ofensivas que recebi em resposta.

O problema ai esta em que meu interlocutor deve ser partidário daquele pensamento antigo de que: “religião e politica não se misturam”.

Coisa horrível, meu Deus!

A verdade não nega. As religiões não passam de uma associação politica segundo o sentido lato da palavra. O próprio Jesus nos deixou ensinamentos ótimos a respeito do assunto.

Por exemplo, a lição completa esta numa passagem em Mateus, 25, 31-46. Em resumo, temos os versos 40 e 45:

“Então, o Rei lhes responderá: “Eu garanto a vocês: todas as vezes que vocês fizeram isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que fizeram.”

“Então o Rei responderá  a estes: “Eu garanto a vocês: todas as vezes que vocês não fizeram isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizeram.”

Ai esta: religião, politica e direito. Na verdade, Jesus não foi omisso em relação aos assuntos humanos. Ate por uma questão lógica.

Se ele fosse cuidar apenas das coisas espirituais, sabendo que a politica humana de um modo geral leva a consequências durante a vida do porvir, então, como dizer: “O Céu existe, mas não vou contar a ninguém como se faz para chegar la. Se virem!”

Digamos assim, parece ser essa exatamente a atitude que nossos adversários vem tomando.

Quando abraçam o individualismo e a meritocracia, sabendo que eles próprios ja estão próximos `a linha de chegada, e `a maioria nem sequer foi dado o tiro de largada, nota-se qual foi a opção deles em relação aos versos acima.

“Jesus foi condenado sem roubar nem prejudicar o próximo, …”

Certo! Exceto pelas interpretações de cada um. Do ponto de vista teológico a gente poderia afirmar isso. O problema esbarra na questão jurídica.

Em primeiro lugar, devemos nos lembrar que Jesus vivia numa colônia e não em um pais livre. O Império Romano permitia que os locais usassem suas leis, desde que não se opusessem `a ditadura romana e também seguissem a lei romana.

Não se trata de dizer que Jesus intencionalmente prejudicou a alguém. Trata-se de afirmar que as atitudes dele levaram muitos a sentirem-se prejudicados.

E esses que se sentiram ameaçados, reagiram. Ai que esta o detalhe particular. Eles usaram as leis e as interpretações próprias para levar Jesus ao julgamento.

O julgamento no Sinédrio foi manipulado. O evangelista João de Patmos descreve bem o que estava ocorrendo, antes de haver uma acusação com provas suficientes e aberto um processo:

“Então, os chefes dos sacerdotes e os fariseus reuniram o Conselho. E disseram: “Que é que vamos fazer? Esse homem esta realizando muitos sinais. Se deixarmos que ele continue assim, todos vão acreditar nele; os romanos virão e destruirão o Templo e toda a nação.” Um deles, chamado Caifas, sumo sacerdote nesse ano, disse: “Vocês não sabem nada. Vocês não perceberam que é melhor um so homem morrer pelo povo, do que a nação inteira perecer?”” Jo 11, 47-50.

Então, na sequencia da narrativa da vida de Jesus, ele “vira as mesas” dos senhores de negócios que trabalhavam no pátio do Templo, construído por Herodes, o grande. Naturalmente, Jesus tinha as razões teológicas a seu favor.

O problema era que, os comerciantes se sentiram prejudicados. Por isso deverão ter levado suas queixas ao Sinédrio. Bom, havendo ou não havendo razão quanto `as acusações, coube ao Sinédrio abrir o inquérito e julgar a causa.

Por não poder fazer isso abertamente, porque se o ato causasse algum tumulto e isso levasse morte e ferimentos aos soldados romanos que faziam a segurança dos interesses do Império, ja se sabia que Judá seria varrida do mapa, junto com o Templo.

Decidiu-se então pela “condução coercitiva” da época. Mais conhecida como prisão sumaria. Jesus não compareceu espontaneamente. Foi levado, segundo o que esta escrito na Bíblia. `A época, tais atos encontravam amparo legal.

Na sequencia sabemos, os tempos eram tão outros e ao mesmo tão iguais, que usaram testemunhas para afirmar que Jesus havia dito: “Posso destruir o Templo de Deus, e construi-lo de novo em três dias.” Mt 26, 61.

Naturalmente, se essas testemunhas ouviram mesmo o que Jesus disse, embora deturpado nas denuncias, elas poderiam ser facilmente enquadradas por associação criminosa, em caso da culpa comprovada. Esses, juntamente com Judas, foram os delatores premiados.

Por seus testemunhos e traição, receberam indulto pela associação e a Judas ainda foi concedido um capilé para que ficasse claro que o serviço foi pago. Segundo a lei hebraica, o prêmio a um denunciante era obrigação do tribunal.

Jesus não pecou, pois, não seria um pecado para um judeu preferir viver sob a lei na qual acreditava, em detrimento a alguma lei da Metrópole Romana e que uma estivesse em conflito com a outra.

E Jesus tinha o ano inteiro, exceto aquela passagem especial da Páscoa, para manifestar-se sem maiores riscos de quebrar a lei romana.

Nisso os romanos eram sérios. Quaisquer ameaças de confronto seria desculpa para ser enquadrado como promotor de sedição. Nesse caso, os seguidores e Jesus, em culpa, seriam sumariamente crucificados, sem nenhuma dor de consciência nem para Pilatos ou para as tropas por ele comandadas. Para eles era o ônus obrigatório da profissão.

E, segundo os historiadores e pesquisadores da área religiosa, houve uma tendencia dos autores dos evangelhos ao tentar minorar essa “culpa” de Jesus, dizendo que Pôncio Pilatos o deu por inocente. Isso nao combina com o caráter do Pilatos da Historia.

Segundo a revisão biografica de Pilatos, ele tinha prazer em tratar com violência os povos submissos ao Império Romano. Era um sádico. Gostava de ver correr sangue.

Essa atitude dele foi a causa do próprio infortúnio. Foi denunciado e foi chamado a Roma para ser julgado.

Não ha registros escritos do final que teve. Mas pela tradição jurídica romana, acredita-se que, por causa da cidadania patrícia*, lhe foi dada a opção de cometer suicídio, antes que ser executado. Essa escolha servia para lavar a honra da família.

*Patricios eram os cidadãos romanos naturais, de alta classe.

Nesse interim, sabemos que as gentes plebeias hebraicas foram trabalhadas para mover-se a favor do Sinédrio em oposição a Jesus. Não se importaram com o bem que Jesus ja havia feito, nem com o que poderia fazer.

Antes mesmo da acusação, a decisão de provocar a morte de Jesus ja estava decidida. Sabemos que o julgamento não passou de uma mera formalidade. O réu ja estava condenado. Não importava o que tinha feito ou não.

Um homem tinha que servir de “bode expiatório” para os pecados das elites judias. Ai, deixou de ser importante Jesus ser ou não culpado de alguma coisa.

Era preciso que ele morresse para que o espetáculo se transformasse em cortina de fumaça, para ocultar os verdadeiros pecados cometidos pelas elites da época.

Interessante aqui também, para ilustrar melhor essa explanação, deve-se abordar a cena em que o povo foi levado a escolher entre indultar um criminoso conhecido em oposto a indultar um suposto inocente. Assim, Barrabás se viu indultado enquanto Jesus foi crucificado.

O nosso paralelo com a atualidade foi o impeachment da presidenta Dilma em favor da subida ao governo pelo vice, conspirador Michel Temer.

Aqui esta. Ninguém, em sã consciência, diria que Jesus e Lula se comparam. Parece apenas que aquele ditado: “quem não conhece a Historia corre o risco de repeti-la,” realmente se repete. Mas isso não se trata de dizer ao pé-da-letra. As Historias não são idênticas, mas são parecidas.

E o que se parecem aqui são:

01. intenções de condenar antes de abrir o processo e julgar;

02. uso da lei vigente, mesmo que seja por meio de interpretações deturpadas;

03. o povo judeu e o povo brasileiro foram igualmente manipulados;

04. os juizes e investigadores usaram a aura de respeitabilidade do judiciário para acobertar que estavam atuando em conluio;

05. no caso de Jesus, a Judeia estava sob domínio romano, corroborado por suas elites vendilhãs. No caso do Lula, o Brasil foi submetido `as condições de colônia por suas elites rentistas com complexo de vira-lata;

06. Jesus foi acusado de um crime e supostamente condenado por outro. Idem, idem para Lula;

07. a condenação de Jesus serviu para criar o divisionismo da familia judia. A condenação de Lula esta aumentando o divisionismo brasileiro;

08. Judah sobreviveu poucas décadas depois da condenação de Jesus. Ha que se saber o que será do Brasil caso não se reverta a condenação de Lula;

09. atualmente pode-se dizer que se os fariseus do tempo de Jesus reencarnassem, sentir-se-iam em casa, caso inseridos na politica brasileira.

Como se pode observar, jamais considerei uma comparação entre Jesus e Lula.

São duas pessoas diferentes entre si; diferentes personalidades, capacidade de fazer milagres, de tempos diferentes, culturas igualmente diferentes, um voltado para a religião e outro para politica (não sendo as duas auto-excludentes) etc.

Por ai se observa que a pessoa que julgou-me não tem a menor capacidade de discernimento.

Para a pessoa ter tido a coragem de escrever isso, de mim: “ou vc mama na teta de alguma forma, ou é cego doente em acreditar que isso tudo que ele foi acusado é mentira”, demonstra que também não tem o direito nem o conhecimento suficientes para acusar o ex-presidente Lula.

A pessoa apegou-se a suposições inverídicas para tentar explicar o distúrbio que se passa na própria cabeça e não fazer um julgamento consciente do que sou ou que possuo.

Tal pessoa deve raciocinar dessa forma: “eu sou o bom, portanto, quem discorda da minha opinião tem que ser automaticamente um comprado ou energumeno!”

Quando mamei na vida, e não foi em teta, era menor de 2 anos de idade. E foi a ultima vez. Quanto a acreditar que todas as acusações contra o ex-presidente Lula são falsas, não encontra nenhum respaldo em minha consciência.

Diferentemente das pessoas que o condenam, tenho uma mente absolutamente cientifica. Não tenho como afirmar que seja inocente ou culpado. Não fui testemunha de nada. Não tenho especialização jurídica alguma. Portanto, tenho, e o faço, de confessar-me leigo, porem, atento.

Quem afirma que Lula é juridicamente inocente são juizes como o dr. Cassio Borges (01), o dr. Isaias Caldeira (02) juiz de Montes Claros – MG, o jurista dr. Vicente Cascione (03), os 122 juristas que deram pareceres em mais de 100 artigos, reunidos em livro (04)

01. https://correiodaamazonia.com/onde-esta-a-prova-do-triplex-por-juiz-cassio-borges/

02. http://montesclaros.com/mural/default.asp?numero=1662#83111

 

Ao abrir esse segundo endereço, aguarde ate o site carregar para transportar-se `a pagina do artigo do dr. Isaias Caldeira.

03. video https://www.youtube.com/watch?v=BklTziR2PN4

04. https://falandoverdades.com.br/em-livro-122-juristas-denunciam-e-provam-que-moro-condenou-lula-sem-provas/

 

Enfim, quem desejar saber mais, pode buscar por palavras chaves na internet que conseguira dezenas de outras opiniões.

Com destaque inclusive para as Universidades brasileiras e internacionais que criaram cursos para estudar os fatos e as consequências que levaram ao golpe judiciário de 2016 no Brasil.

Observe-se que ninguém do meio afirma que tudo o que se levantou contra Lula é mentira.

O que se afirma é que carece de “provas suficientes”, como fala o dr. Cassio Borges; que erros processuais, como a “condução coercitiva” são suficientes para anular o caso, dito pelo dr. Isaias Caldeira e, claro, os mais de 100 artigos publicados no livro de autoria de 122 juristas destrincham tudo o mais em detalhes.

Acredito apenas que, como leigos, deveríamos ouvi-los antes de ficar no oba-oba no qual se transformou a turma do linchamento criado pela mídia, financiada pelos interesses econômicos escusos e orientada por interesses alienígenas ao bem do povo brasileiro.

Interessante que vi o desenrolar do debate ate ai. Mas não quis responder no próprio sitio porque desejava pensar a melhor resposta. Quando retornei a postagem havia sido apagada.

Mas o Facebook ja havia enviado uma mensagem contendo toda a conversação que houve. La estava uma reclamação da própria pessoa que julgou-me: “Virou grupo politico agora …?

Estranho, ja havia visto diversas outras postagens politicas dos acontecimentos atuais no Brasil. Mas não houve o mesmo tratamento. E a maioria mostrava opiniões contrarias `as minhas.

Alias, essa tem sido uma constante em muitos sítios, tanto de comunicação tradicional quanto das sociais. Tem anos que venho identificando um excesso de mídia contraria ao Partido dos Trabalhadores e seus representantes.

Assim, posto esse texto contando esses fatos e rebatendo as ideias falsas que encontrei.

FORA DESSE CONTEXTO

Um dos debatedores mandou-me uma postagem na internet na qual se afirmava que não existia partidos de direita no Brasil. Recebi a publicação com uma ótima gargalhada intima.

Geralmente, os políticos fazem promessas sabendo que não terão a capacidade de realiza-las. Quando no governo mentem para desculpar-se de não terem cumprido as promessas.

Contudo, nesse ponto a direita brasileira, melhor especificando, a extrema direita saiu-se com essa de que não existem partidos de sua facção no Brasil.

A verdade que se quer ocultar mesmo é a de que o que a direita não tem são candidatos a nível competitivo. Isso esta acontecendo de forma geral no mundo. Mas em particular no meio brasileiro.

A verdade tem sido que as esquerdas estavam conseguindo dominar o discurso politico. Estava sendo o lado que falava a voz do povo, falava com e para o povo. E isso as estava levando a vitorias consecutivas, o que inferiorizou o direitismo.

Para rebater essa supremacia, a direita intensificou o nível de inverdades, tentando fazer parecer que os movimentos de esquerda são os que levam insucesso `as nações. Uma frase que esta se repetindo muito tem sido: “e onde ja se viu socialismo dar certo?”

Na verdade, isso trata-se apenas de marketing. Nada tem a ver com verdade. Porem aqui não reservo espaço para explicar. Apenas se pode medir o sucesso da economia chinesa para verificar-se a inverdade por trás dos dizeres, acima, entre aspas.

E a maior comprovação de que o sucesso esta presente foi o atestado dessa verdade passada pelo governo do Donald Trump. Ora, se a China não estivesse sendo o grande sucesso dos últimos 30 anos, por que ele abriria contra ela a guerra comercial que abriu?

A tática de atacar os adversários com golpes baixos demonstra a fragilidade do lado que ataca. Se houvesse confiança nos capitalistas, eles não teriam agido como vem agindo em relação `as esquerdas de um modo geral.

Isso porque quem confia em seu próprio taco, joga limpo porque sabe como ganhar. O jogo sujo nada mais é que o reconhecimento da derrota. Joga-se sujo quando falta a capacidade de se vencer jogando limpo.

O problema é quando o adversário tem a força suficiente para responder sujeira com sujeira. As coisas podem ir se deteriorando a ponto de se transformar em motivo de guerra.

E, na atualidade, a guerra entre duas superpotências nucleares significa a terceira guerra mundial `a vista. O que não é boa noticia nem mesmo para os grandes traficantes de armas. Seria ganhar muito dinheiro uma so vez. Depois disso chega o fim.

Por essas coisas é que se entende o motivo da mentira no dizer que no Brasil não possui partidos de direita. Os mentirosos, sabemos quem são. E acreditam neles quem não conhece a Historia.

O tempo em que não houve representação de um dos lados do espectro politico foi justamente o da ditadura militar. A representação se dava `a direita pela ARENA.

E o MDB transformou-se num balaio de gatos, fingindo ser oposição e coordenando todos os movimentos com a ditadura.

A representação esquerdista e de oposição mesmo foi proibida. Os que desafiavam eram banidos ou presos. As prisões resultaram em algumas mortes inclusive.

Fato foi também que pessoas que não tinham militância esquerdista também foram expatriadas. Esses o foram por discordar, em parte, da ditadura. Não por ser exatamente contrários a ela.

Para comprovarmos que é mentira a afirmação de que não ha partidos de direita no Brasil, basta buscar saber de onde vieram as atuais siglas. Ao fim da ditadura a ARENA gerou o PDS.

Da fusão do PDS com o PDC formou-se o PPR. Esse fraturou, surgindo o PFL. O PPR mudou a sigla para PPB, vindo a fixar-se como PP, a partir de 2003.

Atualmente o PFL, desde 2006, mudou sua sigla para DEM e compartilha o governo com o MDB de Michel Temer e PSDB do FHC.

Ou seja, a direita brasileira vem desde a ditadura perdendo o mercado de votos que monopolizava com a opressão militar. O resultado atual dela é a soma de PP + DEM.

PSDB e MDB atualmente pensam como direita, agem como direita, legislam como direita, tem cores de direita, ideias de direita, mas para enganar o seu próprio eleitorado se dizem social democracia.

Como afirmei antes, não é que não exista direita no Brasil. O que mais existe é justamente direita no pais. O problema dela foi que não tem nenhum candidato que tenha popularidade para unir essa potencial força conjunta.

Pior ainda foi que a extrema direita esta conseguindo com Bozonaro realizar o sonho direitista da ressurreição do sistema mais antigo, da “Senzala e Casa Grande”.

Deve ser triste mesmo, depois de décadas de trabalho, ver essa realização em uma pessoa que nem sequer tem tato politico.

Ao perceber que, apesar de toda a sua Historia, a direita não tem sequer um Bozonaro para representa-la, ela preferiu negar a si mesma, dizendo que não existe direita no Brasil!

Para ela pode ser triste. Mas para nos vira motivo de riso por causa da mentira descabida que engana apenas os hilários da vida!!!

 

############################################################

 

03. COISAS DAS POLITICAS DIU-NOTURNAS NO BRASIL.

INDICE:

01. COISAS DAS POLITICAS DIU-NOTURNAS NO BRASIL.

02. DO MOBRAL AO MBL

03. O ARTIGO QUE MOTIVOU ESSA CRONICA

01. COISAS DAS POLITICAS DIU-NOTURNAS NO BRASIL.

Vi uma postagem na pagina de terceiros a convite de um amigo em comum. Li. E como achei boa! Boa para uma resposta.

Ela trás tudo o que traduz a intolerância entre as partes. Copiei la em baixo o que motivou essa crônica. Caso alguém queira lê-la primeiro, basta dirigir-se a ela. Como diz aquela frase antiga: “Bobeira pouca é bobagem”!

Primeiramente vou lembrar um fato passado nos Estados Unidos. Ja faziam 8 anos que eu morava aqui quando houveram os ataques `as Torres Gêmeas em Nova Iorque, ao Pentágono e a queda provocada de uma avião na Pensilvania. Foi no 11 de setembro de 2001.

Passados os primeiros sustos, as grandes empresas da industria midiática passaram a buscar respostas para o fato. Descobriu-se com isso que havia um certo sentimento de rejeição a tudo o que procedia desse pais no mundo inteiro. Dizia-se que “o mundo nos odeia”.

Pesquisas haviam sido feitas e a maioria dos países em que elas foram realizadas mostraram que mais da metade de boa parte da população dizia ter “ódio dos americanos”.

Não sei com quais critérios tais pesquisas foram feitas. Mas desconfio muito da veracidade delas. Possivelmente não se fez algo mais amplo com a regressão do gênero: O que você sente: ódio, desprezo, nojo, neutro, amizade, encanto, amor.

Deverão ter perguntado, odeia ou ama? Nesse caso, entre responder um ou outro, os sentimentos intermediários acabaram sendo traduzidos por ódio. Então, deu mesmo maioria.

Mas sabe qual foi a conclusão jornalística para o assunto? “O mundo nos odeia porque tem inveja de nos. Inveja do nosso sucesso.”

Quando vi aquilo, por estar sentado na beira do sofá somente como apoio, meu queixo caiu nos joelhos. Então, foi a essa conclusão que chegaram, depois de horas e horas de debates? Pensei comigo mesmo. Oh Deus, tenha piedade de tamanha arrogância!

Bom, agora vejo, isso era assunto para psicanálise, aproximando a psiquiatria. Mas como não sou profissional de nenhuma das áreas vou logo avisando que as minhas observações procedem apenas da pratica e, por isso, ha que consultar-se os profissionais para algo mais esclarecedor.

Mas aqui vão algumas informações a respeito do assunto baseadas em fatos e não apenas em opinião. Por ser uma pessoa de mais idade (60 anos), conheci o mundo antes e depois da influencia do cidadão Luiz Inacio.

Diga-se de passagem, nunca enxerguei o mundo através da visão dele. Antes dele surgir ja tinha opinião própria formada. Escrevi um livro em 1977 e a minha visão de mundo ja estava la, como utopia, porem, ja pensava soluções que mais tarde sairiam do papel para a realidade.

O que importa aqui será demonstrar o quão errados estão os conceitos do manifesto anti-Lula, propagado por amigos/adversários na internet. Vamos la então `as respostas ao panfleto:

Acusam ao eleitor do Lula de ser a razão do motivo da aversão que sentem ao cidadão Luiz Inacio, pois, explicam: se o Lula não tivesse tanto apoio, ele não seria um risco, portanto, seriam os eleitores os endeusadores do ex-presidente e não os anti-Lula os demonizadores do personagem.

Assim fica exposta a intolerancia. Ora mesmo admitindo que o ex-presidente tenha algum envolvimento mais sério nos casos de corrupção que ocorreram nos últimos anos, o missivista atribui a culpa ao fato de o eleitor do acusado poder votar nele.

Ou seja, para o acusador, não são duas coisas independentes, como ha nos próprios estatutos brasileiros que predispõem haver uma justiça penal e outra eleitoral.

Assim fica, se o ex-presidente não tivesse votos, então, os crimes dos quais ele esta sendo acusado não fariam a menor diferença. Ora se não fazem diferença, admite-se ai que, mesmo havendo, não são tão graves.

Acredito ai que psicologicamente admite-se: “Como bandido, o Lula não representa perigo algum, mas como adversário politico, “valha nosso senhor Jesus Cristinho!!!”

O bom de fazer analise dos escritos aos quais lemos é exatamente descobrir-se o que realmente esta na mente de quem escreve, não apenas o que escreve. Qualquer coisa, menos ele ser candidato! Isso fica muito claro.

Obviamente, embora os adversários queiram impor isso através do achismo deles, Lula não é nem nunca foi deus. Isso esta mais que comprovado no histórico dele.

Interessa aos adversários dizer que os lulistas pensam que ele é deus. Se não dissessem isso não haveria razão para quererem dizer que o Lulismo virou seita. Preste-se atenção na jogada.

A jogada é essa. Considera-se seita algo chulo, de menor valor, um depreciativo de religião ou ramo religioso. Por isso querem carimbar o lulismo como tal, para instigar mais os preconceitos que ja existem.

Não se trata de explicar fatos ou dar uma explicação cientifica. Trata-se do taxar, para que quem tenha algum conceito errado da palavra seita imediatamente se torne favorável ao lado oposto da política. Pensam esses: Em sendo seita, estou fora e passo para o lado daqueles que se opõem a ela.

Diga-se de passagem, isso é tão antigo que ja taxaram um ramo religioso que a principio chamou-se de O Caminho. O Caminho era sim uma seita repleta de gente “loooucaaaa”!

Tanto que ela acreditava que seu mestre tinha ressuscitado dos mortos ao terceiro dia. Alem disso, os devotos eram perseguidos, jogados nas arenas para as feras devorarem, eram crucificados, queimados vivos e partiam dessa vida com um sorriso nos lábios, o que impressionava a muitos por não temerem a morte.

Para os mal informados, essa seita depois passou a chamar-se cristianismo. E segundo dizem as estatísticas, tornou-se o maior movimento religioso da Terra na atualidade. Não estou aqui comparando os movimentos. Apenas informando.

Portanto, o preconceito não é novo. Preconceito esse que ja notamos desde muito tempo atras, depois de assistir tanto embate politico do gênero.

Para que se mostre que não são os seguidores do Lula que pensam que ele é deus, basta regredirmos um pouco no tempo.

Durante as campanhas presidenciais das quais o Lula participou ele foi taxado de tudo.

Deixaram a entender que ele fosse nordestino. O que era notório, porem, recordaram isso para instigar o preconceito contra ele. Os eleitores dele sabiam e não se importaram.

Quiseram fazer caricatura do porte e da aparência física dele. Os eleitores do Lula se riram. O que que nossos adversários querem? Que nos vamos ter preconceito contra a nossa própria aparência física e porte?

Fizeram piada a respeito das confusões gramaticais nas quais o ex-presidente incorre.

Estranho, pensaram o eleitores dele, se o Lula não sabe falar do jeito que eles querem, e nos também não, então, o responsável não é ele e sim quem estava no governo quando ele estava crescendo. Ele pode falar errado, nos entendemos.

Disseram que ele gostava de tomar cachaça somente para inferir que é inferior e que os eleitores não deveriam votar nele por isso.

E os eleitores pensaram. Quem nunca tomou uma pinguinha nas noitadas de sexta, no carnaval e nem quentão na festa de São João, que atire a primeira pedra! O nosso voto é dele porque ele é um de nos.

Agora estão falando que ele roubou. E querem que a gente acredite neles. Mas o que vimos durante o governo dele foi o pobre passar a ser respeitado. Alem do mais, nos fomos roubados a vida inteira antes e depois do Lula nascer.

Se ele roubou, então foi para distribuir e não para acumular como os outros sempre fizeram.

Obviamente, aqui temos duas visões opostas. A dos anti-Lula que o tratam com preconceito por ele ser pessoa do povo. E a do povo que o tem como gente da gente! Entenderam?!

Os que não entenderam isso, acham, dentro de seus conceitos achistas, que o povo tem o Lula como deus. Mas quem tem o Lula como deus são eles próprios. Porque pensam que o Lula so pode ser uma pessoa sobrenatural a serviço do mal. O povo não. O povo sabe que o Lula é ele mesmo!

Muito pelo contrário. O eleitor do Lula admite a possibilidade dele ter cometido ilícitos durante sua vida. Ora, 72 anos de vida e o homem não pecar, so existe na imaginação de algum alienado!

Não precisava tantos anos, pois, certos juizes e procuradores da republica estão sendo considerados inimputáveis, mesmo cometendo crimes claros e conhecidos. E são os eleitores do Lula que não sabem enxergar as coisas?!

O que os eleitores do Lula estão esperando ate agora são provas confiáveis e “suficientes” que confirmem algum crime cometido pelo ex-presidente ou sua família no chamado “Caso Triplex”.

Sabemos que o ex-metalúrgico foi julgado e condenado apenas em relação a esse suposto crime. Então, legalmente não ha outro empecilho que o proíba de candidatar-se em 2018. Se ele será culpado ou não em outras acusações, não sabemos.

Por lei não se garante culpa nos outros processos se a pessoa for julgada culpada em um primeiro processo separado. Portanto, o que precisamos saber seria se o tramite se passou em julgado. E isso não foi, pois, ainda ha recursos.

E a constituição nos garante que enquanto isso não acontecer, o réu é, supostamente, inocente. Alem disso, não poderá ser encarcerado, enquanto não for julgado culpado depois de todos os recursos. Enquanto isso, todo réu não terá seus direitos políticos suspensos.

Mas o que esta acontecendo é Lula ter sido julgado, atabalhoadamente, numa velocidade nunca d’antes existente no judiciário brasileiro, com manobras de exceção, violação dos direitos da pessoa humana e todos os penduricalhos típicos de ditaduras, não de democracias.

Tendo ciência disso, não seria justo ao povo desconfiar? Não meus caros amigos/adversários. Todos esses sintomas juntos não deixam nem mais a duvida de o processo ser a maior falsificação desde o golpe de 1964. A certeza não é a de que Lula seja deus!

A certeza é que o juiz que o condenou também não é. Os juizes que confirmaram também não são. Maior certeza ainda é a de que os delatores premiados são bandidos!

E diante de tais evidências, transforma-se em certeza que tudo não passa de armação para tirar o campeão de votos do campeonato. Isso porque falta time do lado dos donos da bola.

Ah! Pensam vocês  Quem dera se esses petistas fossem zumbis! Se fossem, desde que o pato foi posto nas ruas eles teriam ido pra casa chorar suas magoas e nos ja estaríamos tranquilos com o governo, o poder e a massa nas mãos! Mas que mania tem esse povo de ser indolente!

Por que ele insiste em resistir `as nossas vontades e convicções? Não adianta a gente apresentar “nossas” provas! Que raiva. Que ódio!

Pois, alem disso o “famigerado” MTST tinha que nos fazer o favor de mostrar aquele video de dentro do Triplex?! Aqueles bandidos, desordeiros! E agora, o que fazer? Vamos continuar fingindo que acreditamos na versão criada, pois, sem isso ninguém aguenta esse PT!

Segundo o missivista, os partidários do Lula não são tantos quanto pensam que são. Mas “são barulhentos e numerosos”. ksksksksksksksks

Então, o que custava deixar o Lula concorrer `as eleições?! Caberia ao povo passar o veredito. Se o povo dissesse pelo voto que o Lula é o que queremos, então, seria a Vontade de Deus. Isso mesmo. Sem medo de errar. A voz do povo é a Voz de Deus”. Proclama o ditado.

Mas se o povo disser não, então, estaria aberto o caminho, pois, alem de réu o Lula ficaria também vulnerável. Exatamente como as hienas gostam ver suas vitimas!

Obviamente que entendemos que nos votamos e que, para os adversários, é  esse o único problema. O povo vota. E com isso pode contrariar os interesses de quem quer mandar sem voto. Esta ai o grande risco que o Lula representa para a “sociedade” brasileira. Ele tem os votos que a famosa não tem!

Querer comparar Aécio, Cunha, Juca, Temer com Lula deve ser a estratégia menos inteligente que ja vimos para tentar enganar o eleitor do ex-presidente.

Pelos conceitos de justiça que temos, o senador, primeiro da lista acima, ainda é inocente dos crimes que esta sendo acusado. Não somos nos que estamos dizendo isso e sim a lei.

Nos interessa que todos sejam julgados, tenham o direito de ampla defesa, e somente sejam considerados culpados após o tramite em julgado. Isso é a constituição brasileira que manda.

Ja os adversários do Lula querem porque querem que não se obedeçam as leis, pois, o que querem mesmo é ver a cabeça dele cortada. Fazem parte da “turma do linchamento”. E as leis? Ah! As leis são aqueles detalhes chatos de se cumprir! Da nossa forma vai mais rápido!

Sim! Pensa o povo. Vocês apregoaram aos quatro ventos que bastava tirar o PT do governo que tudo ia melhorar. Ia ser por “passe de magica”! Mas olhem o quanto melhorou para nos de la para ca!!! Quem mandou vocês acreditarem nesse “baú da felicidade?!”

Mas diga-se de passagem, o Aécio tem 100% de chances de perder as eleições se ele for candidato em 2018. Mas isso não acontece porque os adversários do Lula trabalharam para isso.

Isso se deu em primeiro lugar porque, se dependesse dos inimigos do Lula, ele seria o presidente a partir de 2014. Mesmo com os amigos do Lula divulgando todos os podres que se sabia do marginal.

Não apenas não se acreditou nos amigos do Lula, ele era mantido escudado e defendido nas redes sociais como se fossem uma “virgem imaculada” consagrada a governar o Brasil.

Quem entrou nos sites de defesa do candidato derrotado e questionou, ate mesmo com educação, aquela imagem singela do derrotado, somente não foi morto e crucificado porque o contato foi virtual.

Alem disso ha que, ainda assim, “por-se as barbas de molho” quanto ao que ele fez ou não fez e ainda não foi julgado. Pelo que parece, ele terá o direito de concorrer a qualquer cargo que quiser nas eleições de 2018. Deixemos para o povo julga-lo também.

Não sou adivinho, não antecipo resultados. A não ser que tenha a premonição deles. E isso `as vezes acontece. Mas como não sei a que cargo o senador irá concorrer, não tenho nenhuma premonição por enquanto.

Dizer que Aécio Neves: “não representa um perigo iminente para o pais!”, apenas confirma a deixa para a motivação da perseguição ao Lula. Em caso de se confirmarem as acusações `as quais ele responde, ele não precisa nem tornar-se presidente para representar riscos para o Brasil.

Queira Deus ate que nem tudo seja verdade. Pois, o risco que o candidato, juntamente com seus colegas de partido e aliados, representa para o Brasil é o de tornar a nação sujeita ao colonialismo, em contrapartida `a Independência.

Se os inimigos do Lula pensam que ser colonia é boa coisa e que independência é que é o ruim, perguntem-se então: Por que os Estados Unidos e Canada não se submetem ao Reino Unido, os hispanos não se submetem `a Espanha e o Brasil a Portugal? Penso nem ser necessário responder!

Nesse caso, a prisão de Lula não representa o afastamento de algum risco para o Brasil. Muito pelo contrário.

Devidas comemorações, dignas mesmo de foguetório seria, por exemplo, se algum brasileiro descobrisse uma vacina contra a Doença de Chagas ou outra que cause endemia no pais. Isso sim seria motivo de comemoração, pois, todos nos estaríamos livres do risco.

Mas a situação brasileira não passa de um campeonato de futebol. E isso é exatamente no que foi transformada a política no Brasil.

Antigamente se dizia que o brasileiro so falava futebol. E agora o futebol virou o modelo de vida. Fala-se de política como se política fosse um campeonato de várzea.

Lula não concorrer, seria semelhante ao São Paulo, Palmeiras, Vasco, Atletico ou outro vencer um campeonato. Os torcedores de tais times teriam algo a comemorar. Mas o resto do Brasil ficara de fora da comemoração.

E é isso mesmo que esta acontecendo agora no Brasil. Uns poucos egoístas querem impor ao resto do Brasil a versão que lhes faz comemorar. Eles não estão preocupados nem um pouco com o bem estar dos outros brasileiros.

E é exatamente por isso que estamos defendendo os direitos legais do ex-presidente Lula. Não porque acreditemos que ele seja um deus. Mas porque não podemos deixar a tristeza vencer.

O problema com os meninos mimados é esse: estavam perdendo as partidas e resolveram abrir uma guerra para tomar o que não conseguem ganhar dentro das regras do jogo.

Os lulistas queriam evitar a guerra.

Agora estão apanhando na guerra que eles próprios inventaram, mas querem que os lulistas se comportem segundo as regras inventadas depois do campeonato iniciado.

Mas nao se ganham guerras abandonando irmãos em armas no campo de batalha. Lulistas estão com o Lula não porque ele seja deus. Mas sim porque o código de honra deles é mais elevado.

São os anti-Lula que um dia foram todos: Aécio, Cunha, japonês, Jucá e agora se agarram ao Moro como se ele fosse o deus sagrada para dar-lhes as resposta que querem ouvir.

Não foram os petistas que fizeram as piores escolhas e nunca puderam sustentar suas palavras.

Da missiva dos amigos/adversários fica o ponto positivo de admitirem que são parciais em relação ao Lula. E, sem confessar, são parciais em relação ao povo que é espelhado nos “defeitos” físicos do Lula.

Pelo bem do Brasil e dos brasileiros:

#LulaLivre e #Lula2018 ja.

###########################################

02. DO MOBRAL AO MBL

O Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL) foi um programa da ditadura militar.

A realidade dos séculos de Historia do Brasil havia resultado em uma população adulta analfabeta, em sua maioria. Em 1940, 56% da população era analfabeta. E com os programas de alfabetização em curso, a partir dai, esse índice estava caindo paulatinamente.

Em 1970, quando o MOBRAL foi implantado, o índice ja era de 33.6%. Portanto, era ainda uma causa bastante nobre investir na alfabetização dos adultos.

Mas havia um outro lado da moeda. A partir daqueles anos um dos critérios que mediam se a nação estaria em desenvolvimento ou se continuava estacada no atraso era o índice de analfabetismo da população. E, com a estatística, o Brasil encontrava-se no maior atraso.

Apesar da nobreza da causa, o MOBRAL foi criado para maquiar a imagem do pais. Entre outras coisas, construiu-se muitos prédios novos de escolas. Isso para fazer parecer que o Brasil estava fazendo seu dever de casa.

Fazendo parecer porque, no geral, nada se investiu na formação de professores a nível universitário, nem se preparou para a expansão do sistema de ensino. Muito pelo contrário, promoveu-se a massificação, ao custo da qualidade.

Mal a mal, o sistema anterior funcionava em prédios construídos no inicio do século XX. O que se fez foi: derrubar os antigos e construir prédios novos, com capacidades semelhantes aos anteriores.

Para solucionar o problema da explosão demográfica da época, simplesmente colocaram mais bancos de escola nas salas de aula. Cada professora ficou responsável por 35 ou mais alunos.

Em alguns locais, graças `a abnegação dos professores e esses foram casos particulares, houve realmente uma certa alfabetização de adultos, que eram atendidos no horário noturno e não misturados `as crianças.

A maquiagem mesmo passava pelo fato de que uma boa parte dos adultos recebia o diploma por ter aprendido a desenhar o próprio nome e receber o titulo de eleitor. Era proibido analfabeto votar. Mas esses saiam da contagem de analfabetos. Era para o Brasil ficar bem na fita!

Quem verificar os gráficos da evolução da queda do índice de analfabetismo no Brasil, irá perceber que desde 1940 ha uma linha reta descendente, que vai dos 56% ate aos atuais 4%, aproximadamente. Isso quer dizer que, o que funcionou mesmo ja estava implantado desde 1940 e o MOBRAL não ajudou em nada.

O mais provável que aconteceu foi que as crianças passaram a ser alfabetizadas obrigatoriamente. Com isso, o analfabetismo foi declinando a partir do momento em que os adultos iam envelhecendo e falecendo. Quando morre, deixa de ser analfabeto nas estatísticas!

Mas os atuais governantes, mesmo antes do golpe, devem ter percebido que era altíssimo o índice de analfabetismo politico no pais. Assim MDB, PSDB, DEM e outros não se intimidaram. Resolveram criar um programa aos mesmos moldes.

Como o anterior, não tem a menor pretensão de alfabetizar os analfabetas políticos. Muito pelo contrário. Querem mante-los do jeito que estão. Apenas lhes acrescentando um pouco de ódio para que, em hipótese alguma, voltem a votar em ninguém do PT ou das esquerdas.

Foi por isso que financiaram e tanto investem no acrônimo MBL.

Observem que nem sequer precisaram inteligência para apagar o rastro da ligação entre os dois nomes: MOBRAL e MBL. Um é imagem e semelhança do outro!

Comprove-se nos gráficos:

grafico do declinio do analfabetismo no Brasil

###########################################

03. O ARTIGO QUE MOTIVOU ESSA CRONICA:

“Este comentário foi postado por um adepto do Lula para o seu amigo que é contra. Mas a resposta é sensacional… Vale a leitura….”

“”Vocês nos acusam de idolatrar o Lula mas os obcecados por ele são vocês. Dizem que querem todo corrupto na cadeia mas é so dele que falam. Ouçam o foguetório e o buzinaço pela sua prisão. Isso jamais aconteceria em uma condenação do Aécio, do Temer ou do FHC. Lula protagonizou o grande espetáculo desta noite de sábado em todas as mídias. Vocês jamais agiriam assim se o politico fosse outro. Tudo isso é prova do quanto Lula esta sendo perseguido e injustificado””.

“A resposta do amigo:”

“”Aproveito, portanto, essa boa oportunidade para responder ao meu amigo e tentar discorrer sobre essas questões de uma forma mais abrangente.

Sim, meu caro amigo, somos obcecados pelo Lula. Não soltaríamos mesmo tantos foguetes e nem sairíamos tanto `as ruas se o personagem fosse diferente, mesmo que igualmente corrupto. Não faríamos tantos textos no Facebook, nem tão contundentes. Também não ficaríamos tantas horas frente `a TV esperando o simples cumprimento de um mandato judicial. Nossas atitudes definitivamente seriam diferentes se os envolvidos fossem outros.

Entretanto, você ainda não entendeu que a razão do nosso comportamento confessadamente parcial não é o Lula.

A razão, caro amigo, é você!

Sim, você e todos os seus companheiros de seita que veneram uma pessoa como se um deus fosse. Que não admitem, nem por um milésimo de segundo, a mera possibilidade de que o tal deus tenha praticado qualquer ato ilícito ao longo de sua vida. Mesmo com seu governo envolvido em esquemas de corrupção milionários, vocês afirmam categoricamente que ele não tinha conhecimento de nada. Não adiantam as delações, fotografias, documentos, provas, nada. Nada é capaz de mudar sua visão. Como podem seguir alguém tão cegamente, sem pensar, sem raciocinar, quase como zumbis? E quem dera vocês fossem poucos. Não haveriam motivos para preocupações. Mas vocês compõem uma parcela considerável da sociedade. Estão muito longe da maioria que propagam ser mas, ainda assim, são barulhentos e numerosos.

E sabe o que é pior? Vocês votam!

Não, não se trata de preconceito. Eh um fato.

Vocês certamente votariam no Lula novamente se pudessem.

Esse é o grande risco, entende?

Apenas para tentar ser o mais claro possível, tomemos como exemplo o Aécio, que considero um corrupto, delinquente, marginal, um bandido profissional. Sei que você concorda comigo. E aqui poderia ser o Temer, o Cunha, o Jucá, qualquer um. Você sabe qual é a chance do Aécio ser eleito presidente? Zero. Você sabe quantas pessoas se colocariam na frente da policia para tentar impedir uma eventual prisão dele? Zero. Você sabe quantos eleitores o chamariam de injustificado, de perseguido, de guerreiro do povo brasileiro? Zero. Por isso, meu amigo, torço demais para que o Aécio e todos os demais façam companhia ao Lula o mais rapidamente possível, mas a verdade é que Aécio, por mais mau caráter que seja, não representa um perigo iminente para o pais!

Você sabe que, quando um grande perigo é afastado, é normal que as pessoas comemorem mais efusivamente do que quando um risco insignificante deixa de existir. E isso que está acontecendo agora!

Lula é um grande perigo. E Lula é afastado, caro amigo, simplesmente porque você existe para defende-lo!””

 

###############################################

 

02. OS GNUS E AS CHITAS

Os gnus são aqueles bovídeos que vivem nas pradarias africanas, formando bandos de milhões, para a própria defesa contra predadores, e migram por áreas extensas para seu sustento e de suas famílias.

Chitas são predadores, em cujo cardápio consta gnus, especialmente os em condições de fragilidade, o que inclui-se recém-nascidos, velhos, doentes etc.

Houve um tempo em que os bichos passaram a ter inteligência e os gnus não ficaram atras. Reuniram em sindicatos, organizaram plantações para não precisar haver aquelas migrações que nunca davam resultados bons para o rebanho.

Mas, nas mesmas pradarias que ocupavam também habitavam as chitas. E como o regime civilizatório estava em curso passaram-se séculos em que as chitas mandavam. Isso foi ate acontecer um melhor esclarecimento em que foi escolhido o regime democrático de governança e formou-se os partidos dos gnus e os das chitas.

Como era esperado, mais cedo ou mais tarde, os numerosos gnus passaram a ganhar as eleições. E com o avanço da tecnologia instituiu-se que as chitas não poderiam mais comer carne de gnu mas sim carne de soja.

Ate mesmo algumas chitinhas mais entusiasmadas com o novo estilo de vida votaram no partido dos gnus e, por isso, ja se sentiam gnus também.

Mas após eleitos os gnus, muitos privilégios das chitas foram removidos. Elas não puderam mais ser as únicas a demarcar terras para si mesmas, gnus passaram a poder subir nas arvores também, misturava-se chitas e gnus nas mesmas escolas, enfim, o horror das chitas!

As chitas porem tinham também la suas astucias. Como não sabiam como governar para o bem de todos, aproveitando-se que o judiciário ainda estava vivendo o tempo antigo, com mais chitas que gnus ocupando cargos, elaboraram um plano complicadíssimo, com o objetivo de dividir a pradaria e dar o golpe, fazendo tudo voltar ao que era antes.

Assim, arquitetaram trapaças jurídicas para tirar os gnus do governo e substitui-los por chitas. Como elas eram especialistas em burlar as leis desde quando haviam sido donas do poder, por séculos, deram nos nos estatutos de forma a fazer parecer que a chefia dos gnus era corrupta, como elas sempre foram.

Enfim, depois de muita trapaça, conseguiram encarcerar, pasme-se, com o apoio de uma considerável parte dos gnus, os chefes deles. Estavam tão revoltados com as acusações de corrupção que não mediam as consequências do golpe para os próprios gnus.

Logico, como em toda “nova democracia” na qual os fortes mandam e os fracos obedecem, houve intensa discussão popular em torno dessa prisão. Enquanto as pessoas, digo, os gnus se distraiam, as novas “autoridades” foram retirando os direitos adquiridos pelos gnus, que pasme-se mais ainda, continuavam aplaudindo e pedindo bis!

Mas as discussões andavam tão intensas a nível de internet, uma invenção que de tão nova que pouca gente sabia usar com inteligência, que parte da gnusada e as chitinhas nem sequer se davam conta das verdadeiras intenções da trama.

E as chitinhas que chegaram a votar no partido dos gnus lançaram essa opinião a respeito da situação:

“Voces falam de humildade (gnuidade), meus camaradas, nos ja fomos gnus, ja acreditamos nessa corja, não temos vergonha de assumir isso e temos a consciência e tranquilidade da nossa boa-fe e honestidade.

Vocês, os idolatras, é que não tem um mínimo de humildade para assumir os erros e a corrupção, que é histórica nessa merda de pais (pradaria), mas que com seus bandidos de estimação se tornou “estruturada”.

O que imagino que deva tirar o sono de vocês e que, obvio, nunca assumirão, é essa nova centro-chitada e chitada, com Chitaguri, Chitaliday, Chitaturval, MCL, CPR, Chitanaufragio e tudo que seja anti-gnu, surgiu por conta de vocês. Como anti-vocês kkkkkkkk.

No mais, continue sendo hipócrita como todo partidário gnu, gnu-avante caviar, socialista de iPhone. Vocês ja chegaram ao máximo que serão daqui para frente, nada mais que uma seita.”

Vendo aquilo, o gnu velho, do tempo ainda que sua raça fora escravizada pelas chitas, coçou a barba, e passou a ensinar a seus mais novos.

Meus amigos, uma chita nunca será gnu. Somente porque um dia ela reconheceu como atrocidades as coisas cometidas pelas chitas-mores e suas antepassadas não significa que ela virou gnu. A recaída de agora mostra isso mesmo.

Para tornar-se gnu era preciso que uma chita despisse completamente de sua natureza e vestisse nossa pele. Pensasse, agisse e sentisse como uma chita.

O que aconteceu com essas chitas novas foi apenas uma consciência instantânea. Diante das barbaridades do passado elas tiveram um pouco de solidariedade com o nosso sofrimento.

Contudo, quando a pratica apresentou-se aos olhos delas, tiveram nojo de tornar-se verdadeiros gnus. Não suportaram o peso de ser gnu num regime de chitas.

No fundo pensam que são santas. Nos somos o que somos. Não fomos nos que vestimos a pele de chita para dizer que éramos chitas. E, na “honestidade” delas se fingiram de gnu, mas notaram que a carga de se-lo pesa mais que a capacidade de resistir ao peso.

As chitas idolatravam seus antepassados. Chegaram a idolatrar o que se passou depois. Agora estão se dizendo arrependidas porque queriam que simplesmente os gnus aceitassem o que é da vontade delas. Ou seja, eu serei como você, desde que você pense como eu penso.

A arrogância de antes é a mesma arrogância de agora. Apenas querem justificar sua arrogância culpando-nos de idolatria.

Então, acaso fomos nos que não sabíamos que éramos gnus? Elas sim queriam esconder que eram chitas. São desonestas ate consigo mesmas.

As chitinhas são jovens e arrogantes. Não focam seus objetivos nas soluções que precisam ser dadas. Focam suas atenções nas pessoas de seus lideres ou nas de suas presas.

Para elas, um dia os gnus eram presas. No dia intermediário gnus passaram a ser lideres de seus bandos. Mas, insatisfeitas, querem voltar a ser lideradas por outras chitas e agirem como as chitas do passado.

Triste decisão! Estão fadadas a se contrariarem novamente.

A natureza da chita sempre foi essa mesmo. Não tem consciência de grupo. So sabe objetivar aquilo que lhe de algum beneficio rápido. Não planeja a longo prazo. Mas quer que os resultados perdurem.

Chitas são animais muito egoístas e vaidosas. Sempre se acham mais que as outras. Por isso mesmo são nossas adversárias.

Pior para elas, pois, sabemos que juntos criamos força para manter fora de nossas pradarias as hienas, os leões, os leopardos e os crocodilos. E agora também sabemos que as chitas no poder fizeram aliança com os outros predadores que estão fora.

Mas quando o crocodilo, a hiena, o leão e o leopardo voltarem a ter livre acesso `as nossas pradarias, as chitas serão expulsas porque sozinhas elas não são nada diante deles.

As chitinhas não sabem ainda. Mas elas e os gnus que estão apoiando o golpe, são como o cabo do “machado que desprezam o perfume do sândalo”.

O cabo do machado tem a natureza do sândalo. Apesar de ajudar, o machado é o que realmente corta. Sem o machado, mesmo que o cabo seja de sândalo, para nada mais serve que o fogo.

https://www.vagalume.com.br/lo-borges/como-o-machado.html

UM POUCO MAIS DE LEITURA NAO FARIA MAL A NINGUEM:

01. https://diplomatique.org.br/o-dia-em-que-me-apaixonei-por-lula/

02. https://www.facebook.com/johnandreusboy/videos/977559942419038/?hc_ref=ARQIsyQATWbR5pp7KJOB29QzehYyOl9620GiGWdZTDO5LeN_Ph_VY6ye7txHhsi_WfY

 

#######################################################

01. A VERDADE NAO SE TRATA DE NENHUMA TEORIA DE CONSPIRACAO.

INDICE:

01. INTRODUCAO

02. UMA REALIDADE DEFINIDA.

03. GARIMPANDO O OURO, ENCONTRA-SE O LADRAO.

04. OS DONOS DO PODER NO BRASIL CONTEMPORANEO.

05. O ESCANDALO CAMBRIDGE ANALYTICA.

06. ESPETACULO CIRCENSE.

07. O TAMANHO DA CORRUPCAO NO BRASIL.

08. PROJETO DE GOVERNO E PROJETO DE PODER.

09. OS CRIMES.

10. OS MAIS PREJUDICADOS PELOS CRIMES.

11. O ODIO SEM RAZAO, EH A RAZAO DO ODIO.

12. COMO CONSTRUIR IMAGEM DE BANDIDO?

13. COMO E PARA QUE FABRICAR UM HEROI?

14. CONCLUSOES.

15. 04.04.18, URGENTE.

16. LULA PRESO

########################################

NAO SE TRATA DE NENHUMA TEORIA DE CONSPIRACAO.

01. INTRODUCAO.

Vejo os amigos-adversários truculentamente esbravejando impropérios contra o Partido dos Trabalhadores e suas maiores figuras.

Alguns chegam a acompanhar o pensamento de um certo procurador da republica ao afirmar que o partido é uma verdadeira quadrilha.

Não adianta dizer a eles que nunca devemos generalizar.

Quando dizem que: “Diga-me com quem andas e te direi quem es”, e a gente retruca nos termos: “Então você quer dizer que Jesus era um traidor!”

Em outros termos chamam os esclarecidos de “defensores de bandidos”. Vez por outra eu retruco a alguém: “Então, você quer dizer que aquele que andou com prostitutas, ladroes, cobradores de impostos e ate com assassinos era defensor de bandidos?”

Logo chegam as apelações: “Você esta comparando Lula com Deus”. Isso é sacrilégio.

“Poderia ser!” – respondo – “Claro, se eu estivesse fazendo isso, pois, pessoas são incomparáveis. Não devemos comparar nem o Ze qualquer com o Ze da esquina. Se o fazemos, estamos julgando e, se julgamos, estamos sendo desobedientes.”

Dai, caímos no tal caso da generalização. Quando dizem que o Partido dos Trabalhadores é uma quadrilha, estão decidindo que todas as pessoas envolvidas com o partido são marginais e igualmente culpadas. Estão julgando uns pelos outros.

Outro erro. Insistirem que ser petista ou defender causas petistas seja indicio de ter mal-caraterismo. Aqui podemos verificar três vertentes para o caso.

Em primeiro lugar, os amigos-adversários nunca reconheceram que ha um grande bloco de petistas que creem piamente no bom-caráter de suas estrelas.

Nesse caso, quando a pessoa acredita em algo, não adianta apelida-la de nada. Isso não ajuda. Ter-se-ia que ser mais inteligente.

Se existem provas cabais e suficientes do mal-caratismo de alguém, basta mostra-las. Deixe que quem duvida decida por si mesmo a partir disso.

Em segundo plano, existem os que creem que houveram envolvimentos de alguns membros do partido no sistema. Mas creem que esse envolvimento era inevitável.

Então, sem ouvir as razoes destes e decidir que são desonestos, não irá a lugar algum.

Por fim, em terceira mão, temos o fato de os petistas e admiradores estarem convencidos de que ha um complo para derrubar o partido.

Acredita-se, nesse caso, que os bandidos se associaram para derrubar o PT. E os inimigos, nesse momento, são:

01. uma chamada parte podre do congresso que corresponde a 2/3 ou mais do total de parlamentares.

02. O judiciario perseguidor e parte do Ministério Publico, malversadores dos fatos e documentos, intencionalmente torcedores da justiça, correspondente `a parte que cabe mais ao Sul do pais, alem de uma boa parte dos Tribunais Superiores Federais.

03. A mídia partidaria, dominante, oligárquica e influenciadora de opiniões.

04. Parte das forças armadas, especialmente aquela alinhada ao setor direitista do espectro politico.

05. Interesses econômicos internos e externos que não compartilham com a ideia da distribuição justa da renda do capital e do trabalho.

06. A intervenção externa nas políticas internas do pais por grandes interesses econômicos e políticos, especialmente os provenientes dos Estados Unidos.

07. Interesses de manipuladores religiosos que não querem dar solução aos problemas mas suas ações tem a tendência a faze-los piorar.

08. Intervenção indevida de instituições como a maçonaria e setores da OAB.

Acredito que deveríamos colocarmo-nos acima de nossos próprios umbigos para tentarmos buscar soluções e evitarmos fazer parte do problema. Algo que esta sendo esquecido pelos amigos-adversários.

####################################

02. UMA REALIDADE DEFINIDA.

Vamos começar por compartilhar essa postagem do site FALANDOVERDADES:

https://falandoverdades.com.br/procurador-do-banestado-diz-que-lava-jato-foi-usada-para-derrubar-dilma-e-por-temerpsdb/#.WrA9Kf8C9kI.facebook

Um detalhe da militância anti-petista tem sido o de não ler as informações dadas por sites considerados petistas por eles. Diga-se de passagem, basta dizer algo favorável a quaisquer petistas para, no jargão deles, você vira “petralha”.

Algo ridículo. Mas como fala-nos o ditado: “Melhor rir do que chorar!”

A reportagem, porem, contem partes de entrevistas do procurador no caso do Banestado, dr. Celso Três e do delegado Jose Castilho, também envolvido nas investigações daquele caso. O juiz foi o dr. Sergio Moro, o qual não da entrevista na matéria.

Apesar do titulo, acredito que a matéria deu menos ênfase ao principal que seria salientar que: os casos BANESTADO e MENSALÃO TUCANO, alem de uma lista completa, comprovam o quão podre ja andava a política, antes de o Partido dos Trabalhadores ter subido ao trono.

Somente no BANESTADO foram cerca de 120 bilhões de dólares envolvidos. Ha que se fazer depois a relação desse valor em relação ao PIB da época para se comparar o quanto o Brasil era, foi e esta sendo roubado.

Ambos profissionais, apesar da respeitabilidade dos trabalhos que desenvolveram, alegam ter sofrido a pena de exílio em suas funções. Ou seja, suas carreiras foram obstruídas a partir do momento que as investigações os levaram ao cerne do problema da corrupção no Brasil, porque isso mexia com muita gente poderosa.

Pelos nomes de instituições e pessoas mencionadas na matéria, da para raciocinar que os principais parceiros que eles poderiam ter usado contra os poderosos para mobilizar a opinião publica, as grandes mídias, estavam do lado contrario, pois, seus donos também estavam envolvidos. Cite-se Rede Globo ai.

Nessa reportagem, segundo a opinião do procurador, o dr. Moro foi parte interessada no abafamento do caso.

Ja o delegado, mesmo que não isente o Partido dos Trabalhadores de culpas, ate mesmo, pelo contrario, insinua que houve uma adesão ao invés de combater a corrupção, reconhece fato preponderante: o de que foram os ex-presidentes Lula e Dilma que liberaram recursos que deram possibilidade `a PF e ao MP atuarem, como agora, contra corruptos.

Observe-se ai duas coisas. A possibilidade esta sendo usada contra alguns corruptos, não contra a corrupção. Raciocinem para saberem a diferença entre um e outro.

Lula e Dilma se tornaram vitimas de suas bondades nesse caso. Não se trata de dizer que são completos inocentes. Apenas o uso da maquina publica, por eles próprios azeitada, facilitou o serviço sujo que preparavam contra eles.

Mas, em todo caso, deve-se, antes de tudo, não fazermos julgamentos definitivos a partir das informações na matéria, pois, ha que reconhecer-se que não sabemos os motivos completos que levam a tais declarações. Não temos ideia dos interesses dos entrevistados.

Por outro lado, ha que se manter o direito expresso em toda justiça de que todos os acusados “são inocentes ate que se prove o contrario”. E com provas suficientes e não por convicções do julgador.

#################################

03. GARIMPANDO O OURO, ENCONTRA-SE O LADRAO.

Mais dados importantes podemos encontrar no endereço eletrônico:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_unidades_federativas_do_Brasil_por_participação_no_PIB

Algumas pessoas tentam desmerecer a Wikipedia porque ela aceita de tudo um pouco. Mas em muitos casos ela contem dados verdadeiros postados por pessoas e entidades responsáveis. Os dados ai são retirados do IBGE.

Recorro-me a ele porque existe uma máxima da investigação, inclusive mencionada pelo procurador Celso Três que para pegar o corrupto precisa-se rastrear o dinheiro.

Uma verdade, pois, o corrupto pode saber se esconder mas o dinheiro sempre passa por canais conhecidos. O nome do corrupto ou seus testas-de-ferro levam a desvendar o crime.

Aqui, precisamos usar pouco, porem não deixa de ser, raciocínio. Uma pergunta que não pode passar despercebida pelo investigador será essa: “Quem controla o PIB brasileiro?”

Pelo quadro podemos observar que das 27 unidades da federação brasileira apenas 3 produzem pouco mais de 50% do PIB. Não se deixem cair em tentação de pensar que isso significa ser maior ou melhor. A conversa aqui é outra.

Mesmo porque, esse disparate acontece por razoes históricas, preconceituosas e por ma distribuição do desenvolvimento nacional, desde a colonização portuguesa. Isso faz parte da chamada herança maldita do Brasil.

Poucos brasileiros atuais podem ser chamados de culpados por essa condição. E os culpados são exatamente aqueles que não desejam ver isso mudado.

O importante aqui seria levantarmos ja uma das questões a ser respondidas. Se o Partido dos Trabalhadores fosse tão corrupto como os adversários querem impor `a opinião publica, por que ele somente conseguiu uma única eleição para um dos 3 estados mais ricos da federação ate hoje?

Mesmo assim, somente em 2014, com a eleição do governador Fernando Pimentel em Minas Gerais. Estado que encontrou sob petição de miséria após a sequência desastrada de administrações dos PSDBistas Aecio Neves e Antonio Anastasia.

############################################

04. OS DONOS DO PODER NO BRASIL CONTEMPORANEO.

Outra pagina na internet que podemos recorrer a ela:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Eleições_gerais_no_Brasil_em_2002

Aqui temos os resultados das eleições do ano de 2002. Na porção mais abaixo da pagina existem links que levam aos resultados de eleições de outros anos. Neles podemos ver a composição da câmara, senado e governos estaduais.

O que podemos observar aqui é que os resultados eleitorais do Partido dos Trabalhadores podem ser considerados ate mesmo pífios. Mesmo que em 2002 tenha se mostrado como, individualmente, o maior partido na câmara dos deputados.

Observe-se que fez menos de 20% da câmara. Proporcionalmente, o resultado não foi diferente no senado. Ai disputou a segunda posição com o PSDB, sendo o PMDB (atual MDB) o mais numérico.

Em termos do numero de governadores, em relação ao PIB, o resultado seria frustrante, caso o sistema eleitoral brasileiro fosse mais racionalizado com no máximo 5 partidos disputando.

O esfacelamento do sistema fica mais a olhos vistos no quadro de deputados. Embora os 4 maiores depois do PT (PFL 84 + PMDB 75 + PSDB 70 + PPB 49) governariam tranquilos por causa de suas afinidades programáticas, se o sistema fosse parlamentarista.

Não precisariam nem mesmo da adesão do PL 26 e PTB 26, co-irmaos daqueles.

Quem acompanha a evolução das mudanças na política brasileira sabe que o quadro geral não mudou, apesar das vitorias que o PT conseguiu nas campanhas presidenciais.

Ai ha que ser responder `a questão: Quem tem o governo e quem tem o poder?

##########################################

05. O ESCANDALO CAMBRIDGE ANALYTICA.

Infelizmente, quem desejar conhecer um pouco mais do assunto terá que saber ler inglês, pelo menos para acessar a reportagem abaixo. Parece-me que o Brasil ainda esta alheio `a questão. E não tenho duvida quanto ao porque disso!

https://www.theatlantic.com/technology/archive/2018/03/the-cambridge-analytica-scandal-in-three-paragraphs/556046/

Explicando em um minimo de palavras, o escândalo começou agora mas tem historia passada para explica-lo.

Alguém preparou um aplicativo para o facebook. Esse estudo na verdade havia inicialmente sido desenvolvido pela Universidade de Cambridge, para conhecer o comportamento das pessoas.

O aplicativo continha certa quantidade de perguntas que identificavam a preferencia das pessoas por determinados assuntos. 270.000 pessoas responderam ao questionário. E junto deram vazão para o aplicativo sequestrar dados dos amigos.

O autor do aplicativo tinha acesso `as respostas e informações dos usuários e seus amigos. Ele os armazenou em banco próprio de dados.

Em seguida vendeu esse banco para a consultora Analytica. Essa consultora é controlada por pessoas super-ricas, com grande afinidade política com o presidente Trump e o lado direito do espectro politico mundial.

O escândalo estourou porque agora descobriram que os dados foram usados para facilitar a eleição do presidente e passar a consulta do Brexit.

Um dos truques que se usou foi a distribuição de noticias falsas que tendem a levar os apoiadores contrários a desistir de votar. Isso naturalmente torna-se mais fácil nos EEUU e Reino Unido porque o voto não é obrigatório.

Como o facebook entra nessa? Bom, podia-se pensar que foi a parte roubada. Mas a coisa não passa por uma explicação simples. Em 2015 ja sabiam que o problema existia.

Assim, a empresa enviou comunicado dizendo que tanto o inventor do aplicativo quanto a quem ele repassou os dados tinham que apagar essas memórias.

Ha que se entender que isso não passa de um desembaraço jurídico. Como agora a trama foi descoberta, o facebook vai alegar que cumpriu sua obrigação, portanto, não pode sofrer represálias judiciais.

Isso seria semelhante a alguém vender uma arma a quem se sabe ter a intenção de matar. Mas o vendedor pede que o assassino em potencial assine um documento dizendo que não tem tal intenção e promete fazer bom uso da arma.

A empresa facebook ja esta sofrendo alguma represália indireta. O valor da empresa caiu 12% no mercado. Muita gente esta desativando suas contas. Mas se o caso não surtir serias represálias, isso logo cai no esquecimento.

Contudo, por que estou falando disso agora? Resolvi acrescentar isso porque o caso esta saindo do oculto. E para fazer um paralelo entre o que foi feito na eleição do Trump e passagem do Brexit com o que esta acontecendo com o Lula, também no facebook.

Não passou despercebido de minhas observações alguns detalhes. Tenho visto o embate das tropas contra e a favor do Lula no facebook. Tenho quase tantos amigos a favor quanto contra o ex-presidente.

Eu próprio sou a favor da causa dele, particularmente no caso do chamado Triplex. Pela argumentação que tenho acesso, existe uma fonte que o condena que é justamente a parte do judiciário que o julga.

Em contrapartida, torna-se claro que o que usaram para condenar não se baseia em fatos. E essa opinião não se baseia em simpatia ou antipatia. Como sou leigo em questões jurídicas, tenho que buscar opiniões de juristas para concordar ou discordar de qualquer decisão na área.

Assim, para ter certeza dessa opinião, levei em conta as analises:

01. feitas pelos 122 juristas que escreveram o livro afirmando que a sentença do caso Triplex não tem os fundamentos que a lei exige;

02. ha a opinião de que o caso nunca deveria ter sido transferido para Curitiba, pois, não existem provas de que o Triplex tenha sido ganho em troca de contratos feitos com a Petrobras;

03. no proprio processo o juiz Sergio Moro deixa claro que não provou tal vinculo;

04. juizes publicaram opiniões afirmando que o caso não apresenta “provas suficientes” para condenação e a “condução coercitiva” do presidente ja seria suficiente para anular o caso;

05. como o caso esta vinculado ao chamado “golpe jurídico/parlamentar” que o Brasil esta passando, são 33 faculdades de direito e três internacionais que estão oferecendo cursos que caracterizam os fatos brasileiros como golpe e com a intenção de encontrar respostas `as consequências para o futuro da democracia no pais;

06. o apartamento nunca pertenceu nem foi usufruído pelo ex-presidente ou seus familiares;

07. registros do imóvel comprovam a posse que pertence `a empresa OAS;

08. houve o sequestro do imóvel para pagar divida da empresa, portanto, isso não poderia ser feito, caso o imóvel pertencesse ao ex-presidente.

Diante de tamanhas provas concretas, e outras não mencionadas, não poderia eu tomar partido favorável `aqueles que insistem o contrario. Como se observa, a opinião não é minha e sim de pessoas que sabem.

Somente a decisão de acompanhar esses pareceres que vem a ser a minha escolha. Isso porque tudo o que eu aprendi em meus 60 anos de experiência de vida como correto indica que devo seguir esse caminho e não outro.

Apesar disso, não passou despercebido de minhas observações o fato de que meus amigos a favor do Lula tem mantido uma militância constante e uníssona em defesa dele. E isso podemos contar praticamente 7 dias por semana durante todo o tempo.

Ja os contrários apresentam uma militância razoavelmente mais moderada. Mas essa militância não tem se prezado por fatos. Na maioria das vezes suas postagens trazem conteúdos preconceituosos e partem de fontes que chamamos no jargão de “carimbadas”.

Poucas ou nenhuma vez se os vê usando argumentos próprios, baseados em algo fisico e realístico.

Contudo ha no palanque do facebook uma visível mudança de comportamento `as vésperas de momentos importante tais como os julgamentos do caso Triplex e de seus embargos.

Naturalmente, isso era esperado, ja que o lado oposto também salienta-se mais em sua defesa.

O que chama a atenção, porem, tem sido a “operação anti-Lula” estar exageradamente coordenada. Amigos que são contrários e postam mensagem de sua oposição uma ou duas vezes por semana, aparecem em nossa pagina “Home” (Casa) em dezenas de postagens.

Aquilo que publicaram ha meses atras é republicado. O que se chama requente de comida velha. Inclusive aquilo que ja foi demonstrado ser irreal ou factoide. Ou seja, estão invadindo “nossa casa” com propaganda contrária ao que pensamos.

E, certamente, por conhecer alguns dos amigos cujos nomes são usados, posso dizer que não são eles que estão fazendo isso. Não são contrários o suficiente para tomar essa atitude, e não fazem parte de grupos que coordenem tais ações.

A partir disso surge a questão: o que esta acontecendo nas paginas do facebook em que, no Brasil, esta sendo usado a mesma tática tentada para passar a eleição do presidente Trump e o Brexit?

Acredito que so existe uma resposta para isso. Não pode ser coincidência. O facebook esta diretamente envolvido no processo golpista no Brasil.

E obviamente, ha que responder-se ai a questão: O que tem para eles nisso para se envolverem?

Com absoluta certeza a proposta de passagem de lei de regulamentação de serviços na internet nunca agradou aos senhores dela. Alguns tem isso como uma aberração. Alegam tratar-se de uma tentativa de controle por parte dos governos.

Na verdade, a tentativa de controle pode vir dos dois lados. E o caso da manipulação da eleição a favor de Trump e do Brexit comprovam isso, por parte de interesses externos ao do eleitorado.

Portanto, ha sim que haver mecanismos de regulamentação que evitem e punam as tentativas de controle de ambos os lados.

Na verdade, isso não tem nada de novo. Desde que se inventou o “voto marmita” no Brasil, ja se sabe que pessoas sem escrúpulos irão tentar ludibriar a lei.

E justamente em consequência disso que a regulamentação torna-se necessária. Não é a regulamentação que é ruim. Todos sabemos que a natureza humana nunca prestou.

No presente caso, sabemos que existe um golpe ocorrendo no Brasil e que o Lula esta sendo perseguido pelos golpistas.

Diante de tantas provas concretas de que seria impossível condena-lo no Caso Triplex, com o objetivo de evitar a candidatura dele no pleito presidencial de 2018, então, apelou-se de um lado pela abertura de um processo com acusações falsas e o intuito da condenação sem ouvir nenhum argumento contrario.

E, de outro, usar todos os meios, inclusive as paginas do facebook, numa tentativa de validação do ato golpista, através de um suposto referendo por parte da opinião publica.

Mesmo sendo esse referendo obtido de forma altamente traiçoeira aos princípios legais e de justiça.

###########################################

06. ESPETACULO CIRCENSE.

Enquanto escrevia o capitulo anterior, notei algo estranho. Melhor dizendo, antes de inicia-lo.

Esses últimos dias, não tenho acompanhado o desenvolvimento da pornografia jurídica que anda ocorrendo no Brasil.

Justamente porque estou escrevendo, tenho aberto minha pagina no facebook apenas para responder `as correspondências. Quero evitar envolver-me em maiores debates e, se a pagina estiver ligada, as interrupções me atrapalham.

Por isso pensei ser inusitado a avalanche de propagandas contrarias ao Partido dos Trabalhadores, especialmente a seu representante maior, o ex-presidente Lula, ja no amanhecer do dia. Apenas perguntei-me: O que será que esta acontecendo e que não estou sabendo?

`A tarde, ao abrir a pagina tomei conhecimento de que estavam julgando  no STF o Hábeas Corpus impetrado pela defesa do ex-presidente, para que ele tivesse o direito de responder em liberdade ate que o resultado do julgado fosse definitivo.

Ainda pela manha havia aberto um texto, salvo engano, do DMC (Diário do Centro do Mundo) lamentando e acusando a presidenta do tribunal, dra. Carmem Lucia, presidenta do Superior Tribunal Federal, STF, por ela não ter pautado primeiro o mérito de uma decisão do mesmo órgão, a partir de 2016, que prevê a prisão preventiva, após julgamento em segunda instancia.

Acontece que para o autor do texto a prisão antes do tramite em julgado constitui violação dos direitos constitucionais.

Ja o julgamento apenas do HC seria baseado justamente na decisão de 2016, o que ja revelara, em decisões anteriores, os votos dos membros do Superior Tribunal Federal, indicando uma negação antes mesmo do julgamento do HC.

A acusação se dava pelo fato de a ministra presidenta ter se recusado primeiro pautar aquele mérito, e em seguida adicionar o julgamento do HC, recompondo a pauta anteriormente anunciada, ja com as cartas marcadas.

Saliente-se que a presidenta do STF é favorável `a prisão preventiva. Portanto, ai se demonstra o valor da manipulação alegada pelo articulista do DMC. Ou seja, pelo menos em teoria se demonstra o quanto circense virou o judiciário brasileiro!

Minha surpresa `a tarde foi vir a saber que o julgamento fora ontem, 22.03.18. Tão acostumado estou `a lentidão do judiciário, particularmente o brasileiro, que logo depositei minhas fichas no futuro.

Embora as transmissões diretas estivessem disponíveis, optei por assistir apenas uns pequenos trechos. Por coincidência acabei assistindo `a defesa feita pelo dr. Sepulveda Pertence. Digo coincidência porque recebi um alerta e logo abri e ele foi logo anunciado. Mas assisti a outras intervenções contrarias também.

O dr. Pertence não é apenas um advogado conhecido no Brasil. Ele foi deputado constituinte em 1987. Foi, assim, co-autor da Carta Maior Brasileira. Alem disso, também ja foi membro do próprio STF. Não seria por mera coincidência que ele foi solicitado para o time de defesa do ex-presidente.

Ao meu entender, foi muito claro quanto `a inconstitucionalidade de permitir-se a prisão preventiva, ou seja, antes dos tramites em julgado.

Ele explicou que a intenção dos constituintes fora justamente evitar os abusos ocorridos durante a ditadura militar, quando todas as arbitrariedades eram justificadas com bases legais de exceção.

Para clarear o que ele disse, pode-se usar a fabula do Lobo e o Cordeiro de La Fontaine. A fabula é curta e explicativa. Podem le-la no endereço:

https://www.pensador.com/frase/ODEwMzk1/

Em resumo ela deixa claro, quando se é mais forte se usa o poder disso para satisfazer suas vontades e necessidades. Não se precisa de razão ou imaginação.

O dr. Sepulveda Pertence deixou em seu discurso a analogia de que antes houve a ditadura verde-oliva (militar) e que agora esta se vivendo a ditadura da toga. Os que são contrários `a liberdade do ex-presidente simplesmente ignoraram esse preambulo.

O juizes da corte apresentaram as defesas de seus votos de acordo com os pareceres anteriores do próprio STF, não levando em consideração nem sequer a possibilidade de tais pareceres estarem em conflito com o que dita a Constituição. A impressão que deixaram foi a de que a ordem era prender.

Interessante foi que, `a tarde, a minha “casa” estava limpa. As propagandas contrarias ao ex-presidente não apareceram.

Isso faz desconfiar do jogo de cartas marcadas. Pois esse deveria ser o momento mais indicado para postar-se tais manifestos. Isso porque o circo esta funcionando de forma que as decisões tem sido tomadas sob o auspicio de certo clamor popular.

Isso mesmo, como o lobo na fabula, o argumento tem sido a força, contudo, por ser togada, não pode parecer bruta. Assim, torna-se imprescindível que haja “apoio popular”, mesmo que esse apoio seja baseado em manipulação dos dados na internet.

No caso, um volume imenso de publicações contra o ex-presidente, o que daria a impressão aos usuários de que seja mesmo a maioria que deseja a prisão. Assim se ganha apoio pelo que parece ser, não necessariamente ao que realmente seja.

Alias, diga-se de passagem, nota-se na maioria dos apoiadores da prisão do ex-presidente um certo animo sádico. Em suas mentes não paira o direito. Querem a prisão por uma satisfação pessoal.

Meus amigos dizem inclusive que certo canal de televisão brasileiro esta movendo campanha intensa a favor da prisão. A prisão do ex-presidente é um trofeu tanto para o canal quanto para os amigos adversários. Não importam nem legalidade nem os direitos civis.

A alegação maior seria a de que os direitos civis dos brasileiros foram violados, portanto, quem violou não tem esses direitos.

Os amigos/adversários apenas não atentam para o fato de a reciproca ser verdadeira, pois, por violarem os direitos civis de quem quer que seja estão renunciando aos mesmos direitos se acaso vir a necessitar deles.

Como nos ensina a maxima: “direitos não se ganham, se conquistam.” E o que se conquista pode ser perdido se nos próprios não nos garantirmos.

Tem a convicção da culpa do inimigo. Portanto, se a prisão vir por meios legais, legítimos ou não, não faz a menor diferença para eles. Como disse um amigo: “Vale pelo conjunto da obra” O que ele quiz dizer com isso tem um paralelo com o argumento do lobo da fabula.

Se o Lula não for culpado no caso do Triplex, ou não se tiver provas suficientes para condena-lo no caso, não importa. Ele será culpado pelo que fez entre seu nascimento ate agora. Ja que é impossível uma pessoa humana não ter pecados, a condenação dele servira por quaisquer outros que tenha cometido.

As pessoas que assim pensam, apenas se esquecem do detalhe que não é assim que a justiça foi feita para funcionar.

Algo mais interessante a respeito do que assisti do julgamento de ontem foi o argumento que pude colher para demonstrar minha decisão. Como ja falei, não formei minha opinião. Decidi basear-me na opinião de profissionais da justiça.

Meus amigos/adversarios insistiam que teria que ler as laudas condenatórias escritas pelo juiz Sergio Moro para que eu enxergasse que haviam provas e que o réu era culpado.

`A ocasião respondi para eles que não leria e esperaria as opiniões dos pares do juiz, pois, eles saberiam do que se tratava. Eu não. Sou leigo.

A verdade passa pelo fato de que eu sei português. Mesmo o erudito e rococó das cortes eu compreendo. Mas enquanto assisti `as argumentações de uns pro prisão no STF tornou-se muito claro para mim que o meu cuidado é valido.

Em primeiro lugar porque quem for defender uma tese irá usar de todos os artifícios possíveis para convencer, a quem interessar, que tem todas as cartas a seu favor. Trata-se isso de convencimento e não necessariamente uma verdade.

Para que se tenha uma ideia basta fazer-se um paralelo com as famosas pirâmides que os gaiatos vivem aplicando pelo mundo. Os cabeças geralmente são especialistas no assunto.

Eles montam uma tese e usam argumentos irresistíveis, tais como: “no final do arco-íris tem um pote de ouro, que será seu se você fizer isso ou aquilo.” Quem cai no conto-do-vigario geralmente o faz porque somente lhe é dado enxergar os benefícios e não as tangentes que estão pelo caminho.

Para descobrir-se se o papo é furado ou trata-se de coisa boa, convém solicitar a analise de um especialista no assunto, independente e honesto. Mas essas precauções nunca são tomadas pelos “patos” que caem nos contos-dos-vigarios!

Ao ouvir as justificativas de voto dos a favor da deliberação da prisão, percebi as entranhas do negocio. Suas justificativas estavam repletas de: “essa decisão foi tomada com base no artigo tal, partes da lei numero tal”, etc.

Ta bom! Pensei! Esse ai convence muito bem pelo português que fala, mas eu que sou leigo, de juridiquês curto, vou la saber o que esta escrito em tais citações?

Quando, no código biblico, o diabo resolveu tentar Jesus, também buscou nos escritos a justificativa que queria. Mas Jesus safou-se da tentação justamente porque tinha igual conhecimento do que estava escrito e pode responder: “Mas também esta escrito, ….”

E justamente nisso eu baseio minhas precauções. Eu não sei o que também esta escrito, portanto, tenho que confiar minha decisão a um terceiro que saiba, pelo menos o mesmo tanto que o acusador!

Ja na certeza de que o jogo era de cartas marcadas, não assisti o desenrolar da seção no STF. Somente agora pela manha do dia 23 foi que vi que a decisão foi adiada para o dia 04.04.

Apesar de a Suprema Corte ter concedido um HC preventivo que garante liberdade ao ex-presidente, somente ate que de conclua esse julgamento. Assim, Lula esta livre ate la.

Os manifestos dos amigos/adversários agora pela manha estão repletos de acusações `a integridade dos juizes que votaram a favor da concessão do HC preventivo, não o permanente que esta sub-judice.

A coisa virou tão circense, no verdadeiro mal sentido, que se buscar no histórico das mesmas pessoas que hoje estão revoltadas, iremos encontrar elogios e juras de amor aos mesmos ministros que agora desprezam.

Lamentável observar que cedem tão facilmente ao amor e ao ódio `as pessoas.

Isso as faz esquecer que devemos amar apenas o direito. Temos que nos ater ao aplicar a lei com discernimento, sem favorecer aos amigos nem prejudicar aos considerados inimigos. Pois, se assim não for, não será direito, será ditadura.

Esquecem-se que a justiça não poderia julgar as pessoas as quais detestam. A justiça para ser verdadeira tem que ater-se aos crimes. Se a justiça detectar crime, então, aplica penas ao criminoso. Não importa quem ele seja.

Ali não houve julgamento de crime algum. Decidiu-se apenas se um direito seria ou não violado se acaso o HC não fosse concedido. A justiça deve fazer o possível para que indivíduos não sejam prejudicados pelos atos dos juizes.

Somente os orgulhos dos amigos/adversários esta sendo ferido pela decisão do STF. Isso porque eles, nesse momento em que não estão sendo julgados por nada, não estão preocupados se algum dia virão a ser e ter seus direitos tolhidos.

Desde que os direitos tolhidos seja dos outros, vivam as decisões arbitrarias!…

###########################################

07. O TAMANHO DA CORRUPCAO NO BRASIL.

Indico mais um texto para nossa reflexão. Pelo escrito, acredito na neutralidade do autor. Embora, qualquer adversário, ou borboleta manipulada, ira dizer que se trata apenas de uma defesa favorável ao ex-presidente Lula e ao Partido dos Trabalhadores.

Isso é o que penso. O simples falar a verdade acaba se tornando uma defesa. Os adversários, naturalmente, tem interesses em torcer a verdade. Os manipuláveis, por sua própria condição, poucas chances tem de construir opiniões próprias ou baseadas em fatos, pois, esses lhes foram negados.

Em síntese, o artigo não nega a corrupção em tempo algum. Apenas salienta que ela sempre existiu, não foi menor em tempo algum.

Alem disso expõe os fatos de que a partir do momento em que o Partido dos Trabalhadores subiu ao “trono”, abriu espaço para os funcionários de controle investigarem, sem cabrestos, e o resultado dessas operações passaram a ser usado como capital distorcido pelos meios de comunicação adversários que usaram a transparência iniciada pelos governos petistas para exagerar o que acontecia nesse período, em busca de atingir os governos, os quais odiavam.

Melhor que eu falar, recomendo essa leitura:

http://www.algoadizer.com.br/edicoes/materia.php?MateriaID=549

Alias, a propria exposição insistente das corrupções `a época dos governos do Partido dos Trabalhadores expõe o envolvimento da mídia oligárquica que existe no Brasil como participantes na corrupção e não como ajudante no combate. Digamos assim, foi um tiro que saiu pela culatra!

O interesse tanto da mídia corrupta e corruptora quanto das oposições ao Partido dos Trabalhadores era o de usar as corrupções flagradas pelos órgãos de investigações como instrumento para derrubar o partido e seus aliados do governo. Nunca houve intenção alguma de combater a corrupção.

O raciocinio era simples. Nos expomos seletivamente as denuncias de corrupção. Usamos isso para criar animosidade entre o eleitorado e os partidos no governo.

Com isso os partidos contrários retornam ao poder e “tudo volta a ser como d’antes no quartel de Abrantes!”

O problema foi que em 2014, contra todas os prognósticos que a corja esperava, a ex-presidenta Dilma Rousseff foi reeleita.

Com isso, e com o clima de ódio que ja estava em curso, deu-se sequencia ao plano de derrubar custasse o que custasse.

Havemos que nos lembrarmos que a economia brasileira estava passando por momentos delicados.

Justamente por isso mesmo foi que resolveram desconstruir a imagem da presidenta. Tomando dela a imagem de administradora seria e honesta e apresentando-a como “generoa” estupida.

A grande imprensa sabe que pessoas pouco preparadas são facilmente de ser manipuláveis.

Se se apresenta uma pessoa de inteligência normal, porem, com deformações corporais, automaticamente as pessoas comuns associam certas malformações `a falta de inteligência.

E isso desperta nos comuns um ser primitivo e sádico que é transformado em ódio, pois, o que estaria fazendo aquela “Neandertal” num cargo que não compete a ela? E foi com truques imbecis como esses que a imagem da Dilma foi desconstruída.

O grande problema no entanto não passava nem pelos erros administrativos cometidos por ela, nem mesmo por exclusivamente assuntos internos brasileiros. E na sequencia tivemos:

01. A quebradeira da Bolsa de Nova Iorque (NYSE) a partir de 2007.

02. Consequente crise financeira mundial.

03. Necessidade de reajustamento de curso das economias do mundo inteiro.

04. Erro do governo brasileiro em não prever a desorganização momentânea do mercado externo iria atingir com tanta força a economia brasileira.

05. Decisão da administração do ex-presidente Obama em buscar o conflito comercial para fragilizar os governos de Venezuela, Iran e Russia. Esses, declarados, mas não se descarta outros que estariam subjetivamente incluídos.

06. Com o despencar provocado dos preços do petróleo, todo o comercio mundial desacelerou, provocando a ruptura do mercado de commodities do qual a economia brasileira continua dependente.

07. O maior parceiro comercial do Brasil, que passou ser a China, obrigou-se a desacelerar sua economia justamente para tentar deixar de depender dos humores internacionais e voltar-se para fortalecer o mercado interno.

08. Esse seria o momento de escolha. Prosseguia-se a campanha para acabar de enterrar o Brasil e assim atingir-se o objetivo de derrubar o Partido dos Trabalhadores.

Se não fosse assim, iriam reconhecer um objetivo mais nobre, tornar-se um “Bom Samaritano” e ajudar na superação da crise.

Obviamente, ja que a campanha em favor da derrubada continuou, nota-se a inescrupulosidade dos adversários. Embora, ai tínhamos uma escolha na qual poucas pessoas humanas teriam a coragem de optar pelo bomsamaritanismo.

Os golpistas tinham apenas a escolha de reconhecer que o Brasil como um todo valia mais que seus próprios interesses. Mas se optassem por salvar o Brasil não haviam garantias de que eles próprios não fossem arrastados a pagar as consequência dos seus crimes ja cometidos, sob a fúria da plebe ignara.

Então, parar para ajudar deixou de ser opção, pois seguir o curso destrutivo dos adversários, iludidamente esperando que destruir o adversário os salvaria. Com isso ensejando a destruição do Estado Brasileiro e comprometendo o futuro de todos os filhos da nação, particularmente os mais pobres e descamisados.

Antes todos os maus tivessem reconhecido seus pecados desde o inicio, pedido perdão e, perdoados, se unissem no projeto comum que seria o beneficio da nação e seu povo.

Para dar-se uma pincelada no tamanho da corrupção que sempre existiu no Brasil, porem, durante os governos do Partido dos Trabalhadores foi exposta com o único objetivo de derrubar e não consertar, devemos fazer uma analise econômica superficial. E para isso precisamos do gráfico:

Brazil gdp

Quem abrir o grafico poderá constatar que no ano de 2002, ultimo ano da administração FHC, o mercado brasileiro acumulou um PIB de 508 bilhões de dólares.

Ja em 2014, fim do primeiro mandato da ex-presidenta Dilma Rousseff e da reeleição dela, o PIB brasileiro estava em 2.456 trilhões de dólares. Claramente, cerca de 5 vezes mais, no curto período de 12 anos.

Supondo, então, que o índice de roubalheira não mudou, permanecendo em 5% do PIB, não importando qual fosse o partido que estivesse no governo, temos que: se a corrupção no tempo do FHC desviasse 25 bilhões de dólares, seria o equivalente a cerca de 120 bilhões do final de 2014.

Ou seja, proporcionalmente, a corrupção seria a mesma. Ressalve-se que os valores não poderiam mesmo ser iguais.

Contudo, observe-se que, na reportagem mencionada no inicio do capitulo 02 dessas notas, referente ao Caso Banestado ocorrido durante a administração FHC, menciona-se um rombo de 122 bilhões de dólares, apenas naquela investigação.

Mas, obviamente, jamais seria do interesse da imprensa oligárquica brasileira apresentar tais estatísticas, pois, segundo as acusações, ela faz parte do problema e não da solução. Melhor dizendo, não se trata da imprensa, e sim de seus donos. Eles são os que decidem o que será apresentado ou não.

E, mais que seguro, o trabalho da imprensa envolvida foi o de alardear que no período de governos petistas o rombo foi muito maior, pois, comparando-se os 5%, reis por reis, ou seja, 25 bilhões com 120 bilhões de dólares, naturalmente, causa no observador leigo um efeito escandaloso.

Bastando ocultar-se que 5% de um e 5% de outro da a mesma proporção.

Mas o que esperar-se de um publico com baixo índice de educação e cuja boa parte, mesmo os com diploma universitário, é incapaz, ou não se da ao trabalho de fazer pesquisa própria, ate mesmo de fazer uma interpretação de texto simples satisfatória!?

Ha um dizer biblico que fala: “Toda a terra se enchera do conhecimento de Deus, o Senhor, assim como as aguas cobrem o mar.” Hb 2, 14 e Is 11, 9.

Se a imprensa cuidasse apenas da verdade, essas profecias ate poderiam vir a se concretizar. Mas enquanto o interesse for ocultar a verdade, colher-se-a apenas tribulações.

##############################################

08. PROJETO DE GOVERNO E PROJETO DE PODER.

Essas duas diretrizes podem ou não estar interligadas. Mas o mais comum é vê-las parcialmente ligadas ou completamente desligadas.

Nos podemos resumir a diferença entre uma e outra através das fontes de sustentação de cada uma. Quem tem projeto de governo busca apoio entre seus eleitores, os que tem projeto de poder buscam o dinheiro.

Quanto a um ser bom e outro ruim, não se iludam. Não existe tal dicotomia. Como tudo na vida, tudo o que for bom, dele se pode fazer mal uso e tudo o que parecer ruim, pode fazer-se bom uso.

Remedios foram feitos para curar. Pelo mal uso eles podem matar. Os minerais radiativos são periculosos `a saúde, ja a radioatividade deles controlada pode ser usada no combate a doenças.

Em relação `a politica no Brasil as pessoas não percebem o quanto isso esta em jogo. Se elas tivessem uma visão mais completa da Historia poderiam enxergar isso com menos dificuldades.

Por exemplo, vamos retornar apenas ao tempo da chamada “Campanha Pelas Diretas Ja.” Naquele tempo o Brasil havia experimentado mais de 20 anos de ditadura militar. E a convulsão social se dava pelos resultados pífios das administrações ditatoriais.

Para quem não se recorda, o Brasil havia experimentado uma “maquiagem desenvolvimentista”. Gastou-se dinheiro demais em planos megalomaníacos e sem resultados. O Brasil disputava o recorde mundial de inflação.

No campo social os salários eram miseráveis. A fome nunca fora combatida. A população foi tangida da zona rural para os grandes centros. As favelas que eram marca apenas de cidades maiores e seu numero era reduzido tiveram uma explosão em números e demográfica.

A violência era considerada coisa banal. Não se levantavam estatísticas. A censura não permitia revelar a verdade. Mas qualquer pessoa com conhecimento sabia da situação.

`A época, o problema de trafico de entorpecentes ainda era restrito a poucos grandes centros, ressaltando mesmo Sao Paulo e Rio de Janeiro. A policia tanto prendia quanto matava, mas as causas da marginalidade nunca foram atacadas.

Durante a ditadura, havia apenas dois partidos. O do governo, ARENA, e o da oposição, o MDB. As esquerdas não tinham representação própria.

Algumas das pessoas que tinham influencia haviam sido mortas, estavam encarceradas ou exiladas.

Uns poucos resistentes que sobreviveram dentro do pais e puderam fazer carreira política aderiram ao MDB. Mas nunca tiveram nem voz nem vez. Senão, quando a população descobriu que havia sido enganada e, com a campanha da Diretas Ja, puderam ajudar a iniciar o processo de democratização.

Isso não significa que o MDB fosse um time representante de esquerda. Nunca foi. Era formado por uma miscelânea. Muitos ate caberiam nos partidos de direita atuais. Mas o partido ja abria vagas para todo e qualquer oportunista entrar.

Alguns historiadores confundem as coisas. Dividem o momento em: ditadura e redemocratização. Mas isso não ocorreu. Havia muito entulho deixado pela ditadura logo após o poder ser entregue aos civis.

A Campanha Diretas Ja morreu a partir do momento em que houve um terceiro golpe. E esse foi tramado em conluio entre os ditadores e os caciques do MDB.

Era obvio que com a rejeição `a ditadura e aquele partido sendo a alternativa única ja conhecida, o apoio popular `a sigla surgiu como uma avalanche.

Nesse ponto, entre os espertos que se aproveitaram da situação, destacaram-se Tancredo Neves, pelo MDB, e Jose Sarney, pela ARENA.

O primeiro, então, governador do Estado de Minas, com grande influencia, sucumbiu `a tentação de matar a iniciativa, aceitando candidatar-se no sistema de eleições indiretas, ou seja, no qual somente o congresso votaria.

Jose Sarney, era presidente da câmara e do congresso. Era deputado. Ou seja, seria o terceiro na linha de sucessão dentro do regime militar. Desfez-se do próprio histórico para ocupar o cargo de vice de Tancredo Neves. Tudo em nome da “pacificação” do pais.

Ha que recordar-se que no momento do anuncio de tal vice, e o velho Tancredo ja de idade avançada, passado dos 80 anos de idade, indignado com a escolha e visualizando os riscos, exclamei: “Será que esse velho filho da puta não pensa que pode morrer?!”

“Boca-de-sapo, mangalo tres vezes”!

Mortos, a campanha e o presidente indiretamente eleito, mesmo antes de assumir o cargo, impuseram o protótipo de ditador. Assim, o Brasil viveu uma democracia cosmética.

O presidente era falso eleito. No congresso ainda reinavam os últimos senadores biônicos, ou seja, uma cota de reserva que a ditadura havia criado para controle da casa, sendo que os senadores da cota não eram votados e sim apontados pela ditadura.

O governo Sarney revelou-se um desastre. Não haviam nem ideias novas nem novos ideais. O que sabia fazer era o mesmo que fizera em seus últimos 20 anos de subserviência `a ditadura.

Apesar de a arrasadora maioria do congresso ter sido parceira, ha que pincelar sua composição que constava de ex-governistas da ARENA, `a época desmembrada em outras marcas fantasias; o MDB que se fizera a grande maioria, porem, muito infiltrado de ex-arenistas, os ratos que primeiro abandonaram o navio que afundava.

As novas esquerdas, pessoas que permaneceram no pais, apesar da ditadura, e os exilados, nem todos eram das esquerdas mas haviam sido exilados por outras discordâncias com os ditadores, se fizeram representar pelos poucos representantes que conseguiram eleger, apesar do apoio econômico ser diminuto.

Nesse tempo o Partido dos Trabalhadores começa a destacar-se pelo Projeto de Governo e pela mobilização das entidades representativas sociais. Para dizer a verdade, era a única novidade, talvez seja por isso que se deu o pequeno sucesso inicial, contudo, destacou-se dentro do bloco que ficou na retaguarda.

Aqui esta porque recordo isso. Foi nesse momento decisivo que surgiram os dois projetos, o de governo e o de poder.

Apos `a administração desastrosa do ex-presidente Sarney, o agora PMDB, passou a ser um partido grande, porem, com efeito semelhante a quaisquer outros de pequeno porte. Tornou-se fisiológico. Ou seja, passou a alugar seu potencial aos que lhe oferecessem mais.

Inclusive o historico peemedebista Itamar Franco, ex-governador de Minas, negociou sua candidatura a vice com o, então, futuro presidente Fernando Collor de Mello.

O PMDB deixou de ser um partido que concorria no cenário nacional. Aproveitou-se da grande estrutura que havia construído desde o período ditatorial, com alianças em quase todos os grotões, “levando vantagens em tudo”.

Com todo esse peso, os membros do partido nem sequer disfarçavam seus interesses. Não construíram carreiras por destaque de liderança. Apenas aderiam ao time que estivesse ganhando e disso tiraram seu sustento.

Retornando ao capitulo 3 dessas notas, podemos verificar que essa forma de aproximação do comando do pais tem tido sucesso bem maior que as de outros partidos, inclusive a do Partido dos Trabalhadores.

A estrategia do PSDB não tem sido diferente, apesar de simular interesse pelos cargos majoritários como o da presidência. Na verdade, esse interesse tem sido motivado justamente para possuir maior numero possível de representantes nos diversos níveis da administração brasileira.

Não interessa tanto a esses partidos a presidência, pois, isoladamente, esse seria um dos cargos de menor influencia. Isso porque é único.

Porem com dois aspectos indesejáveis para quem esta buscando o poder: o presidente fica na obrigação de mostrar resultados de seu governo, ao mesmo tempo que se torna a vidraça na qual todos lançam suas magoas quando os resultados são contrários.

Menos arriscado para quem quer ter o poder será fazer um maior número de deputados e senadores; ou ter uma bancada desses com os mesmos interesses que os seus; maior numero de governadores e representantes de um modo geral pelo pais afora.

Mas isso de nada lhe adianta se os seus interesses não forem os mesmos que os donos do grande capital. Essa sim é a cédula almejada. Não precisa ter a presidência.

Os partidos que tem a força do congresso e o apoio financeiro das entidades econômicas, naturalmente ai se inclui a mídia, pois, ela também esta submissa ao poder econômico, somente não tem tudo porque ha a submissão ao poder econômico, implicando que se mudar de ideia não terá apoio algum.

Mas os que estão nessa desde o inicio para se arrumarem, jamais irão largar as tetas. Sejam elas do governo ou das bênçãos do poder monetário.

Os quadros no link que postei no capitulo 3 nos dão uma perfeita ideia dos partidos que tem o poder nas mãos. Isso porque nos respondem `as duas questões:

01. Quais são os partidos que possuem o maior número de cargos chaves no pais?

02. Em valores do PIB, quanto cada partido realmente governa?

Afinal, precisa responder-se isso porque o PIB de um pais não circula todo na mão do presidente ou primeiro ministro. Ele esta vinculado principalmente a governadores e prefeitos de cidades mais industrializadas. Os governantes desses são os que possuem o poder de fato. A soma faz os partidos poderosos.

O problema para os partidos que lutam por programas de governos passa pela educação da população. Boa parte dela se ilude pensando que quem tem o poder de fato torna-se resposta, como um mestre que ajudara os discípulos. Mas a população mal educada confunde ser governo com ter o poder.

A verdade é outra, pois, no mundo em que vivemos vale mais o provérbio: “Você é o quanto vale e não o que é”. E também o outro provérbio: “Mateus, primeiro os meus!”

Os que quiserem valer mais, irão primeiro encher os espaços de suas represas e somente distribuira o excedente de aguas, ou vai aumentar a altura da comporta. Os discípulos desse segmento primeiro terão que ajudar aos mestres a encher suas represas para depois matar sua sede.

Acontece que, também nesse mundo, a sede tem sido maior que as aguas. E quem ja esta saciado quer represar cada vez mais aguas, embora o acumulo dessas aguas sirva apenas para saciar orgulho e de nada lhes sirvam.

Podemos ate sugerir que o ensinamento anti-cristo esta caminhando para o seu apogeu.

###############################################

09. OS CRIMES.

Independentemente de Lula, Dilma, outros membros do Partido dos Trabalhadores e seus aliados fieis ou de ocasião terem cometido crimes ou não, precisa-se analisar os fatos `a luz do dia e da agua cristalina que os lavam.

Os fatos indicam que houve sim um complo para afasta-los do poder, sem que a verdade fosse respeitada. Então, se essas pessoas são mesmo criminosas, por que usar-se meios excepcionais?

Em tese, enfrenta-se criminosos com a lei. Nesse ponto, a justiça precisa funcionar `a semelhança de ciências exatas. A lei prevê que o ato é crime. O crime foi praticado pelo indivíduo ou organização? Abre-se o processo, faz-se a investigação, recolhem-se provas, julga-se baseado nos fatos.

Cabendo ao juiz condenar ou absolver, dependendo da suficiência, consistência e legitimidade das provas.

Embora pareça `a parte leiga e pouco informada isso ser demais para se verificar, isso precisa ser obedecido sempre. Porque se assim não ocorre com uma pessoa, todas estão ameaçadas de sofrer injustiças iguais.

E isso foi no que se transformou o Brasil da atualidade. Ficou claro que a justiça e o legislativo federais se arrogaram poderes que não cabem a eles. E, com isso, ha a ameaça paira sobre as liberdades de todos.

Na verdade, os crimes ja estavam preparados ha muito tempo. O plano estava pronto. Esperou-se o momento em que cada fase dele foi colocado em pratica. Tudo faz parte de um mesmo pacote.

A ação foi preparada a nível do judiciário, da mídia e do legislativo, embora os mandantes e coordenadores não apareçam nitidamente na trama. Os três poderes citados tem apoio de outros mas obedecem a interesses não divulgados.

Vamos então contar os crimes e esclarecer como eles foram montados. Não se trata de uma revisão detalhada. Não desejo estender demais.

Em 2004, o juiz Sergio Moro publicou uma matéria considerando as ações acontecidas na Italia, que passaram a ser conhecidas pelo nome de Mãos Limpas, seu modelo de ação. Nessa publicação afirmava que no Brasil a situação permitia deflagrar uma operação semelhante.

O ex-presidente Lula foi eleito em 2002. Assumiu no inicio de 2003. Teve muito trabalho durante seus primeiros anos para recompor o governo, ja que havia herdado “um navio `a deriva”, segundo suas palavras e nossas lembranças.

A operação Mãos Limpas lidou com uma quadrilha instalada décadas antes do seu inicio, portanto, o juiz não referia-se particularmente ao Partido dos Trabalhadores e sim a respeito dos antecessores. O PT era muito recente.

Ou, em outro raciocinio, ele terá deixado sem declarar que o plano de enquadrar o Partido dos Trabalhadores ja estava preparado. Faltava encontrar o momento propicio para deflagra-lo.

A conjuntura da economia brasileira devia estar no bom caminho, a julgar-se pelos dados expostos no gráfico do Google (brazil gdp) ja mencionado no capitulo 7. Pelo menos indica que em 12 anos a economia foi multiplicada por 5.

Segundo a analise do juiz Sergio Moro, uma situação econômica deixando a desejar seria o ideal. No próprio estudo refere-se `a estratégia de usar os meios midiáticos para constranger os acusados alem de usar a pressão popular para atingir os fins de operação semelhante.

Se a economia não desse sinais de arrefecimento, ja se sabia que a operação não teria resultados, pois, o publico não se animaria a participar.

Coincidentemente, foi a partir desse momento que a imprensa oligárquica iniciou sua cruzada de horrores.

Mesmo que a situação não estivesse das piores, as manchetes passaram a se tornar alarmantes. A violência saiu das paginas policiais e foram transportadas para a primeira pagina. O crescimento econômico virou “pibinho”.

Os atrasos e reajustes em obras publicas viraram corrupção. E tudo o que poderia ser reconhecido como dificuldades de percurso virou incompetência do governo.

O objetivo era desestabilizar o governo e vencer as eleições de 2014. Mas nessa etapa houve o furo, e Dilma Rousseff foi reeleita.

Alias, um erro tático dos petistas, pois, se tivessem antecipado a situação teriam lançado o ex-presidente como candidato, o que teria desestabilizado a desestabilização.

Não satisfeitas com a derrota, 4a. seguida, as oposições resolveram engrossar o regime da conspiração.

O então derrotado deputado Aecio Neves, também presidente do PSDB, deu o tom da vingança:

“Vamos obstruir todos os trabalhos ate o pais ‘quebrar’ e a Presidente Dilma ficar incapacitada de governar, sem apoio parlamentar. Ai reergueremos o pais que nos queremos, independente dos acontecimentos que envolvam o ex-presidente Lula e as ações do judiciário. Sem o poder legislativo, nenhum governo se sustenta.”

Essas não foram palavras proféticas. Foi a promessa feita pelo senador derrotado como candidato a presidente, na primeira oportunidade que subiu `a tribuna do senado após `a derrota.

Por ai se observa o espirito dominante nas, então, oposições. Ora, se não podemos com os adversários, então, temos que destrui-los, custe o que custar, inclusive arrastando a nação para o caos, não se levando em conta que a birra política levaria tamanho sofrimento `a população vulnerável.

Enfim, a promessa foi cumprida. Seria o melhor momento para as oposições, incluindo o PMDB, que atualmente retornou `a sua antiga sigla MDB, que estava coligado ao Partido dos Trabalhadores no governo, para que pensassem no bom samaritanismo.

Entenda-se que a derrota fora grande. Que o PMDB não estava satisfeito com sua posição secundaria na coligação que tinha apenas o vice. Assim, somente as melhores pessoas do mundo seriam capazes de, pelo menos, adiar suas ambições de governo e primeiro ajudar a salvar o pais.

Mas o PMDB não tinha as melhores pessoas do mundo em seus quadros.. Ora, se concluíssem essa boa ação, todos se sentiriam obrigados a votar naqueles que tivessem maior participação e ajudado na salvação do pais.

O que parece, a recusa em ajudar e a iniciativa de vingar as derrotas, escancarou aos eleitores brasileiros que o que eles menos tem são pessoas dignas de seu voto. Isso porque, para a antiga oposição, foi mais importante ser anti-petista que se preocupar com o bem estar da população.

Quebrou-se o pais para tomar o governo e a ex-presidenta sofreu impeachment. Diga-se de passagem, através de uma ação fraudulenta.

Isso porque ha tempos atras fora pratica de os governos que estavam saindo deixarem grandes rombos nas contas dos órgãos que dirigiam. Quem estava chegando ao governo encontrava uma barreira para administrar. Mas na próxima saída fazia o mesmo.

Resolveu-se moralizar isso. Criou-se a lei. Mas os governantes, mesmo antes de a ex-presidenta Dilma assumir a primeira vez, continuaram deixando algumas contas a fechar. Para isso baseavam em receitas não recebidas.

Ou seja, deixavam as dividas pagas com receitas que iriam entrar. A pratica era tão comum que ja ate tinha apelido: “pedaladas fiscais”. Apesar disso, tais maquiagens não eram consideradas crime. Portanto, não eram suficientes para provocar um impeachment.

Sabendo das nuances da legislação, a oposição levou a cabo o plano do senador derrotado. Não apenas fizeram a obstrução de todas as decisões importantes de governo para a contenção da crise, durante os ano e meio em que a presidenta exerceu o seu segundo mandato.

Particularmente, o congresso não fez o dever de casa e não votou o orçamento fiscal do governo.

Aqui nos Estados Unidos, os congressistas usam regularmente essa tática para forçar o governo a negociar algo, ou simplesmente o fazem com fins políticos. Isso deixa o governo central sem dinheiro para honrar suas contas.

Os republicanos fizeram isso durante a administração Obama, levando inclusive o pais a perder sua condição de economia AAA pela primeira vez na Historia. Aqui se chama a tática de “Government Shutdown”. O que poderia traduzir por “Fechar o Governo”.

No caso brasileiro, o objetivo foi justamente a de obrigar a administração da ex-presidenta Dilma a usar as famosas “Pedaladas Fiscais”. Como a União tinha o capital e dependia apenas da aprovação do orçamento pelo congresso, não seria nada criminoso fazer uso de tal alternativa.

Ate porque, não era passagem de uma administração para outra. Isso não seria feito para prejudicar um adversário.

Mas foi nesse ponto que fabricou-se a oportunidade para abrir o processo no congresso. O que levou ao Impeachment da presidenta.

A armação foi tão grotesca que a artimanha jamais havia sido usada contra nenhum outro politico. Imediatamente após ao impeachment, o mesmo congresso que votou a favor do impeachment, imediatamente aprovou uma lei legalizando a medida. Inclusive ja usada pelo governo usurpador.

Assim ficou evidenciada a seletividade da lei. Ela foi usada para atingir apenas uma pessoa e mais ninguém. E assim ficou caracterizado o golpismo e a irreverência dos políticos brasileiros, especialmente daqueles que votaram a favor do impeachment.

Se fosse para combater a corrupção, teriam que ter enquadrado a todos que usaram o mesmo artificio em todos os níveis de governo. Como a medida foi aplicada de forma seletiva, caracterizou-se o golpe.

#########################################

10. OS MAIS PREJUDICADOS PELOS CRIMES.

Embora parte não enxergue, a população brasileira será sempre a maior prejudicada por todo e qualquer golpe que existir.

A própria população foi chamada a tornar-se “cúmplice” do golpe de 1964. Era um voto de confiança nas forças armadas. Apos as manipulações midiáticas e criado o clima para um golpe, a população foi `as ruas como se não houvessem outras alternativas melhores.

O que a população não imaginava era o quanto de manipulação midiática ela havia sofrido. E muito menos tinha ideia do contrato em brando que assinaria, concedendo aos ditadores poderes que não se confiam nem mesmo aos bons amigos. E foi `as custas de sofrimento que a população acordou.

Atualmente estamos numa situação que parte da população brasileira esta tão iludida com o golpe quanto as pessoas em 1964.

A maior diferença agora é a de que pessoas de boa memória, mesmo na desconfiança de que houvessem motivos, concordam que dever-se-ia resolver a questão através do voto democrático, pois, não se assina duas vezes contratos em branco, sabendo-se que houve quebra de confiança no primeiro.

Aqueles que estão assinando o atual contrato, fazem-me recordar daquela piada maldosa, que conto com alterações porque pouco me recordo do modelo que ouvi:

“Estavam duas moças assistindo o jornal `a noite quando os jornalistas anunciaram o acontecimento de um suicídio ocorrido no centro da cidade para o próximo seguimento. Enquanto esperavam, uma falou:

Aposto como o cara vai saltar do predio!

Eu boto 100 que ele não vai. – respondeu a outra.

Fechado. – e se deram as mãos.

No próximo seguimento, depois daquela enrolação, para prender a audiência, o personagem saltou. Aos gritos o narrador parecia um locutor esportivo!

Despreocupadamente, a perdedora enfiou a mão na bolsa e entregou os 100 apostados. A outra percebendo a inocência da amiga disse-lhe:

Olha, eu não posso receber. Eu ja sabia que o rapaz ia saltar. Eu assisti o jornal na parte da manha e isso ja havia acontecido.

Não. – respondeu a outra honestamente – O dinheiro é seu sim. Eu também assisti. E eu acreditava que dessa vez ele não ia saltar.”

Tirando essa parte da população, outra grande vitima tem sido o ex-presidente Lula. Exatamente. Vitima. Não adianta a parte adversária dizer que ele esta sendo vitimado pelos próprios erros. Isso ficaria obvio apenas se, e somente se, não houvesse uma armação por trás de tudo.

Vitima dos próprios erros são os que fazem suas falcatruas, com comprovações validas, perante a um tribunal democrático e justo. O que esta acontecendo não passa de um circo, completamente diferente de justiça.

Minha afirmação poderia não ser isenta. Mas a verdade por trás dela sim. Falo como uma pessoa humana que pode falhar, contudo, não torce o que fala dentro daquilo que conhece como fatos.

Observe-se. Em primeiro lugar não ha como separar o golpe sofrido pelas instituições brasileiras com o impeachment, em bases falsas, da ex-presidenta Dilma, da perseguição ao ex-presidente Lula, pois, isso faz parte do mesmo pacote.

Não se trata de isenta-lo dos malfeitos como pessoa humana que é. Não podemos analisar o caso como “conjunto da obra”. Isso seria apenas mais um desrespeito aos códigos que a Constituição rege e os Tratados Internacionais dos quais o Brasil é signatário ordenam. Como se fala por ai: “dois erros não formam um certo.”

Seria para mim uma pretensão discutir todas as malversasões cometidas no processo conhecido por “Caso Triplex”. Isso porque as evidencias disso ja foram levantadas por juristas e juizes, em números consideráveis, tanto das malversações quanto vereditos emitidos pelos juizes no caso.

Mas podemos lembrar que o suposto caso de corrupção teria se dado pelo suposto ganho de um imóvel pelo ex-presidente como suposta troca de favores. O imóvel localiza-se no Estado de São Paulo.

Para que o caso fosse julgado em Curitiba, Estado do Paraná, havia a necessidade de comprovar-se vinculo de dinheiro da corrupção na empresa Petrobras. No próprio processo nega-se que ha provas quanto a isso. Então, o desaforamento do processo foi ilegal.

A partir disso, as ilegalidades apenas somam `as irregularidades. Entre elas houve a “condução coercitiva” do ex-presidente para depor em Curitiba. Uma exibição de força, desnecessária e abusiva, pois, o acusado devia primeiro ser convocado e a opção somente seria legal em caso de recusa.

Nesse caso não sou eu quem disse. Creio que o dr. Isaias Caldeira, por sentar-se num banco de tribunal como seu juiz deve saber um “pouquinho” mais que nos os leigos:

http://montesclaros.com/mural/default.asp?numero=1662#83111

Outra atitude ilegal foi a divulgação da gravação da conversa telefônica do ex-presidente com a ex-presidenta Dilma. Alem do gravado ter sido ilegal, a divulgação constituiu crime.

Ha a justificativa dos defensores desse crime afirmando que o que foi tratado na conversa seria um crime de obstrução de justiça. Essa alegação desrespeita as inteligências de quaisquer pessoas normais. A gravação foi um crime. Não se justifica um crime em razão de outro.

Em primeiro lugar porque esta se falando da presidenta exercendo as suas funções. Ela não estava sendo investigada. Dependia de autorização do Supremo para tal abuso.

Em segundo lugar, e mais grave, a opção de suspender a operação Lava-Jato poderia não ser um ato de obstrução de justiça, no caso especifico da presidenta. O cargo por ela, então ocupado, chama-se presidência não por vã filosofia.

Naturalmente ha que se contextualizar essa afirmação. Sabe-se que a Operação Mãos Limpas, ocorrida na Italia nos anos 1990, levou a uma desagregação da economia do pais. O pais perdeu 10 anos de crescimento econômico.

A recuperação e o crescimento somente iniciaram-se após ter se passado os efeitos colaterais da operação. Houve um crescimento espetacular após isso, ate ao ano de 2008. Porem, o período corresponde a uma onda de crescimento mundial.

O ano de 2008 coincide com os efeitos da crise econômica provocada pela queda da bolsa de Nova Iorque em razão do estouro da bolha econômica de 2007.

Entre 2008 e 2015, a Italia perdeu 50% dos ganhos que tivera durante a reação. Entre 2000 e 2008, o pais tinha acrescido 20.000/capita em seu PIB. Com a crise internacional, entre 2008 e 2015, perdeu 10.000 desse ganho. Veja-se a evolução do PIB:

italy gdp

Durante o periodo 2012 a 2016 a imprensa brasileira repercutiu escandalosamente a mentira de que o Brasil estava passando por crise econômica graças `a incompetência de sua presidenta.

E ao invés de ajudar a superar os percalços, não deu ênfase alguma `a crise mundial, como se a quisesse esconder do publico. O que conseguiu.

Se lembrarmos que o Brasil estava em ritmo de crise econômica mesmo antes de a Operação Lava-Jato tomar o rumo que tomou, seria obrigação da presidenta do pais identificar causas que agravassem a situação para remove-las ou suspende-las, para o beneficio da população.

Não se poderia defender a eliminação de uma operação com o suposto bom intuito de combater o crime de corrupção. Por outro lado, suspende-la para dar continuidade em tempo propicio, não significaria obstrução de justiça.

Tratar-se-ia de primeiro defender a economia que estaria imediatamente ameaçada pelas consequências da operação. O que, na atualidade, podemos comprovar que a medida de suspensão responderia melhor `as necessidades imediatas da população.

Mas como a popularidade da presidenta fora orquestradamente atacada pela imprensa, se ela tomasse a medida, sofreria ainda mais ataques, sob a falsa alegação de obstrução de justiça. A grande imprensa não teve compromissos com a solução do problema, pois, ela própria faz parte dele.

Afinal, se a corrupção tomasse tantos empregos como dizem os críticos das administrações petistas, então, terão que explicar como o Brasil dos “corruptos” teve um crescimento tão acelerado. Ja, na era do “combate `a corrupção”, por que o desemprego esta tão galopante?!

Visar a defesa do povo seria obrigação de todos e não apenas um apêndice do cargo de presidente. Mas parece que isso tornou-se secundário para os adversários dos ex-presidentes.

Durante a confusão, nada mais emblemática que a gravação da conversa do senador Romero Juca com o funcionário Sergio Machado, na qual ele falou:

“Eu so acho o seguinte: com a Dilma não da. Conversei com alguns ministros do Supremo. Os caras dizem: “Oh, so tem condições sem ela”. Enquanto ela estiver ali, a imprensa, os caras querem tirar ela, essa porra não vai acabar nunca, entendeu? Estou conversando com os generais, comandantes militares. Esta tudo tranquilo, os caras dizem que vão garantir. Eu acho que tem que ter um pacto. Eu acho que a gente precisa articular uma ação política. Se é politico, como é a política? Tem que mudar o governo para estancar a sangria. E um acordo, botar o Michel, num grande acordo nacional. Ai parava tudo. Delimitava onde esta, pronto.” Em março de 2016.

As declarações referiam-se `a Operação Lava-Jato. Deixa a entender claramente que a presidenta Dilma não interferiria na operação. O pacto era para dar o golpe, no qual estavam arranjados para participar o Supremo Tribunal Federal, as forças armadas, a imprensa e, naturalmente, o congresso.

Nessa conversa não deixou transparecer a participação dos interesses internacionais. E, na verdade, o objetivo em si não era parar a Operação Lava-Jato e sim deixar que ela operasse de forma seletiva.

Os alvos seriam limitados. Lula passou a ser o prêmio almejado. E todos aqueles que o apoiaram gratuitamente no passado seriam apenas gemas na coroa de ouro.

O juiz Sergio Moro da Operacao Lava-Jato transforma-se na maior evidencia que se pode encontrar para comprovação de que ha um golpe de parte do judiciário brasileiro com a finalidade de perseguição ideológica e política das esquerdas do pais.

Ja no andamento da operação, numa viagem aos Estados Unidos, o juiz foi indagado o porque de ele não prender políticos tucanos. A resposta foi enfática: “Esse partido estava na oposição. Então, não faria sentido.”

Dando sequencia ao que disse, completou: “Naturalmente, nessa situação, os políticos que aparecem são aqueles que administram a companhia estatal. E o PT esta no poder desde 2003.” Caso se queira rememorar mais:

https://www.ocafezinho.com/2016/08/03/nos-eua-sergio-moro-explica-por-que-nao-julga-politicos-do-psdb/

Fica no minimo um tanto estranho um juiz buscar argumentos de defesa de um partido ou representantes dele. Isso porque os investigadores não devem investigar partidos ou pessoas. Em primeiro lugar eles tem que investigar os crimes, o que ou quem estiver envolvido so aparece com a investigação.

Pela declaração ele deixou bem claro. Eu investigo o Partido dos Trabalhadores e não quero saber se o PSDB estava ou não envolvido.

Assim, a partir dai pode-se compreender como foram buscados os subterfúgios com a convicção que o maior peixe a encontrar-se nessas aguas turvas tinha que ser o ex-presidente Lula.

Não se admira que, nesse caso, um pescador de sardinhas não se aproveite da oportunidade de pegar os tubarões. A malha que ele usa é fina, e os tubarões poderiam arrebenta-la!

Parece que temos ai mais uma vitoria para a vida do ex-presidente Lula. Afinal, tem que ser muito gostoso mesmo para ter a preferencia desse restaurante. Fica ai comprovado que estão querendo pesca-lo porque ele tem o sabor que somente gente com gosto muito seleto pode comprar!

Por suas ações e palavras demonstra-se que o próprio juiz e os procuradores que o auxiliam não são a maquina que se pintou para eles. Não passam de peças no jogo. Obedecem ao roteiro preparado para eles. Não são essenciais nem autônomos: terminado o trabalho sujo, voltam para prateleira.

########################################

11. O ODIO SEM RAZAO, EH A RAZAO DO ODIO.

O fundamento do golpe foi o odio. Em primeiro plano incentivado e em segundo caso manipulado. Este é o mecanismo de cabresto capaz de transformar pessoas aparentemente boas em verdadeiras fascistas.

Mas isso não começou nesse momento. A Historia do Brasil foi construída sobre o ódio. Isso nunca foi segredo. Mas a informação não chega ao povo com a mesma clareza com a qual se explica agora.

Antes de 1500 o caminho ja estava preparado com a instituição da Inquisição Espanhola. Portugal seguiu o exemplo. A principio o governo necessitava de dinheiro para financiar as expedições exploratórias que resultaram nas Grandes Descobertas.

Os judeus nos reinos de Portugal e Espanha faziam parte de um grupo minoritário que também tinha a seu favor competência e habilidades para adquirir grandes fortunas. A oportunidade era acusa-los de alguma coisa para justificar-se o confisco do dinheiro.

Saiba-se que judeus não eram um grupo alienígena invasor da Península Ibérica. Ja estavam presentes desde antes de Cristo. Nos anos 70 d.C. grupos de famílias do Oriente Médio foram exiladas na Península como punição pela revolta e consequente destruição de Jerusalem e do Reino de Judah.

Esses grupos de familias judias se incorporaram `a vida local, dando e recebendo filhos em casamentos com cristãos, a partir da conversão do Império Romano no século IV e, mais tarde, com muçulmanos a partir do século VIII.

Enfim, a genética dos três grupos religiosos era a mesma. As diferenças estavam apenas nas praticas das religiões e tradições relativas que acompanhavam cada uma.

Criou-se então a desculpa religiosa. “Haviam sido eles que mataram Jesus”, portanto, eram inimigos naturais dos cristãos. Raciocínio lógico, não é mesmo?!

Sabe-se que não foram os judeus que mataram Jesus e sim uma elite deles que induziu o povo a votar pela morte dele, mesmo assim, decretou-se a obrigatoriedade para a conversão ao catolicismo ou, `a escolha, o degredo para outras nações mais tolerantes.

Por não se conseguir as duas coisas, ordenou-se o batismo forçado. Mas esses cristãos-novos perderam os direitos de cidadãos. Em tudo eram preteridos. Eram proibidos de assumir cargos chave e viraram cidadãos de segunda classe.

Uma alternativa era migrar para as colônias. Os que tinham capital ajudavam aos outros. Assim muito dos custos da colonização deixavam de ser responsabilidade da coroa e passaram `a iniciativa privada.

Mas quando o empreendimento começava a render, eram os cristãos-velhos que possuíam as mercês para administrar e obter os lucros. Os cristãos-novos que se destacavam economicamente poderiam a qualquer momento ser acusados de juidaizantes.

Ja previsto em lei, o crime caracterizava-se por noções vagas. Se a pessoa tinha alguma “mania”, herdada da cultura antiga, como guardar os sábados etc, podia ser denunciada. Aceita a denuncia, a pessoa era presa com todos os familiares e despida de sua fortuna. Enquanto não provasse o contrario, era culpada.

No inicio o indígena foi considerado um nobre. Afinal, somente nobres poderiam ter conquistado terras tão fecundas e promissoras como o Brasil.

Muitos dos nobres primeiro chegados, como Diogo Alvares Correia (Caramuru) e João Ramalho se uniram `as indígenas, filhas dos caciques e produziram enorme descendência. Da qual boa parte dos brasileiros tradicionais fazem parte.

Essa descendência estava em um nível social superior `a dos cristãos-novos, pois, podia casar-se com nobres e os filhos continuavam de “primeira categoria”. A descendência dos cristãos-novos era considerada cristã-nova. Tinha direitos limitados.

Com o passar do tempo e com a chegada de maior numero de cristãos-velhos e brancos, os indígenas caíram também para a segunda categoria. Não aquela descendência, porem, o bugre, ou seja, aqueles indígenas que tinham o mesmo sangue, porem, habitavam ainda nos sertões.

O motivo maior dessa mudança de pensamento foi que o bugre passou a ser escravizado. Assim, virou mercadoria. E mercadoria não é gente!

Com a dificuldade de escravizar o nativo porque tanto não aceitava isso em sua própria terra quanto, ao fugir, encontrava apoio de seus irmãos nos sertões, mudou-se a estratégia e passou-se a buscar mais a escravização do africano.

A desculpa era a de que o africano estava num limbo biológico, não seria propriamente humano, embora não fosse um completo animal.

Imagine-se que esses conceitos de superioridade europeia e inferioridade da diversidade entrou para o imaginário popular como verdadeiro, pois, os outros não eram apenas diferentes, a Igreja, o rei e toda a nobreza garantiam isso.

Então, quem iria ser contra se o povo de um modo geral, classe media, também estava entre a cruz e a espada? O povo tinha o privilegio de ser livre, embora submisso ao governo e `a religião. Indígenas e africanos não chegavam nem a ser considerados pessoas.

Pela própria natureza da autopreservação, o povo queria espelhar-se na classe “superior” e não na “inferior”. Se via obrigado a defender os privilégios dos nobres, sob pena de: se não faze-lo tomar o lugar da classe escrava.

Obviamente, temos que levar em conta a psicologia também. Todos nos temos precauções contra o estranho, o diferente. Enquanto não convivemos e conhecemos melhor aos outros sempre estaremos em alerta.

O problema vem quando dentro da cultura em que a pessoa viva essa precaução ganha valor de verdade. Por exemplo, a crença de que os africanos não eram totalmente humanos foi cultivada por tantas gerações que muitas pessoas não conseguem mais diferenciar a verdade da fantasia.

A situação se agravou `a época do reinado de Pedro II. `A medida que a colonização avançava para o interior, a mestiçagem foi aumentando, enquanto a importação de pessoas escravizadas da Africa multiplicava. A tendência da população era a de tornar-se mestiça e africana.

Preocupado com essa condição, o imperador esforçou-se para importar imigrantes. Quaisquer que não fossem africanos. Especialmente de origem europeia.

Criou-se a imagem tão contraria aos diferentes dos europeus que ate os proprios diferentes criaram preconceitos contra si mesmo.

Assim como o imperador quis importar pessoas claras para embranquear o brasileiro, afrodescendentes queriam ter a oportunidade de casar-se com brancos, para “limpar a raça”.

O preconceito era de tal absurdo que contava-se casos de pessoas que entendiam que seus iguais de raça não eram suficientes bons para eles. Um que alardeou isso em roda de amigos dizia que iria procurar uma branca para casar-se para limpar sua ancestralidade.

Era um grupo de estudantes no qual `a época o representante afro era o unico, pois, contava-se nos dedos aqueles que chegavam a cursar o colegial. Ao que um amigo branco lhe observou: “Mas para limpar sua raça você vai sujar a dos outros!”

E o fato era contado como piada. Embora, atualmente, sabe-se por estudos de DNA que o mais branco dos brasileiros tradicionais trazem em si a mistura de todos os povos que participaram na construção do Brasil.

Nos, os mais brancos, trazemos os cromossomas X que foram trazidos com nossas ancestrais africanas ou indígenas. Ja pelo menos 50% dos quilombolas no Brasil portam o cromossoma Y, que procede de nossos ancestrais europeus.

Mas sem que essa informação seja revelada e ensinado o significado dela a todos os brasileiros, o preconceito racial continua em alta.

Com a emancipação dos escravos em 1888 a situação tomou outro rumo, igualmente errado. Nunca houve um programa para reintroduzir essas pessoas `a condição de cidadãs na sociedade. Ao contrario, o preconceito as relegou `a própria sorte.

Aquele poderia ter sido o grande momento da Historia do Brasil, caso a elite dirigente tivesse preocupada em fazer o pais avançar como potência na entrada do século XX.

Se não existisse o preconceito de que todos os diferentes eram pessoas de segunda classe, a elite dirigente teria investido na educação do povo, inclusive enviando uma parte para estudar em países mais avançados, para de la levarem melhor cultura e desenvolvimento.

A opção foi o oposto. Abandonou-se o próprio povo e investiu-se na introdução de contingentes novos de imigrantes. A teoria era a de que, importando-se mão de obra de países mais avançados, essa chegaria ja desenvolvida.

Acontece que os imigrantes que foram para o Brasil apenas tinham nascido em países diferentes. Eles próprios não eram mais avançados que os brasileiros, exceto no exemplo de uma minoria.

Não se trataria aqui de defender a exclusão desses imigrantes. Eles iriam para o Brasil de qualquer forma e seriam igualmente aceitos como foram. O problema mesmo foi a exclusão daqueles que ja eram brasileiros.

Muitos desses imigrantes ganharam financiamentos subsidiados para começarem suas vidas em sua nova pátria. Enquanto o povo brasileiro foi deixado a se virar por conta própria.

O que era importante mesmo era ter mudado a estrutura social. Aquele velho sistema de crença pelo qual uns eram melhores que os outros não mudou. E esse vicio, que era comum também entre os europeus, perdura na sociedade brasileira atual.

Desde `a epoca logo depois da Lei Áurea, as famílias empobrecidas foram obrigadas a se virar. Nas cidades maiores, como no Rio de Janeiro, se alojaram nos morros. Único lugar que sobrou para elas, pois, não era do interesse econômico dos ricos. Assim nasceram as primeiras favelas.

A maior população do Brasil estava concentrada no Nordeste e em Minas Gerais. Mas tanto o Norte de Minas quanto o Nordeste sofriam com temporadas de secas terríveis, que se alongavam por anos.

`A epoca, tanto a literatura quanto a musica celebrizavam esses desastres. Vidas Secas, de Graciliano Ramos ou Asa Branca do compositor Luiz Gonzaga são os maiores clássicos desses exemplos.

O fato foi que os desastres criavam ondas de retirantes do sertão que iam buscar a sorte nas grandes cidades. Em minha infância fui testemunha ocular de um ou outro grupo que vinha do Norte buscando o Sul do pais.

Essas pessoas, por não terem recursos e não encontrarem assistência, passaram a ser “encostadas” nas favelas das grandes cidades.

Não que fossem piores que ninguém. Mas ha que se levar em conta que eram pessoas de menor nível de educação. Submetidas `a vida de verdadeiros guetos. Sem privacidade, muita necessidade e baixíssimo nível de assistência, e não tinham nem mesmo do amor que devemos a todo ser humano.

Favela que antes fora apenas uma situação precária de abrigo, porem, habitado por pessoas de boa índole, cresceu, inchou. Com isso no imaginário popular e no noticiário policial passou a ser considerada o equivalente a toca de bandidos.

A situação piorou com a industrialização, apesar de tímida, no Brasil. O modelo de desenvolvimento foi o de concentração em numero restrito de núcleos. Basicamente, isso se reduziu a Rio de Janeiro, então capital do pais, São Paulo e em menor escala, Belo Horizonte.

Ja nessa fase havia-se criado o preconceito contra o analfabeto. A população brasileira era constituída de 80% de residentes rurais.

Assim, criou-se a imagem no imaginário popular do “Jeca Tatu”. Personagem criado por Monteiro Lobato, tão famoso pela literatura infantil que criou quanto pela visão preconceituosa do povo.

O analfabetismo na area rural contrastava com a cidade. Na realidade, as escolas não eram prioridade dos governos. E o máximo que se tinha era o primário incompleto na maioria das vezes, mesmo nas cidades.

Assim, o preconceito criado era contra o que não sabia ler, mas quem sabia não poderia nunca se orgulhar do pouco que sabia. E sempre existe um pouco de maldade naqueles cujas mentes são puro espinhos.

A situação da riqueza e sua ma distribuição no Brasil agravou-se muito `a época da ditadura militar. Isso porque o Brasil passou a obedecer ao modelo do antigo colonialismo. Todos sabiam que o pais necessitava de crescimento econômico.

O erro foi ter se curvado ao chamado “Consenso de Washington”. O que, se traduzia por renuncia pelos chamados “países do terceiro mundo” em beneficio dos ja industrializados.

A ideia era a de que os países do III mundo iriam continuar a fazer o que sempre haviam feito. Fornecer produtos primários aos países industrializados, em troca de produtos de alto valor agregado.

Por exemplo, o Brasil enviaria um navio cargueiro completo de soja para os Estados Unidos, o que dava para comprar um tanque de combate de geração mediana.

O que o Brasil tinha de melhor a oferecer `as nações industrializadas, melhor dizendo, `a industria delas, era sua mão-de-obra inculta e barata e, claro, seu incipiente mercado de consumo.

Novamente as pessoas viraram mercadoria. A única diferença entre a escravidão e o trabalho assalariado no Brasil passou a ser a de que o aprisionamento era sem correntes.

Assim, o mercado seria aberto para as industrias das “nações amigas”. O brasileiro fazia o mesmo trabalho que seu equivalente na nação industrializada, com a diferença apenas de que os salários jamais se comparavam em nada.

O brasileiro despreparado imaginava que estivesse fazendo um bom negocio, pois, vindo do campo, sem benefícios ou salários, qualquer salário era novidade. Por analfabeto e sem informação, não conhecia o valor do seu trabalho.

Mas havia um truque por trás da “bondade” dos países ricos em levar industrias para países pobres. Justamente por causa da mão-de-obra ultrabarata, os lucros das fabricas no III mundo eram enormes.

Na metrópole, os trabalhadores eram regiamente pagos. Alem disso tinham benefícios e seguranças que os trabalhadores de III mundo, exercendo as mesmas funções, não tinham.

Os países industrializados lucravam de duas formas. A primeira era a de que a introdução de fabricas modernas num mercado tão grande quanto ao brasileiro, impedia que a população local criasse suas industrias próprias.

Isso explica porque o Brasil ate atualmente não possui praticamente nenhuma forma de industria própria. Não possui fabricas de carros, televisores, computadores etc de marca brasileira. Tudo esta dominado pelo capital estrangeiro.

Mas também tinha a vantagem imediata. Ao fim do ano faziam-se os balanços das fabricas na metrópole e nas colônias. Naquelas, pelo pagamento de salários muito elevados aos funcionários e pelos benefícios oferecidos, formavam-se  déficits.

As fabricas nos países subdesenvolvidos, ao contrario, davam lucros. Mas para fechar os balanços fazia-se a transferencia dos lucros nos países do III mundo para os do I mundo.

Essa operação tornou-se conhecida como neo-colonialismo. Sem forçar, os países ricos retiravam os mesmos ganhos dos países pobres que aqueles que em primeiro lugar colonizaram na forma antiga de colonialismo.

Assim, o I mundo acumulava riquezas e o III mundo pagava as contas. Algo semelhante ao que acontece entre ricos e pobres internamente falando.

Então, de onde vem o ódio que tantos brasileiros estão curtindo contra o Lula e contra o Partido dos Trabalhadores atualmente?

Vem justamente de ele ter nascido no Nordeste, ter sido retirante, defende as causas dos outros contra os quais se curte preconceitos. Porem, isso não veio tão espontaneamente quanto parece. Foi construído ao longo de décadas.

Desde os anos 1970 ele entrou na luta para combater as discrepâncias. E como presidente do sindicato dos metalúrgicos em São Paulo organizou diversas greves com a finalidade de equiparação salarial, entre os trabalhadores do Brasil e seus equivalentes nas metrópoles.

Isso, com toda certeza, não agradou ao capital. Também desagradou `aquelas pessoas que pensavam que o Brasil tinha que se submeter ao sistema do “mercado”.

Não seria bom para o pais, pensavam, revoltar-se contra os mais fortes. Esses concordados, geralmente, tinham bons salários.

Como se estava em plena Guerra Fria, comunistas contra o Ocidente, toda luta pela justiça passou a ser taxada como comunista. A mídia de guerra criou a ideia de que o comunismo era semelhante ao terrorismo. Aproveitando a deixa, a mídia anti-justiça relacionou as lutas sindicais ao comunismo.

Mas uma parte da população menos favorecida também foi induzida a odiar os movimentos pela equiparação dos salários. Isso em função da ma administração da economia do pais ter criado a famosa hiperinflação.

Governos ruins sempre precisam justificar-se perante ao publico. A ideia passa-se mais ou menos assim: “coisas não estão indo bem, porque existe um inimigo oculto mexendo em nossas contas, um partido “comunista” fazendo bagunça etc e tal.

No caso da ditadura militar, os economistas que eles nomearam criaram o artificio de vincular a inflação aos salários. Alegavam que eles não podiam conter os preços se os salários subissem, pois, quando os salários subiam os patrões eram obrigados a levantar os preços para pagar os salários.

Assim, atribuíram a inflação ao ciclo vicioso, salários sobem, preços sobem. E a moeda brasileira foi trocada diversas vezes por motivos de inflação. Nos conhecemos notas de valor nominal de 10.000, 100.000, 200.000 etc. Cortava-se 3 zeros e em pouco tempo eles retornavam `a nova moeda criada.

E essa inverdade de que salários e inflação são faces de uma mesma moeda somente foi desmentida quando o ex-presidente Lula subiu ao governo e passou a elevar os salários gradativamente.

Então se deu o grande crescimento, pois, com o aumento do consumo por causa da disponibilidade de dinheiro nas mãos do povo tornou-se mais que comprovado que a economia funciona mesmo é quando o povo compra e isso so acontece quando ele tem um salário satisfatório.

Alias, pergunte a qualquer trabalhador do I mundo se ele seria capaz de comprar o tanto que ele compra se o salário dele fosse reduzido a níveis de III mundo! Eles nem sequer saberiam trabalhar com tal troco!

A imagem da pessoa do ex-presidente Lula foi atacada desde `a época que ele representava seus pares metalúrgicos. A grande imprensa brasileira, apêndice que foi da ditadura, sempre tentou reportar os movimentos sociais como do lado errado da Historia.

A grande imprensa sempre impôs entendimentos subliminares explorando a realidade de o ex-presidente ter nascido no Nordeste, ter um aspecto fisico “indesejável”, usar conjugações incorretas nos verbos e tentar transformar o otimismo dele em fanfarronice.

As pessoas que tiveram seus preconceitos embutidos e agora se dizem contra o ex-presidente porque ele teria sido agente da corrupção e negam ter os preconceitos, apenas enganam a si mesmas.

Na verdade, o que elas querem mesmo negar é que foram induzidas a esse ódio. Reconhecer que foram manipuladas seria um ato de bravura que a população mediana jamais teve a competência de cometer.

Isso porque reconhecer daria a impressão de fragilidade, incompetência, inferioridade. Na verdade, é justamente com isso mesmo que os manipuladores contam acontecer, pois, esse foi justamente o objetivo deles.

Não foi apenas o de induzir e cimentar o preconceito. A participação dos manipuladores perderia todo o efeito se também não incutissem a resistência `a mudança da mentalidade.

Por isso fizeram as pessoas acreditarem que estariam mesmo lutando contra a corrupção e não contra os objetos de seus preconceitos. Ha que se reconhecer que lutar contra a corrupção seria um motivo nobre. Então, não se teria nada do que arrepender.

O problema esta na falta de perspicacia do povo mediano. Ha uma grande diferença entre dar solução ao problema da corrupção e perseguir pessoas acusadas de corrupção.

Isso porque, correr atras de corruptos é o mesmo que correr atras de remédios para combater uma doença. Nesse caso você estará atacando as consequências e não a causa. Você pode tratar dos doentes e eles sararem. Mas a doença continuara solta.

O que se precisava primeiro era fechar as portas da corrupção. Seria semelhante a encontrar a vacina contra uma doença. Somente vacinando se evita a doença. Trata-la, embora sendo possível, torna-se o mesmo que cultiva-la e torna-la permanente.

########################################

12. COMO CONSTRUIR IMAGEM DE BANDIDO?

No Brasil sempre se fabricou a imagem de bandido nos adversários. Contudo, esse trabalho sujo nunca foi tão facilitado como na atualidade.

Se o avanço tecnológico abriu-nos possibilidades enormes para o trabalho serio, as mesmas oportunidades foram abertas para os oportunistas. Desde o simples larapio, antigamente malandro de esquina, ao mais sofisticados, incluindo-se governos, grande mídia, grupos econômicos e, agora, como pudemos assistir, ate o judiciário.

Explica-se isso a partir daquela passagem em que na entrevista nos Estados Unidos o juiz Sergio Moro declarou a respeito de não investigar o PSDB porque:

“Esse partido estava na oposição. Então, não faria sentido.” e:

“Naturalmente, nessa situação, os políticos que aparecem são aqueles que administram a companhia estatal. E o PT esta no poder desde 2003.”

Ai ele deixa absolutamente claro quais eram os objetivos particulares, mesmo que inconscientemente, se ele for tão simplório a ponto de acreditar no que disse. Se for, seria a ultima coisa que se esperaria da pessoa de quaisquer juizes.

O objetivo era e sempre foi destruir a imagem do Partido dos Trabalhadores e seus representantes. Afinal, as denuncias de formação de quadrilha para roubar a estatal Petrobras remontam a anos anteriores a 2003.

Não seria uma casualidade qualquer o juiz não levar em conta a diferença entre governo (administração) e poder (quem esta com o dinheiro na mão).

Por outro lado, esquemas de corrupção ja plantado em quaisquer sistemas não mudam de mão no momento da troca de diretoria. Mais fácil será que os donos antigos permaneçam e os novos sejam ludibriados, na tentativa de incrimina-los ou inclui-los na planilha.

Uma das acusações contra o Partido dos Trabalhadores foi a de que estaria “aparelhando o Estado”. Isso quer dizer que enquanto governava estaria colocando funcionários na administração para dominar o poder.

A estrategia nisso foi a de acusar o partido e seus representantes de fazer o que ja estava pronto quando assumiu o governo. Mas não por parte do partido recém chegado ao governo e sim pelos que ja estavam anteriormente.

E ai se explica a tatica sorrateira e adesista do Movimento Democratico Brasileiro, o Partido do MDB. Quando do governo anterior, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ele ja fora parceiro intimo.

A adesão ao recém-chegado Partido dos Trabalhadores tinha o único objetivo de manter suas próprias regalias e não ter um comprometimento programático.

Como dissemos antes também, os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, sozinhos, correspondem a mais de 50% do PIB brasileiro. Foi no mínimo estranho isso ter passado despercebido `as observações do juiz.

Afinal, lição para qualquer detetive recém engajado em qualquer caso: “rastrear o dinheiro para encontrar o ladrão.” E, obviamente, apesar de a Petrobras ser estatal, a administração dela será influenciada tanto por seus braços nos estados quanto pelos funcionários mais antigos.

Para que se entenda melhor esse assunto, pode-se tomar o exemplo dos Estados Unidos. Fora dos círculos ideológicos e de fanatismos eleitorais, ja se sabe muito bem que eleições tem sido apenas uma cortina de fumaça. Presidentes vão e vem.

O governo pode mudar de partido. Mas as decisões estratégicas estão nas mãos dos funcionários de carreira, que permanecem no poder por 30 anos ou mais, particularmente no Pentágono, no FED (Banco Central) e outros.

Para esclarecer melhor ainda, pode-se citar os casos de que o ex-presidente Jimmy Carter foi testemunha ocular de um evento com OVNI. Chegou a reportar isso `as autoridades competentes.

`A epoca que assumiu a presidência estavam acontecendo muitas visualizações do gênero. E ele prometeu ao eleitorado revelar o que as forças armadas sabiam a respeito disso.

Eleito, procurou o ex-diretor da CIA, e então futuro também presidente George W. H. Bush para obter a informação. Recebeu em resposta a expressão: “Curiosidade não é argumento suficiente para obter a informação.”

Qualquer que tenha sido a resposta verdadeira, Jimmy Carter voltou com uma tromba de elefante e sem a resposta desejada, e nunca mais falou no assunto.

Semelhantemente, Bill Clinton fez a mesma promessa. Buscou a aeronáutica para obter a informação. Teve que retornar ao publico dizendo: “Seja la o que for que a aeronáutica sabe a respeito do assunto, eles não compartilham nem comigo que sou presidente”. E puseram uma pa de cal no assunto ate hoje.

Pelo que se pode observar, o dizer de que a presidência da republica dos Estados Unidos corresponde ao cargo mais poderoso do mundo não passa de uma falácia para que os olhos se voltem para o cargo mas, de fato, torna-se tão decorativo quanto o de rainha (rei) da Inglaterra.

Pensar que no Brasil é diferente é, no minimo, ser simplório  e, no máximo, saber a verdade e fazer parte da armação ilimitada.

Assim, feitas essas considerações, devemos levar em conta que o governo brasileiro esta sim “aparelhado”. Fora importante para o esquema golpista criar a imagem de que o Partido dos Trabalhadores estava “aparelhando o Estado” com seus partidários.

Mas o proprio queixume, como alguns primos (amigos/adversários) reclamaram comigo, denuncia a versão. O dito contava que estavam sendo nomeados para as repartições: pessoas de baixo nível de escolaridade e nível zero de competência.

Então, a denuncia de “aparelhamento” não tem o menor fundamento. Poderiam dizer que o Partido dos Trabalhadores estivesse transformando algumas repartições em “cabides de emprego”.

Algo condizente ate com as políticas de socialismo, pois, essa ideologia permite a menor eficiência em busca do atendimento mais rápido das necessidades básicas da cidadania. O que, emprego é a maior delas.

Obviamente, não preciso retornar `as criticas dos adversários ao Bolsa Família e outros programas assistenciais de governo, postos em pratica pelos governos petistas, para dar uma solução intermediaria `a situação precária no qual o pais sempre esteve envolvido.

Não vou entrar no mérito dessa questão. Acredito que incomoda mais a quem não coloca a prioridade na pessoa humana e sim no famoso “mérito”, algo que não se tem provas de existência. Quem acredita tem isso como dogma. E dogmas, “não se discute”!

Mas para ter-se uma ideia do quanto e como o Estado Brasileiro esta “aparelhado”, basta retornarmos ao resultado da votação do impeachment da ex-presidenta Dilma.

O processo foi aprovado no nível de câmara dos deputados com a votação de 367 deputados a favor do impeachment e apenas 137 contra. O resultado por parte do senado, que concluiu o processo, foi de 61 contra 20.

E aqui devemos voltar a outra acusação muito frequente dos amigos/adversários, naturalmente, por crerem nas acusações ja que tem os olhos voltados apenas para o cargo da presidência, esquecendo-se que num pais complexo como o Brasil o poder fica nas mãos de uma maioria, não necessariamente apoiando os presidentes.

Mas trata-se da acusação de que as urnas brasileiras são fáceis de ser violadas e os resultados das eleições ser alterados.

O que os amigos/adversários nunca se deram conta foi que: se fossem os aliados do Partido dos Trabalhadores que estivessem violando caso a suspeita se confirme, então, qual seria a lógica de vencerem as eleições para a presidência da republica e não terem mexido nos resultados dos governos dos principais estados do pais e nem para favorecer a seus aliados a nível de legislativo?

Diga-se de passagem, os funcionários que controlam a idoneidade ou não dos resultados nas urnas são os do poder judiciário. Nesse caso, se a acusação tiver fundamento, da-se um sentido perfeito ao golpe.

Isso porque ninguém em sã consciência nega que houveram partes do judiciário brasileiro, do legislativo, do executivo, do poder econômico, do poder midiático, interferências externas para completar o golpe, do qual o ex-presidente Lula esta sendo a prioridade numero 1 agora.

Tudo isso e muito mais explica o fato de o ex-presidente que deixou o cargo com o maior índice de aprovação popular do pais, que continua como o preferido pela população para retornar ao cargo em 2018, estar a todo momento tratado como bandido.

Isso faz parte das guerras sórdidas  Se deixarem o ex-presidente concorrer `as eleições, as chances de ele vencer são elevadíssimas. Isso praticamente anularia o golpe, ou sua conclusão seria adiada por tempo indeterminado.

E os golpistas tem pressa. Tanto que os juizes envolvidos no caso contra o ex-presidente nem sequer tem tido duvidas quanto `a condenação dele. Seria preciso reverter toda a lógica para pensar que o ex-presidente escaparia de uma condenação arbitraria.

Os golpistas não tiveram sequer o escrúpulo de assassinar um membro do Superior Tribunal Federal, que foi o ministro Teori Zavascki porque ele tinha em mãos uma lista que arrolaria a todos no processo da corrupção.

Com o assassinato dele, selou-se a publicação da lista. E isso não quer dizer que entre os listados não se encontrassem membros do Partido dos Trabalhadores e seus aliados também. Tem-se a certeza que mais de 1.000 nomes estavam nela.

Por conseguinte, por se saber das denuncias que pairam sobre as cabeças coroadas de todos os setores administrativos, econômicos e militares, alem do setor privado, não se pode descartar a possibilidade de o assassinato dele ter sido uma encomenda do pacto mencionado por Romero Juca: “com o STF, com tudo”.

Não ha de se admirar que inclusive nesses últimos dias, hoje é 30.03.18, sexta-feira da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, os golpistas tem mostrado suas garras mais afiadas.

O facebook estar manipulando as paginas e deixando passar mais os compartilhamentos dos amigos/adversários que desejam a prisão imediata do ex-presidente Lula torna-se apenas um sintoma.

Complo mesmo tem sido os constantes arroubos da mídia oligárquica com seus intermináveis editoriais. Neles, como em toda opinião sem freios lógicos, tudo esta na argumentação dos contrarias, não existe defesa, não existe razão para defesa.

Diga-se de passagem, parece ate que o setor golpista queria que os petistas se deixassem imolar como fez Jesus Cristo. Ha ate manifestações de desespero, como se a defesa não tivesse direito de ir tão longe. E isso passado ao publico movido pelo ódio, torna-se apenas mais um motivo para odiar.

Chega-se ao cumulo de a empresa Netflix ter fabricado uma versão dos fatos envolvendo a Operação Lava-Jato, dirigida pelo premiado Jose Padilha, na qual as palavras ditas pelo senador Romero Juca são atribuídas ao personagem que representaria o personagem do ex-presidente Lula.

Anunciada como baseada em fatos verdadeiros, ate poderia tornar-se aceitável quando todos os fatos ja estivessem concluídos e uma distorção aqui e outra ali não corresse o risco de interferir com a opinião publica. Arte é isso mesmo, uma versão, não uma verdade.

Acontece que a verdade não foi concluída. Com isso, a versão pode ser usada para interferir num caso em andamento. O que não passa despercebido dos autores e patrocinadores da trama.

Outro caso claro de violação dos direitos de defesa trata-se da promiscuidade entre o juiz presidente da Operação Lava-Jato, meios de comunicação e políticos denunciados.

Ora, a mesma Rede de Televisão Globo, inimiga declarada do ex-presidente Lula, que apresenta versões jornalísticas forjadas para incriminar os petistas, também abre espaço de programa para entrevistar o juiz, isso `as vésperas de julgamento importante do petista, que esta marcado para o dia 04.04.18, pelo Superior Tribunal de Justiça, STF.

O juiz entrevistado foi o mesmo que vazou ilegalmente gravações de conversas entre os ex-presidentes Lula e Dilma. O mesmo que cometeu o crime e o mesmo que investiga e condena. O mesmo com uma reputação de carinhoso com os amigos e carrasco com os inimigos.

Enfim, não ha como admirar-se que tenha se construído uma imagem tão negativa do ex-presidente. Trata-se mesmo de guerra midiática. Alias ja reconhecida ate mesmo por pessoas da Comissão de Direitos Humanos da ONU.

A definição é clara. Ja se considera as cortes responsáveis pelas condenações do ex-presidente Lula como Cortes Cangurus.

O termo é usado para não se precisar explicar o que verdadeiramente é. No jargão isso corresponde a tribunais que se prestam ao uso de perseguir pessoas adversárias. Tudo sob um prisma de falsidade, porem, disfarçada de legalidade.

E aqui temos a noticia veiculada pela própria Rede Globo:

https://www.facebook.com/jfmargarida/videos/1628569550583631/?hc_ref=ARQpUiTveJ9YVwtBqR_0fFPPOZMgo6lwv9VcCQPxnUpj0JadEKFZLk4Gb-qkfdWPeZc

Observe-se que o membro da Comissão dos Direitos Humanos Geoffrey R. Robertson, foi mencionado como autor da representação que pede a condenação das cortes federais de Curitiba e Porto Alegre, que condenaram o ex-presidente, por serem cortes canguru.

A saber, esse advogado, ex-juiz da corte, foi também alistado entre os advogados que irão defender o ex-presidente frente `a Comissão dos Direitos Humanos da ONU.

Portanto, adianta-se essa informação porque esta plantada a ideia entre o publico brasileiro que: “tudo o que for em defesa dos ex-presidentes, do Partido dos Trabalhadores e seus representantes não vale, pois, somente poderia constituir de manipulação a favor deles.

Mas aqui se pode garantir outra razão mais solida. Pode-se usar as manipulações para mobilizar públicos favoráveis. Contudo, nesse caso, para a defesa daqueles basta a pura verdade. E isso é o que precisa ser compreendido pelos amigos/adversários.

########################################

13. COMO E PARA QUE FABRICAR UM HEROI?

Essa atitude de fabricar heróis é mais antiga que os incautos possam imaginar. O faraó egípcio, Ramsés II, o Grande, ancestral dos brasileiros, mandou criar painéis em pedra com supostos feitos sobrenaturais da parte dele.

Um soldado romano defendeu a fe cristã ate `a morte, então criou-se espaço para ele nos altares. E Jorge passou a ser venerado como santo. Ai acrescentaram a ele o feito de ter matado o dragão. Essa imagem criada tornou-o mais conhecido do que ele realmente fez.

Joaquim Jose da Silva Xavier, nunca foi exatamente aquilo que ensinaram as crianças. Embora o ideal da independência, defendido por ele fosse nobilíssimo.

Acontece que, a partir da Proclamação da Republica, havia a necessidade de se fabricar alguém mais nobre, pois, a monarquia tinha muitos exemplos de defensores dela.

Então, para validar a nova republica, precisava-se diminuir os vultos populares para apagar da memória do povo aqueles que haviam sido monarquistas.

A fabricação não tem que ser de todo ruim. Santos são exemplos a ser seguidos. Embora, em alguns casos, da-se ênfase apenas `as boas obras e não se fale nos escorregos que todos nos humanos cometemos.

No caso do Ramsés  II, por exemplo, o objetivo era de criar a imagem divina do faraó. Seria para que o povo, por acredita-lo “Deus”, se tornasse submisso `a sua pessoa e aos mandos e desmandos dele. Algo que outros ditadores na Historia ate atualmente copiam.

Foi dessa forma que tivemos a oportunidade de conhecer uma fabricação desse gênero ao final dos anos 1980 e inicio de 1990, no Brasil. Capitaneado pela Rede Globo de Televisão, criou-se a imagem do Caçador de Marajás para o ex-governador de Alagoas, Fernando Collor de Mello.

E a imagem foi exposta em todos os videos de televisão, nos horários nobres, por alguns anos, ate que se deram as eleições de 1992. Com as manipulações e a fabricação, naquele ano, menos o candidato e mais o personagem, foi eleito para a presidência do Brasil.

Diga-se de passagem, ha o ditado antigo de que: “Para se conhecer uma pessoa, é preciso comer-se uma saquinha de sal com ela.” O ditado deixa entendido que precisa-se conviver pessoalmente e por longo tempo para o conhecimento se dar de verdade.

Dois anos depois de eleito o vinculo entre o personagem e a pessoa estava totalmente desfeito. Enquanto Collor estava restrito a Alagoas ninguém teve a presença de espirito de investigar quem realmente ele era.

Mas ha que se dar um desconto. Embora ele não fosse a imagem projetada do personagem Caçador de Marajás, pode-se supor que também não fosse aquilo que se pintou para desfazer-se o mito.

A honestidade não tem sido moeda corrente no meio político, portanto, como ha inescrupulosos capazes de criar mitos para tirar proveito da situação, existem também outros inescrupulosos capazes de criar versões depreciativas do mito para acabar com ele.

E isso nem sempre ocorre para o restabelecimento da verdade. O mais comum é isso ser feito para que outros grupos políticos tenham vantagens no lugar dos primeiros.

E no Brasil atual parece que esta acontecendo exatamente isso. Apenas com a diferença de que o objetivo maior não tem sido construir um político novo para substituir `aquele que querem destronar.

No Brasil atual estão invertendo a ordem das coisas. Note-se que era fundamental, para os adversários, derrubar a imagem tanto do ex-presidente Lula da Silva quanto de seu Partido dos Trabalhadores.

A verdade passa pelos fatos. As regras do jogo eram conhecidas. Todos jogavam com o mesmo baralho e as mesmas artimanhas. Contudo, o que lhes parecia errado era que estavam se repetindo as vitorias do PT e as derrotas de seus adversários. “Assim não pode, assim não da!”

Nesse caso, adotou-se a formula mais antiga possível de fabricar-se um herói.

Como a figura do ex-presidente Lula e seu partido ja estavam marcados por detrimentos midiáticos desde a militância do primeiro e a criação do segundo, o que se fez no primeiro plano foi criar a imagem draconiana neles.

Como que por encanto, começaram a divulgar que eles eram responsáveis pela quebra do pais. Não se fala que a economia num período de apenas 12 anos foi multiplicada por 5.

As obras que ajudaram e continuariam ajudando o pais a sair da seu marasmo econômico, deixaram de ser obras, passaram a ser apenas meios de obtenção de propinas.

A corrupção antiga, deixou de existir. O Partido dos Trabalhadores e o ex-presidente surgiram, segundo o enredo preparado, como se houvessem sido a fonte de toda corrupção do mundo.

Os programas assistenciais passaram a ser chamados de assistencialistas. Não passariam de uma mera compra de votos.

A popularidade dos ex-presidentes passaram a ser tratados pelo adjetivo pejorativo, populismo.

Não interessavam as diferenças em todos os sentidos, tanto a nível de administração quanto `as Historias de cada um, na narrativa adversária, o Brasil estava caminhando rumo a equiparar-se a Cuba e Venezuela.

Diga-se de passagem, Cuba e Venezuela passaram a ser tratados como os piores lugares no mundo para se viver. Embora, não se apresentem provas. Basta dizer-se que são comunistas.

Algo que o brasileiro comum acredita ser a pior coisa do mundo, desde que durante a Primeira Guerra Fria essa imagem foi construída, justamente para que a população se apegasse ao capitalismo, assim, evitando-se a adesão dela a movimentos contrários ao capitalismo.

Diga-se de passagem, nesse ponto trabalhou-se muito bem com a ignorância que prevalece entre a população. Isso porque comunismo/socialismo e capitalismo são contrários entre si, contudo, capitalismo não é obrigatoriamente democrático, nem comunismo obrigatoriamente totalitário.

Obviamente, essa imagem distorcida e construída para enganar ao povo assemelha-se `aquelas versões antigas do tipo: “chupar manga e tomar leite é veneno”.

Na verdade, isso foi criado `a época da escravidão. Era para que os escravos so chupassem mangas, que sobravam no mato, e não tomassem leite. No passado funcionou. E parece que na atualidade, muita gente continua bobo ainda!

Criada então a figura do inimigo publico numero 1, (PT e Lula), restava criar a figura do herói que o destruiria. E a pessoa escolhida para o papel foi o juiz Sergio Moro, juntamente com seus auxiliares e subsequentes colegas do TRF4 de Porto Alegre.

Não preciso entrar em detalhe a respeito do que se fez para construir a falsa imagem de São Jorge na pessoa do juiz.

Era assiduo no trabalho. Havia condenado outros petistas durante a operação apelidada de Mensalão. Explorou-se ate a imagem dele indo a restaurante de segunda classe e carregando marmitex.

Enfim, virou uma verdadeira copia de obra prima de Michelangelo, porem, escovada e restaurada. Eh! Um santo! Como os da época do Barroco Mineiro, particularmente em pleno Ciclo do Ouro.

Representa exatamente um São Jorge, somente na parte que compete a matar o dragão. Santo pela necessidade de se explicar um fato desconhecido na natureza, mas que nada se sabe do que fazia durante a vida para merecer o altar.

E o que mais atrai aos amigos/adversários passa justamente por essa fama de justiceiro, juiz carrasco. Exatamente porque essa é a melhor imagem que o fascismo atribui a seus heróis.

Afinal, a justiça não sem motivos é representada pela balança e a venda nos olhos. A venda era para não olhar a quem julga e a balança indicaria o equilíbrio, não escolhendo torcendo nem para a acusação nem para a defesa. Cada uma com seu peso exato.

Em ultimo caso, o uso da espada, por ser metodologia antiga, representa apenas a condenação, porem, daqueles que comprovadamente são culpados.

A imagem de santo para o juiz talvez tivesse colado e permanecido, caso o publico não tivesse sido obrigado a conviver com ele e sua equipe o tempo suficiente para que se coma pelo menos uma meia saca de sal. Saca de 30 kg como antigamente se comercializava.

Os defeitos dele como profissional da justiça ja estão mais que atestados pelos juristas e jurisconsultos que analisaram sob o prisma das leis a sentença que ele proferiu contra o ex-presidente Lula no caso Triplex.

Mas foi justamente para evitar esse escrutínio que ele e seus asseclas se associaram com tantos bandidos, especialmente aqueles que controlam a mídia oligárquica brasileira.

Diga-se de passagem, para se basearem quase exclusivamente em acusações por delações premiadas, isso caracteriza melhor a promiscuidade do justiceiro com o banditismo.

Alem, claro, das chamadas redes sociais, com sites financiados não se sabe por quais interesses, cuja função única tem sido a de produzir e distribuir panfletos ideológicos contrários aos acusados.

Por isso deve-se entender que o objetivo dos golpistas nunca foi o de escudar-se nas leis para combater Lula e o Partido dos Trabalhadores. Sabiam que a lei era insuficiente para o que inventariam.

Mas o que inventariam era suficiente para encaixar-se na narrativa criada. Iriam combater monstros! E do lado deles pairava um santo!

Esse imaginario foi suficiente para angariar uma torcida enorme que acreditava em tudo que saia da trama. As pessoas não são culpadas. São malinformadas e não estão preparadas para aceitar a realidade.

Nossos ancestrais acreditaram em São Jorge e tantas outras coisas. Algumas pessoas acreditavam em mula-sem-cabeca e saci pererê.

Por mais absurdas que essas comparações possam parecer, nos precisamos saber que a manipulação da opinião publica não é ficção. Existem profissionais justamente ocupados em criar meios para ludibriar o publico comum.

Profissionais de marketing são especialistas justamente nisso. E isso ja não é mais empírico como era na época de Ramsés II. Ja passou a ser ciência. Existem profissionais tão confiantes em sua capacidade de enganar que dizem ser capazes de vender gelo aos esquimós.

Creio que mais que usar argumentos para explicar a realidade que esta se passando no Brasil atual, melhor será compartilhar mais um video. Trata-se de uma peça produzida pelo jornalista Reinaldo Azevedo.

Reinaldo Azevedo é um militante anti-petista que se diz liberal. Igualmente fala que não tem vínculos com a direita, embora, o liberalismo, todos sabemos, defende os principais pontos programáticos do direitismo. Ou seja, capitalismo em primeiro lugar.

O jornalista militou muito a favor da demonização do Partidos dos Trabalhadores e seus dirigentes. Mas parece que teve um repente de raciocínio quando percebeu que o objetivo não era o de construir uma democracia liberal, mas pura e simplesmente eliminar o mais forte concorrente do direitismo no Brasil.

Então, abra-se e veja-se o que ele discorre a respeito das atitudes do juiz Sergio Moro. Ele fala particularmente a respeito de uma entrevista do juiz dada `a Rede Globo de Televisão, holofote dos anti-petistas e da direita, no mesmo dia em estava sendo julgado, o que resultou em derrota do Lula, um embargo `a sentença de primeira na segunda instancia.

https://www.facebook.com/Falandoverdades.com.br/videos/1606092849506029/?hc_ref=ARQinI1xALxBR41Tyw6ITnZz8yrnprSoSvGNRjuhxkEDvWJa-XMNXn0iNKjVgvf7k0M

Obviamente, não se sabe do quanto ha de sinceridade em quaisquer dos dois atores, tanto o Reinaldo quanto o juiz Sergio Moro. Mas se não fosse essa a intenção, Reinaldo Azevedo deixou claro que a imagem de santo do juiz foi fabricada e a sentença dele, devido `a opinião dos juristas, é inconstitucional.

Observe-se que não ha discussão em termos de culpabilidade ou inocência do ex-presidente Lula. Ai, como ja o fez em outro programa, deixa clara a manipulação do processo. O que so pode ser interpretado como uma tentativa de impedir a candidatura dele nas eleições de 2018.

E esse deve ser o grande trunfo a favor do ex-presidente. Isso porque, se para tira-lo do caminho estão sendo usados meios absolutamente ilegais, então, as culpas que possa ter não são suficientes para prende-lo ou afasta-lo do pleito eleitoral.

Isso, praticamente, tem o efeito de reconhecimento de inocência ou, no mínimo, de veredito pro-reo. Ou seja, podemos ate ter certeza que tem culpa, mas como não temos provas suficientes para condena-lo, a lei nos obriga a dar liberdade.

Com isso torna-se absolutamente claro que, a figura do santo não passa de mais uma fabricação daquelas tão comuns na Historia do Mundo e da Política Brasileira.

########################################

14 CONCLUSOES.

Embora os amigos/adversários irão interpretar no sentido oposto, esse texto não foi escrito para isentar ao Partido dos Trabalhadores, nas pessoas de seus representantes, membros e simpatizantes de crimes e pecados.

A função aqui não passa por uma analise rasa como tal interpretação quando houver. A isenção ou não de culpas não pode ser analisada por nos os leigos que temos tido oportunidade de acompanhar os fatos via internet, opiniões e escritos.

A base que tenho, somente a respeito do Caso Triplex, da dedução de insuficiência de provas, esta centrada no parecer de profissionais da área do direito que estudaram as sentenças e, segundo esses, não ha base justificável para condenação.

Tirando isso, o objetivo aqui foi o de verificar os fatos divulgados. E soma-los dentro de uma lógica que permitiria dizer sem interferência de duvidas se o sistema governado pelo Partido dos Trabalhadores lhe permitiria ser tudo o que os seus adversários dizem que ele é.

As conclusões foram as de que é impossível um partido sozinho ter sido responsável pela decadência do pais em tão pouco tempo de governo sendo que todos os indicativos estatísticos mostravam justamente o contrário, ate ao momento em que foi deflagrada contra ele a grande campanha de “caça as bruxas.”

Dizer que o Partido dos Trabalhadores quebrou o pais, sem verificar as estatísticas e sem dar ouvidos `aquilo que o senador Aecio Neves declarou nas tribunas, e sem verificar que isso realmente foi levado a cabo, seria o equivalente a dar falso testemunho.

Em resumo, por via de fatos, pode-se verificar a existencia do golpe com as participações especiais da parte suja dos legislativo e judiciário. Mas a trama jamais ocorreria sem o apoio de militares, partes do executivo, setor econômico, setor midiático e do intervencionismo externo.

Especificamente pudemos apontar que o dizer do juiz Sergio Moro a respeito de que o PSDB não era investigado porque não fazia parte do governo a partir de 2003, mas sim o PT que era recém-chegado, não passa de uma cortina de fumaça para ocultar o golpe.

Com tal afirmação poderíamos supor que o juiz seja um completo néscio. Mas em função do cargo que ocupa preferimos reconhece-lo como malversador.

Isso porque ele mostra uma analise rasa dos fatos, com a intenção de faze-lo, ja que atribui ao fato de um partido estar no governo ser mais importante que o de ter o poder, que era o caso do PSDB.

Ter o poder, como ja inferimos, brota especialmente de quem tem o dinheiro a seu favor.

Estar no governo, sem ter o poder, torna-se uma areia movediça. Isso porque ser governo apenas implica em possuir um capital de barganha movediço.

Durante as eleições os políticos conseguem mobilizar as milhões de pessoas que irão votar.

Mas torna-se impossível manter esse eleitorado em regime de campanha durante a governança, portanto, o eleito para o governo cai no ciclo vicioso se não tiver aliados verdadeiros e suficientes para  fazer um governo autentico como prometeu, tendo que negociar quaisquer tentativas de realizações com oposições contrárias a seus programas.

Haver-se-ia que pensar em solução para o problema. Algo que poderia ajudar, no caso brasileiro, seria mover as eleições de parlamentares para o segundo turno, ou depois do presidente eleito no primeiro turno.

Com isso, o presidente eleito ou os dois em disputa no segundo turno teriam maiores chances de obter pelo menos uma metade do congresso comprometida com seus programas. O que evitaria, em tese, a barganha que descaracteriza o programa de governo que o presidente propôs ao eleitorado.

Da forma como o sistema brasileiro opera observa-se que os presidentes eleitos tornam-se reféns do sistema conhecido como toma-la-da-ca. Independentemente da honestidade ou não do principal agente do executivo no pais.

A questão do poder, e não de governo, durante os governos petistas, mostra-se altamente relevante quando se compara a desproporção entre o numero de congressistas e de governadores comprometidos com as diretrizes de governo do Partido dos Trabalhadores, que foram eleitos `a mesma época.

Mesmo somando toda a bancada conhecida como de esquerda, cujas linhas de política se assemelham, observa-se que sempre houve um detrimento numérico considerável contra o governo.

Sabe-se que, em media, os representantes do povo brasileiro não possuem o necessário espirito publico, ou seja, temos que deixar de lado algumas questões ideológicas quando deparamos com situações em que confrontos de vaidades apenas prejudicam o bem do povo.

Nesse caso, foi observado que antes do processo de impeachment começar, a maioria do congresso uniu-se em torno da liderança do senador Aecio Neves que ja havia declarado que quebrariam o pais para provar para a presidenta Dilma que o poder pertencia ao legislativo.

Ou seja, indiretamente ele deixou provas da culpa nos mal resultados que o pais passou a ter a partir dai. Mas como ele não poderia fazer isso sozinho, fica clara a culpa de quem o apoiou no congresso.

Nem precisava dar maior ênfase a que as gravações nas quais o senador Romero Juca declara expressamente que o golpe estava em andamento, nos quais os chefes das forças armadas e a mídia eram partes preponderantes.

Nada mais clássico para identificar agentes do conflito como a participação da entidade patronal Fiesp em toda a trama. A patrocinadora do “pato” e as passeatas na Avenida Paulista denunciam o participação explicita como golpista e não na defesa da democracia.

A mídia oligárquica, Febraban, OAB, Maçonaria, todas deixaram suas impressões digitais na cena do crime.

Alem desses, agentes conservadores religiosos demonstraram que tem o poder de manipular para fins eleitoreiros o seu rebanho de fieis. Essa participação não se tratou de aconselhamento entre o que seja certo ou errado. Tratou-se de insuflar o publico contra os governantes.

Não devia dizer aqui, mas isso foi uma flagrante desobediência aos conceitos religiosos cristãos. E, por outro lado, uma completa violação ao respeito que Igreja e Estado devem um ao outro. A flagrante interferência de um com o outro nunca resultou em benefício para o povo.

Enfim, as questões das acusações contra o Partido dos Trabalhadores e seus representantes não ficaram provadas. O dizer que as urnas eletrônicas são violáveis e que eles usaram disso para eleger presidentes esbarra nos próprios resultados das eleições.

Se eles tivessem o poder de cometer tal crime, elegeriam número suficiente de fieis tanto no congresso quanto nos governos estaduais, pois, todos sabemos que um presidente sem esse apoio não faz nada, senão o que os outros permitem.

Alem do mais, a fiscalização eleitoral e o controle do que acontece ou não `as urnas eletrônicas cabe ao poder judiciário. Se houve fraude, esse poder participou.

E como os resultados legislativos e estaduais foram desfavoráveis ao Partido dos Trabalhadores, elimina-se a participação em conjunto.

Ficou também desfeita a pretensa imagem de santidade para o juiz Sergio Moro. Não porque o jornalista Reinaldo Azevedo disse alguma coisa. Mas sim porque o próprio Sergio Moro disse o que disse.

E ele afirmou que o auxilio moradia que recebe seria justo porque não tinha tido aumento salarial. Alem de ser um desrespeito `a grande maioria de funcionários públicos que não percebem salários de juizes, mostra-se torpe porque sobre o auxilio não incidem os devidos impostos que pairam sobre os salários.

Outra pérola da entrevista que concedeu `a Rede Globo foi defender a ideia de que o advogado Rodrigo Tacla Duran seria um bandido e que a palavra dele não era suficiente para as acusações que fez aos amigos do juiz.

Sergio Moro deveria ater-se aos fatos e não atacar a pessoa. O que comprova se uma denuncia será verdadeira ou não são as investigações.

O juiz recusou-se a investigar as denuncias do advogado. Ao mesmo tempo que baseia seus casos nas “delações premiadas” obtidas de transgressores das leis, ou seja, bandidos.

Enfim, o que se pode deduzir dos fatos gerais que estão atualmente ocorrendo no Brasil é que o pais foi transformado em um mundo fictício. Dizem que: “A vida copia a arte”.

A arte que tomou conta da política brasileira é muito parecida com aquela que as vacas fazem nos currais, enquanto estão esperando pelo momento de ser ordenhadas!

##########################################

15. 04.04.18, URGENTE.

A década dos anos 60 não foi fácil para mim. Em 1968 eu completaria 10 anos de idade, Aos 5 anos faleceu minha avo paterna, de causas naturais e aos 70 anos de idade.

Não foi a primeira lembrança de minha infância pois isso seria de menor importância para a criança se não tivesse as recordações do carinho que ela tinha por nos. Mas essa foi a minha tomada de consciência da finitude humana.

Recordo-me dos assassinatos do ex-presidente John Kennedy, poucos meses após ao falecimento da avo, e do irmão dele, Robert (Bob) Kennedy. Não deveria ser chocante para mim, não houvessem sido eles tão idolatrados pelos brasileiros. Alias, sem os devidos motivos!

A minha comoção era mais um reflexo do sentimento transmitido pelos adultos que propriamente próprio. Mas o sentimento era sincero.

Alem desses, naqueles dias houveram 3 assassinatos distintos em minha pequena cidade. Três pessoas mortas. Em se comparando aos assassinados nos Estados Unidos, em relação ao mundo, os 3 assassinados tinham igual respeito em relação `a cidade.

Nesse caso, o choque foi muito maior para uma criança pelo fato de conhecer pessoalmente e ter grau de parentesco com duas delas. A intimidade com a família do terceiro era tal que o igualava aos familiares.

Algo estranho foi eu não lembrar-me sequer do noticiário, comentando o falecimento do reverendo Martin Luther King Jr. no dia 04 de abril de 1968. Morte essa provocada pelo tiro assassino de um branco supremacista.

`A epoca, não tinha ideia do ferver do caldeirão que estavam sendo as lutas pelos direitos civis nos Estados Unidos. Vivia-se aqui o apartheid.

Enquanto no Brasil vivia-se na Ilha da Fantasia, sob os auspícios de uma ditadura militar que a tudo censurava, dizia-se que não havia conflito racial e que a população de cor estava pacificamente integrada `a sociedade.

Logicamente, não se dizia que o Brasil não possui generais, governadores, presidentes ou quaisquer outros cargos e posições sociais importantes que não fossem ocupados por pessoas de claríssima ascendência europeia.

E mais tarde colocaram um ministro de ascendência japonesa, ministro de minas e energia, Shigeaki Ueki. Alias, não estava em meus planos mencionar a pessoa. Apenas surgiu em minhas lembranças.

Porem, para certificar-me que estava correto em relação `a datação, revolvi ir ao Google e encontrei uma matéria da Valor. Ali ha a denuncia que ele teria sido o primeiro diretor da Petrobras a receber propinas. E isso remonta `a ditadura das épocas de Geisel e Figueiredo. Ai esta o artigo:

http://www.valor.com.br/politica/5159196/presidente-da-petrobras-recebe-propina-desde-era-geisel-diz-delator

Retornando desse desvio de rota. O que eu queria mencionar mesmo foi que nunca houve no Brasil nenhuma democracia racial. Pelo menos, não para os nativo e afrodescendentes.

Não posso afirmar que a ditadura tenha filtrado de forma absoluta o que estava acontecendo nos Estados Unidos em relação `as lutas pelos Direitos Civis. Mas desconfio que sim, pois, essa foi uma luta claramente vinculada ao povo afro. Poderia ter sido visto como “mal exemplo” para os brasileiros.

Na verdade, naquela época, o povo afrodescendente era considerado muito bom. Sem a consciência que aqui nos Estados Unidos todos tinham, de que: “Todos foram criados iguais”, como esta expressamente ditado pela Constituição do pais, vivia como os bois que: “Não conhecem a força que tem”.

Mas nada posso dizer a esse respeito, se eu não fiquei sabendo devido `a supressão ou se estava distraído com outras atividades. A gente ficava sabendo dessas coisas através dos pais, pois, enquanto assistiam ao telejornal, as crianças saiam para a porta da casa bater peteca ou outra atividade de lazer.

Também coincide ter sido no intervalo do assassinato e antes do mês de julho que sofri a amputação que tenho do polegar da mão direita. Acidente acontecido em maquina de fazer massa de pão do nosso vizinho. Lembro-me que o sofrimento dessa perda foi semelhante ao de perder um ente querido.

O importante aqui será gravar que ontem, 04.04.18, celebraram-se muitas exéquias pela passagem dos 50 anos do assassinato do dr. King. Única pessoa nascida no século XX que marca um feriado no calendário, nos Estados Unidos.

Não tem dia dos presidentes assassinados. Não tem dia do melhor presidente do pais. Mas temos dia do mártir dos Direitos Civis que, por coincidência, faz parte de uma das minorias perseguidas durante toda a Historia.

Nada posso afirmar quanto a isso mas pareceu-me suspeito que o julgamento do Hábeas Corpus do ex-presidente Lula se desse exatamente nessa data. Certo. Os brasileiros não celebram.

Mas o entendimento esta no outro lado do mapa, aqui nos Estados Unidos ha celebrações que ocupam boa parte dos noticiários por dias. No dia, praticamente se mostram apenas os flashs delas ocorrendo em todo o pais.

Isso pode ser uma considerável evidencia do envolvimento dos Estados Unidos no complo que esta ocorrendo no Brasil. O julgamento do Hábeas Corpus do presidente Lula foi interrompido anteriormente e remarcado para esse dia 4.

Ai diriam que foi coincidência. Bom, coincidência seria se o calendário não tivesse tantas outras datas. Portanto, as chances são maiores de que tenha sido escolha.

Mas o que isso tem a ver? Tem a ver com a quase nenhuma atenção dispensada pela imprensa dos Estados Unidos `as tribulações que estão acontecendo no Brasil. Também isso não deveria ser coincidência e sim trama.

Por que? Simples. Ora, um pais da importância do Brasil, em todos os sentidos: estratégico, comercio, mercado de consumo, reservas minerais, produção de alimentos e uma das maiores economias do mundo.

Ou seja, grande razão de preocupação para o mundo inteiro. Contudo, passando pela crise institucional que esta passando e isso não despertar o interesse da imprensa internacional, especialmente a dos Estados Unidos que domina quase tudo! Meu olho esquerdo enxerga tanto quanto o direito!

Ha muito eu venho comentando que esse desinteresse não passa de uma tática para evitar que a população se interesse pelo assunto e veja o que esta sendo praticado no Brasil. E também venha a saber que as instituições dos Estados Unidos estão envolvidas.

Não foi atoa que ja mencionei a interferência do Facebook. Hoje ja anunciaram que essa firma entregou 87 milhões de contas aos manipuladores dos resultados das eleições no pais e no Brexit.

Isso para um sistema que intencionalmente queria manipular as eleições e o plebiscito. Ja vazou que mais de 1 bilhão de contas foram repassadas aos interesses econômicos. Por enquanto, esta se dizendo que eram apenas firmas comerciais que queriam as contas para divulgações.

A “coincidencia” das datas do julgamento do ex-presidente com o do assassinato do dr. King poderia ser uma forma “inteligente” de desculpar-se da falta de divulgação do que esta ocorrendo no Brasil. Mas deixemos essas conjecturas de lado.

Para mim não foi surpresa alguma a negação do Hábeas Corpus. Isso estava dentro do “combinado”. E a aprovação pelo votos de 5 X 4, com a decisão final feita pela presidenta Carmem Lucia, apenas cimenta a ideia: não mais de “Kangaroos Courts”, mas sim a de Judiciário Canguru Brasileiro.

Temos que nos lembrar aqui que a presidenta do Supremo Tribunal Federal não apenas era a favor de manter a prisão preventiva dos julgados em segunda instancia. Ela manobrou de forma descarada para que o processo de inconstitucionalidade dessa decisão não fosse julgado antes do HC.

Mas essas são conjecturas sem maiores importâncias, pois, da forma como as instituições brasileiras estão unidas contra o ex-presidente e a favor do golpe, seria duvidoso que aquele processo não recebesse apenas um não como resposta.

A desculpa seria a de que o que esta escrito na constituição, embora um dos autores do texto constitucional, o dr. Sepulveda Pertence, dissesse o contrario, poderia ser interpretado de duas formas opostas e que aquela corte poderia decidir com todos os seus poderes.

Acredito que a unica esperança agora seria a corte internacional. A Comissão de Direitos Humanos da ONU, a meu parecer, deveria ser acionada em caráter de urgência para julgar o impetrado pela defesa do ex-presidente.

Não tenho como antecipar nenhuma decisão. Apenas acredito que, ate onde estou informado, as violações cometidas pelas cortes brasileiras e instituições do pais devem ser condenadas.

Essa resposta, porem, pode não dar tempo suficiente ao ex-presidente Lula para concorrer `as eleições de 2018. Nesse caso, o golpe poderá estar fadado ao êxito, e os crimes de toga compensarão!

Mas as consequências podem não compensar como pensam os apressados. O gozo deles será passageiro porque terão que conviver com um pais em convulsão constante dagora para frente.

E, em segundo lugar, particularmente os membros do judiciário brasileiro serão os mais atingidos. Logicamente, eles perderão todo e qualquer respeito que acaso tiverem no exterior.

Quando se falar em advogado brasileiro no exterior, a expressão será tida como piada. Alguém em busca de algum contrato em firma internacional não poderá apresentar diploma de faculdades brasileiras sem levantar a suspeita da ma qualidade.

Ate o juiz Sergio Moro será incluido como vitima de si mesmo. Como se sabe, a Universidade Notre Dame, que se localiza na parte mais conservadora dos Estados Unidos, o chamado “Bible Belt”, Estado de Indiana, concedeu a ele um prêmio de reconhecimento por combate `a corrupção.

O que se pensara de uma universidade dessa projeção, se ela mantiver tal premiação a uma pessoa que presida uma “Kangaroo Court”?!

Penso que todos os conceitos serão reavaliados. E o Brasil será submetido a uma condição de inferioridade em todos os sentidos. Inclusive em sua pauta comercial. O pais terá que oferecer produtos mais que baratos para não ser chutado dos acordos internacionais.

Esse foi um risco que os golpistas, sabendo o que faziam, estão submetendo o povo brasileiro. Mas ninguém de fora ira chorar por ele.

Nunca vi choro porque os povos de Cuba, Venezuela, Síria e outros estão sofrendo. Se o povo fosse a intenção, nunca teriam permitido os bloqueios e as sanções, pois, essas apenas dão forças aos ditadores. Uma vez fortalecidos é que oprimem mais.

O Brasil ja viveu a ditadura militar e enquanto o povo não saiu `as ruas para dar um basta, ninguém de fora o socorreu. Como diz o ditado: “Quem não chora, não mama”.

Se o povo não gritar pelo retorno da democracia e se o som dos que querem a ditadura for mais alto, vencera o que fizer maior barulho.

#############################################

16. LULA PRESO.

Nao sei se o video permanecera na internet. Trata-se da missa ecumenica em sufragio do aniversario de 68 anos de dona Marisa Leticia, esposa falecida do ex-presidente.

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/acompanhe-ao-vivo-a-movimentacao-de-lula-e-de-manifestantes-expectativa-e-que-ele-se-entregue-hoje/

Parece que os meios de comunicação oligárquicos brasileiros estão boicotando as noticias de momento. Mas podem também estar sendo impedidos de apresenta-las, pois, como fazem parte do movimento golpistas, seria um contra-senso se os petistas permitissem o acesso ao que esta sendo combinado.

Não faz diferença. Hoje é dia 7.4.18, ja se esgotou em muito o prazo dado para ele entregar-se `a policia em Curitiba. A militância deseja a resistência. Como foi observado durante a missa, que se opte pela resistência pacifica.

E como os amigos/adversários estão intervindo em minhas publicações, estou lhes esclarecendo as realidades. Posto aqui algo de minhas respostas:

A questão que passa nesse momento, porem, é o caso chamado Triplex. No qual o Lula foi acusado e condenado.

Segundo todos os jurisprudentes independentes ou ate de vies politico contrário aos interesses do Partido dos Trabalhadores, não haviam provas suficientes para a condenação. Então, o único veredito possível no caso seria o “pro-reo”, ou seja, “In dúbia ….”. A condenação se deu sem a presença de provas suficientes.

Não se trata de dizer que Lula seja inocente. Trata-se de dizer que, não existem provas que não deixem duvidas quanto `a culpa dele.

Você precisa entender que, não adiantaria os adversários o terem acusado de ladrão e dizerem que ele seja culpado em outros casos. Esse jamais poderia ser o caso.

Isso porque `a luz da justiça, cada caso é um caso. Porque a pessoa possa ser culpada em outros casos, ela não pode ser condenada em outro que não ha provas suficientes contra ela.

Nesse caso ele estaria livre se não houvessem as pressões e intenções para prende-lo. Ai mora a dicotomia da justiça. Ela era para ser cega nessa situação, mas ficou mais que claro que a venda que esta sendo usada ficou transparente.

Não que não haja culpa em outros casos. Aqui esta se dizendo que houve o expresso convencimento de grande parte da população brasileira que ha alguma culpa em qualquer lugar ou ocasião.

O seu argumento de que os ricos compram sentenças no Brasil (na verdade isso se da no mundo inteiro) não ajuda em nada nesse caso.

Isso porque os inimigos do Lula não são pobres. Muito pelo contrário. São eles que estão com o poder e o dinheiro nas mãos. Portanto, se alguém esta comprando o veredito são eles.

O Lula esta apenas exercendo seus direitos, ou seja, defender-se. Em uma democracia verdadeira não se nega o direito de defesa nem mesmo aos piores bandidos do mundo.

Ate os nazistas que eram claramente culpados das atrocidades que cometeram tiveram direitos de defesa garantidos. Isso em um tempo em que a Declaração dos Direitos Humanos era apenas uma intenção boa, não uma realidade.

E vejam so! Por trás de todo aquele surto de moralidade que caracterizou o pós-guerra os governos dos Estados Unidos, da Inglaterra e da antiga União Soviética foram atrás de milhares de criminosos nazistas.

Mas não para prende-los ou fazer sofrer alguma represália judicialista. Os Estados Unidos lançaram a chamada “Operação Paperclip”, com a finalidade de capturar especialistas. Milhares deles foram secretamente admitidos no pais.

Os alemães tinham conhecimentos que estavam muito avançados em relação ao resto do mundo. E foi graças `as ciências que eles possuíam, transmitida pelos cientistas capturados por aqueles países, que foi possível esse salto monstruoso da tecnologia que existe atualmente.

`As vezes o método punitivista que o ultraconservadores abraçam com tanta facilidade acaba impondo barreiras aos avanços da humanidade. Se aqueles países tivessem ouvido o clamor popular, teriam que matar todos os cientistas nazistas. E hoje ja poderíamos ter vivido a III e mais recente Guerra Mundial.

O que torna-se impossível afirmar ainda é que foi feita uma bela troca. Isso porque, ainda, não tivemos a III Guerra! Mas, após tanto avanço tecnológico que ajuda, ha também o equivalente avanço em termos de armas de destruição em massa.

Talvez, se tivéssemos tido a III Guerra Mundial com menos tecnologia que hoje temos, pudesse haver chance de algum remanescente humano sobreviver a ela. Atualmente, não ha chances disso ou, se houver, não permanecerá por muito tempo alem daquela guerra. Será uma longa, triste e penosa sobrevivência.

Atualmente, os inimigos dos Lula estão querendo agir como se os nazistas tivessem vencido a guerra e eles fossem os garantidores das liberdades ou não. Tudo esta sendo invertido. Inclusive o dito: “Todos são inocentes ate que se prove o contrario”, foi castrado por eles.

O que os amigos/adversários não estão percebendo foi que não estão humilhando ao Lula como gostariam. Ele ira para a cadeia e deixara de ser o único presidente brasileiro respeitado no mundo inteiro.

Transformando-o em mártir, ele ganhara status semelhante a Gandhi ou Madiba (Nelson Mandela). Querendo ou não, quem for contra ele passara pela vergonha de se-lo. Mesmo que não reconheça ter cometido o erro.

O mesmo peso do julgamento que o Lula esta sofrendo agora recairá sobre os que o julgam. Mas contra esse julgamento, não haverá recursos.

Observem que Jesus, Joana d’Arc, Jeronymo Barbalho, George Washington, Tira-dentes, Frei Caneca e tantos outros eram culpados perante `as leis penais que os regimes sob os quais viviam impunham a seus cidadãos.

Antecipando-me aos fanáticos, acreditar na divindade de Jesus não o isenta da realidade da época em que vivia. Alguns de nos vive em democracias, ele não. E pelas leis da ditadura da época ninguém podia desafiar os arbítrios das “autoridades” constituídas.

Qualquer um que se dissesse “Filho de Deus”, tinha que ser condenado `a morte. Mas ele era apenas um semi-Deus. A parte humana dele estava ligada, pelo menos, `a mãe dele, pois que senão, não seria descendente de David e, como tal, não seria Cristo, ou seja, o Messias esperado.

Assim, a parte humana que ele carregava estava em descumprimento da lei. E isso se cumpriu, pois, a carne foi morta, não o espirito.

Em relação aos outros, incrivelmente, exceto Jeronymo Barbalho, as leis eram claras quanto `as suas dissidências. No entanto, ao invés de George Washington ter recebido o mesmo tratamento, tornou-se o pai de uma nova nação. E atualmente tornou-se cultuado quase como uma pessoa divina.

Mas isso porque ele foi mais esperto e venceu suas batalhas, graças a muita sorte e preparo. Alias, diga-se de passagem, estava em pior situação que o Lula esta hoje. Se fosse pego, muito provavelmente tornar-se-ia apenas um personagem sonhador como Tira-dentes.

Lula esta numa situação na qual: se for solto voltara `a presidência do Brasil e terá a chance de provar ou não que foi melhor que todos os outros. Se morrer na prisão, será mártir para sempre.

E tudo o que acontecer de ruim ao Brasil e aos brasileiros virara culpa dos adversários dele. Não se apaga tão facilmente uma historia como a dele depois que ja foi escrita, faltando apenas as conclusões.

Anúncios

13 ESTRELAS = MULHER

julho 21, 2010

CONTEUDO DESTE BLOG – ALL CONTENTS

0. PURA MISTURA

https://val51mabar.wordpress.com/2016/11/26/trumpando-o-eleitor/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/09/17/ridiculosamente-falando/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/06/08/conspiracoes-alienigenas-tesouros-desaparecidos-e-dominacao/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/12/23/aliens-conspiracies-disappeared-treasures-and-dominance/

1. GENEALOGIA

https://val51mabar.wordpress.com/2017/03/11/a-historia-e-a-familia-barbalho-coelho-andrade-na-historia/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/12/04/500-anos-de-historia-e-genealogia-da-presenca-barbalho-no-brasil/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/10/22/encontro-jose-vaz-barbalho-mais-uma-vez-e-outras-noticias-para-a-familia-coelho/

https://val51mabar.wordpress.com/2016/03/25/os-rodrigues-coelho-e-andrade-do-carlos-drummond-em-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/07/22/um-nosso-lado-cristao-novo-e-talvez-outro-paulistano/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/05/10/nos-os-nobres-e-a-avo-do-juscelino-tambem-pode-ter-sido-barbalho-coelho/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/03/07/algumas-notas-genealogicas-20132014/

https://val51mabar.wordpress.com/2014/04/14/genealidade-e-genealogia-de-ary-barroso/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/12/06/genealogias-de-familias-tradicionais-de-virginopolis/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/30/barbalho-coelho-pimenta-no-site-www-ancestry-com/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/09/11/barbalho-pimenta-e-talvez-coelho-descendentes-do-rei-d-dinis/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/02/24/historico-do-povoamento-mineiro-genealogia-coelho-cidade-por-cidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/23/a-historia-da-familia-coelho-do-centro-nordeste-de-minas-gerais/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/04/24/a-familia-coelho-no-livro-a-mata-do-pecanha/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/03/arvore-genealogica-da-familia-coelho-no-sitio-www-geneaminas-com-br/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/09/22/ascendencia-dos-ancestrais-jose-coelho-de-magalhaeseugenia-rodrigues-rocha-uma-saga-a-ser-desvendada/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/01/17/a-heranca-furtado-de-mendonca-no-brasil/

2. RELIGIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2011/05/29/a-divina-parabola/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/01/28/o-livro-do-conhecimento-de-deus/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/01/22/carta-de-libertacao/

3. OPINIAO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/01/03/israel-as-diversas-verdades-e-o-padececer-da-palestina-e-outros-textos/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/26/faixa-de-gaza-o-travessao-nos-olhos-da-humanidade/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/05/12/neste-mundo-so-nao-eh-gay-quem-nao-quizer/

4. MANIFESTO FEMINISTA

https://val51mabar.wordpress.com/2010/07/21/13-estrelas-mulher/

5. POLITICA BRASILEIRA

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/16/o-direcionamento-religioso-errado-nas-questoes-eleitorais-brasileiras/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/10/19/resposta-de-um-neobobo-ao-excelentissimo-sr-ex-presidente-fernando-henrique-cardoso/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/08/01/miilor-melou-ou-melhor-fernandes/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/05/carta-ao-candidato-do-psol-plinio-de-arruda-sampaio/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/

6. MISTO

https://val51mabar.wordpress.com/2014/06/08/a-iii-gm/

https://val51mabar.wordpress.com/2013/11/06/trilogia-de-variedades/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/12/30/2012-in-review/

https://val51mabar.wordpress.com/2012/07/02/familia-barbalho-coelho-no-livro-a-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/03-o-menino-que-gritava-lobo/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-i/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-ii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/minhas-postagens-no-facebook-iii/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/01/25/meus-escritos-no-facebook-iv/

https://val51mabar.wordpress.com/2015/02/14/uma-volta-ao-mundo-em-4-ou-3-atos-politica-internacional-do-momento/

7. IN INGLISH

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/02/the-nonsense-law/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/21/13-stars-woman/

https://val51mabar.wordpress.com/2011/10/05/the-suicidal-americaa-america-suicida/

https://val51mabar.wordpress.com/2010/08/25/100-reasons-to-amnesty-the-undocumented-workers-in-united-states/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/25/about-the-third-and-last-testament/

https://val51mabar.wordpress.com/2009/09/12/the-third-and-last-testament/

8. IMIGRACAO

https://val51mabar.wordpress.com/2010/06/17/imigracao-sem-lenco-e-sem-documento-o-barril-transbordante-de-injusticas/

 

INDICE:

09. JESUS E A MALDADE DAS CRIONCAS!!!

10. PRATICA DA VIDA

11. MORO: UM BANDIDO QUADRILHEIRO DE TOGA E UM POLITICO NA FAMILIA!

12. E ONDE CE JA VIU COMUNISMO/SOCIALISMO DA CERTO?!!!

13. 13 ESTRELAS: MULHER.

#############################################################

 

08. JESUS E A MALDADE DAS CRIONCAS!!!

Quando Jesus esteve na Terra ele deixou-nos um ensinamento curioso: “Sê como as criancinhas, porque delas eh o Reino dos Céus.”

Pois, então, nunca em um milhão de anos eu pensei que isso fosse literal. Para mim ele recomendou sermos puros de coração.

O que eu menos esperava mesmo era que dois lideres de potências nucleares pudessem chegar ao nível que chegaram Kim Jong-un e Donald Trump.

Uma pena terem chegado ao poder somente após terem atingido a segunda infância! Eh possível que na primeira fossem mais responsáveis!!!

OS AZARES E EU.

Desconfio que poucas pessoas sejam tão azaradas quanto eu. Alias, se eu confiasse na literalidade bíblica, diria que Jo sim foi muito mais azarado que eu. Embora, o positivismo dele transformou o azar em sorte.

Eu sou tão azarada que quando tenho bons pressentimentos não posso falar a respeito deles. Quando falo, automaticamente não acontecem.

Ou seja, quando falo coisa boa, eh batata, não da certo!!!

Inclusive não posso desejar mal a ninguém. Se desejar, estou certo que acontece. E se acontecer e eu tiver dito que desejei, em publico, haverá um juiz que ira acreditar que o que aconteceu somente poderia ter acontecido em função do meu desejo.

Pior, quando eu tenho um pressentimento de coisa ruim, basta falar, pois, sou tão azarado que da tudo certo!!!

Por isso se cuidem quando eu falo que pressenti alguma coisa ruim.

 

################################################################

 

10. PRATICA DA VIDA

acredito que voce entenda, so não compreenda o que se passa na política brasileira. Alias, você e todo o grupo que apoia o “CAM BURRAO DA DITADURA”. Posso te explicar de uma forma didática e fácil de entender.

Basta voce se perguntar: quantos cargos eleitos existem no Brasil? No artigo abaixo você encontrara respostas interessantes:

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/mulheres-so-ocupam-13-dos-cargos-eletivos-no-pais/

Você deve saber que são 27 unidades da federação. Portanto, são 27 governadores. O mesmo numero de vices. Alem disso tem assembleias. Sao 81 senadores, e mais de 400 deputados federais. Sao 5.566 municípios. Como você pode ver ao todo são mais de 60.000 representantes. Veja mais detalhes:

http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Materias/06cw/Estado_Brasileiro_Com_Maior_Numero_De_Municipios

Diante de tal quadro, imagine o “CAM BURRAO DA DITADURA” disputando as eleições! Quantos desses representantes o estarão apoiando ja no primeiro turno? Quantos ja pertencem ao partido dele ou se dispõem a coligar-se com ele? Quantos vão apoiar se sentirem que ele ganhara, com interesses próprios?

Faca as mesmas perguntas em relação aos outros candidatos. Ai se pergunte: Quais são as chances de ele se eleger?

Segundo passo. Imagine que ele dispute e se eleja. Ok!!! Não custa nada sonhar!!!

Eleito, ele colocara quem para auxilia-lo nos cargos chave do pais. Diga-se de passagem, somente os comissionados federais eram 22.495, em 2013.

Mesmo você pensando que ele ira fazer uma redução drástica na folha, e com isso comprara briga com 90% dos partidos que o apoiam, não da para pensar que ele ira enxugar de todo essa maquina.

Claro, voce tera que dar alguns descontos, pois, embora o numero de prefeitos seja dos mais de 5.000, existe a diferença entre os poderes de cada um.

Um prefeito de Sao Paulo terá mais peso que um de Virginópolis. Mas 500 cidades do tamanho de Virginópolis, mesmo possuindo população conjunta menor que a de Sao Paulo, terão mais poder, desde que se unam para isso. Eles elegem mais deputados.

Por ai você constatara que ele tera que negociar. E esse negociar representa fazer o mesmo que sempre se fez no Brasil antes, durante e depois dele existir.

Lembro-me bem da trajetória do Partido dos Trabalhadores. As promessas eram todas melhores. Mas chegou ao ponto da realidade. Prometer eh uma coisa. Encarar a pratica eh outra muito diferente.

Com a pureza ideologica, o PT tinha 30% do eleitorado brasileiro. Mas o numero de representantes que conseguia eleger dava para ser transportado por poucos aviões de passageiros de proporções medias, uns 3 ou 4.

Os partidos fisiológicos como o PMDB e o PSDB conseguem encher navios, isso porque eles querem o poder e pronto. Eh muito mais fácil encontrar gente para trabalhar com essa proposta que a de trabalhar por algum objetivo.

O PT se viu forcado a negociar. Isso porque perdeu 3 eleições seguidas porque foi puro de ideologia. E embora o povo quisesse que ele fizesse o que disse fazer, esse mesmo povo nunca lhe deu os votos dos quais ele precisava para governar sozinho.

E a situação tinha ficado precária com a segunda eleição do FHC. Ja haviam desfeito de grande parte do patrimônio do Estado. Tinham posto o Plano Real em risco de desmanche.

A inflação estava retornando quase igual fora antes. O nível do desemprego estava assustando. Metade da população ou tinha fome ou estava em petição de miséria.

E voce ainda pensa que o “CAM BURRAO DA DITADURA” ira ser capaz de governar sozinho ou somente com os amiguinhos íntimos dele?!!!

Lembre-se também que existe a sociedade civil a quem dar satisfação. Ele terá que se ver com a população LGBT, com os sindicatos que despreza, com os estudantes secundaristas e universitários, com as diversas igrejas que não o apoiam, com os movimentos negros, com a classe artística, com os indígenas, com a comunidade internacional etc.

Claro que alguns darão apoio. O mercado, por exemplo, não se interessa quem estiver no poder. A ele so interessa o quanto ira lucrar. Portanto, se for bonzinho com o mercado, não terá problemas com ele. Isso so depende de ele não mexer com a clientela do mercado, pois, se o fizer, pode imaginar o resultado!!!

Eh apenas isso. Voces mais jovens pensam que tudo eh oba-oba.

O problema eh esse. Enquanto o sistema de escolha de representantes for o que existe e existir esse numero absurdo e sem sentido de partidos de aluguel, não queiram criar ilusões de que super-heróis existem.

Na verdade, esses que assim se apresentam acabam se transformando em Napoleões ou Hitlers. No começo tudo parece uma lua de mel. No final você vai ver que eh um estupro.

E quem quer dar mais???!!!

 

###################################################################

 

11. MORO: UM BANDIDO QUADRILHEIRO DE TOGA E UM POLITICO NA FAMILIA!

Ha algum tempo, por questões de princípios, eu venho questionando as atitudes do juiz da Republica de Curitiba.

Não, não se trata de ódio ou antipatia `a profissão dele, nem por pensar que tudo o que ele fala esta errado. Algo que penso que aprimorei na vida foi buscar bases mais amplas para sustentar minhas argumentações. Procuro não julgar as coisas por causa das minhas convicções. Eu sou exigente. Quero provas.

Sempre andei “com um pe atras” quando se tratava das acusações pessoais contra ele que as esquerdas levantam. Afinal, se se esta em guerra aberta e declarada, a primeira vitima eh a verdade. E isso não se limita ao lado A, B ou C. Todos mentem. Como sou vacinado, procuro descobrir onde se encontram as mentiras para depois julgar os fatos.

Nesse caso, assombrava-me as atitudes do juiz, contrarias aos “corruptos” esquerdistas e a benevolencia dele com os “corruptos” de centro e direitistas.

E a acusação que paira sobre a cabeça do juiz eh a de ser um profissional de zelo, zelo esse por uma ave rara chamada tucano. Obviamente, como pode ser “intriga da oposição” não me atinha a isso como sendo verdade absoluta.

E a base que sustenta o meu atual parecer, por incrível que pareça, so foi possível porque meu querido primo Marcos Ferreira, morista do saco-roxo e anti-petista declarado (com perdão da ma palavra), ofereceu-nos um artigo com grandes elogios ao juiz.

Então, para ilustrar melhor minha argumentação, extraio 3 endereços interneticos. Sao eles:

01. italy gdp

02. brazil gdp

03. https://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cat=Artigos&cod=73680

O ultimo embasa o titulo dessa minha crônica e os outros colaboram. Trata-se do extrato biográfico do juiz, o qual meu primo postou em minha pagina, omitindo apenas a origem. Como eu gosto de “ver pra crer”, acabei encontrando o endereço para tirar a duvida quanto ao que li vir de fonte segura.

Leiam tudo. Acredito que quem eh anti-petista vai gostar demais. Ja os que não são tanto irão satisfazer-se com alguns extratos, como esse do sétimo parágrafo:

“Em 2004, Sergio Moro falava em seu artigo: “Encontram-se presentes varias condições institucionais necessárias para a realização de ação semelhante no Brasil”.

Quem não se der ao trabalho de ler o artigo, fique informado que ele referia-se `a operação “Mãos Limpas”. Essa foi a maior operação judicial ocorrida na Italia, tendo sido deflagrada nos anos de 1990.

Nesse outro endereço ha que se mostrar, mesmo sendo uma opinião parcial, o outro lado da moeda da operação “Mãos Limpas”:

04. http://jornalggn.com.br/noticia/o-desastre-politico-e-economico-da-operacao-maos-limpas-por-motta-araujo

O que quero demonstrar também eh a prova de culpa do juiz através de suas próprias declarações e não por via de opinião de terceiro. Observe-se que em 2004 ele ja reconhecia o quadro de abuso pelo qual passava o pais.

Não vou buscar informações maiores para não prejudicar o andamento da minha explicação. Mas devemos recordar coisas que ainda estão frescas em nossas memórias.

2004 era o segundo ano de administração do primeiro mandato do presidente Lula. E ele havia recebido um pais em quadro de desastre. O Plano Real havia sido posto em risco pelo antecessor, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Entre os malfeitos daquele presidente, sabia-se da compra de votos para possibilitar a propria reeleição; ele havia mantido o Real supervalorizado frente ao dólar com a consequente mudança brusca do cambio, provocando a quebra da industria nacional e, inclusive, a inflação estava retornando, numa situação nova na vida do plano.

Relativamente, o desemprego era maior que a situação deixada pela presidenta Dilma. Como diz o ditado não muito corretamente politico: “as coisas estavam pretas”. E quem quiser confirmar, basta recorrer `as manchetes dos jornais e revistas mais vendidos no Brasil `a época.

E o próprio ex-presidente Lula comparou o Brasil que encontrou a um navio completamente `a deriva, cujo curso não poderia ser consertado da noite para o dia porque a direção de navios eh lenta.

Isso implica em afirmar que essa mudança de curso demorou praticamente todo o primeiro mandato do petista. O que, obviamente, so poderia ser feita através de muito trabalho. E, consequentemente, em 2004 o juiz Sergio Moro não estava falando de ações nem do presidente nem do partido dele.

O embasamento para essa minha afirmativa pode ser encontrada nas alegações do próprio juiz Sergio Moro:

https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/08/nos-eua-sergio-moro-explica-por-que-nao-julga-politicos-do-psdb.html

Observe-se que pela afirmação do juiz, partidos que não estão na administração não participam das corrupções. Em 2004 nem mesmo se exalava a desconfiança de que a Petrobras estivesse sendo atacada por corrupções.

E isso comprova que o juiz, em 2004, ja sabia da presença de um quadro semelhante ao italiano. Para que tal comparação fosse feita, somente um partido que estivesse presente em governos anteriores poderia ser suspeito e, provavelmente, culpado. Esse partido não era o PT.

Referia-se aos outros. E naturalmente aos: PSDB, PMDB, PFL (atual DEM), PPB, PTB e PSD que formaram a coligação vitoriosa em 1998, em torno da reeleição, comprada, de Fernando Henrique Cardoso.

Nesse caso, e por todas as declarações atribuídas ao juiz no artigo numero 03, comprova-se que ele ja sabia da situação geral e que era suficiente para deflagrar uma operação de conteúdo semelhante `a “Mãos Limpas”. Mas nem ele nem ninguém abriu.

Por que não se fez tal operação? Logicamente, era preciso escolher uma vitima a ser oferecida `a opinião publica, que não fosse os bandidos preferidos do juiz. Caso não se encontrasse tal vitima, fabricar-se-ia  uma.

Outro detalhe da operação Lava-Jato, que começou a perseguir os petistas a partir de 3 anos atras, era o conhecimento do que a operação “Mãos Limpas” deflagrou na economia italiana.

Agora será útil abrir o endereço numero 01. Observe-se que, pelo menos, na Italia houve uma década perdida para a economia nos anos 90.

Por analogia, ja se sabia que a deflagração de operação semelhante no Brasil, teria suas consequências nefastas na economia brasileira. E o momento escolhido para deflagrar a operação, versão tupiniquim, foi exatamente aquela em que os ventos da economia estavam contrários ao navio.

Implicando em concluir-se que: a destruição da economia ja estava nos planos de toda a operação golpista. Afinal, fica muito fácil provocar o desastre com o navio e apontar o (a) timoneiro(a) da hora como o(a) culpado(a).

E não eh la una bela coincidência que a “culpada” era mulher, petista e num governo fragilizado pela mídia e opositores?!!!

Reclamava-se em 2015 e depois 2016, enquanto rolava o processo de impeachment da presidenta legitimamente eleita, que ela seria culpada pelos resultados pífios do PIB brasileiro.

Mas os acusadores jamais mencionavam o obstrucionismo usado na congresso, corroborado pela grande mídia, justamente para provocar o desastre que afetava a todos os brasileiros e não apenas `a presidenta e seus apoiadores.

Compare-se os dados do PIB italiano com os dados brasileiros no endereço numero 02. Observe-se como a queda tornou-se muito mais acentuada no caso brasileiro. Não se trata de coincidência. Trata-se do resultado de uma intenção criminosa.

Como sempre falo, “toda comparação eh burra”. A Italia não eh o Brasil. As situações eram completamente diversas. Observe-se, quem não tiver o mapa de memória, que a Italia esta ancorada na Europa. Ja o Brasil eh a ancora da America do Sul.

Outro detalhe, mais importante, é que a economia italiana ja estava desenvolvida e mais ou menos estável, portanto, O PIB não caiu drasticamente, mas paralisou.

O desenvolvimento promovido pelo PT estava apenas começando a mostrar resultados, não havia uma ancora capaz de segurar um furacão tão violento como uma operação Lava-Jato. Portanto, a queda maior era esperada e conhecida.

Outro detalhe, que não gostem os hipócritas puristas agora escondidos atras da mascara da moralidade. Mas os corruptos de esquerda não queriam a desgraça  na qual o Brasil foi metido. Mas o de centro e direita, que estavam fora do poder central e o queriam para si mesmos ganharam tudo com a dor dos brasileiros!!!

Uma lição tão antiga quanto “vaca cagar andando” (peço vênia para o uso do termo popular). Quem esta com a galinha dos ovos de ouro nas mãos não mata a galinha porque sentiu fome.

Muito pelo contrario. Ele tem os ovos na mão para comprar a comida que desejar, tanto para si quanto para a galinha.

A comparação da Lava-Jato com a Mãos Limpas eh, no mínimo, mal intencionada. Isso porque também as Historias de Brasil e Italia são completamente diversas.

Na Italia havia a presença da Mafia, cuja ação provinha de séculos de atividade. O que somente poderia tornar a situação brasileira semelhante se o objetivo da operação Lava-Jato se ocupasse dos autores e mentores de crimes que vinham desde antes da criação do Partido dos Trabalhadores.

Outra situação que não esta presente na Historia Brasileira foi o que aconteceu a Aldo Moro, o politico. Para quem não tem idade suficiente para lembrar-se, ele foi o primeiro-ministro mais popular da Italia.

Em 1978 foi raptado e assassinado por razões políticas. Suspeita-se que o grupo que o sequestrou e matou, o Brigadas Vermelhas, agiu sob contrato com os adversários dele.

Na verdade, o que estão querendo eh repetir o mesmo em relação ao presidente Lula mas como mata-lo, literalmente, pode espirrar sangue na reputação do mundo inteiro, estão usando de artimanhas judiciosas para conseguir apenas sufoca-lo.

Como sempre digo. Não duvido do envolvimento dos partidos das esquerdas brasileiras em falcatruas. Inclusive penso que eles se envolveram como forma de se defenderem.

Ou seja, se não sujassem as mãos, as vulnerabilidades deles seriam muito maiores porque eles não são gratuitamente financiados pelos ricos e milionários como os adversários.

Seria uma farra dos centro-direitistas, como acontece nos Estados Unidos, toda eleição que disputassem com os esquerdistas, pois, é o equivalente a tomar o pirulito de uma criança, tamanha eh a diferença de capitalizações em favor daqueles.

Para quem não acompanha de perto a política nos Estados Unidos, sugiro que busquem informações a respeito das falcatruas cometidas pelo Partido Democrata para garantir que sua preferida Hillary Clinton não fosse superada pelo desafiante Bernie Sanders.

E para que ampliem seus conhecimentos políticos, tomem nota que nos Estados Unidos é totalmente falsa a afirmação de que haja uma democracia limpa quando se trata de decidir quem assumira o poder.

A legislação favorece a dois partidos: o Republicano e o Democrata, ambos de centro-direita. Não são os únicos partidos mas por suas tradições de mais de século criaram leis que mantém o monopólio do poder em suas mãos sujas.

O banditismo do Moro de toga não esta apenas na verdade que a própria declaração dele revela. Encontra-se também no saber que existe uma grande diferença entre combater corrupto e combater corrupção.

O método usado por ele não deu certo na Italia, não da nos Estados Unidos e nunca deu em lugar nenhum em outro lugar no mundo. Como dizia minha saudosa mãe: “galinha de casa a gente não corre atras dela.” A gente enquadra no cercado.

Isso significa dizer que, se você tem horta e cria galinha, ou você cerca a horta ou cerca as galinhas. Matar as galinhas implica que você terá a horta mas perdera os ovos. Se você precisa das duas coisas, tem que usar inteligência e não a violência judiciosa.

O uso do método, que esta sendo copiado no Brasil, apenas demonstra que o judiciário brasileiro eh movido por interesses outros, exceto a justiça.

Continuando a leitura do endereço numero 03, podemos destacar os crimes cometidos pelo juiz da “Republica de Curitiba” mais facilmente.

Citando Moro, o autor da biografia alega que esta nos escritos dele:

“é ingenuidade pensar que processos criminais eficazes contra figuras poderosas como autoridades governamentais ou empresários, possam ser conduzidos normalmente, sem reações. Um judiciário independente, tanto de pressões externas, como internas, é condição necessária para suportar ações desta espécie. Entretanto, a opinião publica, como ilustra o exemplo italiano, é também essencial para o êxito da ação judicial”.”

Aqui demonstra-se a intenção do magistrado em cercear o direito mais básico resguardado pelas constituição brasileira e os tratados internacionais assinados pela nação.

Isso porque não cabe `a justiça envolver a opinião publica em processo algum. Muito pelo contrario.

Quando a opinião publica esta exaltada pelo hediondo do crime, reconhece a justiça que o grupo mais afetado não tem competência para proceder um julgamento justo e concede o direito de desaforamento da ação.

Ou seja, transfere o julgamento para outra comarca, para garantir a isenção da justiça na causa. Por ai se observa que o juiz reconhece que o judiciário não pode exercer suas funções sob pressões. Uma verdade.

Mas pensa poder manipular as mesmas pressões para que elas recaiam sobre os ombros dos acusados e suas defesas. Uma tática facista.

Nesse caso, fica caracterizada a parcialidade na aplicação da justiça. Torna o judiciário num circo, um tribunal de exceção. Podemos dizer que o magistrado defende métodos aplicados durante a Inquisição Espanhola.

Na sequencia é dito: “”talvez, a lição mais importante de todo episódio seja a de que a ação judicial contra a corrupção se mostra eficaz com apoio da democracia. Eh esta quem define os limites e as possibilidades da ação judicial. Enquanto ela contar com o apoio da opinião publica, tem condições de avançar e apresentar bons resultados”.”

Eh o antigo problema: a proposição seria correta se não estivesse em violação direta da lei. Quer se queira ou não, o judiciário deve limitar-se a aplicar a lei que esta escrita. Via democracia se dão as eleições. Os eleitos escrevem as leis e o judiciário estuda sua aplicação.

Se o magistrado perceber que as leis não lhe dão sustento suficiente para uma condenação, ele não pode chamar a opinião publica, pois, não ha na lei uma previsão para tal atitude. Fazê-lo transforma o ato em uma violação `as instituições democráticas, particularmente, o próprio judiciário. 

O que deve ser feito pelo magistrado eh esclarecer tal fato e solicitar ao plenário do legislativo leis que sustentem suas teses. Não cabe inventar. Se o fizer, fica desfeita a neutralidade da justiça e caracteriza-se a interferencia de um poder sobre o outro.

Isso, em principio, não eh democracia. Trata-se de um ato de ditadura de toga.

A seguir o autor posta 3 manifestações de juízes e aqui copio:

“A primeira, do ministro Celso de Mello: “”É preciso esmagar, sim. E preciso destruir, esmagar com todo o peso da lei, respeitada sempre a garantia constitucional do devido processo, esses agentes criminosos que atentaram contra as leis penais da Republica e contra o sentimento de moralidade e de decência do povo brasileiro”.””

“A segunda, da ministra Carmem Lucia: “Na historia recente da nossa patria, houve um momento em que a maioria de nos, brasileiros, acreditou que a esperança tinha vencido o medo. Depois, descobrimos que o cinismo tinha vencido aquela esperança. Agora parece se constatar que o escárnio venceu o cinismo. O crime não vencera a justiça.”

“Por ultimo, do juiz Sergio Moro: “O politico corrupto, por exemplo, tem vantagens competitivas no mercado politico em relação ao honesto, por poder contar com recursos que este não tem. O corrupto costuma enxergar o seu comportamento como um padrão e não a exceção. A corrupção envolve quem paga e quem recebe. Se eles se calarem não vamos descobrir jamais. A corrupção política italiana assemelha-se bastante `a brasileira na amplitude, na naturalidade com que era praticada e ate mesmo na aura protetora e fatalista que parecia torna-la invulnerável”.”

Recebo essas manifestações como discursos políticos e não preocupações com a aplicação da justiça. O conteúdo delas apresenta mais um incentivo ao publico a crer que algo novo e justo esta sendo feito do que propriamente faze-lo compreender quais são as prerrogativas da justiça e como ela deve ou não ser aplicada.

Em palavras simples, os juízes estão transmitindo a ideia de que fica bem que a gente rasgue uma porção aqui e ali da constituição que juramos defender, pois, isso será feito em busca de um beneficio maior.

Não sr. ministro Celso Mello. Não se faz justiça esmagando e destruindo. Muito pelo contrario. A justiça fica melhor servida quando se constrói o bem. Quando se ataca o mal com a mesma violência que nos ataca faz transmitir a ideia de que a força é o que vale a pena.

Eh verdade ministra Carmem Lucia! O cinismo também venceu e vendeu a esperança. E o escárnio no qual vocês transformaram a justiça é apenas a comprovação do cinismo de vocês.

Uma verdade dita não te da a razão sr. juiz Moro. O politico corrupto tem vantagens em relação ao politico honesto. O problema eh que, no Brasil, não temos o exemplo do honesto ser prejudicado desde quando a Globo conspirou para eleger o Collor e o Fernando Henrique malversou o dinheiro publico para se eleger e reeleger.

A partir dai, a corrupção adversaria passou a chamar-se “legitima defesa”. Ora, se os digníssimos juízes não puderam, ou não quiseram, fazer nada contra os corruptos daquelas épocas, não podem descontar as raivas de vocês nos quais quiserem apontar os dedos.

O quadro todo aqui demonstra que ha ai, somente nessas participações dos juízes, alguns crimes identificáveis: lesa-pátria, formação de quadrilha, uso indevido de cargos públicos, incentivo ao crime (tentar usar o publico para acobertar seus próprios crimes), organização criminosa (associar-se a empresas da mídia para obter o assassinato seletivo de reputações políticas), falsidade ideológica etc.

Não resta duvida alguma que o Brasil esta sofrendo de um mal bem maior que as pessoas comuns possam perceber. Ele sempre foi usado por criminosos comuns, os quais chamamos comumente de corruptos.

Esse mal não eh uma exclusividade do pais. E quase se pode dizer que desde quando o ser humano surgiu, com ele nasceu a corrupção. Portanto, chances são as de que seja um mal sem conserto, porem, não sem remédio.

Pode-se para controlar isso usar tanto o exemplo da cerca para separar as galinhas da horta como outro, que sei que deu bons resultados, que foi o de construir silos a prova de ratos. Quando impediu-se a entrada de ratos nos paióis, eles não deram mais prejuízo aos agricultores.

`A semelhança disso, a única forma de controlar ou acabar com a corrupção não é esmagando ou destruindo alguns corruptos. Principalmente através de um método falho e seletivo.

O que precisa ser feito passa por criar leis e ambientes que impeçam o acesso aos bens públicos ou privados indevidos. Sejam eles por abuso de poder econômico, exposição midiática ou corrupção propriamente dita.

Eh preciso que candidatos tenham exposição entre si semelhantes. Que hajam leis que permitam fazer uma pre-seleção de forma a identificar se o candidato a cargo eletivo possui ou não o espirito de servidor.

Porem, não se seja ingênuo em pensar que um servidor será honesto abaixando os vencimentos do cargo que ira ocupar. Ha que reconhecer-se que quem trabalha merece o seu salário.

E os cargos de servidores tem os seus equivalentes na iniciativa privada. Portanto, os salários de servidores podem e devem ser iguais ou superiores, não muito, aos seus equivalentes, para que se mantenha a integridade do trabalho.

E os senhores juízes brasileiros estão ganhando muito mais do que merecem pela qualidade de serviços que vem prestando ao publico seu patrão.

************************************************************

Para minha surpresa, e embora a noticia traga-me uma satisfação pessoal ao constatar que pessoa qualificada corrobora com minha analise, encontrei o video abaixo na manha seguinte `a publicação desse meu texto, o que de forma alguma transcreve-se por felicidade.

Afinal, o fato de nos estarmos corretos não traz nenhuma melhoria imediata para o Brasil e seu povo sofrido. Nos dependemos de que os erros sejam corrigidos. E isso so será possível quando as instituições brasileiras cumprirem o papel para qual foram criadas.

Eh obrigação das instituições e do povo fazer valer a justiça e o direito que devem ser iguais para todos. Assistam ao video:

https://falandoverdades.com.br/juiz-diz-que-lava-jato-se-partidarizou-e-nao-sendo-imparcial/

autor: Valquirio de Magalhães Barbalho

data: 25.09.2017

**********************************************************

Abaixo, os períodos destacados e extraído da leitura numero 03. 

“”Em 2004, Sérgio Moro falava em seu artigo: “Encontram-se presentes várias condições institucionais necessárias para a realização de ação semelhante no Brasil””

“”é ingenuidade pensar que processos criminais eficazes contra figuras poderosas como autoridades governamentais ou empresários, possam ser conduzidos normalmente, sem reações. Um judiciário independente, tanto de pressões externas, como internas, é condição necessária para suportar ações desta espécie. Entretanto, a opinião pública, como ilustra o exemplo italiano, é também essencial para o êxito da ação judicial”.”

“talvez, a lição mais importante de todo episódio seja a de que a ação judicial contra a corrupção se mostra eficaz com o apoio da democracia. É esta quem define os limites e as possibilidades da ação judicial. Enquanto ela contar com o apoio da opinião pública, tem condições de avançar e apresentar bons resultados”.”

“A primeira, do ministro Celso de Mello: “É preciso esmagar, sim. É preciso destruir, esmagar com todo o peso da lei, respeitada sempre a garantia constitucional do devido processo, esses agentes criminosos que atentaram contra as leis penais da República e contra o sentimento de moralidade e de decência do povo brasileiro”.”

“”A segunda, da ministra Carmem Lúcia: “Na história recente da nossa pátria, houve um momento em que a maioria de nós, brasileiros, acreditou que a esperança tinha vencido o medo. Depois, descobrimos que o cinismo tinha vencido aquela esperança. Agora parece se constatar que o escárnio venceu o cinismo. O crime não vencerá a justiça”.”

“Por último, do juiz Sérgio Moro: “O político corrupto, por exemplo, tem vantagens competitivas no mercado político em relação ao honesto, por poder contar com recursos que este não tem. O corrupto costuma enxergar o seu comportamento como um padrão e não a exceção. A corrupção envolve quem paga e quem recebe. Se eles se calarem não vamos descobrir jamais. A corrupção política italiana assemelha-se bastante à brasileira na amplitude, na naturalidade com que era praticada e até mesmo na aura protetora e fatalista que parecia torná-la invulnerável”.”

 

 

#############################################################

 

 

12. E ONDE CE JA VIU COMUNISMO/SOCIALISMO DA CERTO?!!!

Como disse um amigo na internet, cansei de ser chato, agora vou ser irritante mesmo!!!

Acaso alguém ai ja ouviu falar desse negocio de que socialismo nunca deu certo em lugar nenhum? Pois, então, eu pensava que sim mas estou me convencendo que não. O que falta mesmo eh entender toda a Historia.

Nem todo mundo eh letrado o suficiente para compreender. E tem aqueles que pensam que dizer que o homem vivia na Terra antes da Creação de Deus eh dos maiores absurdos. Claro, esses são os fãs da literalidade bíblica que, calculadamente falando, fez o homem surgir ha apenas 7.500 anos atras.

Como entendo que não se pode acomodar com a literalidade bíblica, concordo que a espécie Homo Sapiens Sapiens surgiu na Terra ha uma certa quantidade de anos antes de 200.000 pp. Portanto, ne de hoje que nossos ancestrais tão perambulando por essas serras e planos de meu Deus!!!

O fato eh que temos um certo apagão entre os 200.000 e os 5.000 p.p. Ainda não havia escrita, não tinha jornal, nem nacional pra malinformar nem estrangeiro pra maldizer!!!

O que temos são evidencias deixadas por nossos ancestrais. Uma delas eh a magnifica Capela Cistina da Pre-Historia de nome Lascaux. Veja a reportagem:

https://viageminformal.wordpress.com/2013/03/03/lascaux-a-capela-sistina-da-arte-pre-historica/

Quando veem isso os literalistas pensam que: Ai lascou neh?!!!

Quem quiser informar-se melhor com os universitários, pode admirar um pouco essa tese publicada na UFMG. Contem muitas curiosidades interessantes:

https://www.ufmg.br/revistaufmg/downloads/21/05_pag88a113_fabriciosantos_agrandearvore.pdf

Dito isso saibamos que o ser humano percorreu por 200.000 anos da sua existência sob um regime econômico único que, por acaso foi o socialista.

KKKKKKKK. Dirão os moleques do capitalismo. Que conversa fiada. Nem existia teoria economica sou!!! Verdade. Não era teoria. Foi pratica mesmo! Como diz o ditado: “Na pratica a teoria eh diferente!!!”

Como se sabe disso? Muito simples. Não haviam cidades. O ser humano não usava grande quantidade de instrumentos, a vida era muito curta, tinha que ficar a todo momento correndo atras de comida e abrigo, literalmente.

Alem de ter que fugir do transito de outros animais mais perigosos. Tanto que tinha pouca oportunidade ate de ir `a loja escolher umas roupinhas!!!

Fora das cavernas so tinha bicho bravo. Nenhum era domesticado, exceto, talvez, o cão. Por azar das circunstancias, o ser humano eh o único dos animais que não foi provido de uma adaptação própria para viver num ambiente terrestre. Senão, vejam so:

Ele pode ate aprender a nadar. Mas se der bobeira vira comida de jacare, crocodilo ou tubarao, facil-facil. No ambiente aereo eh um pombo-sem-asas. Nao adianta incentivar dizendo: “bate as asinhas, bate as asinhas!!! A queda depende da altura na qual estiver.

Em terra, pelo menos, não corre como as gazelas!!! Nem como um viadinho!!! Se disputar com a onça, não tem força; se brigar com o urso, o tigre, o leão ou mesmo o leopardo, também não vai apanhar quando chegar em casa!!! Melhor dizendo não vai chegar em casa!!!

Assim sendo, em terra, ar ou mar, eh um perfeito desastre da natureza.

A unica coisa que lhe restou foi miolos. Não aguenta correr? Monta num cavalo e vai!!! Ne nada na briga. Pega um pedaço de pau. Nao voa, alcança com uma flecha.

Mesmo assim, as atividades primitivas de caça e coleta não remuneram bem. E ate hoje continua assim!!! Ai o cara tem que vender o almoço para comer o jantar!!!

Então, a unica alternativa eh fazer sociedade. Seja uma sociedade em família ou com mais de uma família. O que no fim da na mesma porque se junta duas variedades humanas num mesmo local, não demora muito para começarem a acasalar e produzir seus híbridos.

Diga-se de passagem, pra isso não precisa ser nem mesmo duas variedades. Segundo o “Cam Burrão da Ditadura”, ele e os contemporâneos dele (pré-históricos naturalmente!!!) se bastavam com a zoofilia. Cada qual com seu cada qual!!!

A verdade eh que ja se sabe que o sapiens se engraçou com o nianderthalensis. E foi ai que surgiu o europeu!!! Vide figura:

http://humanorigins.si.edu/evidence/human-fossils/species/homo-neanderthalensis

Alias, europeu eh apenas um episódio. O homem escapou da Africa e caiu no mundo. E durante os milhares de anos que perambulou, ele so podia ter feito o que fez se fosse socialista. Isso mesmo!!!

Imagina se o cara resolvesse ser capitalista e naquele grupo de umas 100 ou 200 pessoas que andavam juntas resolvesse entender que o individualismo capitalista eh que estava certo, e que iria construir seu império ou empório.

Se ele quisesse vender machadinha, os outros não comprariam, pois, sabiam como fazer. Pra vender peixe, tinha que ele próprio ir pescar; o que todo mundo sabia fazer.

E se ele, enfim, encontrasse alguma mercadoria que ninguém soubesse fazer, ia ver que todo o povo estava “pelado com a mão no bolso”! Ia ter que debitar tudo na conta do Creador e se contentar com um estrondoso: Deus Lhe Pague!!!

Alias, podemos nos espelhar na figura da célula mater da sociedade que eh a familia. Quer coisa mais socialista que isso?!!! As pessoas vivem na mesma casa, comem o mesmo que os outros comem, compartilham os utensílios da morada. Ate o pinico vale para todos!!!

Enfim, o capitalismo nunca ira triunfar, enquanto não destruir esse núcleo primordial que se chama família. Mas a esperteza da propaganda capitalista eh querer tomar a família do socialista!!!

Antes de tudo, o ser humano assumiu sua condição socialista a partir do momento em que resolveu povoar a Terra. Ou alguém acha que algum capitalista financiou as expedições de povoamento da Asia, Europa, Oceania e Américas?

Tudo foi feito na bruta mesmo. Tinha esse negocio de meu pe me dói não. Caminhou-se para frente e pronto. Claro, houveram uns que se adaptaram, construíram suas canoinhas e jangadas e foram “bater no mar”. Povoaram ilhas e uniram continentes. 

Ate os gregos ja diziam: “o homem eh um ser social”. Claro, eles não se referiam apenas no sentido de fazer sociedades. O que `a época ainda eram frutas raras. Referiam viver-se em sociedades, que tinham muito de socialista.

Os indigenas das Américas  na maioria dos casos, foram uma “capsula do tempo” quando os europeus chegaram. Ja tinham conquistado tudo mas ninguém se preocupou em fazer escritura, levar no cartório ou atualizar cadastro!!!

Não se sabe exatamente quando o capitalismo surgiu. Sabe-se que no Império Romano ja estava relativamente desenvolvido.

Basicamente, o Imperio tornou-se o maior do mundo fazendo o que mais sabia fazer, ou seja, tomar dos outros. Queria construir um “Arco do Triunfo”! Fácil. Vai ali na Palestina, da uns cascudões naquele “povo nojento”, saqueia, e com a feria constrói.

Queremos uma arena nova. Atravessa ali o Canal da Mancha, chuta a bunda dos bretões, “saca do banco” deles e num minuto temos o que queremos.

Mas também surgiu um movimento que poderíamos chama-lo de neo-socialismo. Sei não mas como foi do primeiro século da atual Era, as pessoas pouco sabem, não leem ou não querem nem saber!!!

Inda bem que os fatos foram escritos ja que, por lei, vale o que esta escrito. E ai vai:

“Todos os que abraçaram a fe eram unidos e colocavam em comum todas as coisas: vendiam suas propriedades e seus bens e repartiam o dinheiro entre todos, conforme a necessidade de cada um.” At 2, 44

“A multidão dos fieis era um so coração e uma so alma. Ninguém considerava propriedade particular as coisas que possui, mas tudo era posto em comum entre eles.” At. 4, 32. e

“Amados, tendo um grande desejo de escrever-lhes a respeito da nossa salvação comum, …” Jd. 3.

Bom, mas ai eh que esta o problema. Desde o “Conciliábulo de Niceia” as diretrizes foram canceladas. Os “sindicalistas” pelegos se associaram `a capital, Roma, para impor uma ditadura co-mandata. De um lado os imperadores apoiavam a cúpula e do outro a cúpula da Igreja sustentava o governo!!! Virou a maior copula!!! 

So que os romanos se capitalizaram tanto com a exploração alheia que acabou atraindo a ganância de outros. Ja que as regras do jogo eram aquelas, os germanos chegaram passando o trator por cima de tudo, tomando o poder e se tornaram os novos donos do pedaço.

Não se anulou o capitalismo. Mas a Europa entrou naquilo que se chama de tempo das trevas, muito conhecido também como Era Medieval. O trevas ai seria melhor traduzido pela ignorância. O analfabetismo e o quase extermínio da escrita nos faz saber menos a respeito do que aconteceu naquela época.

Por outro lado, a luz do conhecimento se acendeu a partir da Arabia, tanto para o lado do Oriente Maior quanto para o Ocidente da Africa.

Surgiu a religião de Mohammed. Em principio, cultivava a cultura e as ciências. E, em termos econômicos, era pela distribuição de renda. Embora com uma mancha de capitalismo na cabeça!!!

Os muçulmanos se multiplicaram sob o principio de que quem não resistisse seria apenas dominado e os que resistiram foram devidamente exterminado!!!

Mas, por outra tinham um bom lado. Toleravam a cristãos e judeus como se fossem irmãos mais velhos, embora corruptos. Se não queriam converter, não precisavam. Mas se sentiam perfeitos em relação aos outros. Por isso os privilégios seriam somente para eles.

E tudo estava indo bem ate o momento que os conservadores tomaram conta. Parados no tempo, deram oportunidade aos trogloditas europeus evoluir e vencerem a tecnologia de guerra. E assim ficaram para trás, a comer poeira no deserto!!!

Enfim, os capitalistas genuinos ressuscitaram. Chegou a Era do Renascimento e dos Grandes Descobrimentos!!!

Os caras financiaram as viagens `as Americas, o contorno da Africa, a chegada `as Indias (u-la-la) e redescobriram os dois lados da Patagonia. E ai eh que o capitalismo mostra suas garras.

Terra nao eh mais de indio. Tudo passa a ser do rei. E o rei distribui com quem ele quer.

A terra para “em tudo se plantando da” tem que ter braços fortes para cultivar. Então, vamos ali na Africa porque as gentes de la são meio-gente-meio-animal. Não tem alma (branca) e pode ser conquistada para a escravidão!!!

E a pilhagem começou. Não importa se fosse para levar o pau, o ouro, o diamante ou os produtos da terra como o açúcar, primeira commoditie no comercio internacional `a época. Tudo era capitalizado, devidamente embrulhado e mandado para a Europa.

Mas, com o tempo, os descendentes de europeus, que nasceram nas Américas, descobriram que estavam fazendo “papel de índio”!!! Que os irmãos nascidos do outro lado do mar estavam achando que todos éramos bobos. Deram-se as Independências. E, que diga-se de passagem, para a maioria de todos se deu apenas no papel! Para inglês ver!!!

Marx, nos idos dos anos de 1840, avaliou, então, o que o capitalismo tinha feito ate ali. Ai escreveu suas hipóteses. Hipóteses essas que se baseavam no pratico, o que ele estava assistindo acontecer; e no teórico, o que ele imaginava que deveria ser.

E os caras vem com a conversa: “e onde voce ja viu socialismo dando certo?” Em meu ponto de vista, para os caras terem conseguido sobreviver `as condições que a espécie humana viveu nos primeiros centos de milhares de anos de sua existência, o sistema econômico em que viveram so pode ter sido o maior sucesso!!!

Claro, devemos levar em consideração que aquele experimento do primeiro século acabou se tornando um desastre a partir do momento em que a pelegada tomou conta do movimento!!!

Mas, por falar em sucesso, será que podemos considerar sucesso o que temos assistido em relação ao capitalismo atualmente?

Fala-se que Cuba eh um desastre. Mas quantas Cubas, Venezuelas e ate mesmo União Soviéticas juntas o mundo viu ser consumidas pela quebradeira de 1929, a primeira e a segunda guerras, a depressão de 2007 e o intermediário entre essas datas?

A grande verdade do capitalismo tem sido a mesma de sempre. Quebra-se um pais como fizeram ao Brasil a partir de 2013. Ai colocam a cangalha no povo para que ele perca seus benefícios conquistados a duras penas. E achar uns bodes expiatórios para ocultar o rombo!!! 

As grandes empresas, como as Teles privatizadas, vão mal das pernas? Que nada, eh so perdoar as dividas de bilhões de reais que elas vinham acumulando com o governo que elas tiram o pe do lodo.

Diga-se de passagem, tudo o que se refere a governo, eh do povo. Ou seja, a Bolsa de Valores, que eh privada, da prejuízo, vamos buscar nas burras do governo (bolso do povo) nossa forma de recuperar!!!

No momento de usufruir dos lucros, todo capitalista eh vegetarianamente (adora verdinhas) individualista. Mas no momento de compartilhar os prejuízos ai: “somos todos pelo “comunismo”. (So os comuns vão pagar por isso!!!)

Para se ter uma ideia, vamos citar o caso da previdência. Esta quebrada? So se for na Franca!!!

Ela eh superavitária. Mas convém aos capitalistas insinuarem o contrario, pois, querem reforma-la de forma a que isso responda aos seus interesses e não aos interesses do coletivo.

Talvez ate possamos usar o exemplo da previdência para explicar melhor a diferença entre o capitalismo e o socialismo.

Os socialistas querem que haja a previdência social, encabeçada pelo governo. O principio lógico da proposta eh simples. Todo mundo vai depositar algo numa bolsa comum. Esse comum vai, enquanto nada tiver a pagar, ser usado para construir hospitais, escolas e tudo aquilo que seja comum, como obrigação coletiva.

Claro, admitamos, haverão desvios. Corrupções. E tudo o mais. E quando as pessoas forem recolher seus benefícios de aposentaria, elas verão que lhes foi prometido uma coisa quando começaram a contribuir e lhes será entregue algo muito menor quando forem receber.

Mas pelo menos vai restar uma pequena esperança, pois, o que foi construído continua sendo do Estado e poderá continuar a ser usado pelo povo. Com um pouco de reformas e vergonha na cara, a próxima geração poderá recomeçar em situação melhor do que quando seus pais começaram.

Quando a questão eh a privatização, a situação eh a mesma. Nos vamos contribuir com algo, mais caro, sob a promessa de colher no futuro. Mas ai eh que esta a questão. Se se pensa que as coisas irão iniciar-se bem, não se garante que o final será feliz!!!

Isso porque se no fim do túnel houver outra quebradeira da bolsa, a primeira vitima será o plano de saúde e da aposentadoria que tanto o povo prezava. E o resultado da quebradeira eh o zero no bolso. Ai o Estado eh chamado para cobrir o rombo.

Então, para que ter intermediarios? Aposto como os empresários da previdência privada, antes das quebradeiras, ja terão acumulado capital próprio tão imenso e tão diversificado que irão sair delas muito bem servidos. E o povo muito bem fudido e mal pago!!!

O “respeitável” mesmo eh como mente o capitalista. Muitos dizem que são capazes de vender gelo para esquimó. E quando diziam isso eu não acreditava mesmo!!!

Ate ha pouco tempo, antes de ficar super comprovado que a queima de combustíveis fosseis esta causando o Aquecimento Global. Pois, então, não justamente os grandes capitalistas que estão negando isso?!!!

Logico que irão negar!!! Sao eles que estão estragando o planeta com a sua ganância, pois, em meu bolso não entrou nenhum. E por associação de ideias, penso que também não esta entrando nos bolsos dos cidadãos comuns!!!

No fim a ideia eh essa mesma!!! Vão deixar derreter o Polo Norte e vender gelo para os esquimós!!! Alguém ainda tem duvida quanto a isso?!!!

Mas tem algo que sei que vendem mesmo! Ate mesmo para os indiozinhos que vão `a escola de branco!

La eles são capazes de ensinar que quem descobriu as Américas foi o Cristóvão Colombo! Ai o indiozinho, intrigado, fala que ja tem uns 50.000 anos que os ancestrais dele vivem nas Américas.

“Que absurdo!!! Onde voce aprendeu isso seu moleque?!!!” – indaga o capitalista. Timidamente o indiozinho responde: “Eu vi na televisão a professora Niede Guidon falando isso.”

“Ah bom! – entera o capitalista – Então esta explicado! Essa Niede Guidon eh comunista e comunista so fala mentiras!!!” E assim eh! Tudo o  que contradiz ao capitalista basta taxar de comunista para confirmar que não deu certo ou que esta errado!!!

Apenas um aperitivo: http://www.athenapub.com/10pfurad.htm

E gente pensando que o golpe capitalista/midiático/judicialista/parlamentario executado no Brasil fosse somente para roubar o petróleo da nacao!!!

A gente se esquece que o capitalismo do tio Sam esta tentando provar que ele chegou primeiro e será o ultimo a sair. Então, imagine se tomar aquela área entre o Amapá e o Ceara também!!!

Eles terão em mãos o nióbio, as aguas doces da Amazonia, os Lençóis Maranhenses, essa pedra que não tem nada de furada e, para coroação, um local ideal para a construção de uma nova plataforma de foguetes interestelares!!!

Assim, enfim, ficara provado que os primeiros habitantes humanos que entraram nas Américas o fizeram em território dos Estados Unidos. Fica ai justificado o direito de primogenitura e justificativa para a hegemonia, não eh certo?!!!

E assim fez Israel: os palestinos chegaram primeiro, os hebreus tomaram. Os judeus saíram e os palestinos ficaram. Os judeus voltam e tomam e alegam o direito de quem esta la no momento e não de quem viveu la todo o tempo.

Entenderam o que eh o colonialismo capitalista?!!! E ainda querem que isso de errado? Quando não da certo, basta mudar as regras e adapta-las ao tempo!!! Assim a gente vence tudo!!!

Mas eu me prontifiquei a escrever esse texto para chegar a essa ultima constatação. Realmente, o socialismo/comunismo eh o experimento mais falho da humanidade. 

Por que? Simples, imagine que um cientista faça uma pesquisa que lhe custe a vida inteira para comprovar que sua teoria esta correta e, ao fim de tudo, descubra que a hipótese do seu concorrente eh que  explica melhor os fatos!!!

Esse seria o caso do socialismo/comunismo. Eles carregaram a humanidade por milhares e milhares de anos, dando solução a todas situações difíceis.

Diga-se de passagem, foram os totalitários (que não são exatamente nem comunistas nem socialistas) soviéticos que desenvolveram as tecnologias mais avançadas em termos de navegação espacial e submarina.

Recentemente publicaram-se os papeis comprovando que os capitalistas do tio Sam simplesmente, usando a espionagem da CIA, e roubaram os segredos. E depois querem dizer que a honestidade mora aqui!!!

Mas se neste momento o socialismo/comunismo entregar a rapadura para os capitalistas, não terá valido de nada a saga deles.

Se os capitalistas convencerem ao povo que eles eh que estão certos. Que o povo deve mesmo fazer como os índios e os escravos a entregarem tudo para ficarem com as migalhas.

Se o povo ficar convencido de que ele esta na condição que esta porque ele, povo, eh que eh a merda da Historia, então, vão me desculpar os socialistas/comunistas, vocês serão os cientistas econômicos mais incompetentes que ja passaram sobre a face da Terra!!! 

 

##############################################################

 

13. 13 ESTRELAS: MULHER.

01. Introducao.
02. Alguns Fatos Acontecidos Antes da Escrita.
03. E O Que Isso Tem O Que Ver Com a Mulher?
04. Outros Pontos Chaves do Desenvolvimento Civilizatorio.
05. Algumas Coisas do Nosso Passado Que Precisamos Conhecer.
06. A Concepcao dos Autores Biblicos da Mulher.
07. A Evolucao do Pensamento Cristao.
08. Bons Exemplos Para as Mulheres Lideres Seguirem.
09. Conclusoes.

01. INTRODUCAO.

Ap 12, 1: “Apareceu no ceu um grande sinal: uma Mulher vestida com o sol, tendo a lua debaixo dos pes, e sobre a cabeca uma coroa de doze estrelas.”

Ha muito tempo venho amadurecendo a ideia de escrever um texto analisando a presenca da mulher na formacao e composicao das civilizacoes humanas. Sao observacoes onde exalo minhas impressoes com a sinceridade que me eh peculiar desde a minha mais tenra juventude.

Que a confraria masculina me perdoe. Nao estarei aqui traindo a classe, embora esta sera a impressao dos machistas.

Que o Clube da Luluzinha nao se exalte nem interprete a minha sinceridade como uma artimanha para obter os seus favores. Estou a ponto de demonstrar, se nao a superioridade, pelo menos a iguldade dos sexos em relacao aa evolucao humana como um todo. Nao sorriam acreditando que ja sabiam de tudo. Junto com o reconhecimento da importancia da mulher no desenvolvimento humano ha que se reconhecer tambem as responsabilidades. Lembrem-se: “A quem muito eh dado, equivalente lhe eh cobrado.”

Confesso que estou um tanto confuso porque planejei escrever coisas que agora me fogem da memoria. Espero que aa medida que for escrevendo consiga recorda-las. Vamos entao comecar pela parte que comumente chamamos de pre-historia. Lembremos que essa denominacao eh enganosa porque leva a imaginar que a Historia nao seja algo continuo. Podemos dizer que a Historia eh um processo continuo que em determinado momento passou a ser contada pela escrita.

Atualmnte, o processo de decifrar a Historia conta com tantos outros recursos alem da escrita que esta se tornando possivel fazer a leitura de nosso passado sem recorrermos aas letras. Hoje sabemos de fatos acontecidos durante milhoes de anos na Terra com uma precisao jamais imaginada pelos cientistas mais famosos de cem anos atras.

Em contrapartida, por meio de tecnologias equivalentes e metodos racionais de pesquisa, tem-se descoberto o quanto muitos dos relatos considerados historicos e transmitidos por meio da escrita tem se mostrado erroneos e imprecisos. Isso se da porque quem escreve nem sempre eh testemunha ocular dos fatos. Frequentemente, os fatos nos foram transmitidos por via oral em diversas geracoes antes de serem escritos. E, como “quem conta um conto aumenta um ponto”, o autor da escrita nem sempre eh autor da verdade. As vezes ele escreve aquilo que ele acredita ser verdade mas existem particularidades que o negam.

Por fim, devemos analisar quais sao os interesses dos autores. Na maioria das vezes, os relatores dos atos dos reis ou equivalentes, lancaram em seus escritos opinioes e impressoes favoraveis a aqueles que lhes estavam pagando os servicos. Assim, ao inves de Historia, escreveram elogios dedicados a seus senhores.

Uma forma de contornar-se esses erros propositais eh confrontar as descricoes do mesmo fato feitas por pessoas diferentes, preferencialmente que tenham servido a senhores que estiveram em posicoes de oposicao no fato. Em caso de descricao de uma batalha por exemplo eh bom verificar a narrativa tanto do lado que perdeu quanto do lado que venceu. Isto serve para apararmos arestas e tornar o relato mais preciso. Embora, na maioria dos casos, tenhamos escrita apenas dos vencedores que construiram suas Historias segundo os seus interesses.

Outra forma eh buscar os locais onde aconteceram os fatos, tentar fazer a sua reconstituicao e descobrir se a narrativa se encaixa no que eh possivel acontecer. Em sintese, Historia atualmente eh escrita por verdadeiros detetives e nao mais por curiosos da profissao. Nao que os detetives nao cometam erros mas “os erros de uns sao a delicia de outros” que pesquisam o mesmo assunto. E eh a combinacao de tecnologias avancadas e opinioes diversas que tem permitido descrever a Historia dos fatos nas vidas e civilizacoes humanas.

02. ALGUNS FATOS ACONTECIDOS ANTES DA ESCRITA.

Quando eu ainda nao tinha nascido (brincadeirinha) encontraram um esqueleto na Africa, datado de 3.5 milhoes de anos atras. Na noite apos a descoberta os autores dela ouviram no radio a musica dos Beatles que estava “bombando” e deram o nome ao esqueleto de Lucy. A noticia correu o mundo na mesma velocidade em que a popularidade da musica ressonou sob a aboboda celeste.

Enfim, pensaram muitos, encontramos o “elo perdido” que comprovava a “Teoria da Evolucao”, proposta por Charles Darwin. Darwin havia proposto, e ja estamos caminhando para duzentos anos desde que isso aconteceu, que as especies de seres vivos atuais sao o resultado de processos seletivos que proporcionavam que especies anteriores evoluissem para outras melhor adaptadas. Ele tambem havia dito que especies diferentes, porem com um grau alto de semelhancas, em algum ponto do caminho evolutivo eram provenientes de um ancestral comum. Este ancestral comum seria o elo entre as especies diferentes. O elo entre os seres humanos e os outros primatas, como o chimpaze, eh chamado de “elo perdido” (lost link) porque nao foi ainda devidamente identificado.

Posteriormente chegou-se aa conclusao que Lucy nao eh o “elo perdido” entre os outros primatas e os seres humanos. Ela possui caracteristicas que a aproximam mais dos humanos, como o habito de andar sobre as pernas. Quando os outros primatas andam sobre duas pernas eles tem dificuldades com a posicao, enquanto que esta eh a postura normal entre todos os humanideos.

Temos que lembrar que Charles Darwin sofreu uma imensa pressao psicologica para publicar sua teoria. Em primeiro lugar porque ele proprio acreditava no relato bilbico da criacao. Em segundo lugar porque a maioria dos cientistas e pseudocientistas de sua epoca criam no Criacionismo. O Criacionismo nao eh mais considerado uma teoria cientifica porque ele eh baseado em credo e nao em ciencia. Ou seja, os criacionistas tomaram o relato biblico da Criacao e o assumiram como se fosse uma Historia literal de fato. Porem, nao encontram evidencias cientificas que comprovem sua teoria.

Ja a Teoria da Evolucao acumula evidencias em todos os ramos das ciencias. Uma das mais novas dessas ciencias, que eh o estudo dos cromossomas, ja resolveu uma questao que parecia contradizer a teoria. Todos os primatas, exceto os humanideos, tem 48 cromossomas. Nos humanos temos 46. O estudo de nossos cromossomos revelou que, em algum ponto do passado, dois pares de nossos cromossomos se fundiram formando um unico par. Isso fez com que os individuos que adquiriram esse tipo de mutacao acabassem se separando dos outros e, com a separacao, proporcionou-se a oportunidade de adquirir novas caracteristicas que determinaram a formacao das especies mais proximas do ser humano atual.

Na verdade, os humanos continuam possuindo 48 pares de cromossomos em sua constituicao total. As marcas da fusao continuam existindo nos pares fundidos mostrando que um de nossos pares de cromossomas contem o material constituinte de quatro e nao de dois cromossomos.

Mas essas sao informacoes extras. Eu quiz comecar o meu relato a partir de Lucy porque a especie que ela representa tem uma caracteristica ainda primitiva que a diferencia do ser humano atual. O volume do cerebro da Lucy eh apenas um terco do nosso. E esta, segundo as teorias mais recentes, eh o que nos separa dos outros primatas ou outros animais.

A teoria atual demonstra que o cerebro maior permite coordenacao de um numero maior de funcoes. Permite inclusive que mantenhamos parte dessas funcoes dormentes por nao haver a necessidade de usa-las no atual ambiente em que vivemos. Contudo, essas funcoes podem ser “acordadas” em caso de alguma mudanca, o que pode acontecer na situacao de uma grande mudanca climatica como exemplo. Infelizmente, para a maioria, uma mudanca drastica no clima significara o fim do mundo, mesmo assim, haverao alguns felizardos que se beneficiarao dela.

O cerebro dos ancestrais humanos adquiriu maior volume num espaco relativamente curto de tempo. 2 milhoes de anos depois de Lucy os humanideos ja haviam dobrado a sua capacidade cerebral. (Devemos recordar que 200 milhoes de anos de evolucao nos dinossauros nao alterou significativamente seus volumes cerebrais). Uma das teorias para se explicar isso supoe que ela tenha acontecido gracas a uma descoberta fundamental, o controle sobre o fogo. Sabe-se que o ser humano controla o fogo pelo menos desde 1.5 milhoes de anos atras. O fogo tem tres funcoes importantes para os humanideos. Afugentar animais predadores, fonte de calor para combater o frio e o cozimento de alimentos.

Das tres funcoes atribuidas ao fogo a que estaria diretamente ligada ao crescimento cerebral eh o cozimento dos alimentos. Isto se explica porque o cozimento dos alimentos funciona como uma predigestao deles. A ingestao de alimentos pre-digeridos implica numa maior disponibilidade de energia. 60% da energia que precisamos eh consumida pelas funcoes cerebrais. O cerebro maior representa maior capacidade mas tambem requer fonte energetica para manter-se.

O cozimento de alimentos pode ter influido tambem em nossa complexao fisica. Os outros primatas por exemplo precisam de um volume abdominal maior para conter mais alimentos nao cozidos para que eles possam ser mais eficientes no aproveitamento dos nutrientes. O volume do nosso abdomem pode ter diminuido em funcao do cozimento dos alimentos ja que podemos comer menos e aproveitar melhor os nutrientes. (Na atualidade, como estamos em epoca de vacas consideradas gordas, a facilidade de acesso a alimentos excessivamente energeticos tem promovido a crise mundial de obesidade que enfrentamos).

Nao ha uma certeza absoluta que o cozimento tenha acarretado o crescimento do cerebro humano mas eh absoluta a certeza de que cerebros maiores gastam mais energia e o cozimento disponibiliza mais energia para o organismo. Portanto, mesmo que o cozimento nao seja causa primordial do crescimento cerebral, ele ajuda em muito a manutencao desse crescimento.

Alguns pesquisadores estao teorizando que na area africana onde os humanideos se desenvolveram sofreu frequentes mudancas climaticas. Talvez essas mudancas climaticas frequentes tenham selecionado os melhor adaptados, ou seja, aqueles especimes que estavam adquirindo mutacoes que ocasionavam o crescimento cerebral. Com isso, os mais adaptados sobreviveram e os outros nao deixaram descendencia. Contudo, a manutencao dessa sobrevivencia passou a depender do cozimento dos alimentos.

03. E O QUE ISSO TEM O QUE VER COM A MULHER?

Para respondermos essa questao precisamos recordar o que sabemos a respeito dos seres humanos mais primitivos. Primeiramente, teoriza-se que o processo do cozimento tenha sido descoberto acidentalmente. Acredita-se que os fogos que acontecem na natureza, por exemplo, ocasionados por relampagos, levando a incendios acabavam transformando-se na fornalha mais primitiva conhecida. No rastro do fogo apagado os seres primitivos encontravam o churrasco. Por observacao eles teriam conhecido o gosto pelas carnes e aprenderam a manter o fogo.

O que eu enxergo de enganoso quanto a essa teoria eh que o cozimento no incendio provoca a carbonizacao que, alem de passar do ponto, deixa um cheiro horrivel de queimado na carne. Como se pressupoe que o olfato do ser humano fosse mais seletivo devido aa menor variedade de odores que estava exposto eh bastante improvavel que a carne com cheiro de queimado o fizesse salivar. Eh provavel que ele virasse a cara e cuspisse de nojo. Eh mais certo que apos o incendio tenha-se descoberto ao mesmo tempo o assado e o forno e nao o churrasco. Mesmo porque o fogo deve ter causado fatalidades entre os humanos o que os induzia a fugir de qualquer sinal de fogo.

O forno funcionava dessa forma: tanto animais que vivem em tocas quanto raizes superficiais seriam assados pelo calor indireto do incendio. Acidentalmente, algum catador/coletor deve ter descoberto essas iguarias e transportado a ideia para a pratica de seu dia-a-dia.

A forma mais primitiva de forno deve ter sido um simples buraco na terra. Dentro se colocava o que se queria assar, coberto por uma fina camada de terra ou areia. A fogueira seria feita por cima. Depois era so apagar o fogo e apurar o assado. Como o couro dos animais tinha outros usos, o ser humano primitivo deve ter tido a ideia de embrulhar a carne em folhas vegetais para ficar facil de limpa-la antes de comer.

Outro fato interessante de se saber da vida do ser humano primitivo eh que ele era cacador ou catador/coletor de tudo o que lhe era necessario da natureza. Basicamente, desde essa epoca deve ter comecado a divisao de trabalho entre os sexos, ou seja, o homem era basicamente cacador e a mulher e as criancas catadoras/coletoras.

Eh possivel que logo apos ou durante um grande incendio os homens desejassem levantar acampamento rapidamente para se dirigirem a areas preservadas do fogo, onde a caca continuasse a existir. A alimentacao que um incendio pudesse fornecer, tinha um prazo de validade curtissimo porque a carne queimada logo entra em estado de putrefacao. O homem procura racionalizar as coisas de acordo a que elas lhe deem beneficios e importancia. Como provedor da familia era mais logico para ele oferecer a carne recem-abatida para que se mantivesse a sua aura de cacador e provedor.

Porem, a mudanca de area nao impediria que as mulheres e as criancas voltassem aa area incendiada na esperanca de encontrar algo para o seu sustento. Enquanto os homens partiam em busca de caca nova. Entao, num exame mais minucioso, elas encontrariam os assados ainda dentro de suas tocas ou, em caso de vegetais, em suas covas superficiais.

A curiosidade feminina tambem pode ter levado as mulheres a descobrirem como manter o fogo a partir das brasas encontradas no rescaldo do incendio. A principio elas podem ter usado varas de madeira para remexer o braseiro, o que lhes encantava as vistas. Nisso perceberiam que avivavam o fogo e que o fogo passava para as pontas das varas. Como isso podem ter aprendido a transportar o fogo, em curtas distancias, e a mante-lo no acampamento, adicionando lenha ao fogo coletado.

Essa suposicao eh mais logica que imaginar que os homens tenham aprendido a transportar o fogo para onde quer que fossem. A caca com instrumentos primitivos exige coordenacao, estrategia, tatica e trabalho em conjunto. Seria dificil para um time cacar e manter o fogo ao mesmo tempo.

Ja as mulheres teriam obrigatoriamente que passar uma parte do ano acampadas. Isso se da por causa de elas proprias ficarem fragilizadas quando mais proximo a um parto e por causa da caracteristica de nossa especie onde os bebes precisam de cuidados por um tempo mais prolongado.

Manter o fogo no acampamento seria muito mais facil e util, para espantar as feras no inicio. Depois o cozimento mostrou-se igualmente importante. Entre as feras que a mulher deve ter aprendido a controlar nesse prazo de tempo devemos contar os homens. Quem tinha o poder sobre o fogo teria a majestade. Mas nem tudo deve ter sido flores. Acidentes devem ter acontecido e isso deve ter garantido que senao outro alem da mulher se tornasse a mantenedora do fogo.

Levar o fogo para a cacada seria algo temerario e contraprodutivo porque os animais selvagens fogem ao menor sinal de queimado e o sentido de olfato deles eh muito mais apurado que o nosso.

Outra caracteristica da formacao do cerebro humano eh que ele permanece em estagio de desenvolvimento ate aos tres anos de vida das criancas. Este eh um periodo em que as novas criaturas ficavam totalmente entregues aos cuidados das maes. Sendo assim, devemos aa genealidade e aos cuidados maternos o maior de todos os avancos evolutivos aas nossas ancestrais e nao a seus respectivos companheiros.

04. OUTROS PONTOS CHAVES DO DESENVOLVIMENTO CIVILIZATORIO.

Nao restam duvidas que apos o desenvolvimento do nosso proprio cerebro o que mais permitiu nossos avancos tecnologicos foi a descoberta de tecnicas de agricultura. Ate recentemente acreditava-se que as tecnologias agricolas haviam sido descobertas e desenvolvidas no Oriente Medio, mais precisamente na Mesopotamia (area entre os rios Tigre e Eufrates que atualmente eh parte do Iraque). Isso teria se dado por volta de 7.000 anos atras.

Acrescentarei essa informacao aqui porque acabo de ouvi-la na radio publica aqui em Massachusetts, em um programa de ciencias. Descobriram num cemiterio neolitico na China um vasilhame para fermentacao de cerveja. O achado foi datado como de 9.000 anos atras. Atraves do espectrofotometro conseguiram decifrar a formula da cerveja que continha em sua composicao: arroz, gergilim e outra planta. Isso comprova que a agricultura eh bem mais antiga do que se pensava antes.

A engenhosidade feminina deve ter-nos dado tambem a ceramica que eh um produto do acampamento e nao da caca. Porem, as mulheres modernas nao poderao mais reclamar dos maridos que ingerem cerveja porque esta deve ter sido outra descoberta delas. Agora esta explicado porque o cacador retornava ao acampamento!… Aos amigos consumidores. A formula dessa cerveja tao antiga ja esta sendo produzida e comercializada.

Atualmente, ja foram detectados vestigios de agricultura que datam ha mais de 10.000 anos, no Peru. Pouco-a-pouco todas as datas estabelecidas pelos paleontologos mais antigos estao sendo desmentidas por outras bem mais antigas. Porem, o que se pode observar eh que: essas datacoes devem ter sido encontradas em locais onde a agricultura ja era explorada com pelo menos a intencao de subexistencia.

Isso significa que ja havia alguma sofisticacao na tecnologia, que as plantas ja haviam sido selecionadas de forma a se tornarem produtivas o suficiente para que uma certa quantidade de tempo pudesse ser dedicada a elas e elas dariam um retorno em quantidade de alimentos que suplantasse as perdas no trabalho de caca e cata/coleta.

Enfim, para chegar-se a um tipo de agricultura com essas caracteristicas eh razoavel presumir-se que houve algum trabalho laboratorial anterior que, no tempo da nossa Historia-sem-escrita pode ter demorado dezenas de milhares de anos. Certo eh que devemos pensar o inicio da agricultura numa forma que tivesse objetivos outros que nao o economico. Nesse caso, o economico no sentido de valer a pena trocar uma atividade de sobrevivencia por algo melhor.

Uma informacao que pode ser-nos util para elucidar essa questao eh a de que os seres humanos usam enterrar seus mortos ha dezenas de milhares de anos atras. Mais de uma variedade da familia humana ja demonstrou o respeito pelos ancestrais. Entre eles o homem de Neandertal e o Cro-Magno. Muitas vezes, o simples enterro dos falecidos chega ao ponto de sofisticacao de os corpos serem depositados em determinado alinhamento preestabelecido e coberto por oferendas tais como flores e objetos pessoais do falecido. Isso indica o conhecimento de vida transcendental e outro mais mundano.

A presenca de flores nos sepultamentos indicam mais que respeito pelo falecido. Quando voltamos a dezenas de milhares de anos atras, encontramos uma Europa totalmente frigida. Ate hoje, que ela eh considerada temperada, ha um curto periodo de tempo em que as plantas nativas florescem. Este momento eh muito breve durante o ano mas a morte para os seres humanos pode acontecer em qualquer epoca dele. Portanto, as flores precisavam ser cultivadas para estar disponiveis para essas eventualidades.

Embora algumas flores possam ser usadas para a alimentacao humana, a justificativa para perder-se tempo cultivando-as em tempos tao remotos de nossa Historia seria algum uso medicinal ou religioso. De qualquer forma, o cultivo so poderia existir se houvesse alguem com um pouquinho de tempo de sobra para dedicar-se a ele. E as unicas pessoas com tal tempo seriam as mulheres nos acampamentos. Portanto, a tecnologia de plantio foi descoberta pelas mulheres. Mas ate isso transformar-se em agricultura levou mais algum tempo.

Outra descoberta feminina com grande influencia nas civilizacoes foi a forma da representacao divina. Nos sabemos que a forma de representacao divina mais primitiva eh a figura da deusa da fertilidade. Esta representacao vem de tempos ja palidos em nossa Historia. E a concepcao dela eh certamente feminina.

Essa afirmacao se explica porque nos tinhamos a divisao de trabalhos sendo que os homens eram cacadores e as mulheres catadoras/coletoras. Os homens tinham que andar longas distancias todos os dias para exercerem as suas funcoes. Talvez ficassem semanas sem voltar para casa. As mulheres teriam que manter-se acampadas boa parte de suas vidas.

Vamos analisar a formacao psicologica dessas pessoas. Deixemos de romantismos que somente surgiram senao “recentemente” na cultura humana. A mulher e o homem ficavam um com o outro nao pelos dotes de beleza e higiene de cada um. Eles ficavam para se completarem, observando seus proprios interesses. Eh possivel que se nao fosse pela pratica sexual o homem nao se aproximasse da mulher e vice-versa.

Por mais higienicos que fossem, o cheiro deles devia ser terrivel. Alguma possivel atracao maior era advinda da juventude dos casais. Para o homem, a pratica sexual tinha duas funcoes basicas: relaxamento e procriacao. Eh inato no homem o desejo de ver outras criaturas aa sua imagem e semelhanca. Talvez seja por essa razao que nem todo homem foi selecionado para a fidelidade. O que eles buscam eh a satisfacao para si proprios e nao para as parceiras. Eles viviam e morriam cacando. A fertilidade nao era a maior preocupacao deles.

Por outro lado, a fertilidade era parte fundamental para a mulher. Esta era desejada e igualmente temida. Desejada porque a mulher tem fases de fragilidade durante o periodo de gestacao e apos o parto. Depois, com os bebes totalmente dependentes delas tornava-se muito arduo exercer todas as funcoes que lhe eram atribuidas, e simultaneamente cuidar da seguranca quando estivesse em campo aberto. Nao pensem na mulher aqui como o sexo fragil da atualidade. Provavelmente, as mulheres que viveram em nosso passado distante tinham mais forca fisica que a maioria dos homens da atualidade.

A fertilidade para a mulher significava a garantia de que o homem voltaria com alimentos essenciais para a familia e serviria como guarda-costas nas necessarias e periodicas mudancas de acampamento.

Quando a gente ve reconstituicoes em documentarios desses movimentos migratorios onde as mulheres aparecem carregando alguns utensilios e as criancas, enquanto alguns homens carregam grandes volumes e outros fazem a guarda, elas sao provavelmente incorretas.

As mulheres eh que transportavam toda a carga do acampamento. Os homens carregavam suas armas, divididos entre batedores aa frente, vigias laterais e guarda-costas. Eles viviam em um mundo onde tinham que matar uma fera por dia. Qualquer descuido poderia ser fatal e cada pessoa tinha importancia fundamental na preservacao da especie. Se fossem atacados de surpresa por alguma fera, nao teriam tempo de desvencilhar das cargas para se defenderem. E alguns inimigos da epoca atacavam em bandos, portanto, nao poderiam abrir mao de nenhum defensor.

Cedo as criancas se tornavam independentes e caminhavam lado-a-lado com os adultos.

Alias, chegar-se aa idade adulta era uma dificuldade. Manter-se vivo era um trabalho de titans. Nessa epoca, dificilmente os seres humanos conheciam seus avos. A vida era breve e com poucos prazeres. Eh possivel que as mulheres em sua maioria nao sobrevivessem a cinco partos. E como nao tinham como evita-los, tornou-se imperativo que representassem a Pessoa Divina sob a forma da deusa da fertilidade.

No principio, a fe e as plantas seriam os unicos remedios que as mulheres podiam contar com eles. E a deusa da fertilidade reflete exatamente a personalidade feminina. Se ela fosse uma ideia masculina, provavelmente tivesse mais relacao com a caca e nao com a fertilidade.

Tudo indica que essas duas invencoes femininas tenham andado juntas por muito tempo. Ou seja, o cultivo de plantas e a crenca religiosa. Quando se fala em curandeirismo, geralmente nos vem aa mente a figura do page. Mas em tempos mais passados, antes da agricultura mais intensiva, essa deveria ser uma figura feminina.

E essa atividade nao detectada ainda pelos achados arqueologicos, ou seja, plantido de vegetais antes de haver sinais de agricultura propriamente dita eh que deve ter descoberto as plantas que se tornaram mais comuns em nossa agricultura comercial. Eh provavel que arroz, trigo e milho tenham sido cultiados nao por seus graos mas sim pela palha que forneciam para a producao de utensilios domesticos. Os representantes mais primitivos dessas especies deveriam produzir quantidades subcomerciais de sementes. Somente se produz as quantidades de hoje por causa da interferencia humana na selecao de plantas produtivas associado a praticas culturais mais sofisticadas.

Assim, antes de essas plantas terem sido melhoradas o suficiente para compensar que as pessoas abandonassem a atividade de caca e cata/coleta diretamente da natureza para dedicar-se primariamente aa agricultura, elas devem ter sido entregues como obrigacao exclusiva feminina. Isso se mostra mais obvio nas regioes temperadas do planeta onde as estacoes sao melhor definidas.

A epoca de plantio se da na primavera, por razoes climaticas. Justamente quando o periodo de caca mais abundante esta iniciando. Tenho certeza que o homem primitivo nao perderia a oportunidade de extrair alimentos ja prontos para investir em preparo do terreno, plantio, tratos culturais para obter alguma producao meses depois. Isso so passou a ser possivel depois que as plantas ja estavam respondendo positivamente ao trabalho paciente de selecao e produzindo quantidades suficientes para o sustento da tribo, desde o periodo da colheita ate, pelo menos, na epoca em que as novas plantas estivessem comecando a granular.

Essa condicao eh importante porque as pessoas teriam como alimentar-se sem perder o mesmo tempo que a caca exige. E quando os cereais estivessem comecando a granular seria o tempo em que a coleta de frutos comecaria. Assim, enquanto se esperava a colheita dos cereais, ter-se-ia o que comer da propria natureza.

Diz-se que: “Cabecas vazias sao a fabrica do diabo.” Acredito que essa “sabedoria” humana nao passe de inveja e nao propriamente uma verdade. Isso me faz lembrar do meu tio-avo: Gamaliel (Gama) Batista Coelho. Ele afirmava que o irmao dele e meu avo: Jose (Juca) nunca tinha trabalhado na vida e reclamava isso dizendo que todos os irmaos tinham trabalhado duro na roca.

Meu avo foi funcionario publico, tornando-se escrivao do crime. Naquele tempo, ele deveria passar mais tempo esperando que aparecessem processos para fazer-lhes as escrituras que os escrevendo. Dai o tio Gama dizer que ele nunca havia trabalhado, e o velho tio acrescentava aas suas razoes acusatorias a de ele proprio ter sido asmatico, o que lhe fazia o trabalho ser duplamente arduo.

Contudo, a teoria do ditado e do tio Gama nao se comprova por fatos. Enquanto em suas horas folgadas no trabalho, o vovo Juca prestava servicos comunitarios, ou seja, ele estava sempre com a mente ocupada de boas intencoes. Isso pode ser verificado em minha cidade natal: Virginopolis – MG, onde quase todo predio publico tem a fotografia do meu avo entre as de outros fundadores. Elas podem ser vistas no hospital, no colegio etc.

Somente nao o encontramos na galeria de ex-prefeitos porque esse foi um cargo que ele nunca almejou. Ele era simpatico com todos mas estourado quando era contradito. Conhecendo suas limitacoes politicas ele preferia ser cabo eleitoral de outros. E alguns eleitos devem suas eleicoes aa ajuda dele.

Essa eh uma das razoes que penso estar correta a minha hipotese de as mulheres terem sido o verdadeiro motor das civilizacoes. O tempo que elas tinham no acampamento deve te-las ajudado a pensar nas ideias em prol do coletivo. Os homens somente puderam ter seu tempo de “ociosidade” depois da agricultura ja inventada E, para a visao masculina, o trabalho da mulher era ocioso, da mesma forma que o tio-avo pensava do vovo Juca. O nosso bom tio Gama so eh lembrado atualmente por nos que o conheciamos de perto.

Por fim, nesse periodo inicial, outra invencao que mudou o mundo e que pode ser feminina eh a roda. Como ja disse antes, o encargo de transportar o pesado nas viagens cabia a elas. Dai o interesse em inventar a roda. No principio deveria nao passar de dois varoes ligados por uma larga pele de animal para puxar as tralhas. Dai foi so acoplar duas rodas aos varoes. Futuramente veio o eixo e por ai a ideia moveu o mundo.

Atualmente nao se sabe quem inventou a roda. Quando eu era jovem foi dito que os hicsos a introduziram no Egito e dai para frente ela ganhou o mundo. Na verdade, com os hicsos ela ja aparece em forma de bigas de guerra, totalmente desenvolvida. Nao creio que ja tenha nascido com essa funcao. Eh preciso buscar formas mais simples para o surgimento da ideia. Para o ser humano ter inventado a biga, a roda e acopla-las ao cavalo de uma so vez seria como inventar o jato antes das outras formas simples de voar.

Dei uma rapida pesquisada nas origens da roda e fiquei sabendo que ela aparece muito antes dos hicsos. Aparecem em desenhos em ceramica e pequenas rodas de pedra que parece terem sido usadas como brinquedo das criancas. O que comprova a minha hipotese, pois, crianca brincando so poderia ser em torno do acampamento sob o comando materno.

Uma das provas de que a agricultura eh uma invencao mais antiga do que os livros de Historia registram eh o fato de todas as comunidades humanas espalhadas pelo globo conhecerem algum tipo de agricultura, mesmo quando tratamos de milhares de anos atras. Portanto, se a ideia tivesse surgido no Oriente Medio, ou nas Americas, como teria viajado para todo o globo em tempos tao remotos? Isso so seria possivel se alguma forma de agricultura ja existisse antes de haverem as grandes separacoes, ou seja, antes de o ser humano ter saido da Africa, ha cerca de cem mil anos atras.

Resumindo: as mudancas morfologicas e culturais que determinaram o desenvolvimento das civilizacoes humanas foram: o controle do fogo, o cozimento dos alimentos, o crescimento do volume cerebral, a manifestacao da crenca religiosa, a descoberta de tecnologias primarias de agricultura e a roda. Todas essas descobertas genuinamente femininas.

Claro, podemos lembrar como contribuicoes masculinas a astronomia que o homem precisava para saber ir e voltar para casa. A domesticacao dos animais e a navegacao aquatica. Tambem as armas que deram o dominio sobre os predadores. Todas essas descobertas estao diretamente ligadas aa atividade da caca. Portanto, nao podemos atribuir exclusivamente aa mulher o desenvolvimento cultural humano. Menos ainda podemos atribuir alguma superioridade masculina nesse desenvolvimento.

05. ALGUMAS COISAS DE NOSSO PASSADO QUE PRECISAMOS CONHECER.

Uma das descobertas das ciencias atuais eh que, embora a nossa evolucao venha de tempos imemoriais, todos nos descendemos de uma mulher. Ela deve ter vivido ha cerca de 140.000 anos atras. Nao eh que somente ela existia. Provavelmente ela pertencia a uma grande familia. Contudo, somente ela adquiriu uma mutacao que permaneceu em todas as suas descendentes ate hoje. Provavelmente, sejamos descendentes de todas as mulheres, da mesma epoca, que deixaram descendencia fertil, contudo, os que nao foram simultaneamente descendentes dela e nao receberam a heranca mutante se extinguiram. Essa mulher, perante uma certa analogia com o texto biblico, pode ser considerada nossa Eva.

Situacao semelhante ocorreu ha cerca de 100.000 anos atras a um homem. Ele recebeu uma mutacao que passou aa sua descendencia. Essa descendencia eh simultaneamente descendente de milhoes de outros homens e mulheres. Contudo, no caminho evolucionario, todos os que nao receberam a mutacao se extinguiram. A esse homem podemos chamar de Adao porque todos descendemos dele.

Pelo que eu conheco de genealogia, porem, posso afirmar que essa eh uma leitura tendenciosa da verdade. Tanto nossa Eva quanto nosso Adao descendiam de geracoes incontaveis de ancestrais, portanto, eles nao foram criados. E todos os ancestrais deles contribuiram igualmente para a formacao da humanidade. Sem que nisso houvesse uma intencao deles proprios de faze-lo. Eles apenas tiveram seus filhos. Os filhos tiveram filhos. E assim foi de geracao em geracao ate chegar a nos.

Se nos desejarms ser genitores de toda a humanidade futura eh ate relativamente simples realizar o nosso desejo. Basta termos dois filhos. Pedirmos para que nossos filhos facam o mesmo e passem a ideia para frente. Instruam a sua descendencia a nao casar-se com ela propria. Daqui a 33 geracoes, o que corresponde a aproximadamente 1.000 anos, voce tera mais de 8.5 bilhoes de descendentes, somente na 33a geracao. Ou seja, se a 31a e a 32a geracoes estiverem vivas ao mesmo tempo, ou seja, os pais e os avos, a sua descendencia contaria com cerca de 15 bilhoes de representantes. Como a atual populacao da Terra conta com menos da metade disso, o casal Adao e Eva poderia ter nascido ha menos de mil anos atras e ainda assim ser ancestral de todos nos. Contudo, a nossa descendencia sera, simultaneamente, descendente de todos os nossos contemporaneos. Deus nao nos concedeu nenhuma exclusividade em nosso dom de multiplicacao.

Na pratica, essa situacao torna-se mais dificil acontecer, ou ter acontecido em prazo tao curto de tempo, por causa das nossas culturas segregacionistas. As separacoes fronteiricas, as imposicoes de extratificacao social, os preconceitos religiosos etc, dificultam a efetivacao de uma intencao dessas.

Outro fator que interfere muito eh a condicao de nao poder haver casamentos dentro da propria descendencia durante as 33 geracoes. Geralmente, a descendencia das pessoas se concentram em um espaco geografico limitado. Com isso, em um numero muito menor de geracoes todos as pessoas daquele espaco geografico sao descendentes das mesmas pessoas iniciais e o casamento entre primos torna-se inevitavel se nao houver mudanca para areas diferentes. Contudo, um ou outro representante de cada familia se extravia da area, a cada geracao. E sao os extraviados que realmente multiplicam a descendencia dos proprios ancestrais. Quanto mais se casa fora da familia mais descendentes sao gerados.

Voltando ao tema desse meu texto, encontramos que as contribuicoes das ideias femininas tiveram como consequencias as formacoes de nossas civilizacoes. As civilizacoes so poderiam ser possiveis se houvessem concentracoes populacionais para sustenta-las. Isso se explica porque civilizacao nada mais eh que a pratica do dia-a-dia em torno de ideias. Quando as ideias se juntam surgem as civilizacoes. Mas para que as ideias se juntem eh preciso que haja um numero de cerebros maior pensando-as e pondo-as em pratica. Se continuassemos como cacadores e cata/coletoras isso jamais poderia ter acontecido porque as fontes naturais de recursos nao mantem grande numero de populacao.

Com o surgimento da agricultura nos ganhamos a oportunidade de fixar residencia, obter uma fonte continua de alimentos e, de grande importancia, gozar de algum tempo de “ociosidade” que nos permite ter ideias e testa-las. As ideias que favorecem as civilizacoes sao justamente aquelas que facilitam as vidas das pessoas para que possam ter mais tempo “ocioso” que eh transformado em novas ideias.

A nossa civilizacao atual nos permite gastar o equivalente a uma vida inteira da pessoa primitiva no “ocioso” tempo dedicado a estudar. Na epoca da caca e cata/coleta, estudar seria considerado tempo totalmente ocioso. Ainda, ha 100 anos atras os estudos nao tinham a popularidade e a universalidade dos dias de hoje. Mulheres se dedicando aos estudos, em paises como o Brasil, eram consideradas uma excecao totalmente indesejavel. Em compensacao, os avancos tecnologicos desse passado recente andaram a passos de tartaruga em relacao aos dias de hoje.

Se por um lado a ideia feminina da agricultura permitiu o nosso avanco civilizatorio, por outro lado fez da mulher uma vitima. Isso se deu porque a mulher era a rainha do acampamento e o homem era o servo cujo labor era buscar alimentos e dar protecao. Com o surgimento dos nucleos habitacionais proporcionados pela agricultura, o homem passou a tambem gozar de tempo “ocioso”. Eh possivel que ele tenha ate ficado realmente ocioso porque a lida com a agricultura era da mulher e ai ele passou a ter mais ideias.

Uma das consequencias da agricultura foi obter alimentos com maior regularidade, mesmo em epocas dificeis como os invernos, gracas ao armazenamento de alimentos. Isso elevou a expectativa de vida das pessoas. Foi ai que passamos a conhecer a geracao dos avos. Os avos devem ter sido os primeiros professores, ensinando tradicoes orais. Eles tambem tomaram conta das criancas, dando aos adultos jovens mais tempo dedicado a seus afazeres.

Isso foi bom por um lado para a mulher; a vida de agricultora lhe deu mais saude, tempo de vida e extendeu seu periodo reprodutivo, ou seja, possibilitou aa mulher ser mae mais vezes.

A mulher tem certas habilidades nao vistas em outros seres na natureza. Segundo um antigo professor meu na medicina veterinaria: “as “macacas” sao as unicas femeas que menstruam.” Ele referia-se aas primatas, inclusive a humana.

Outra caracteristica da mulher eh nao ter um ciclo estacional fertil. Nos outros animais, que nao tenham sofrido a selecao humana, a reproducao so acontece no periodo em que a natureza oferece mais luminosidade e alimentos, ou seja, primavera e verao. Nesse caso, as femeas so ovulam anualmente ou de seis em seis meses. E somente nesse periodo as femeas se permitem manter relacoes sexuais com os parceiros.

Os pequenos animais, como os roedores, podem repetir varias vezes porque seus periodos de gestacao sao curtos, porem, a femea so pratica sexo durante a ovulacao que se da de mes em mes, aproximadamente.

Talvez a mulher e a femea do bonobo (um primata muito parecido com o chimpanze) sejam as unicas representantes do mundo mamalia que pratiquem sexo independentemente de estarem ou nao no periodo ovulatorio. Talvez essa tenha sido a capacidade que tenha garantido o sucesso feminino na preservacao da especie em tempos primitivos. Porem, durante o periodo civilizatorio, com a regularizacao da disponibilidade de alimentos, a mulher acabou mantendo a capacidade de engravidar em qualquer periodo do ano. No periodo anterior, mesmo que ela tivesse essa capacidade, durante as fases de privacao de alimentos o organismo deveria responder com a infertilidade. Nesse caso ela se preservava tendo menos gestacoes.

Com a possibilidade de ter mais gestacoes e precisar de mais tempo cuidando da prole, deve ter ocasionado o espaco para o homem ocupar a chefia da familia. Assim o homem diminuiu sua area geografica de atuacao, tomando conta da agricultura e a mulher diminuiu-se mais ainda mantendo-se nos arredores da casa.

Os ateistas podem nao acreditar em Deus. Mas eles nao podem negar que o acreditar-se em Deus foi fundamental para a formacao das civilizacoes. Nas manifestacoes iniciais observa-se um certo equilibrio entre as representacoes de Deus, oriundas tanto das observacoes masculinas quanto femininas. A grande deusa era a da fertilidade no inicio. A admissao do politeismo deve ter sido um acordo conciliatorio entre a mulher e o homem para a convivencia pacifica nos nucleos habitacionais. Assim, as manifestacoes divinas passaram a ser interpretadas como deuses individualizados. Tanto provindos das observacoes dos cacadores quanto das cata/coletoras.

A representacao da deusa da fertilidade deve ter nascido do desejo da mulher de tornar-se mae e obter protecao para o parto. Depois a representacao ganhou contornos de todo tipo de fertilidade, inclusive da Terra, dos animais e tudo o que multiplicasse em beneficio da pessoa humana.

Esses conceitos acabaram sendo adotados por algumas manifetacoes de representacoes divinas de origem masculina. Afinal, fertilidade e sucesso estao intimamente ligados nas concepcoes macho/civilizatorias. Em alguns casos, a fertilidade foi totalmente transferida para a figura masculina. E esse eh o conceito que dominou a crenca masculina ate recentemente. A ideia da fertilidade chegou a ter um peso tao grande na psicologia masculina que, logo apos a invencao do microscopio e a possibilitacao da visualizacao individual dos espermatozoides, passou-se a teorizar que o homem era o unico responsavel pela reproducao. Chegou-se a imaginar que dentro do espermatozoide existia um bebe em miniatura e que no utero materno apenas crescia. Mas isso ja adianta um pouco a nossa Historia.

06. A CONCEPCAO DOS AUTORES BIBLICOS DA MULHER.

Nao sabemos extamente quando foi que a primeira civilizacao estruturada surgiu sobre a Terra. A escrita mais antiga que temos noticias eh a cuneiforme e foi atribuida aos sumerios. Eles foram um povo que floresceu na Mesopotamia por volta de 7.000 anos atras. Contudo, eh dificil imaginar que a civilizacao e a escrita tenham surgido ao mesmo tempo.

Ha vestigios que indicam que a civilizacao egipcia tenha comecado por volta do mesmo tempo. O que ha de interessante de observar-se eh que essas civilizacoes sao anti-diluvianas, ou seja, surgiram antes do diluvio relatado na Biblia e permaneceram depois. Por essa e outras razoes nos sabemos que o texto biblico nao eh exatamente aquilo do que foi dito dele.

Acredita-se que a Biblia tenha sido escrita, numa visao mas otimista, num periodo em torno de 1.000 anos mais ou menos. Mas eh provavel que tenha sido escrita entre os anos 680 a. C. ate um pouco mais de 100 d. C. Quando se fala isso, algumas pessoas se sentem ofendidas porque foi dito que Moises escreveu os cinco primeiros livros e ele deve ter nascido por volta de 1.400 a. C. Porem, existe grandes diferencas entre o que a tradicao dita e o que pode ser observado.

Se tomarmos como exemplo o conto da Arca de Noe, nos o encontramos escrito em tijolos sumerios ha mais de 5.000 anos atras. Varios outros trechos encontrados na Biblia sao tambem encontrados em outras fontes que sao anteriores aas escritas biblicas. Alguns estudiosos creem que isso comprove que as partes mais antigas da Biblia tenham sido escritas na data que pretendem. Mas nao existe essa relacao porque a Biblia contem tradicoes muito anteriores aa escrita dela. Moises jamais poderia ser o autor do conto da Arca de Noe ja que o conto existia muito antes dele nascer.

Muitos trechos da Biblia refletem tradicoes anteriores a ela. Interessante de se ver na Biblia eh o quanto o texto dela eh anti-feminino. E penso que isso seja um reflexo de tempos em que a guerra dos sexos atingiu seu climax. Como ja vimos, a mulher teve papel fundamental na possibilitacao do surgimento de nossas civilizacoes. Portanto, o papel dela na sociedade deveria ser, pelo menos, igual ao do homem. Mas isso nao se verifica, principalmente na regiao que conhecemos como Oriente Medio e adjacencias.

Na mesma epoca em que a Biblia (partes mais antigas) deve ter sido escrita, na Grecia acreditava-se que o amor verdadeiro era entre dois homens. La foi onde nasceu a pederastia, ou seja, a uniao entre um homem maduro com um mais jovem. Os homens viviam numa parte da casa reservada para eles (androceu) e as mulheres na parte reservada para elas (gineceu). Creditavam o contato do homem com a mulher como um mal necessario para que ela gerasse filhos.

Porem, o que nos preocupa eh o que esta escrito na Biblia por uma razao simples. Ela contem um tipo de pensamento cultural que refletia o crer das pessoas de determinada epoca e determinado ponto geografico. Devido aos escritos dela terem se tornado o padrao do credo que chegou ate ao Ocidente, a maioria se sente na obrigacao de crer que tudo que esta escrito nela seja, de alguma forma, verdade. E as proprias mulheres nao percebem o quanto certas influencias em nossa formacao psicologica estao erradas gracas aa crenca.

Que as pessoas nao confundam as coisas. O meu pensamento nao eh nem anti-biblico nem anti-religioso. Eu creio em Deus por uma razao simples. Eu conheco Deus. Os autores da Biblia acreditavam sem conhece-Lo. Dai a grande quantidade de erros que cometeram. Se alguem quizer saber se eu sigo aa risca o que esta escrito na Biblia eu digo que nao. Eh preciso ser coerente e seguir aquilo que nao contradiz o conhecimento que temos de Deus.

Para nao prolongar ainda mais este texto, mostrarei um pouco onde o texto biblico eh anti-mulher. Para comecar, basta ler-se o primeiro capitulo do Genesis e perguntar-se quem eh a figura ali chamada de Deus. Se a pergunta fosse feita aos religiosos mais antigos, de tempos imemoriais, eles logo o reconheceriam como sendo a deusa da fertilidade. Muitos dirao que a deusa da fertilidade nao tinha tantas funcoes. E eu digo que eh exatamente ela por isso mesmo. O objetivo do autor biblico era o de destronar a deusa da fertilidade e substitui-la por uma figura masculina que fosse mais poderosa que ela, dai a descricao nao ser exatamente a mesma. Antes de ser maculinizado, Deus era concebido como feminino.

No verso 27 temos: “E Deus criou o homem aa sua imagem; aa imagem de Deus ele o criou; e os criou homem e mulher.” Por tras das sutilezas percebe-se a intencao do autor. Para quem cre em Deus isso pode parecer verdade mas para quem O conhece descobre as falhas. No capitulo 20 (4) do Exodo e no 5 (7) do Deuteronomio ficou o aviso de nao fazer-se representacao do que houvesse no ceu. Isso poe essas passagens em conflito porque todo homem seria uma representacao de Deus, e atribuida ao Proprio. Produzir algo aa sua imagem e semelhanca pertence ao ego humano e nao Divino porque Deus nao precisa melhorar a Si Mesmo. Ele tem o Poder de estar sempre Presente. Nao necessita de imagens.

Se Deus tivesse feito o homem parecer-se com Ele Proprio ninguem poderia afirmar porque Deus tambem se fez invisivel aos olhos dos pecadores. O que eh certo eh que o autor biblico tinha uma intencao ao afirmar isso, ou seja, ele nao aceitava de forma alguma que Deus fosse aa imagem feminina como eh a deusa da fertilidade.

Deus nao tem crises de auto-afirmacao, dai Ele nao ter a necessidade de fazer uma creatura aa sua Imagem e Semelhanca. Este eh um requisito humano, particularmente masculino. Para os que creem que o homem foi feito aa semelhanca de Deus, olhem para a sociedade criada pelo homem. Sera que ha nela alguma semelhanca com uma Sociedade Divina?

No capitulo seguinte, o numero 2, o autor retorna aa creacao. Este capitulo vem para reafirmar a primazia que ele queria dar ao homem em detrimento da mulher. Ele repete parte do mito da creacao para afirmar que tudo havia sido creado para o homem e que a mulher, alem de ter sido creada por ultimo, seria apenas uma auxiliar do homem e nao creacao em pe de igualdade.

Para sofisticar mais as suas intencoes o autor descreve a mulher sendo formada de uma costela do homem. Essa imagem criada pelo autor biblico revela a inseguranca dele. Poder-se-ia dizer que a imaginacao usada por ele revela um complexo de inferioridade e, no fundo, ele invejava o poder da mulher de nos gerar no utero. Pelo texto nao da para perceber se o homem da epoca do autor imaginava que tivessemos mesmo origem na costela materna ou se fosse apenas uma figura de linguagem. Isso porque no ultimo mes de gravidez o abdomem parece estar pendurado pelas costelas.

APENAS UMA NOTA. Muitos interpretes biblicos atuais chegaram aa conclusao que existem dois contos da creacao imbutidos no texto biblico. Eles querem conciliar o impossivel. Eh obvio que a intencao era a de dizer que Adao fora o primeiro ser humano. Contudo, tambem eh obvio que no tempo em que o autor o estabeleceu, a humanidade ja estava velha na Terra. Mas no 2, 5 esta escrito: “ainda nao havia na terra nenhuma planta do campo, pois no campo ainda nao havia brotado nenhuma erva: Jave Deus nao tinha feito chover sobre a terra e nao havia homem que cultivasse o solo e fizesse subir da terra a agua para regar a superficie do solo.” Em seguida narra-se a creacao de Adao. Se nao haviam chuvas nem erva, nao haveria humanidade antes de Adao. O que fica claro eh que, o conto da creacao nao passa disso: eh um conto. Tinha a finalidade de explicar algo que o autor nao compreendia e nao conhecia, alem da tentativa de reduzir a mulher ao segundo plano na creacao inventada por ele.

No capitulo seguinte ele, o autor, se torna menos sutil ainda. Ele constroi uma narrativa para explicar a origem do pecado entre os seres humanos. E, logicamente, o personagem escolhido para iniciar toda a desgraca humana eh obviamente a mulher. Segundo ele, alem de Eva ter comido do fruto proibido, ofereceu-o ao homem.

O que ha de mais simplorio em toda a narrativa eh a presenca e imprevidencia de Deus. Deus, que tudo sabe, teria feito o homem inocente, avisado a ele para nao comer do fruto proibido, ao mesmo tempo dado-lhe uma mulher ja sabendo que ela iria comer do fruto proibido e oferecer ao homem que tambem o comeria. Os que conhecem a Deus sabem que Ele nao age assim, portanto, resta-nos apenas uma conclusao a respeito dessas coisas escritas na Biblia. Elas foram incluidas para os homens terem um argumento contra a igualdade entre o homem e a mulher.

Mas o que se inicia com erros dificilmente se corrige no percurso. Desde que o primeiro autor colocou tais impressoes no livro mais antigo, todos os outros foram elaborados a partir dele, dai o conteudo biblico como um conjunto nao ser propriamente um reconhecimento de que a mulher tenha a capacidade de liderar algo alem das dependencias da propria casa.

Muitas sao as outras passagens com essa mesma finalidade na Biblia. Nela a mulher eh geralmente tratada como um ser inferior, indesejavel ou contaminante. Pouquissimas vezes a mulher eh lembrada por sua sabedoria e capacidade de tomar decisoes. Entre as poucas excecoes estao os exemplos de Debora, em Juizes 4; Rute e Noemi no livro com o nome da primeira (Mas o livro de Rute teve a finalidade de justificar a dinastia de David porque, por ela ser moabita e bisavo de David, ele jamais poderia ter sido coroado rei, segundo as Leis atribuidas a Moises) e Ester no livro de proprio nome. Mesmo assim nao ha a preocupacao de apresentar tais mulheres como heroinas do povo mas sim como alguem que, acidentalmente, entrou para a Historia. (Estou aqui excluindo de minha analise alguns livros da Biblia catolica, que nao sao diferentes dos demais, para nao causar dificuldades aos leitores das Biblias com menos livros.)

Para concluir, resumindo o que encontramos no Antigo Testamento em relacao aa mulher, encontramos mais frequentemente coisas tais como: a desobediencia da esposa de Lo e a consequente transformacao na estatua de sal (Genesis 19, 26); a trama envolvendo as filhas de Lo que conceberam filhos do proprio pai, dando origem aos Moabitas e Amonitas (Genesis 31, 19-35); o relato no capitulo 34 do Genesis de que Jaco e Lia tiveram uma filha: Dinah e a intencao subliminar de insinuar que ter filha eh mais problematico, alem do texto indicar a condicao de inferioridade atribuida aa mulher na sociedade machista porque a todos os irmaos de Dinah foi dado o poder de gerar uma tribo e a ela recusado; em Numeros 5, 11-31 estabelece-se um tipo de investigacao para esclarecer se os ciumes do marido tem ou nao fundamentos, onde somente a suspeita eh submetida aa humilhacao e, para nao prolongar mais esse texto, o comportamento da esposa de Jo em 2, 9 que o aconselha a amaldicoar a Deus e morrer.

Obviamente, outros estudiosos biblicos irao apresentar passagens que parecam valorizar a mulher e umas poucas vezes isso realmente acontece. Mas o contexto geral indica isso: mulher boa eh aquela que eh submissa ao homem e que jamais se atreva a liderar nada sem a devida assistencia de um homem.

07. A EVOLUCAO DO PENSAMENTO CRISTAO.

Jesus deve ter sido o homem mais revolucionario em sua epoca. Ele nasceu, viveu e morreu professando o judaismo. Entao, era esperado que ele seguisse as convencoes estabelecidas no Antigo Testamento. Mas ele nao o fez, particularmente em relacao aa mulher.

Estudiosos atuais acreditam que ele tenha sido diferente mas tinha uma razao simples para isso. Sempre se soube que ele viveu praticamente a vida toda em Nazare. E Nazare nao passava de um distrito, em tamanho, embora tivesse a autonomia de cidade. Portanto, criado em um lugar pequeno, sob a forte influencia das tradicoes, deveria ser um judeu tradicionalista.

Mas os achados arqueologicos mais recentes demonstram que Nazare ficava a uma distancia de onde se podia enxergar Cesareia perfeitamente. Cesareia era uma cidade de bom tamanho, construida por Herodes, o Grande, para fazer uma media com o Imperio Romano. Era uma cidade que mesclava culturas, predominando o greco-romano. Acredita-se atualmente que Jesus deve ter acompanhado Jose, ou ido sozinho apos a morte deste, boa parte dos dias de trabalho ate aquela cidade. O contato multicultural que teve deve te-lo feito mais tolerante, particularmente com os pagaos que nao impunham tantas restricoes aas mulheres quanto o judaismo tradicional.

Alguem ja me disse que a razao que Jesus encontrou para revogar a lei do divorcio (Mc 10, 2-12) era porque os judeus da epoca dele estavam dando cartas de divorcio a suas esposas ate por motivos futeis. Lendo o texto atribuido a Moises em Deuteronomio 24, 1-4 percebe-se que lavrar-se uma carta de divorcio era uma prerrogativa masculina e realmente nao interessava o motivo. Alem disso, todas as leis, segundo o que esta escrito no Antigo Testamento, haviam sido intermediadas por Moises, porem, atribuidas a Deus. Portanto, nao procede a alegacao de que teria sido por causa da dureza do coracao dos homens que Moises deixara escrito tal estatuto.

Contudo, eh obvio que Jesus reconhecia as dificuldades que o estatuto do divorcio causava aas mulheres. Na cultura judia elas e os filhos eram propriedade dos homens (pais ou maridos) e sem eles elas dificilmente encontrariam meio de subsistencia que nao a prostituicao, caso nao tivessem pais que as aceitassem de volta em casa. A ideia de que o casamento transforma os nubentes em uma so carne nao impedia o divorcio porque, se foi Deus quem uniu o casal, o divorcio era a autorizacao dada por Ele Proprio para separa-lo. O divorcio nao era o homem separando o que Deus havia unido e sim Deus separando o que Ele Proprio, supostamente, havia unido.

Mesmo que alguem se apresente aa frente de sua familia, seus amigos e sua comunidade religiosa para realizar uma cerimonia de casamento mas se no futuro Deus sabe que essa pessoa ira separar-se, entao, ai nao havera casamento mas sim uma simples reuniao social.

Jesus sabia que nem tudo que se encontra na Biblia corresponde aa Vondade de Deus e por isso sabia que os autores usaram o Nome de Deus em vao, afirmando que fora Ele Quem ordenara as Escrituras. Dizendo Jesus que fora Moises quem concedera o estatuto para o divorcio, abriu entao o prescedente para a duvida: o que mais esta escrito por pura vontade dos homens e nao de Deus? A resposta passa, em parte, pelo caminho: tudo o que leva aa discriminacao nao vem de Deus porque Ele nao faz diferenca entre pessoas. Neste caso, toda discriminacao que existe contra outras religioes, outros povos e, particularmente, contra as mulheres nao vem, de forma alguma, da Parte de Deus.

Mas o que eu desejo que fique claro aqui eh que tanto o que esta escrito no Antigo quanto no Novo Testamentos sao o resultado das reflexoes humanas, embora tenham sido atribuidas a Deus. Jesus desejava proteger a mulher contra as imposicoes da sociedade mas nao tinha como escapar do ambiente cultural em que vivia. Com certeza, aquilo que Deus unir e nao der poder ao homem de separar, jamais sera separado, mesmo que o homem o deseje. Devemos lembrar que Deus nao quer o mal para ninguem. Dai, as vezes eh melhor separar que destruir duas ou mais vidas. Algumas coisas na Biblia coincidem com a Vontade de Deus e estas devemos identificar e seguir.

Coisa semelhante se da no julgamento da mulher pega em adulterio e narrado em Joao 8, 3-11. Ali nao esta escrito mas ha o que se interpretar. Jesus nao estava julgando o adulterio cometido pela mulher. A lei dizia que o casal pego em flagrante cometendo adulterio deveria ser morto. Eles lhe levaram apenas a mulher. Quando Jesus autoriza a jogar a pedra, aquele que nao tivesse pecado, ele sabia que a sociedade inteira era adultera. Eh por isso que ninguem executou a mulher ja que a haviam condenado antes mesmo do julgamento. Jesus fez a defesa da mulher porque reconheceu que ela nao pecava sozinha, porem, recomendou a ela nao voltar a pecar. Aquela mulher era vitima da sociedade machista. Isso nao quer dizer que todo adultero o seja.

Nao ha como afirmar que o pensamento de Jesus fosse realmente libertador ao ponto da perfeicao. Mas certamente era mais liberal que a versao de Igreja que chegou ate a nos no passado recente. O pensamento dele nao era libertador apenas em relacao aas mulheres e sim em relacao a todos. Quando ha opressao, tanto o oprimido quanto o opressor precisam de libertacao.

Eh certo que Jesus abriu certas portas. Os textos do Novo Testamento nos falam de 72 discipulos. Ele nao foi tao “moderninho” que incluisse mulheres entre os doze apostolos. Mas nao se tem a relacao dos 72 para termos certeza que elas estavam tambem entre eles. Algumas evidencias contudo nos sao dadas. Por exemplo, sao as mulheres quem por primeiro o veem ressuscitado. O simbolismo disso eh muito forte para ter sido aceito pelo judaismo tradicional. O judaismo tradicional so aceitava a primazia da mulher quando envolvidas no pecado.

Igualmente simbolicas sao as coisas contadas no capitulo 10 do livro Atos dos Apostolos. Ali se descreve a conversao do centuriao Cornelius e de todos os seus amigos. Como ele era romano, nao tinha reservas em relacao a por juntos no mesmo ambiente pessoas de ambos os sexos. No final, conta-se que ocorreu o pentecostes dos pagaos, ou seja, todos teriam recebido o Espirito Santo em forma de lingua de fogo (batismo espiritual). No corpo do capitulo, versos 34-35, Pedro reconhece e destaca que Deus nao faz diferenca entre pessoas. O que era uma grande novidade ja que no capitulo 10 do Deuteronomio, verso 17, esta escrito a mesma coisa, porem, logo apos ter-se dito que Deus fizera escolha dos antepassados da nacao de Israel e dela propria para ama-los, em detrimento de todas as outras nacoes.

Nos que conhecemos a Deus sabemos que Ele jamais fez escolhidos e ama a todos igualmente. E as referidas escolhas ditadas pelos autores biblicos foram barberagens teologicas que tinham o fim unico de impor os interesses dos autores sobre os demais.

Porem, a Igreja crista nao eh somente aquilo que Jesus ensinou. Nos temos nela conflitos que sao milenares. Existem varias passagens que discriminam a mulher mas eu gostaria de salientar duas. No livro de Joao 2, 4 esta a primeira: “Jesus respondeu: “Mulher, que existe entre nos?…” Essas palavras foram atribuidas a Jesus, falando aa propria mae, pouco antes de realizar o milagre conhecido como Bodas de Canah.

Achei interessante destaca-la porque quando a mostramos a um amigo nosso ele a achou um absurdo. Logo xingou Jesus dizendo que se ele tivesse dito aquilo, seria um grande… Nosso amigo nao tinha a menor intencao de defender a mulher em si com o destempero dele. Ele eh machista e, como tal, nao se importa com o que falem das mulheres. Mas ele sentiu-se ofendido porque pensa que essa nao seria a forma apropriada de tratamento reservado a uma mae. Todo machista tem essa reacao de defesa em relacao aa propria mae e nao veem a mesma necessidade em respeitar as maes em outras situacoes.

A outra passagem eh a de Corintios 14, 34-35: “Que as mulheres fiquem caladas nas assembleias, como se faz em todas as igrejas dos cristaos, pois nao lhes eh permitido tomar a palavra. Devem ficar submissas como diz tambem a Lei. 35 Se desejam instruir-se sobre algum ponto, perguntem aos maridos em casa; nao eh conveniente que a mulher fale nas assembleias.”

Sabe-se contudo que isso nao eh verdadeiro. Muitas das primeiras comunidades cristas foram dirigidas por mulheres. Chegou-se inclusive a escrever-se um Evangelho dedicado a Maria Madalena. O livro mostra uma versao completamente diferente de cristianismo em relacao aa passagem destacada acima e Santa Maria Madalena eh retratada em nivel igual ou superior aos apostolos. Os estudiosos mais alinhados com as tradicoes que nos chegaram ate hoje afirmam que o livro foi escrito muito tempo depois e se tratava de manifesto de desafeto de pessoas que nao gostavam das decisoes dos “legitimos lideres da Igreja Primitiva.”

Mas o que se pode deduzir eh que o movimento iniciado por Jesus era aberto a ideias mais avancadas. Eh possivel que Maria Madalena tenha tido sim o status de discipula de Jesus e tenha liderado algum ramo da Igreja Crista. Como todos os outros Evangelhos, o que leva o nome dela pode ter sim recebido algum embelezamento mas nao eh provavel que tenha sido elaborado somente para desafiar a cupula machista. Talvez hoje-em-dia possa parecer assim aa atual cupula da Igreja crista mas era normal para os primeiros cristaos.

A razao para eu fazer essa afirmacao eh essa. Se houvesse algum grupo que tivesse alguma diferenca com outras liderancas da Igreja, ele teria que ser composto tambem por homens, caso fosse verdade que as mulheres fossem totalmente proibidas de ensinar. Dai, o que teria esse grupo a ganhar elegendo uma mulher como lider? Afinal, se eles viviam numa terra onde todos tinham que ser machos para liderar, a eleicao de mulher lider so seria possivel se tivesse uma base realmente solida. Ainda mais que os ensinamentos contidos no livro nao fogem das linhas gerais do cristianismo.

Em contrapartida, o que aconteceu posteriormente deixa suspeitas. O livro dedicado a Maria Madalena nao foi expurgado sozinho do cristianismo oficial. A propria santa foi vilipendiada. (O livro foi rejeitado no Concilio de Niceia e o vilipendio se deu no governo do papa Gregorio, o Grande). Nao se sabe se com a intencao ou por erro de interpretacao ele escreveu um discurso em que reunia varias passagens biblicas como referentes a Maria Madalena. Entre estas incluiu a prostituta que ungiu os pes de Jesus aas vesperas do martirio dele. Desde entao as referencias a ela como lider de uma parte da Igreja foram deixadas para ultimo plano.

O que mais chama a atencao eh a referencia a ela como sendo “a apostolo dos apostolos” encontrada em documentos cristaos do primeiro ou segundo seculos. Ela era chamada assim por ter sido a primeira testemunha da ressurreicao e a quem Jesus teria enviado para transmitir essa “boa nova” aos outros apostolos. Ou seja, o fundamento numero um do cristianismo foi comunicado por uma mulher e nao pelos homens.

Com a interpretacao enganosa de Gregorio ela passou a ser lembrada na literatura e nas artes como a prostituta arrependida. Os estudos atuais indicam que essa eh uma versao tendenciosa, com a finalidade de bloquear a influencia da mulher lider junto aa Igreja.

Estudos atuais tambem indicam outra faceta “esquecida” do cristianismo referente aa construcao dos alicerces da Igreja. Naturalmente, para que o movimento cristao sobrevivesse, seria preciso que houvessem contribuicoes financeiras de algumas boas almas. Sabe-se que muitas dessas foram mulheres das classes mais favorecidas que tinham controle sobre o dinheiro dos maridos ou que eram viuvas ricas.

A Igreja posterior tambem ignorou o grande favor que a mae do imperador Constantino I prestou ao cristianismo. Foi ela quem influenciou o filho a adotar o cristianismo cmo religiao oficial do Imperio Romano. Alem disso, ela liderou uma “expedicao arqueologica” (de identificacao dos pontos considerados de relevancia na Palestina) para encontrar os possiveis locais historicos mencionados nos Evangelhos e construiu igrejas comemorativas em tais pontos. Alguns dos locais identificados pela expedicao continuam pontos de peregrinacao ate hoje. Ai se destaca a Via Dolorosa, a Igreja da Natividade etc.

Tambem eh impossivel separar a fundacao da Igreja sem a participacao dos que preferiram morrer do que abdicar da fe. O mais provavel eh que a maioria dos martires da Igreja Primitiva tenha sido mulheres. Apesar do heroismo destas, a Igreja que se formou apos o Concilio de Niceia e entrou Idade Media adentro estipulou que as mulheres seriam boas o suficiente ate para serem martirizadas pela Igreja mas nao o suficiente para lidera-la.

Enfim, a Historia da Idade Media esta repleta de eventos que exemplificam a tentativa dos homens de suprimirem totalmente o poder de lideranca feminino. Uma excecao se da com os Cathares. O Catharismo foi uma filosofia que parece ter vinculos com o movimento gnostico. O gnosticismo nasceu desde o inicio do cristianismo e valorizava o conhecimento das coisas de Deus. Maria Madalena era um dos icones do movimento gnostico mas ele passou a ser perseguido pelas imposicoes dos homens reunidos no Concilio de Niceia e os seguidores deles. Ja tinham diferencas anteriormente mas o modelo de Igreja que nasceu a partir da associacao dos poderes estatal e religioso acabou estrangulando o movimento. A Igreja como um todo era perseguida pelo poder imperial e o grupo que se associou ao poder passou a perseguir qualquer forma de pensamento contrario ao dele.

O catharismo pode nao ter sido uma continuidade ininterrupta do gnosticismo. Eh provavel que tenha surgido a partir da descoberta de algumas informacoes a respeito do gnosticismo. Os Cathares tinham como base territorial o sul da Franca ate o Reino de Aragao, na atual Espanha. No final dos anos 1.100 eles tinham florescido o suficiente para nao ficarem ocultos na paisagem.

O que tinha de particular em suas crencas era a rejeicao material. Eles menosprezavam inclusive tudo o que era corporal. Acreditavam que o objetivo da vida era aperfeicoar-se. Para eles, a perfeicao passava inclusive pelo celibato (algo que ainda nao era o ideal adotado pelo catolicismo). Acreditavam que seguindo os ideais de perfeicao adotados por eles, seriam salvos e nao precisavam reincarnar. Acreditavam na reincarnacao como uma forma de repetir um ano escolar. Nao era punicao mas sim uma etapa necessaria para o aperfeicoamento. Ou seja, a vida seria uma escola onde se aprendia a ser bom, caso nao se conseguisse, repetia-se a vida com o objetivo de tornar-se bom para o proprio beneficio.

Entre outras coisas, nao criam no inferno. Eram pacifistas e, particularmente, acreditavam na igualdade feminino/masculino. Alem de nao se sujeitarem ao poder da Igreja estabelecida por considera-la corrompida, tambem nao aceitavam os dogmas impostos por ela.

Com isso a Igreja se armou com toda a violencia que podia contar com ela para eliminar o movimento. As primeiras perseguicoes comecaram no final dos anos 1.100 e a eliminacao dos ultimos redutos se deu nos primeiros anos de 1.300. Assim as mulheres perderam a oportunidade de terem bons exemplos de lideranca feminina ate aos nossos dias.

Eh preciso fazer uma reflexao a respeito do pensamento humano nesse ponto. Muitos pensam que as acoes deflagradas pela Igreja historica tinham um sentido de restabelecer a sua autoridade. Mas isso nao eh verdade. A pessoa que tem autoridade aceita e ate incentiva a contestacao do seu pensamento porque sabe que as opinioes contrarias lhe dao oportunidade de refletir melhor seus proprios conceitos. A pessoa que tem autoridade reconhece a sua condicao humana e admite a possibilidade de cometer erros e, sobretudo, observando um possivel erro tem a capacidade de mudar de opiniao.

Ao contrario, eh o sonho de todo autoritario que todos concordem com um tipo de pensamento unico, preferencialmente o dele proprio. No fundo, no fundo, todos temos um pouco de autoritarismo em nos. Sempre sonhamos que para existir um mundo melhor eh preciso que todos concordem em tudo. Contudo, o mundo melhor esta em reconhecer e aceitar que eh direito dos outros escolher o que seja melhor para eles mesmos. Impor tudo o que pretendemos ser correto nao eh ter autoridade. Eh sim ser autoritario.

08. BONS EXEMPLOS PARA AS MULHERES SEGUIREM.

Nos temos muitos exemplos que normalmente sao apontados como ideais para as mulheres seguirem mas discordo de alguns. Vou citar tres mulheres e depois direi porque nao devem ser exemplos a serem seguidos:

BOUDICA (BOUDICCA OU BUDICA)

Boudica foi uma rainha entre as tribos britanicas. Ela viveu no primeiro seculo, logo nas primeiras geracoes depois de parte da Gra Bretanha ter sido anexada ao Imperio Romano por Julio Cesar. Depois que o marido dela morreu e as filhas foram estupradas ela aglutinou as tribos britanicas em torno da propria lideranca. Isso se deu por volta dos anos 60-61 quando Nero era a “Besta” que imperava em Roma e ja armava os planos para fazer tochas humanas dos cristaos.

Boudica foi uma lider guerreira e ela propria pegava em armas para combater os inimigos. Disseram que era forte como um homem. Liderou uma forca numerosa e foi vencendo batalha apos batalha.

Os romanos ja haviam dado a guerra por perdida. No ultimo combate eles escolheram cuidadosamente o campo de batalha. Eles se puzeram numa parte mais elevada do terreno onde nao podiam ser atacados pelas costas. E apenas esperaram a morte chegar.

As forcas chefiadas pela rainha eram muito mais numerosas. E tinha tamanha certeza da vitoria que nao tomou a menor precaucao. Todo mundo se atirou em um unico arremate. Ate as carruagens com mantimentos e o povo que acompanhava avancou perigosamente dentro do campo de batalha.

Os romanos tinham grande experiencia de batalhas e atacavam e defendiam com os escudos unidos, como se fosse um casco de tartaruga. De tal forma unido que era quase impossivel que os inimigos os atingissem enquanto que, por pequenas aberturas, manejavam suas lancas e espadas matando e ferindo os atacantes.

As forcas de Boutica tiveram a opcao de sitia-los e deixa-los morrer por falta de suprimentos ou se entregarem. Mas a ansia de vencer foi tanta que a retaguarda do exercito dela acabou espremendo a vanguarda contra os romanos que iam matando os coitados por nao terem por onde esquivar. Quando a retaguarda percebeu e tentou fugir, ficou presa entre os romanos, os carros de mantimentos e a multidao que os acompanhava. Isso incluia velhos e criancas. Ai o massacre foi total. Boudica acabou suicidando para nao se entregar e talvez transformar-se em escrava junto com seu povo.

JOANA D’ARC.

Outro exemplo de mulher maravilha foi a Joana d’Arc. Essa eh mais facil de ser conhecida. Venceu varias batalhas contra os bretoes no final da Guerra dos 100 Anos, entre Inglaterra e Franca. Um acordo entre as forcas inimigas e ela acabou sendo entregue para a fogueira. Foi canonizada santa e atualmente foi destituida.

ANITA GARIBALDI

A terceira eh a nossa “heroina” Anita Garibaldi. Lutou tanto no Brasil, na Guerra dos Farroupilhas quanto na de unificacao da Italia juntamente ao marido dela, Giuseppe Garibaldi.

Nao as indicaria como exemplos de mulheres a serem seguidas. Elas foram mulheres que se destacaram pelo modo masculino de tentar resolver conflitos, ou seja, na base da paulada. Elas apenas usavam roupas femininas (nao todo o tempo) mas os metodos se encaixam nos ideais dos cacadores nao das catadoras/coletoras.

Temos milhares de exemplos de outros “herois” guerreiros masculinos. Todas as guerras feitas por eles levaram a outras guerras e nao aa solucao dos conflitos.

Se sou digno de oferecer exemplos a serem seguidos aas mulheres eu as aconselho a seguir Jesus, Gandhi e Martim Lutter King Jr. Eles sao melhores porque nao seguiram as regras dos cacadores. Embora eles tenham sido homens em seus exteriores, eles foram catadores/coletores de ideias em seus intimos. Foram homens que evoluiram e nao se deixaram guiar por suas testosteronas.

Alias, esqueci de mencionar antes. Existem ensinamentos atribuidos a Jesus nos Evangelhos que demonstram que a teologia dele sofreu influencia feminina ou foram ideias femininas que foram repassadas para ele. Este eh o caso das comparacoes que ele faz com instrumentos usados na costura ou nas cozinhas. O mais provavel eh que Maria, a mae dele, tenha sido fonte de informacao de parte dos ensinamentos atribuidos a ele, por ter convivido com ele desde o primeiro ate ao ultimo momento dele na Terra.

O evangelista Lucas nao fala isso mas deixa tudo subentendido. Quando Jesus se apresentou no templo aos doze anos, ele descreve no capitulo 2, 51: “Jesus desceu entao com seus pais para Nazare e permaneceu obediente a eles. E sua mae conservava no coracao todas essas coisas.” Dai, a ideia de que Jesus tenha sido autor de tudo eh falsa, e a Igreja fundada por ele nega aa mae dele a obediencia que ele proprio depositou nela.

Mas quem desejar saber mais a respeito das revelacoes que conheco a respeito do cristianismo e da doutrina religiosa em geral tera que ler o meu livro: “O Conhecimento Com Respeito a Deus” cujos dois primeiros volumes formam um unico livro denominado: O Terceiro e Ultimo Testamento. O livro foi publicado apenas em ingles por enquanto e o nome eh: THE THIRD AND LAST TESTAMENT, from THE KNOWLEDGE CONCERNING GOD. Alguma coisa ja esta na Internet e tambem pode ser adquirido por essa via em diversos sites. Inclusive Amazon.com e Barnes&Nobles. Eh so buscar pelos nomes.

09. CONCLUSOES.

Neste ponto, que me perdoem os muitos amigos, parentes e conhecidos machistas que tenho. Nao estou traindo a classe masculina. Estou admitindo aquilo que julgo ser verdade.

Nao posso separar-me disso: tenho pai e sou pai de um filho mas igualmente sou filho de mae casado com uma mulher e pai de uma filha. Nao faco diferenca entre um lado e outro. Nao torco o direito nem para um nem para o outro lado. Como diz a piada do mineirinho: “nois la em Minas somos meio-a-meio e vem se dando muito bem!”

Aquela imagem com a qual eu abri minha atual lenga-lenga (como alguns o apelidarao), do Ap 12, 1, reflete uma grande verdade. Mesmo aquele que foi creditado como se fosse Deus conosco teve que pedir lincenca aa mulher para nascer homem. Segundo o que esta escrito, Deus nao precisou de homem para fazer sua Obra Perfeita mas tomou emprestado o utero da mulher para realizar seu milagre. Nenhuma mulher nasceu da costela masculina mas todos, homens e mulheres, sao tecidos no corpo da mulher.

No campo da religiao que predomina no Ocidente existe uma divida a ser paga aas mulheres. Particularmente, o ramo catolico eh o que mais deve. Na carta 1 Tm 3, 2 escreveu-se que: “Eh preciso, porem, que o dirigente seja irrepreensivel, esposo de uma unica mulher, ajuizado, equilibrado, educado, hospitaleiro, capaz de ensinar”… Aos que creem na literalidade biblica eh importante lembrar que esta escrito em Genesis 2, 18: “Jave Deus disse: “Nao eh bom que o homem esteja sozinho. Vou fazer para ele uma auxiliar que lhe seja semelhante.”

Ora, se ate Deus chegou aa conclusao que a solucao para a solidao do homem eh uma mulher, nao deveriam os dirigentes humanos imporem o celibato a seus subalternos. Nao creio na obrigatoriedade do casamento ou do celibato para todos. Apenas sei que imposicao do celibato eh uma violacao da Vontade de Deus.

Alem da afronta a Deus em primeiro lugar, temos o desrespeito aos fundadores da Igreja e aa propria mulher. Nao eh possivel que os atuais dirigentes da Igreja, que tambem sao filhos de maes, continuarao pensando que sejam melhores que os primeiros cristaos, que eram casados, e que o contato com mulheres os tornem contaminados. Se isso fosse verdade, Deus teria sido o responsavel por introduzir a contaminacao no mundo.

Muitos padres pensam que o celibato deles seria necessario para que deem conta de tudo o que precisam fazer. Eles se esquecem que, se fosse dada a opcao de casar, existiriam muito mais padres e o fardo nos ombros de todos seriam amenizados. Ganhariam os padres e tambem os fieis de um modo geral porque passariam a ser atendidos por pessoas com maior disponibilidade de tempo e, o mais certamente, muitos dos problemas na sociedade catolica acabariam sendo removidos.

Porem, a reserva do sacerdocio somente para a porcao masculina da Creacao Divina eh que eh o maior desrespeito aa porcao maior da propria humanidade. Segundo as estatisticas, existem um pouco mais mulheres no mundo do que homens. Nao acredito, em hipotese alguma, que Deus tenha feito tal discriminacao. Afinal, Ele eh o Proprio que nao faz diferenca entre pessoas.

Como eh que a Igreja quer que demos filhos para o servico dela se ela veda o nosso direito e dever de termos netos? Como obedecer aa Igreja e recusarmo-nos a obedecer a Deus na ordem de crescermos e multiplicarmos? Novamente. O grande prejudicado por tais decisoes preconceituosas e machistas eh a comunidade fiel porque conta com um numero menor de sacerdotes para servi-la.

Ao contrario de ver essas coisas entre os homens como irreparaveis, elas nao me provocam nenhum sentimento de odio o asco. Vejo tudo isso com serenidade de erros a serem corrigidos. Inclusive chego a ver ate com um certo bom humor, (respeitando a parte que toca quanto aa discriminacao da mulher), comparo a atitude super machista do Vaticano como o ultimo reduto do extremo machismo. Vejo ali a imagem do cachorro magro que encontrou o osso grande e rosna ate contra o dono que leva a mao ao achado.

Alias, essas reflexoes recordam-me um paralelo entre a cupula da Igreja Catolica e os outros machistas do cotidiano. Como aquele amigo que mencionei antes, eles querem ter uma mae como o exemplo idealizado de Maria, a mae de Jesus. Eles desejam que as proprias maes sejam obedientes, serventes e lhes deem colinho ate aa hora de suas mortes. Mas quando se fala em ter-se uma mulher como lider, eh o momento que eles invertem os papeis. Tornam-se superprotetores dizendo que isso exigiria mais da mulher do que ela seria capaz de suportar. Mesmo que a Historia diga o contrario.

Eu gostaria de viver para o dia em que um papa transmitisse uma mensagem ao mundo, explicando as razoes pelas quais o homem casado nao possa exercer o pleno sacerdocio. E, principalmente, o porque de as mulheres estarem impossibilitadas de exercerem o sacerdocio em pe de igualdade com os homens. Eu desejava uma resposta objetiva, racional e direta; sem desculpas nem evasivas como regularmente as explicacoes do Vaticano se apresentam. Se houver razao assim, eu apoiarei mas, caso contrario, eu espero que haja a coragem para admitir que tudo nao passa de preconceito. Se estivesse em meu poder, eu daria uma tonelada em ouro por uma resposta verdadeira.

Neste ponto penso que ha na maioria dos homens um certo receio da mulher lider. Talvez exista neles algo que os lembre inconscientemente dos tempos de acampamento em que a mulher controlava o fogo e os homens. Tudo deve passar pelo receio de a mesma situacao voltar.

Desde o advento dos governos republicanos e os ideais de democracia, a mulher vem conquistando direitos junto aa sociedade. Teoricamente, ja temos paises onde o sonho da igualdade entre os sexos parece real. Mas os numeros indicam que ainda faltam flores para completar esse jardim. As mulheres ganham menos que os homens para exercerem as mesmas funcoes e o numero de mulheres em cargos chaves ainda eh menor.

Nao existem diferencas de inteligencia entre pobres ou ricos, grandes ou pequenos, homens ou mulheres. O que ha eh diferenca de oportunidades criadas pelas proprias civilizacoes humanas, dirigidas quase exclusivamente por homens.

Eu, por exemplo, gostaria que em meus dias de vida chegasse a ver uma reuniao do G-8 e do G-20 onde tenhamos apenas saias representando os paises. Isso exclui o quilt escoces, a menos que seja para ocultar a identidade feminina. Nao que eu queira de todo a inversao da ordem vigente. O problema eh que temos tido longos seculos de predominio masculino. Entao, creio que fosse bom experimentarmos um breve reverso para que se de um equilibrio entre as decisoes de cunho cacador e as de catadoras/coletoras. A presenca de homens em tais reunioes mascarariam as manifestacoes genuinas das decisoes.

Sei que o ponto ideal seria um equilibrio entre essas duas vias de tomada de decisoes e o mundo deve ser governado tanto por sua metade masculina quanto pela metade feminina. Mas eh preciso desintoxicarmos da overdose de testosterona que tivemos ao longo da Historia.

A grande oportunidade de isso acontecer eh justamente agora em que boa parte dos paises deram oportunidades iguais de voto aas mulheres e aos homens. Como elas sao maioria, ha a oportunidade de elas proprias decidirem seus destinos e os da humanidade, independentemente dos homens.

Como eu tambem mencionei desde o principio, o poder da oportunidades mas tambem cobra responsabilidades. Essa eh a maior razao que devemos optar pelo equilibrio e nao pelo dominio. Sera exigido da mulher uma forma de governar bem melhor que a masculina. Sim, porque se nao conseguirem isso, no que forem menos eficientes, sera atribuido ao sexo, embora saibamos que homens terao cometido erros semelhantes.

As mulheres precisam preparar-se para liderar mas nao podem esquecer-se de suas retaguardas. Como sao elas que mais influem na educacao dos filhos, devem preparar seus homens, dando o proprio exemplo aas criancas. Elas nao podem ser superprotetoras porque isso leva aa formacao de machistas entre os filhos. Tambem precisam mostrar-se independentes sem se mostrarem controladoras. Isso podera levar a formar homens com personalidades equilibradas, capazes de partilhar o poder e respeitar as decisoes alheias.

Mulheres, voces tem as chaves do futuro nas maos. Boa sorte e saibam usa-las.

P.S.1. Nao tenho fomacao formal em Historia nem Teologia. As minhas observacoes nascem do meticuloso prestar atencao no que vi e vivi durante a vida alem, claro, do estudo autodidatico.

P.S.2. Pelas coisas a respeito de Deus que conheco e pela analise que faco do texto biblico, nao encontrei nada que aponte Jesus como sendo o Proprio Deus ou parte indivisivel d’Ele. Gosto do ensinamento que ele nos trouxe mas para que fosse equiparado a Deus, teriamos que admitir que existe uma forma muito inferior de Deus no universo. Quem conhece o Pai sabe isso ser impossivel. Entao, creio apenas em Deus e no Expectro d’Ele como forma verdadeira da Pessoa Divina. Isso eh o suficiente porque Deus Eh A Razao de tudo e Todos.